Castelo de santa maria da feira rafael e cayolla

1.859 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.026
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Castelo de santa maria da feira rafael e cayolla

  1. 1.  O Castelo de Santa Maria da Feira, data do século X, ou seja, antes do nascimento do Reino de Portugal. Contudo, a sua origem é ainda mais antiga. Como se comprova arqueologicamente, o estabelecimento dos povos no local, data da época da proto-história, apesar de não haver muitos vestígios da sua passagem.  Romanos, Visigodos e Árabes deixaram nas pedras do castelo a sua passagem. Com a chegada dos Romanos, estes substituíram pelas ruínas de um templo pagão visigodo por uma fortificação. Mais tarde, os Árabes construíram uma fortaleza que, com a Reconquista Cristã, sofreu grandes alterações.  Ao longo dos tempos, foi perdendo importância religiosa passando a ser uma fortaleza militar, devido à sua estratégica localização.
  2. 2.  A fortaleza militar funcionou como base avançada das tropas da Reconquista Cristã. Por duas vezes no ano 1000, Almansor, o lendário guerreiro árabe conquistou o castelo e arrasou a povoação dentro deste. Mas também por duas vezes, os Cristãos reconquistaram a fortaleza e reconstruiram a povoação.  Mais tarde, já em 1112, quando o conde D. Henrique morreu, a sua mulher casou com um galego chamado Fernão Peres de Trava. Logo D. Afonso Henriques reuniu-se no Castelo de Santa Maria da Feira com os seus apoiantes para combinar um movimento revoltoso que culminaria na batalha de S. Mamede, e que iria dar a independência ao Condado Portucalense.  Por isso, alguns historiadores são de opinião que foi no Castelo de Santa Maria da Feira que nasceu o Reino de Portugal.
  3. 3.  No testamento de D. Sancho I, este castelo foi considerado o principal dos cinco castelos para o eventual refúgio da rainha e das suas infantas, em 1188.  Em 1282, D. Dinis incluiu-o entre os doze castelos assegurados como garantia de pagamento a sua esposa a rainha D. Isabel.  A atual imagem do castelo deve-se a D. Fernão Pereira, terceiro senhor da Feira e a seu filho Rui Vaz Pereira, primeiro conde da Feira, que obtiveram de D. Afonso V a permissão para “ à sua própria custa o correger e refazer de muralhas, paredes, casas e todas as outras cousas que fossem necessárias para a sua fortaleza e defensão.” ( 1448).  O Castelo de Santa Maria da Feira manteve-se na posse dos Pereiras (elevados a Condes da Feira) até ao ano de 1700.
  4. 4.  Com a morte do último Conde da Feira, o Castelo passou para a posse da Casa do Infantado em 1708.  Em 15 de janeiro de 1722, um violento incêndio devastou o castelo. Seguiu-se então um longo período de abandono e ruína.  Só no século XIX é que se iniciou uma simples recuperação do monumento. Ao longo do século XX decorreram diversas e importantes obras de recuperação do monumento: - As primeiras obras decorreram em 1907 e 1909 e em 1910 foi considerado um Monumento Nacional; - As obras mais relevantes deram-se nos períodos de 1935-1936, 1939- 1944 e em 1986; - Mais recentemente, entre 1992 e 2006, foram feitas importantes obras de restauro e conservação.
  5. 5.  … das muralhas do Castelo  ... da torre de menagem 
  6. 6.  Com este trabalho, ficamos a aprender mais pormenores sobre o Castelo, o ex-libris da nossa terra. Ficamos entusiasmados com a proposta de pesquisa solicitada pelo nosso professor de História e Geografia de Portugal, pois assim iríamos ficar mais ricos em conhecimentos sobre a História de um monumento tão ilustre.  Dos três temas propostos, escolhemos o do Castelo de Santa Maria da Feira, porque desde sempre gostamos de imaginar como seria viver nas diferentes épocas onde se travaram diversas e importantes batalhas que ajudaram à formação do reino de Portugal. O nosso Castelo também foi primordial nesse grande passo pensado e posto em prática pelo grande D. Afonso I, o Pai do nosso país.
  7. 7. Bibliografia  O Castelo de Santa Maria da Feira, século X a XX, formas e funções de Maria Helena Barreiros, março de 2001, editado no âmbito das Comemorações do 90º aniversário da Comissão de Vigilância do Castelo de Santa Maria da Feira;  HistGeo 5, Caderno de Atividades História e Geografia de Portugal 5º ano/ 2º Cíclo do Ensino Básico Asa Editora 2013. Webgrafia  Wikipédia;  Infopédia;  Imagens da Google;  Blogue Tintazul.
  8. 8. Trabalho realizado por: Rafael Pais Vasco Cayolla 5ºA Disciplina de História e Geografia de Portugal Professor Carlos Baptista

×