Jornal de Turismo do Rio de Janeiro

336 visualizações

Publicada em

Jornal de Turismo do Estado do Rio de Janeiro - Ed 754
Acesse também: https://www.facebook.com/comturbj?ref=hl

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal de Turismo do Rio de Janeiro

  1. 1. 11 Edição Semanal pag.18 ABIH-RJ divulga estimativa de ocupação para a Semana Santa Metropolitanapag.10 Projeto Cidades Digitais chega a Miguel Pereira VAle do café Agulhas Negras pag.11 Itatiaiaintensificafiscalizaçãono trânsitoduranteaSemanaSanta Costa do Sol pag.12 Publicação argentina realiza Press Trip em Arraial do Cabo Serra Verde Imperial pag.8 NovaFriburgorecebeInventáriode OfertaTurística Jt | RJ Entrevista pag.20 Paulo Freitas comenta ações da Neltur para 2015 Gestores da TurisRio comentam novos rumos do turismo Fluminense do io de aneiro Presidente: Cláudio Magnavita Castro www.jornaldeturismo.tur.br Ano L/ Nº 754-A 01 de abril de 2015 FUNDADO NO RIO DE JANEIRO EM 1965 POR C. ARAUJO CASTRO
  2. 2. 2 3 Nossoprincipalfoco,comoSecretariadeTurismo,Indús- triaeComércio–SEMTIC,étransformarodistritode AldeiaVelhanumdosprincipaispolosturísticosdomu- nicípio,paraisso,estamosdesenvolvendoumprojetopiloto,que jáestáemandamento.Apostamostambémnarealizaçãodeativi- dadescomocaminhadasecológicas,cursosdecapacitação,pales- tras em escolas e desenvolvimento de ações de políticas públicas de turismo como ponto central para que o potencial turístico da cidadepossasetornaraprincipalvocaçãoeconômica. É importante destacar também a realização de eventos de cunho esportivo no município, recentemente, recebemos a 4ª Etapa do Carioca Rally Off-Road que percorreu 130 Km, passando pelos bairros de Imbaú, Correntezas, Bananeiras, Gaviões, Cesário Al- vim,Caxito,PirineuseAldeiaVelha. Acidadetambémfoipalcodo1ºCampeonatoEstadualdeCor- ridadeAventura,ocorridonodistritodeAldeiaVelha.Oevento teve como parceiros a Fecierj e Acaerj com 120 atletas e um pú- blicototalde200pessoaspordia.Principalmenteduranteosfins desemanas,AldeiaVelhatemrecebidocentenasdevisitantesem buscadeseusrios,cachoeiras, como o Poço dasAndorinhas,por exemplo,eaamplacoberturaverde. O Circuito de Caminhadas Ecológicas, é outro exemplo, de comoopotencialdeSilvaJardimpodemserexplorado.Esteano járealizamossetecaminhadas,comaparticipaçãodeumamédia de800pessoas.ElasaconteceramnaslocalidadesdeImbaú(Cir- cuitosdaFarinhaeCapivary);Bananeiras(CircuitodaBanana); Juturnaíba(CircuitodasÁguas);Gaviões(CircuitodoPalmito); Boqueirão (Circuito do Camarão) e Aldeia Velha (Circuito Mi- co-Leão-Dourado). As caminhadas incentivam a prática do es- SilvaJardimeopotencialturísticocomoprincipalvocaçãoeconômica porteeaspessoasaconheceremasbelezasnaturaisdomunicípio. A SEMTIC também está trabalhando na organização de cursos e palestras com parceiros, focadas no público de estudantes, mi- croempreendedoresemoradores.Taiscomo:“OrientaçãoeTéc- nicas de Condução em Atrativos Naturais”, com 30 participan- tes; “Fomento do Turismo em Silva Jardim” (157 participantes); “TurismoeHospedagem”(39participantes);e“Importânciado RegistrodaMar”.OsparceirosforamSebrae,TurisRio,SeTur-Rj, UFF, Anda Brasil, NelTur, CoonaTur, UFF, Fund.MacaTur, CRUXEcoAventura,TremdoCorcovado, CietheABBTUR. A agenda pública é um ponto importante, do qual a SEMTIC tem apoiado e participado de atividades a exemplo do Fórum Estadual de Secretários de Turismo do Rio de Janeiro (FEST) -- comooqueaconteceurecentementenomunicípiodeAngrados Reis,noqualparticipamoscomorepresentantesdeSilvaJardime daRegiãoCaminhosdaMata. As atividades festivas do calendário oficial de eventos do município também são fundamentais para o crescimento da cidade como destino turístico. Entre elas temos: Fes- tival de Verão, Carnaval, Auto da Paixão, Festa de Eman- cipação, Corpus Christi, Exposição Agrícola, Festival de Inverno, Festa da Padroeira Nossa Senhora da Lapa, Dia das Crianças e Réveillon. Os parceiros normalmen- te são as Secretarias Municipais de Educação e Cultura (Semec), de Esporte e Lazer (Semel), e de Agricultura, Abastecimento e Pesca (Semaap), assim como a Paróquia Nossa Senhora da Lapa. Além disso, durante o ano de 2014, possibilitamos que cerca de 400 alunos tivessem a oportunidade de aprender sobre a importância da conservação do meio ambiente, que é a principal riqueza de Silva Jardim. Desenvolvemos, ainda, um Famtour com o intuito de divulgar e formar grupos, reunindo profissionais em parceria com a Anda Brasil, para fazer o reconhecimento do trade turístico de Silva Jardim. E promovemos “Trilhas” com objetivo de mapear as veredas e estradas vicinais para utilização em caminhadas ecológicas e ações de ecoturismo/aventura Uma ação que merece destaque, também, foi às visitas ao Corcovado (RJ) como atividade turística educativa, nas quais alunos, professores e servidores públicos tiveram a oportunidade de fazer o passeio de trem pela estrada férrea iniciada em 1884. A qual remete o povo de Silva Jardim ao produto turístico histórico-cultural como atra- tivo da cidade. O turismo cultural e histórico, aliás, é um dos temas a serem desenvolvidos no “Plano de Turismo” da cidade. As visitas abordaram pontos como a inclusão da disciplina “Turismo” na grade curricular, e a impor- tância e o papel da Educação do Turismo. Ao todo foram feitas cinco visitas com um total de 150 participantes. *Felipe Rocha é secretário Municipal de Turismo, Indústria e Co- mérciodeSilvaJardim Artigo Secretário Municipal de Turismo, Indústria e Comércio de Silva Jardim, Felipe Rocha Com o objetivo de promover o tu- rismo e as atividades correlatas, a Companhia de Turismo do Esta- do do Rio de Janeiro, TurisRio, ganhou em 2015 um novo perfil traçado a partir da mudança do secretariado do governo deLuizFernandoPezão. Ao assumir a secretaria de Estado de Tu- rismodoRiodeJaneironoiníciode2015 nolugardeCláudioMagnavita,oatualse- cretário Nilo Sergio Felix, nomeou Paulo Senise para assumir a presidência da Tu- risRio, que após 11 anos a frente do Rio Conventions & Visitors Bureau, aceitou oconvite. PauloSeniseéformadoemHotelariaeTu- rismo pela Faculdade de Turismo Centro Unificado Profissional no Rio de Janeiro, com especialização em Gestão de Inves- timento e Financiamento em Hotelaria, pela Universidade de Cornell – Distrito TurisRio: Conheça a nova estrutura, planos e ações para o turismo fluminense deIthaca,NovaIorque,EUA. A nova composição da TurisRio é forma- da por Claudio Poty Medeiros, diretor de Operações, Luiz Henrique Castilho de Azevedo Garcia, diretor de Marketing e César Augusto Werneck, diretor de Pla- nejamento. Para conhecer um pouco das ações e pla- nejamentos da empresa para os próximos quatroanos,aequipedoJornaldeTurismo do Rio de Janeiro preparou uma entrevis- ta exclusiva com o presidente da TurisRio, Paulo Senise e os diretores de Operações, MarketingePlanejamento. PauloSenise-PresidenteTurisRio   Jornal de Turismo: Paulo Senise, pode- ria comentar um pouco da sua experiên- cia no serviço público como diretor da RioTur? JT | Capa Paulo Senise: Foi minha primeira expe- riência no setor público que me aproxi- mou ainda mais das questões culturais da nossa cidade, o carnaval em sua in- timidade, as atividades da diretoria de eventos que funcionava no Pavilhão de São Cristóvão, e o lado internacional da Empresa, ao representá-la no Congresso Mundial da ASTA, nas Filipinas, além de outros encontros promocionais. Di- rigi ainda a montagem dos postos de in- formação turística e a confecção do guia mensal. Foi uma ótima experiência. Lá fiz amigos que conservo até hoje.    