Case C&A

6.804 visualizações

Publicada em

Apresentação feita para a Rede.

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Case C&A

  1. 1. Case C&A | Rede<br />Abril/2010<br />
  2. 2. Um pouco de história...<br />Presente em 20 países do mundo, a C&A é uma das maiores cadeias de varejo de moda no mundo. Fundada em 1841, pelos irmãos Clemens e August (o nome da loja é a união das iniciais de seus nomes), na Holanda, com o objetivo de comercializar roupas prontas, já que naquela época o costume era comprar tecido e pedir para alguém costurar<br />
  3. 3. A loja hoje, que é a maior rede de vestuário no Brasil, tem um conceito de fast fashion, ou seja, a moda que todos podem usar, sendo democrática. Imagine se nós precisássemos pedir para alguém costurar nossas roupas nos dias de hoje?<br />
  4. 4. Campanhas<br />Quem não se lembra do famoso garoto-propaganda da C&A, o Sebastian?Ele estrelou as campanhas da marca por 20 anos e em 2010 a empresa decidiu não usar mais a imagem dele, preferindo contratar modelos que estão no auge. Sebastian já dividiu a cena com Gisele Bundchen, em 2001. E, à partir de então, a marca vem preferindo dar lugar às modelos brasileiras.<br />
  5. 5. Logo depois do vencimento do contrato com Gisele, a C&A contratou, em 2006, a modelo Daniella Sarahyba para ser o rosto da marca. Atualmente as modelos Ana Beatriz Barros, Carol Ribeiro e Isabeli Fontana completam o novo Fashion Team da marca de roupas.<br />
  6. 6. E como se esquecer do famoso slogan <br />“Abuse e Use”?<br />
  7. 7. Produtos<br />A C&A oferece uma vasta linha de roupas e acessórios, abrangendo todos os públicos, desde recém-nascidos até pessoas com idade avançada, sempre oferecendo qualidade e preços acessíveis. Além do mais a loja possui um cartão próprio, facilitando o pagamento.<br />
  8. 8. No primeiro semestre de 2009, as vendas reduziram 10% graças à crise financeira. No segundo trimestre, as vendas começaram a subir novamente. A rede passou a fazer parcerias com estilistas como Amir Slama e Reinaldo Lourenço, retomando o crescimento de vendas e agregando mais valor à marca.<br />
  9. 9. Presença nas mídias sociais<br />Em Agosto de 2009 a C&A criou um blog chamado Tá Na Vitrine, onde divulga novidades sobre as coleções, além de falar sobre própria, não focando apenas em divulgar a empresa, mas criar um canal que as clientes podem consultar e atingir um novo target, as web fashionistas– pessoas que curtem moda e se informam sobre o assunto através de blogs especializados. A marca se aproximou das blogueiras também, linkando-as no blog e citando-as em seus posts. <br />
  10. 10. Job – Campanha Dia dos Namorados O Boticário<br />O que eu mais gostei dessa campanha foi que além de fazer a criação de todas as peças junto com o designer, eu cuidei de toda a parte de Mídias Sociais – que aconteceu através de uma ferramenta para o Twitter (Tweetquero) e escolha dos casais participantes.<br />
  11. 11. Job – Planejamento BBC para Grudaemmim<br />Um trabalho feito para um projeto de seleção. Foi muito elogiado pelo dono da agência, pelo modo como as ideias foram expostas. Forma e conteúdo apresentados de forma coesa e com boa diagramação.<br />Veja a apresentação aqui.<br />
  12. 12. Fontes<br />https://conteudoclippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2010/1/21/pao-fresco<br />http://mundodasmarcas.blogspot.com/2006/05/ca-abuse-e-use.html<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/C&A<br />http://www.cea.com.br/site/conhecendo-cea<br />Obrigada!<br />Camila Santana – @caks<br />

×