JT: Como foi a sua atuação no Rio Convention & Visitors Bureau? PS: O CVB é a melhor fórmula de re- presentação privada aberta à participa- ção do setor público para a promoção de uma cidade como destino turístico e na captação de eventos. No Rio CVB encontrei uma equipe extremamente empenhada no sucesso da entidade, o que justifica nossas muitas conquis- tas nesses 10 anos. Aproveitei a expe- riência e o legado deixado por meus antecessores e, com a equipe e o apoio das várias diretorias - foram 10 anos - conseguimos imprimir um padrão de qualidade no atendimento ao mercado nacional e internacional nos intensos calendários de eventos que frequen- tamos. Produzimos também muitos eventos especiais que se diferenciaram e deram ao Rio de Janeiro seu mere- cido destaque internacional, a citar, o Pelé Station em Berlin durante a Copa do Mundo; o Botequim do Rio em Johanesburgo, também na Copas do Mundo da África, e o Rio Botequim no Reino Unido, em 26 filiais da rede Las Iguanas durante o período dos Jogos Olímpicos de Londres. Ficou também a continuação da coleção de materiais como o livro My Rio, o DVD Eventos de Sucesso, o Mapa filme e o Rio Wel- come Channel, veículo com grande potencial de crescimento que merece a melhor atenção. Tudo isso feito com Paulo Senise - Novo Presidente da TurisRio Foto: Mariana Rocha Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  3. 3. 54 muitas parcerias, em especial a Riotur, Embratur e a Turisrio. Foi certamente das melhoras experiências profissionais na minha vida profissional.    JT: Quais são os planos para sua gestão à frente da TurisRio? PS:SeoRiodeJaneirofosseumpaís,ele seriaomaiorconcorrentedoBrasil,com linha de produto muito variada, serra, mar, história,   alta competitividade, e mercado próprio. Promover os destinos do interior para os diversos mercados é o nosso principal objetivo. Paralelamen- te, lutar pelo fortalecimento das regiões, buscar meios  e recursos para a realiza- ção dos nossos projetos de marketing, sempre com foco no interior somando imagem com a capital.   JT: Como é visto o papel da Turis- Rio diante do cenário atual do turis- mo fluminense? PS: O papel principal é o de empresa de planejamento e execução das polí- ticas e programas da Setur, “Somando Forças”, condição fundamental para o alcance dos objetivos.    JT: Como anda o destino do patri- mônio imobiliário do turismo no in- terior como hotéis e terrenos? (Tra- jano e Araruama) PS: Estamos atualizando a análise jurídica de cada propriedade e ava- liando as alternativas para o mellhor uso dos ativos. Uma vontade nossa é a transformação do hotel em escola de hotelaria.  JT: Sobre a promoção internacional do Brasil, o que pode ser feito para melhorar?  PS: O Brasil precisa ter uma partici- pação mais ativa junto aos mercados internacionais a partir do básico que é o estande brasileiro nas feiras inter- nacionais, que anda um tanto “apá- tico”, sem alma, e perdendo oportu- nidades importantes de promover os nossos grandes eventos e produtos brasileiros. Falta ainda uma campa- nha publicitária dirigida ao público final que estimule a demanda e, pa- ralelamente, um plano de comuni- cação com a rede de distribuição e venda,  com material adequado, trei- namento e experiência presencial. Ou seja, “volta ao básico”.  A diretoria de Planejamento é respon- sável pela viabilidade e implementação dosprojetosturísticosnoestado,propor acordos com órgãos das esferas federal; coordenar, executar e implementar o ge- renciamento físico/financeiro dos pla- nos, programas e iniciativas vinculados à politica de desenvolvimento turístico do Estado. Confira nosso bate-papo com o diretor de Planejamento da Tu- risRio: Jornal de Turismo: Após a realização dos Fóruns de Fortalecimento Turísti- co em todas as regiões, no segundo se- mestre, como a TurisRio pretende agir junto aos secretários e secretarias mu- nicipais de Turismo? César Werneck: Os Fóruns Regionais de  Desenvolvimento do Turismo fo- ram concebidos para serem realizados nas 12(doze) regiões turísticas do esta- do do Rio de Janeiro : Agulhas Negras, Costa Verde, Vale do Café, Metropoli- tana, Costa do Sol, Serra Verde Impe- rial, Caminhos Coloniais, Caminhos da Mata, Costa Doce, Baixada Flu- minense, Caminhos da Serra e Águas do Noroeste. Já foram realizados os da César Augusto Werneck - Diretoria de Planejamento e Projetos Luiz Henrique Castilho - Diretoria de Marketing Costa Verde e o de Agulhas Negras e o próximo, marcado para o dia 10 de abril acontecerá na Região do Vale do Café. O Fórum, direcionado para os setores público e privado, inicia-se com a so- licitação antecipada, através de ques- tionários e informações. As respostas constituem valioso diagnóstico sobre o turismo no município, orientando pre- viamente o Presidente da TurisRio e o Secretário de Estado de Turismo, dina- mizandoedandoceleridadeaosdebates. São apresentados os projetos de turis- mo e programas de ações, através das Diretorias de Operações, Planejamento e Projetos e Marketing, além de proje- tos e ações do Prodetur para as regiões. Após, acontece um amplo debate com o setor privado, representado pela ho- telaria e demais empresários do setor, buscando identificar os principais pro- blemasegargalosqueimpedemodesen- volvimento do turismo nos municípios. JT: Qual o feedback em relação aos fó- runs até o momento, com a realização dos eventos na Costa Verde e na região das Agulhas Negras? CW:Essas demandas são captadas por nossa equipe técnica, avaliadas e discu- tidas e agendadas reuniões posteriores com cada município, para tentar solu- cioná-las, objetivo maior dos Fóruns. JT: O projeto de instalações das Placas de Valorização Turística terá continui- dade em 2015? Quais serão os próxi- mos municípios contemplados? CW: O projeto terá prosseguimento em parceria com o DER e as Prefeituras Municipais envolvidas : Bom Jardim, Macuco, Nova Friburgo,Petrópolis, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Vas- souras, Valença, Piraí,Itatiaia,Armação dos Búzios, Cabo Frio, Rio das Ostras, Angra dos Reis, Rio das Flores, Resen- de, Cantagalo, Magé, Teresópolis, Man- garatiba, Paraty, Cachoeiras de Macacu, Engenheiro Paulo de Frontin, Arraial do Cabo, São Sebastião do Alto, Barra Mansa, Conceição de Macabu e Carmo.  Estamos aguardando recursos or- çamentários que serão repassados ao DER para a confecção das pla- cas pela fábrica de placas oficial. JT:   Quais são as novidades para 2015? Existem novos projetos sendo desenvolvidos? CW: Pólo da Cachaça do Vale do Café: Fomento da formatação de um novo produto turístico, envolven- do as destilarias de produção arte- sanal de cachaça do Vale do Café. Divulgação das destilarias de cachaças artesanaisdaregiãocomoumatrativotu- rístico, e estímulo na adequação e visita- çãodasdestilariasdascachaçasartesanais. Propiciaracriaçãoderoteirosintermuni- cipais com base na produção da cachaça. Incrementar o fluxo turístico na região; Fortalecer os eventos já exis- tentes na região - Café, cacha- ça e chorinho; Festival da Cachaça Novidades 01) Parceria com o Instituto de En- genheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro - em andamento parceria para elaboração de projeto físico de localização e placas de sina- lização turística em todas as regiões turísticas do Estado. A confecção dessas placas será feita pelo DER em sua fábrica de placas.  02) Parceria com o SEBRAE - foi reativada parceria com o objetivo de agilizar projetos/TR do PRO- DETUR , visando a aprovação dos mesmos junto ao BID, nas áreas de Sinalização Turística, Sinalização Es- trada Capelinha-Mauá, Capacitação, Marketing, Inventário da Oferta Tu- rística, entre outros.  Trabalhando na linha de fren- te da Companhia, a diretoria de Marketing tem como funções es- sências a: elaboração e implanta- ção do plano estratégico geral de promoção, avaliando, analisan- do e controlando sua execução; constituir o SIM – Sistema de In- formações de Marketing da Turis- Rio e dirigir sua implementação e operação; formular, estudar e analisar, apreciar e avaliar os pro- dutos do e para o mercado; repre- sentar a Empresa junto aos even- tos concernentes às atividades de Marketing. Confira a exclusiva: Jornal de Turismo Como está sendo desenvolvida a nova fo- lheteria do turismo fluminense? Edição Semanaldo io de aneiroEdição Semanaldo io de aneiro
  4. 4. 6 7 Luiz Henrique: Em nosso programa de divulgação das potencialida- des turísticas e culturais do estado estamos desenvolvendo projetos de folheteria com foco em rotei- ros temáticos nas diversas regiões, além dos tradicionais informativos. JT: Em quantas feiras e even- tos, nacionais e internacionais, o Rio de Janeiro será promovi- do através da TurisRio em 2015? LH:Dentro do calendário anual de eventos estamos com projetos priorizando as feiras nacionais com participação, tais como WTM/ São Paulo, BNT – Mercosul em Itajaí, Festival de Turismo das Ca- taratas em Foz do Iguaçu, AVIRP em Ribeirão Preto, Festival de Tu- rismo de Gramado e ABAV/SP. Quanto às feiras Internacionais es- tamos com projeto de participação na Imex Frankfurt em Maio pró- ximo, estamos também em análi- se e aprovações para outras par- ticipações no segundo semestre. JT: Como será a promoção reali- zada no Rock in Rio Las Vegas? LH: O Rock in Rio hoje represen- ta a segunda marca mais reconheci- da entre o público alvo do turismo em nosso estado. E a possibilida- de de levar a imagem do Estado do Rio de Janeiro ao evento de Las Ve- gas trará sem dúvida uma excelen- te repercussão para nosso estado. Temos previsto apresentação de fil- mes promocionais em telões diversos, anúncios veiculados em material pro- mocional e em revistas com distribui- ção em hotéis da Rede MGM, News- letter para a base do RIE nos EUA, mídia social no Brasil e nos EUA além de brindes promocionais distribuí- dos durante o evento em Las Vegas. JT: O projeto Cidades Maravilhosas está sendo bem repercutido? Conti- nuará durante todo o ano de 2015? LH:Temos uma programação já defini- da para a edição 2015 do Projeto “Ci- dades Maravilhosas” com a participação agendada de municípios até o final de Maio, podendo ser estendida para o se- gundo semestre com o mesmo formato. A diretoria de Operações tem como principais atribuições: a execução das atividades de- legadas pela EMBRATUR - Instituto Brasileiro de Tu- rismo; a realização ou apoio em eventos do estado; traçar a estratégia de recepção ao turista, assim com sua execu- ção; manter intercâmbio com organismos oficiais, entida- des de classe e instituições privadas ligadas ao turismo. Confira a entrevista: Jornal de Turismo: Como anda a fiscalização em rela- ção ao estacionamento de vans no Cristo Redentor? CP: Com relação ao estacio- namento das vans estamos desenvolvendo, em parceria com o Consórcio Painei- ras-Corcovado, o Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BP-Tur) e o Grupamento de Apoio ao Turista da Guarda Municipal (GAT/GM), ações de ordenamento e controle do trânsito e do estacionamen- to nos finais de semana e feriados. Tais ações resultarão em uma me- lhor acomodação dos transpor- tes turísticos, gerando um melhor atendimento ao turista no local. JT: A TurisRio tem operações pro- gramadas para os feriados pro- longados de 2015 em relação a vans de turismo irregulares? CP: Estamos realizando desde janei- ro, em parceria com o Departamen- to de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (DETRO), BP-Tur e GAT/GM ações semanais de vistoria dos transportadores tu- rísticos. No final de cada mês ana- lisamos os resultados efetivos destas ações e preparamos a programa- ção para o mês seguinte. Podemos adiantar que estamos verificando um bom retorno dessas ações, me- diante o aumento do número de veículos cadastrados e da regulariza- ção dos transportadores turísticos. JT: Com a realização e o incen- tivo através dos eventos da Turis- Rio, está havendo um crescimento no número de guias cadastrados? CP: Cumpre esclarecer que a pro- fissão de Guia de Turismo é a úni- ca profissão regulamentada com a determinação legal de cadastro no CADASTUR, o Cadastro Na- cional de Prestadores de Serviços Turístico. Nessa linha, informa- mos que verificamos um significa- tivo aumento do número de Guias de Turismo cadastrados nos me- ses de Janeiro e Fevereiro de 2015. JT: Existem novas ações para aumen- tar e incentivar o credenciamento? CP: Desde 18 de março a Secretaria Estadual de Turismo (SETUR) e a TurisRio estão realizando o Fórum Regional de Fortalecimento do Turis- mo do Estado do Rio de Janeiro, que pretende, dentre outras funções, apre- sentar o CADASTUR no interior do Estado. Nesses eventos apresentamos como é fácil para os prestadores de serviços turísticos se cadastrarem e as vantagens de ser cadastrado. Claudio Poty Medeiros - Diretoria de Operações O Jornal de Turismo disponibiliza um mix de produtos digitais para manter você informado de tudo que acontece no trade. marketing@jornaldeturismo.tur.br Para receber nossos produtos, envie seus dados para INFORMAÇÃO ALÉM DO PAPEL Newsletter Site Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  5. 5. 8 9 CLIQUE AQUI, ENTRE EM NOSSO SITE E CADASTRE-SE GRATUITAMENTE PARA FICAR POR DENTRO DE TUDO QUE ACONTECE NO TRADE. INFORMAÇÃO ALÉM DO PAPEL Serra Verde Imperial Oprojeto Inventário da Oferta Turística, promo- vido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro em parceria com a Faculdade de Turismo e Ho- telaria da Universidade Federal Fluminense (UFF), irá contemplar o município de Nova Friburgo por meio da Secretaria de Turismo e Marketing. O intuito do pro- grama é mapear atrativos, infraestrutura, equipamentos e serviços turísticos, assim como a cadeia produtiva do turismo, com objetivo de estruturar um sistema de in- formações turísticas regionais de todo o município. O trabalho deve durar entre oito a nove meses. Instrumento de fundamental importância para a elabo- ração do planejamento público, o Inventário da Oferta Turística, e entendido pela Organização Mundial do Turismo (OMT) como referência para investimentos privados, em função do detalhamento minucioso da oferta turística, colaborando para a gestão e estratégias promocionais, na perspectiva do desenvolvimento do setor em todo o município. Toda a parte técnica será realizada pela Faculdade de Nova Friburgo recebe Inventário de Oferta Turística Foto: Daniel Marcus Turismo e Hotelaria da UFF - um reconhecido centro de excelência em pesquisas relacionadas ao setor - e contará com todo o suporte da Secretaria de Turismo e Marketing de Friburgo. Para o Secretário da pasta, Nauro Grehs, o projeto é mui- to importante para o município já que, com os resultados obtidos será possível traçar estratégias para o desenvolvi- mento do turismo em cada região da cidade. “É fundamental para que se repense a vocação turística de cada distrito de Nova Friburgo: qual a vocação que eles têm, a potencialidade, os atrativos, os equipamentos, se são condizentes com o segmento turístico que está se de- senvolvendo naquele local. Isso é muito importante. O turista vai ter uma fotografia de toda oferta de turismo na cidade para que possamos trabalhar para desenvolver e ofertar cada tipo. O maior exemplo disso hoje é que teremos o Centro de Convenções em breve e, portanto, precisamos saber o que temos para ofertar ao público do centro, ou o que será necessário desenvolver para quando o ele  estiver pronto”, explicou, Nauro Grehs. Lago em Lumiar, Nova Friburgo Omunicípio de Teresópolis recebeu na última quarta- feira, 25/03, a primeira pa- lestrasdirecionada ao setor hoteleiro promovida pela Prefeitura e o Se- brae. O evento ocorreu na Secretaria de Turismo, no bairro de Soberbo, e contou com o tema Código de Defe- sa do Consumidor, ministrada pela advogada Luciana Malard, consulto- ra do Sebrae. A primeira edição do encontro, abordou temas ligados a aplicação do Código de Defesa do Consumidor e como recorrer ao Código Civil. Cuidados para que a publicidade não induza o cliente ao erro; prazos para comerciantes e fornecedores atenderem a reclamações dos consumi- dores; e responsabilidade por respostas por defeitos e vícios de produtos ou ser- viços foram debatidos. “É importante que os gestores conhe- çam o Código para se organizarem da melhor forma possível, pois é tra- balhando preventivamente que pode- mos evitar diversos problemas futu- ros”, frisou Luciana Malard. O subsecretário de Turismo, Carlos Tu- SecTureSebraepromovempalestrasobre CódigodeDefesadoConsumiràsetorhoteleiro cunduva, pontuou que esta é a primeira palestra de um ciclo que será realizado. “A ideia é contribuir para que a nossa rede hoteleira tenha cada vez mais in- formações não só sobre a parte recep- tiva, mas também a respeito das ques- tões administrativas e jurídicas. Para isso, vamos promover uma sequência de quatro palestras”. Ronaldo Fialho, secretário de Turismo, também participou do evento e desta- cou que outros setores de mercado serão contemplados no projeto. “A palestra de hoje tem como objetivo elucidar sobre as questões jurídicas relacionadas ao setor hoteleiro, mas a parceria com o Sebrae também vai contemplar outros setores, como o da gastronomia, por exemplo”, comentou Fialho. A analista do Sebrae, Cristina Andrio- lo, explicou que o ciclo de palestras integra o Projeto Rio Serra Mar. “O projeto Rio Serra Mar é um roteiro que abrange nove cidades do interior do es- tado e também a capital Rio de Janei- ro. A intenção é fortalecer as empresas, trabalhando com capacitação e algu- mas outras ações, como consultoria de gestão. A capacitação acontece através de cursos, oficinas e ciclos de palestras, como esse que estamos promovendo em parceria com a Prefeitura”. Proprietária de uma pousada na cidade, Bia Beato aprovou a atividade. “Essa iniciativa é excelente. Espero que ou- tras ações como essa sejam realizadas. É importante que a gente esteja sempre se atualizando e capacitando para lidar da melhor maneira com as demandas dos nossos clientes”, comentou a empresária. Luciana Malard, advogada e consultora do Sebrae, fala sobre as situações em que o Código de Defesa do Consumidor pode ser aplicado Ronaldo Fialho, secretário de Turismo, destaca que outros setores de mercado também serão contemplados no projeto Foto: Divulgação Foto: Divulgação Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  6. 6. 10 11 AsobrasnaferroviadeMiguelPereira,nare- gião do Vale do Café, para receber o Trem Turístico Serra Azul começam a avançam. Os novos dormentes chegaram para a reforma da linha férrea, visando à implantação da primeira fase, que ligará o Centro a Governador Portela. A retomada do trem como atrativo no município é uma parceria entre a Prefeitura de Miguel Pereira, a ONG Amigos do Trem, AMEND Engenharia e DNIT. O projeto tem como objetivo desenvolver o turis- mo local, regional, gerar novos empregos, renda e o zelo do patrimônio público ferroviário. Nes- ta etapa, o município não injeta nenhum recur- so financeiro, senão na locação das máquinas e caminhões. Todo o custo com pessoal e material necessário para as obras fica a cargo dos parceiros. ObrasdoTremTurísticodeMiguelPereirajásãorealidade Foto: Divulgação Na segunda-feira, 30/03, a cidade de Miguel Pereira, recebeu a visita do Gerente do Projeto Cidades Digi- tais, para a implementação e estruturação da base de fibra óptica no município. Na sede da Prefeitura o Secretário de Turismo e Cultura, Lélio Casa Nova; o Coordenador do Projeto no Município, Geraldino Fraga; o Superintendente de Comunicação, Hélio de Carvalho e o Gerente do Projeto e representante do Governo Federal, Alexandre Damasceno se reuniram para dar início as obras do programa, transforman- do Miguel Pereira em cidade digital. O Programa “Cidades Digitais” vem modernizar a gestão municipal, ampliar o acesso aos serviços públicos e pro- mover o desenvolvimento do município por meio da tec- nologia. Para isto, atua nas seguintes frentes: Construção de redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais; Disponibilização de aplicativos de governo eletrô- nico para as prefeituras, nas áreas financeiras, tributária, de saúde e educação; Capacitação de servidores municipais para uso e gestão da rede; e oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias. Em 2013, o Cidades Digitais foi incluído no Programa de Miguel Pereira recebe ponta pé inicial para se integrar ao projeto Cidades Digitais Foto: Divulgação Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, selecionando 262 municípios com população de até 50 mil habitantes. Miguel Pereira é uma delas e está na fase de de- senvolvimento do projeto técnico para início das obras. O projeto conta, entre outros, com a parceria do Mi- nistério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES. A Empresa que venceu a licitação promovida pelo Governo Federal para realizar o serviço em nosso município é a Ziva Tecnologia e Soluções, que virá na próxima segunda-feira (6/4) mapear os locais e iniciar o projeto técnico. VAle do café Obras para o Trem turistíco de Miguel Pereira já estão na primeira fase Com a chegada do feriado da Semana Santa a cidade de Itatiaia, na região das Agulhas Negras, que rece- be um grande número de turistas nesse período irá intensificar a fiscalização no trânsito. A ação é promovida pela Secretaria Municipal de Ordem Pública, que atuará em Penedo, Maromba e Maringá. De acordo com Adelino de Albuquerque, titular da pasta, a proposta é coibir o uso de quadriculo por pessoas não habilitadas e comércio ambulante sem permissão ou com a documentação irregular, entre outros. A fiscalização tam- bém se estenderá às casas noturnas, bares e restaurantes. Neste trabalho, a Secretaria de Ordem Pública contará com a Patrulha Fiscal Volante, que inclui as Secretarias de Meio Ambiente, Planejamento e Fazenda, além da Vigi- lância Sanitária, Guarda Municipal a Polícia Militar. Segundo Albuquerque, um convênio está sendo discutido com o Detran com vistas a definição de um local para fun- cionar como depósito para abrigar os veículos recolhidos em autos de infrações, inclusive quadriciclos. No último final de semana, durante mais uma atuação da Patrulha Fiscal Volante em Penedo, foram autuados pro- prietários de empresas que trabalham com quadriciclos com documentação irregular, por trafegar com conduto- res sem habilitação e por descumprir normas de circula- Itatiaia intensifica fiscalização no trânsito durante a Semana Santa ção – a rota desses veículos é previamente definida, assim como, o número de veículos em trânsito na área urbana, limitado a 10 quadriciclos por vez, além da exigência de guias no início e no fim da fila. “Também retiramos de circulação um trenzinho que esta- va com documentação incompleta e junto com a Vigilân- cia Sanitária recolhemos alimentos com data de validade vencida de ambulantes que estavam trabalhando no local”, concluiu Adelino de Albuquerque. Ação de fiscalização em ambulantes na região Foto: Divulgação Fiscalização para coibir o uso de quadriciclo por pessoas não habilitadas Foto: Divulgação Agulhas Negras Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  7. 7. 12 13 Acidade de Arraial do Cabo, na Costa do Sol, re- cebeu no último fim de semana um Press Trip, com a revista Sólo Líderes, a pedido da Embai- xada Brasileira, na Argentina. A Secretaria de Turismo de Arraial ficou responsável pela recepção dos diretores oriundos da cidade de Rosário – Província de Santa Fé (Argentina), que vieram conhecer os principais pontos turísticos e gastronômicos. O casal de diretores, Kamala Bonifazi e Daniel Escabués, que também estiveram em Búzios e Cabo Frio, se encanta- ram com a transparência da água das praias do município. Com um roteiro de atividades proposto pela Secretaria de Turismo, os jornalistas visitaram a Lagoa de Figueira, fi- zeram aula de stand up paddle e um city tour pela cidade com a equipe da Jeep Arraial. A noite quando chegaram ao Pontal do Atalaia, de onde se pode ver toda a cidade ,  ficaram deslumbrados com  a paisagem e os barquinhos iluminados por lampiões. Para fechar com chave de ouro, foi feito um passeio de barco com o Saveiro Don Juan. A gastronomia local também foi destaque. O casal conhe- ceu os restaurantes da cidade desfrutando desde o tradicio- nal peixe com banana ao hambúrguer artesanal. As praias e as orlas também foram visitadas.  A tranqüilidade transmi- tida ao caminhar pelas ruas da cidade chamou a atenção de Kamala e Daniel, que tiraram muitas fotos e não cansavam de elogiar a receptividade do povo cabista. Para o secretário municipal de Turismo, Marco Simas, a PressTrip é uma ferramenta muito eficaz para a divul- gação dos destinos, além de ser perfeita para fortalecer o trabalho em parceria público-privado,  “uma vez que o trade turístico também contribui para viabilizar a re- cepção desses profissionais e, consequentemente, se be- neficiam através das publicações e da mídia espontânea que é gerada após as mesmas, a cidade como um todo ga- nha mais prestígio e reconhecimento dentro do mercado emissor”, disse o secretário. De acordo com Marco Simas, a revista Sólo Líderes pos- sui tiragem de 12 mil exemplares por edição, tem alcan- ce em todo território argentino e também em Punta Del Este, Uruguay, além da versão digital. “Portanto, é uma revista de muito prestígio na Argentina. Eles têm uma ótima diagramação e conteúdo. Com certeza sairão ma- térias lindas sobre nossa cidade”, completou o secretário. A primeira matéria sairá na edição de junho, onde o destaque será o “ABC do Sol”, estratégia utilizada para o fortalecimento da Região Turística da Costa do Sol, mostrando que Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio se complementam. E em seguida serão publicadas as ma- térias de cada uma das cidades, ressaltando as peculiari- dades de cada uma. Como a revista é bimestral, haverá mais matérias sobre cada uma das cidades e seus serviços turísticos, em agosto (esta será distribuída durante a FIT – Feira Internacional de Turismo em setembro), além das edições de outubro e dezembro. Costa do Sol Jornalistas de publicação argentina realizam Press Trip em Arraial do Cabo Arraial do Cbao recebe jornalistas da Argentina Foto: Divulgação Acidade de Armação dos Búzios conhecida pelas belezas naturais, a diversidade gas- tronômica e também pela mundialmen- te conhecida escultura da atriz Brigitte Bardot, criada pela artista plástica Christina Motta e feita totalmente de bronze. O monumento irá passar pela primeira restauração em ação desen- volvida pela Prefeitura de Búzios.   A famosa escultura, que é reproduzida através de uma foto da própria Brigitte quando esteve em Búzios no ano de 1964, olhando a Praia da Armação, fica localizada na Orla Bardot, e atrai muitos turistas. Cerca de 90% dos visitantes de Búzios fazem questão de conhecer a estátua. Portanto, devido a sua importância para o muni- cípio, no dia 06 de abril, às 17h30, será realizado um evento de despedida, contanto com a presença de historiadores, autoridades locais e o público. Após a retirada da estátua, será lançada a cam- panha ‘Onde está Brigitte?’, na página do face- book: Brigitte Bardot em Búzios. Todas as res- postas participarão de um sorteio e o vencedor Cartão-Postal de Búzios será restaurado Prefeitura de Rio das Ostras e FGV realizam pesquisa durante o Ostracycle levará para casa uma miniatura da escultura oficial, no dia da volta do monumento. De acordo com o secretário de Turismo, José Márcio Moreira dos Santos, esta é uma homenagem à atriz, que virou um dos símbolos da cidade e um atrativo turístico, devendo ser pre- servado. “Nossa Brigitte vai para o SPA e voltará repaginada”, brinca o secretário. Escultura da atriz Brigitte bardot, na Praia da Armação Foto: Divulgação Consideradoumdosprincipaiseventosturísticosdacida- de de Rio das Ostras, o Ostrascycle, completa em 2015 vinte anos de histórias. Com a expectativa de receber milhares de pessoas de diversas cidades brasileiras e da América do Sul, entre os dias 26 e 29 de março, a Prefeitura desenvol- veu com o apoio técnico da FGV - Fundação Getúlio Vargas, a aplicação de uma pesquisa que avalia o perfil do turista que frequenta a cidade e o impacto econômico do evento. A partir destes resultados, a FGV dará continuidade à elabo- ração do Plano de Desenvolvimento Turístico que, pelos pró- ximos anos, vai balizar as ações que serão implantadas pelo Município. Fazem parte do questionário perguntas do tipo “Como conheceu o Ostrascycle?”, “Porque escolheu Rio das Ostrasparapassear?”e“QualaimagemqueficousobreRiodas Ostras?”. O objetivo é identificar o porquê da preferência dos visitantes pela cidade. Para a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carla Ennes, o trabalho com base em dados é fundamental para uma gestão eficiente. “Firmamos uma parceria com uma das mais importantes instituições do Brasil, que trabalha para o Ministério do Turismo, e já vinha desenvolvendo ações por intermédio do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau. Agora teremos um diagnóstico do turista que frequenta o Mu- nicípio, o que irá nortear a implantação de políticas públicas”, disse a secretária. Pesquisa apontará perfil do turista que frequenta Rio das Ostras durante o Encontro Internacional de Motociclistas Foto: Divulgação Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  8. 8. 14 15 Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  9. 9. 16 17 Costa verde PororientaçãodaprefeitaConceiçãoRabha,aFundaçãode Turismo finaliza os detalhes da Operação Semana Santa. Duranteoferiado,aequipedefiscalizaçãodaPrefeiturade Angra pretende repetir as ações que propiciaram um Carnaval tranquilo.EstãoprevistasaçõesnaIlhaGrande,VilaHistóricade Mambucaba, nas praias do Contorno, Ponta Leste até Garatu- caia,alémdeoutrospontosquerecebemumagrandequantidade devisitantesemfinaisdesemanaeferiadosprolongados. CITabriráemhoráriodiferenciado Para receber os turistas que vêm a Angra dos Reis, em especial aqueles que buscam autorização de acesso à Praia do Aventurei- ro,naIlhaGrande,oCentrodeInformaçõesTurísticas(CIT)da Praia do Anil abrirá em horário especial entre os dias 2 e 4 deste mês. Os atendimentos começarão às 6h e seguirão até 20h. Em diasnormais,oCITfuncionaentreas8he18h. ValedestacarqueoacessoàPraiadoAventureiro,localizadaden- trodaReservaBiológicadaPraiadoSul,élimitadoa560pessoas simultâneas.Adistribuiçãodaspulseirasquegarantemoacessoe ocadastramentodosvisitanteséderesponsabilidadedaTurisAn- graeafiscalizaçãonaIlhaGrandeéfunçãodoINEA. InformaçõessobreasregrasdeacessoaoAventureiro,assimcomo osprincipaisatrativosdeAngraeseushoráriosdefuncionamen- to, você encontra no Centro de Informações Turísticas (CIT), Operação especial vai fiscalizar turismo em Angra dos Reis durante feriadão Apresentação será na Praça Zumvi dos Palmares no Sábado de Aleluia localizadonaAv.AyrtonSenna,s/nnaPraiadoAnil,noCentro da cidade. O CIT atende pelo telefone (24)3369-7704 e pelo (24)3367-7826.Maisdetalhesnowww.turisangra.com.br. Operaçõesdeordenamentocontinuam ParaevitarqueveículosturísticosirregularesvenhamparaAngra dosReis,oqueemalgunscasos,podecolocaravidadosvisitantes emperigo,aPrefeituradeAngra,emparceriacomoBatalhãoda PolíciaRodoviáriaEstadualePolíciaMilitar,epormeiodaTuri- sAngra,FiscalizaçãodePosturaseaSuperintendênciaMunicipal de Trânsito, preparou uma série de ações, que contarão com bar- reirasemestradasefiscalizaçãoemcorredoresturísticos. Osórgãosmunicipaisfiscalizarãoseônibus,micro-ônibusevans turísticaspossuemautorizaçãoparaestacionarnomunicípio,en- quanto as autoridades policiais verificarão aspectos de segurança edocumentação.Informaçõessobreasregrasparaoacessodeve- ículosdefretamentopelo(24)3369-7704. Alémdasoperaçõesemestradas,asequipesdeordenamentoefis- calizaçãodaPrefeituradeAngradesenvolverãoaçõesemtodosos corredores turísticos. Estes grupos estarão empenhados no com- bateaopreparodealimentosemáreaspúblicas,emcoibirocam- ping selvagem, em notificar ônibus turísticos irregulares, estacio- namento na faixa de areia, e atividades clandestinas de turismo, comooalugueldeinfláveis,ambulantesirregulares,entreoutros. Ilha do Abraão será um dos locais fiscalizados pela operação Semana Santa Foto: Igor Abreu Os munícipios turísticos de Mangaratiba, Angra e Pa- raty apresentam as melhores ocupações hoteleiras da Costa Verde fluminense, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ). A última pesquisa da entida- de, divulgada nesta terça-feira (31), mostra que Mangara- tiba está com 90% de ocupação; Angra com 95%; e Paraty registra 98%. Para o gerente geral da Pousada Porto Imperial, localizada na Cidade Histórica de Paraty, a boa ocupação se dá, prin- cipalmente, pela agenda de eventos local. “Já estamos com 100% de ocupação para o período. Muito se deve graças à extensa programação cultural e a tradição religiosa de Para- ty”, conta. A abertura da programação de Semana Santa em Paraty aconteceu no Domingo de Ramos, dia 22 de março, e se es- tende até o dia 5 de abril, com a Missa Solene de Páscoa com Coroação de Nossa Senhora das Dores, na Igreja Matriz. Na sexta-feira, às 21 horas, será realizada a encenação teatral do Auto da Paixão - “Um Homem Chamado Jesus”, no Areal do Pontal. O evento é gratuito e reúne, em média, um elen- co de 100 atores, entre profissionais e amadores.  Já o Domingo de Páscoa será marcado pelo levantamento do mastro da Festa do Divino Espírito Santo e pela missa so- lene na Igreja Matriz, com cerimônia de coroação de Nossa Senhora. Após, haverá o deslocamento da imagem de Nossa Senhora para a Capela de Nossa Senhora das Dores. Costa Verde registra excelente ocupação hoteleira para a Semana Santa Foto: Fernando Piancastelli Apresentação será na Praça Zumvi dos Palmares no Sábado de Aleluia Praia Grande e suas águas esverdeadas são destaque em Angra dos Reis Foto: Igor Abreu Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro CLIQUE AQUI, ENTRE EM NOSSO SITE E CADASTRE-SE GRATUITAMENTE PARA FICAR POR DENTRO DE TUDO QUE ACONTECE NO TRADE. INFORMAÇÃO ALÉM DO PAPEL
  10. 10. 1918 Metropolitana ORio de Janeiro será tema de uma corrida de rua promovida pela Secretaria de Turismo do Rio e a Riotur, em parceria com o Rio Convention & Visitors Bureau (RCVB). A ação ocorrerá durante a IMEX, em Frankfurt, no dia 19 de maio, e tem como objetivo divulgar a cidade como destino de práticas es- portivas,visandoàocupaçãohoteleirapós-Olimpíadas. Todos os inscritos na feira poderão participar, e ganhar um kit de corrida com camiseta para usarem durante a prova, que terá 5km de percurso. Na chegada, um ban- nercomimagensclássicasdacidade,medalhaseáguade coco irão recepcionar os corredores, além, é claro, da di- vulgação do destino como sede ideal para eventos desta natureza.Largadaechegadaserãonaentradadafeiraeos primeiroscolocadosirãoreceberumtroféu. A IMEX é uma das mais importantes feiras de turismo de incentivo e congressos do mundo. Tem duas edições anuais, uma em Frankfurt, na Alemanha, que irá acon- tecer entre 19 e 21 de maio, e outra em Las Vegas, nos EstadosUnidos.Naediçãoalemãde2014,aIMEXreu- niu em torno de 3,5 mil expositores, quatro mil hosted buyers (compradores) e cinco mil visitantes. Mais de 65 milquartosforamnegociadosduranteoevento. O Jornal de Turismo do Rio de Janeiro falou com o presidente da Rio CVB, Alfredo Lopes, que destacou que a ação é de grande importância para o mercado ca- rioca. “A IMEX é de extrema importância para o trade carioca, pois reúne profissionais do segmento MICE de diversos países. Promover o Rio de Janeiro a partir de ações paralelas à feira é aproveitar a oportunidade para mostrar a importantes representantes do setor tu- rístico internacional que a cidade está preparada para Maratona promove Rio como Cidade Olímpica na IMEX receber eventos de todos os segmentos, porte e em qualquer época do ano. Através da parceria com a Riotur, apresentaremos nossa infraes- trutura turística e urbana, os equipamentos para o mercado de con- gressos e feiras, além dos produtos e serviços de nossos mantenedores”, ressalta o presidente-executivo do Rio CVB, Alfredo Lopes. No segundo dia da feira, uma conferência promovida pela IMEX irá apresentar diversos temas como corridas corporativas, práticas esporti- vas,desaúdeebem-estarquesãopraticadasnacidade,quetemoesporte emseuDNA.   - Vamos gerar um grande buzz na feira com esta corrida, usando a rea- lização das Olimpíadas no ano que vem como mote e destacando nossa capacidade e vocação para receber eventos esportivos. Já estamos tra- balhando intensamente na captação de novos congressos e convenções para a cidade no período pós-olímpico, de forma a manter a ocupação hoteleiragirandoacimade70%,índicequetemosatualmente-explicao secretáriodeTurismodoRio,AntonioPedroFigueiradeMello. Morro do Pão de Açúcar e da Urca, Rio de Janeiro Foto: Alexandre Macieira AAssociação de Hotéis do Rio (ABIH-RJ) di- vulgou a prévia de ocupação hoteleira para o feriado de Semana Santa (03 a 05 de abril). Os bairros já tradicionalmente mais procurados pelos turistas, Ipanema/ Leblon (78,99%) e Copa- cabana/Leme (76,11%), já registram médias acima dos 75%, índice superior aos 55% apurados na mé- dia geral da cidade. As regiões do Centro, Barra da Tijuca e Flamengo e Bo- tafogo estão na casa dos 40%. Entre os dados apurados, os turistas nacionais representam 73,83%, com maior presençadeturistas provenientes do estado deSãoPaulo. “Em um mês de três feriados, é natural que a demanda seja diluída. Para estimular os brasileiros a visitarem o Rio, especialmente a capital, o Rio Convention e Visitors Bureau (Rio CVB) coordenou uma campanha promocional entre os dias 24 e 30 de março, nas rádios de São Paulo e Minas Gerais, com o intuito de apresen- tar nossos atrativos turísticos e incrementar os índices de ocupação na capital”, declarou Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ e do Rio CVB. No interior do estado, a procura está bem mais aquecida e a média de ocupação já chega a 83%. Destinos como Petrópolis, Teresópolis, Paraty, Búzios, Arraial do Cabo e Mangaratiba já ultrapassam 90% de quartos vendidos para a data. “A ocupação do interior do estado bastante in- fluenciadapelosturistascariocas,queaproveitamosfinsde semana prolongados para escapar para os arredores, sem a necessidade de grandes investimentos em aéreo”, explicou o presidente da ABIH-RJ.   ABIH-RJdivulgaestimativadeocupaçãoparaoferiadodaSemanaSanta OSupremo Tribunal Federal deci- diu recentemente restabelecer o antigo limite territorial do muni- cípiodeMacuco,naregiãodosCaminhos da Serra. A cidade que hoje tem o menor orçamento do Estado, vai pular de último para a 15º posição. De acordo com o pre- feito Felix Lengruber, a mudança vai for- talecer a arrecadação e dobrar a renda per captadolocal. Para entender os impactos dessa mudan- ça no turismo local, a equipe do Jornal de Turismo conversou com exclusividade com o secretário Municipal de Turismo de Macuco, Roberto Lattanzi. Confira o batepapo! Jornal de Turismo: Como está sendo vista a decisão do Supremo Tribunal Fe- deral que devolve ao município parte do territórioquehojepertenceaCantagalo? Roberto Lattanzi: Sonhamos décadas com esse desfecho. O convívio muitas vezes era difícil com situações do tipo: Você está indo para Cantagalo? Alguns bairros do município passaram a per- tencer a Cantagalo e isso era de certa forma, constrangedor. Até mesmo o nosso CIEP passou a constar territo- Novo limite territorial de Macuco promete bons frutos para o turismo regional Caminhos da Serra Cidade de Macuco, na região dos Caminhos da Serra Roberto Lattanzi, secretário Municipal de Turismo de Macuco Foto: Divulgação rialmente como Cantagalo. Na verdade, isso mexe com a autoestima dos mora- dores, com um pouco de orgulho de ser Macuquense e nos trás de volta, referên- cias e identidades perdidas. JT: Como acha que essa nova área do município pode impactar o turis- mo local? RL: Totalmente, uma vez que, até fazendas do século XIX passam a ser novamente parte do território de Macuco. Fazendas de produção de cachaças, doces e também abertas para hospedagem. JT: O município hoje tem o menor orçamento do Estado, com a mudan- ça, essa realidade irá mudar. Existem investimentos previstos para fomen- tar o turismo na cidade? RL: Essa é a nossa realidade atual, somos sim o menor município em arrecadação do Estado, portanto, muito dos projetos sonhados como, Turismo Rural, Gastronomia de Roça e o 1º Macuco Gourmet que nunca conseguimos realizar pode vi- rar realidade e atrair boas parcerias. JT: A prefeitura e a secretaria de Turismo têm ações e projetos para atrair turistas para Macuco no ano de 2015? RL: Estamos atravessando uma crise e tentando passar por ela com caute- la, temos um calendário fixo a cum- prir e isso requer atenção redobrada. Macuco hoje realiza dois grandes eventos tradicionais, o maior festi- val de folias de reis da região e os fes- tejos de São João Batista, tido hoje como o maior São João do Estado, não podemos nos descuidar desses dois eventos. O prefeito está cum- prindo esses calendários sem deixar que a qualidade seja afetada. São 100 anos de São João e quase 50 do Festival de Folias de Reis. Nos pre- paramos para novas ações em 2016. JT: Qual a expectativa do município com essa nova área territorial previs- ta para o começo de 2016? RL: São as melhores possíveis, va- mos desengavetar eventos impor- tantes e fomentar o turismo rural e sua gastronomia típica de roça. Edição Semanaldo io de aneiroEdição Semanaldo io de aneiro
  11. 11. 20 21 Presidente da Neltur comenta ações para Niterói com foco nos jogos olímpicos Localizada a apenas 13 quilômetros da Cidade Maravi- lhosa, a visita ao município de Niterói já se justificaria pela bela vista que se tem dos maiores pontos turísticos doRiodeJaneiro.Entretanto,Niteróiémuitomais.OMuseu de Arte Contemporânea (MAC), o Complexo dos Fortes, o conhecido Mercado de Peixe, o Polo de Moda, o comércio diversificado e a gastronomia de excelência apontam Niterói como destino turístico de relevância no cenário nacional. Com a proximidade dos Jogos Olímpicos, Niterói vive no- vamente a expectativa de atrair turistas de todo o mundo, além de recepcionar algumas delegações que estarão no Bra- sil durante as competições. O Jornal de Turismo do Rio de Janeiro preparou uma entrevista exclusiva com Paulo Freitas, presidente da Neltur (Niterói Empresa de Lazer e Turismo), para entender um pouco da preparação da cidade e conhecer asnovidadeseações que o munícipio está desenvolvendopara a chegada do megaevento. Confira! Jornal de Turismo: Como foi o ano de 2014 para o tu- rismo de Niterói? A Copa do Mundo ajudou a fomen- tar a atividade devido à proximidade com a capital? Paulo Freitas: O ano de 2014 a cidade recebeu, durante o período da Copa do Mundo, 119.064 visitantes, que gastaram mais de R$ 86 milhões, conforme a pesquisa realizada em parceria com o Observatório de Turismo da UFF – Universidade Federal Fluminense. Niterói é beneficiada diretamente pela proximidade com a capi- tal, uma vez que os dois destinos formam a região turís- tica Metropolitana do estado. A gestão integrada conduziu a oportunidade de gerar parcerias tanto na assinatura de Termo de cooperação da promoção dos dois destinos turísticos, como na ins- talação de um Centro de Atendimento ao Turista de Ni- terói, na Praça XV – Centro do Rio, e na participação em conjunto, em feiras e eventos.   JT: Em 2015, Niterói já participou da Fitur, quais são os outros eventos em que o município estará sendo pro- movido? PF: Planejamos a promoção turística de Niterói na 43ª ABAV, FESTURIS de Gramado, WTM Latin América, FIT Buenos Aires e 19ª AVIRRP com o intuito de di- vulgar a oferta, os serviços e os equipamentos turísticos do destino Niterói com distribuição de folheteria, pros- pecção de investimentos e intensificação do relaciona- mento com o trade turístico.   JT: Quais são as novidades e ações da Neltur para fo- mentar o turismo durante esse ano? PF: Além de atender as demandas da pasta, este ano o foco é dar continuidade na gestão dos convênios firma- dos com o Ministério do Turismo, a saber:  - Divulgação da cidade de Niterói por meio da produ- ção de material promocional na confecção de um livro turístico e de uma revista de Niterói, para serem divul- gados, sobretudo, nos hotéis da cidade do Rio de Janei- ro, produção de vídeo turístico de Niterói e de um ban- co de imagens, o lançamento do novo Guia Turístico impresso com informações úteis sobre os atrativos e ser- viços turísticos do município com a finalidade de com- plementar nosso material promocional e o lançamento do novo site da NELTUR, mais moderno, dinâmico e interativo;   - Promoção e divulgação dos atrativos turísticos de Niterói através de mídias digitais interativas e campa- nha de marketing digital que destaca como expoente, Jt | RJ Entrevista Paulo Freitas, presidente da Neltur Foto: Divulgação a arquitetura, a cultura, a história e as belezas naturais. A campanha publicitária será direcionada ao fluxo de turistas existente nas cidades de Niterói e do Rio de Ja- neiro e seus respectivos moradores. A veiculação publi- citária de vídeos turísticos e o conteúdo sobre os atrati- vos, produtos e serviços, serram dispostos em 8 totens digitais interativos instalados nos principais pontos de fluxo turístico da cidade de Niterói e da cidade do Rio de Janeiro. A promoção também ocorrerá através de uma campanha massiva de Marketing Digital nas Redes Sociais denominada “Motivos para Sorrir em Niterói” (#motivosprasorrir #emniteroi, facebook.com/niteroi- cidadesorriso, instagran.com/emniteroi); - Construção e reestruturação, totalizando 8 centros de atendimento ao turista, localizados: no Museu de Arte Contemporânea – MAC, no Caminho Niemeyer, na Região Oceânica (turismo de sol e praia, ecoturismo, polo moveleiro, e polo gastronômico), e na Praça Ara- ribóia (em frente à Estação das Barcas). São Francisco, Praça XV-RJ (em frente à Estação das Barcas), Parque da Cidade e Campo de São Bento; - Melhorias na infraestrutura de acesso ao complexo dos fortes que compreende a entrada do Forte Barão do Rio Branco até a Fortaleza de Santa Cruz da barra em Jurujuba. - Melhoria na infraestrutura do Caminho Niemeyer: implantação de um novo e moderno sistema de ilumina- ção, a sinalização de pedestres, com informações sobre os equipamentos e a sinalização viária nas proximidades do conjunto de atrativos turísticos.  JT:ExistehojenaNeltur,umplanejamentodepromoçãodeNi- teróicomaproximidadedosJogosOlímpicos? PF: Sim. Várias ações estão sendo planejadas para melhor apro- veitamento turístico de Niterói nos Jogos Olímpicos 2016, den- treelas:arestruturaçãodaLinhaNiteróiTurismo(Citytourpro- movidopelaNELTUR);apriorizaçãodaimplantaçãocompleta doprojetodesinalizaçãoturística(viáriaedepedestre)nacidade enosseusacessos;emparceriacomocomitêolímpico,aadapta- ção de áreas para recebimento do crescente fluxo de turistas que utilizam motohomes; a intensificação da campanha de marke- ting turístico com foco na cidade do Rio de Janeiro; e o acolhi- mento de equipes esportivas para a aclimatação, em especial, na modalidadedavela. Niterói, pela sua proximidade com a cidade do Rio, é con- siderada uma subsede das Olimpíadas e um destino turís- tico complementar a cidade maravilhosa, por isso, estamos dando continuidade ao trabalho iniciado na Copa, que é de grande prospecção e divulgação através de distribuição de material - contendo os pontos turísticos e as belezas naturais e culturais - junto ao trade turístico do Rio de Janeiro, em eventos de turismo que participamos em outros destinos e nosCentrosdeAtendimentoaoTuristadaRioTuretambém nos pontos turísticos do Rio de Janeiro, em um trabalho de parceria com a TurisRio no Projeto “Cidades Maravilhosas”. JT: A cidade está preparada para receber turistas, uma vez que, o foco agora é o Rio de Janeiro e consequentemente, Niterói devi- doaproximidadeentreascidades? PF: Niterói se destaca pela sua diversidade de atrativos, con- templada por cultura, natureza, arquitetura e hospitalidade, além de privilegiados pontos com vistas panorâmicas da ci- dade do Rio de Janeiro, se tornando, com isso, um excelente destino turístico complementar a Cidade Maravilhosa. Nossa cidade tem capacitado sua mão de obra através do PRONA- TEC Turismo, tem ampliado e qualificado a sua oferta de meios de hospedagem e possui, sem duvida, uma das melho- res estruturas gastronômicas do Estado. Detentora, em âmbito mundial, do segundo maior conjunto de obras do arquiteto Oscar Niemeyer, do maior complexo conti- nuodeFortesdoBrasilepossuidoradeumanaturezaexuberante, Niteróilançou,nofinalde2014,seuplanejamentoestratégicode curto, médio e longo prazo, considerando o período de 20 anos, entre 2013 e 2033, em que o turismo foi apontado como a prin- cipal ferramenta para o seu desenvolvimento sustentável. Dentre asaçõesprioritárias,estão:acaptaçãodeinvestimentosparaaam- pliaçãodaredehoteleiraeparaaconstruçãodecentrodeconven- ções,arevitalizaçãodoCentrodacidade,tendoafrentemarítima da Baía de Guanabara e a preservação do seu patrimônio como foco, uma grande intervenção de mobilidade urbana integrando aorladaBaíadeGuanabaraàspraiasoceânicasdacidade,através do projeto Transoceânica, a construção do Mercado Municipal de Niterói, com ênfase na gastronomia. Portanto a cidade esta preparadaparareceberosturistasemelhoraraindamaisasuapo- sição de maior IDH do Estado. Com tudo isso, venha viver e ter motivosparasorriremNiterói.   Edição Semanal Edição Semanaldo io de aneirodo io de aneiro
  12. 12. Marketing e Negócios: Fernando Dias Marketing|Canais: Daniel Martins Marketing|Promoção: Carlos Batista Tecnologia/Web: Fernando Nogueira Correspondência e Assinaturas: Rua Capitão Salomão nº 27 |Conj. 208 São Paulo | SP | Brasil | CEP 01034-020 Presidente: Cláudio Magnavita Vice-presidentes: Fernando Nogueira Outras publicaçãoes: Jornal de Teatro / JT Magazine Presidente: Cláudio Magnavita Diretores: Fernando Nogueira Diretor Executivo: Fernando Dias www.jornaldeturismo.tur.br E-mail: redacao@jornaldeturismo.tur.br REDAÇÃO Rio de Janeiro: Rafael Bonfim e Ingrid Barbasa Petropolis: Pablo Kling São Paulo: Henrique Amato, Alexandre Lago e Nelson Coltro Brasília: Sérgio Nery Diagramação/Design: Thiago Adelino Oto Guerra 2222 IVCopadeSaquafightdeJiu-Jitsu A cidade de Saquarema recebe a IVCopadeSaquafightdeJiu-Jit- su2015.Oeventotemrealização da Academia Saquafit e apoio da Prefeitura de Saquarema, através da Secretaria Municipal de Es- porte e Lazer. A competição vai acontecer na FAETEC de Baca- xá, no dia 12 de abril. A disputa é voltada para atletas de todas as idades, faixas, catego- rias e de ambos os sexos. Eles lutarão em suas próprias categorias, desde o pré-mirim (festival) até a master cinco. A partir da categoria juvenil, os competidores poderão lutar pela categoria absoluta. As inscrições poderão ser feitas pelo e-mail: contato@saquafight. com.br ou na Academia Saquafight, na Rua Alcides Ferreira da Sil- va – número: 998 – Boqueirão/ Saquarema até o dia 10 de abril, uma sexta-feira. EmabrilacidadedeVassourasrecebeotradicional FestivalCafé,Cachaça&Chorinhoedição2015. Neste ano, o evento que reúne música, cultura e gastronomiadoValedoCaféacontecenosdias10,11e 12deabril. Alémdocardápioespecialpreparadopelos hotéis e restaurantes, a cidade irá receber uma grande feiraartístico-gastronômicacomiguariasinspiradasno café,cachaçaeprodutosdaregião.AAntigaEstaçãode TremdaCidadeseráopalcodeshowsaovivo,caravana gastronômica, feira de rua com barraquinhas de comi- daefoodtruckscomapresençaderenomadoschefs. A programação musical também é especial, com apre- sentações de Choro e MPB que acontecerão durante os três dias do evento. O CC&C 2015 é uma parceria entreaPrefeituradeVassouras,SENAI,ACIAV,hotéis erestaurantesdoMunicípio. 09 de abril de 2015 FESTA DE ANIVERSÁRIO DA CIDADE DE 09 A 12/04 Local: RIO DAS OSTRAS 11 de abril de 2015 X TERRA PARATY - EVENTOS ESPORTIVO DE 11 E 12/04 Local: PARATY 16 de abril de 2015 XXVII EXPO ITAPERUNA DE 16 A 19/04 Local: ITAPERUNA 17 de abril de 2015 FESTA E CAVALGADA DO PADROEIRO-SÃO FIDELIS DE 17 A 24/04 Local: SÃO FIDELIS Café, Cachaça e Chorinho Agenda Confiraaprogramação Sexta-feira,10/04,naAntigaEstaçãoFerroviária: 20:00AberturadoeventocomCaindonoChoro CaravanaGastronômica  Sábado,11/04 10:00-VisitaçãoCervejariadoSENAI 10:00-VisitaçãoàFazendadoSecretário 10:30-RodasdaVila,noCoretodaPraçaBarãodeCampoBelo 12:00-VisitaçãoacervejariadoSENAI 14:00-EcoClubeEspecialnoMuseuCasadaHera 16:00Palestra“AlmanaquedoChoro”comAndréDiniz 17:00-RodasdaVila,naAntigaEstaçãoFerroviária 17:00às24:00-CaravanaGastronômica,AntigaEstaçãoFerroviária 20:00-HenriqueCazes-Beatles´nChoro,naAntigaEstação Domingo, 12/04 11:00-VisitaçãoàFazendaCachoeiraGrande 11:00-BatuquenaCozinha,naAntigaEstaçãoFerroviária 11:00às15:00-CaravanaGastronômica,naAntigaEstaçãoFerroviária Edição Semanal do io de aneiro do io de aneiro

×