Curso de introdução ao mercado de ações

1.232 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
85
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de introdução ao mercado de ações

  1. 1.
  2. 2. Introdução ao Mercado de Ações<br />
  3. 3. Bolsa de Valores<br /><ul><li>Fundada em 23/08/1890
  4. 4. Ambiente que oferece condições e sistemas necessários para a realização de negociações de títulos e valores mobiliários de forma transparente
  5. 5. Regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).
  6. 6. Maior centro de Negócios da América Latina
  7. 7. Visa estimular o desenvolvimento econômico
  8. 8. Março de 1999 – Implantação do Home Broker
  9. 9. Hoje é totalmente eletrônica</li></li></ul><li>
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12. Como começar a investir<br />CORRETORA<br />INVESTIDOR<br />BOLSA<br />CBLC<br />
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16.
  17. 17.
  18. 18.
  19. 19.
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22.
  23. 23.
  24. 24. Acreditar nas empresas <br /> do Brasil<br />
  25. 25. O Ciclo Virtuoso da Bolsa<br />Mercado primário e secundário<br /><ul><li>Mercado primário
  26. 26. Mercado secundário</li></li></ul><li>Por que as empresas abrem capital;<br />O que é uma ação;<br />Tipos de ações;<br />O que é Oferta Pública de Ações (IPO);<br />Tipos de Mercado: à vista, a termo, aluguel, ETF, opções.<br />Ação?<br />
  27. 27. Ação - definição<br /><ul><li>O que é uma ação?</li></ul> Título Negociáveis de Sociedade<br />Empresa<br />S.A.<br />
  28. 28. Nomenclatura<br /> Os códigos das ações em sua maioria são formados por:<br /><ul><li>4 letras que identificam a empresa: PETR - Petrobrás
  29. 29. 1 ou 2 números indicam a classe das ações: </li></ul>4 - ações preferenciais<br /><ul><li>Código da Petrobrás: PETR4</li></li></ul><li>As ações<br /> Podem ser:<br /><ul><li>Ordinárias - ON:
  30. 30. Com direito a Voto em Assembléias;
  31. 31. Ex. PETR3 – Petrobras ON
  32. 32. Pode se opinar nas decisões da empresa.
  33. 33. Preferenciais PN:
  34. 34. Ações que tem preferência na distribuição dos lucros (dividendos e JCP).
  35. 35. Exemplo: PETR4 = Petrobrás PN. Geralmente são as mais negociadas.</li></li></ul><li>Alguns códigos<br />3 ON<br />4 PN<br />UNITS<br />
  36. 36. Classificações<br /> Basicamente são 3 as principais classificações para as ações no mercado:<br /><ul><li>Blue Chips
  37. 37. Ações de “primeira linha” / alta liquidez;
  38. 38. Ex.: VALE5, PETR4, BBDC4, CSNA3.
  39. 39. Ações de 2° linha:
  40. 40. Midlle Caps
  41. 41. Liquidez média
  42. 42. Ex.: GFSA3, CYRE3, LREN3, BRFS3.
  43. 43. Ações de 3° Linha
  44. 44. Small Caps
  45. 45. Empresas com menor liquidez;
  46. 46. Ex.: SMTO4, ACGU3, BRML3.</li></li></ul><li>Lucro<br />Lucro<br />Empresa<br />Lucro<br />Empresa<br />Empresa<br />2007<br />2008<br />2009<br />Resultados<br /><ul><li>Ganha-se no mercado de ações com o aumento no valor de mercado da empresa e com o recebimento de proventos (dividendos, JCP, subscrição de ações, etc)</li></ul>Ação = R$20,00<br />Dividendos = RS2,00<br />Ação = R$30,00<br />Dividendos = R$3,00<br />Ação = R$40,00<br />Dividendos = R$4,00<br /><ul><li> Dividendos são parte do lucro da empresa, após o imposto de renda, que é distribuído aos sócios da companhia.</li></li></ul><li>Conceito<br /> O conceito que explica a alta ou a baixa do mercado é muito simples:<br /><ul><li>Por que o mercado sobe?</li></ul> Porque a força comprado é maior, ou seja, <br /> tem mais investidores comprando ações.<br /><ul><li>Por que o mercado cai?</li></ul> Porque a força vendedora é maior, ou seja, <br /> tem mais investidores vendendo ações.<br />
  47. 47. Mercado fracionário;<br />Custos corretagem, custódia, emolumentos;<br />I.R.;<br />Horário de negociação.<br />Pregão Regular: das 10:00h às 17:00h<br />After-Market: das 17:45h às 19:00h<br />Horário de Verão:<br />Pregão Regular: das 11:00h às 18:00h<br />After-Market: das 18:45h às 19:30h<br />Observações<br />
  48. 48. Outros mercados da BMF Bovespa<br />Mercados Futuros<br />Commodities agrícolas e Derivativos<br />
  49. 49. Derivativos<br />conceito e exemplo<br /><ul><li>Os derivativos constituem o instrumento de mercado mais eficaz para eliminar o risco da variação de preços do bens econômicos, permitindo a permuta desses riscos (ou sua transferência para os especuladores). Esta é sua função básica.</li></ul>Exemplo: Hedge com Dólar<br /><ul><li>Se uma empresa exportadora ou importadora quer fixar o câmbio de uma operação, ela pode fazer uma operação de hedge com contratos de dólar.</li></ul> Função: Estar protegido das oscilações na cotação da moeda<br />
  50. 50. Aprenda a operar<br />use as ferramentas de análise da Gradual<br /><ul><li>Muitas pessoas que entram na Bolsa operam de acordo com o que ouviram de amigos, com o que leram em blogs. Cuidado!
  51. 51. O caminho para bons resultados exige disciplina e...</li></ul>ESTRATÉGIA!<br />
  52. 52. Tipos de Análise<br />
  53. 53. Escola Técnica<br /> Escola Fundamentalista<br />
  54. 54. Análise Fundamentalista<br /><ul><li>Indica:
  55. 55. O que comprar?
  56. 56. O que vender?
  57. 57. Analisa os fundamentos econômicos e financeiros da empresas.
  58. 58. Balanços, fluxos de caixa, perspectivas para longo prazo, mercado em que a empresa está inserido, entre outros.</li></li></ul><li>Análise Técnica<br /><ul><li>Indica:
  59. 59. Quando comprar? Quando vender? Permite identificar o “timing” da operação.
  60. 60. O objeto de estudo é o comportamento dos preços das ações. Não leva em consideração os fundamentos, mas as oscilações no valor da ação.
  61. 61. Busca identificar, através do estudo do gráfico de preço, tendências e padrões que sinalizam os movimentos de alta ou baixa das ações.
  62. 62. Aproveitar o “zigzag” (sobrevendidos e sobrecomprados) e previnir-se de realizações.</li></li></ul><li>Análise Técnica - Premissas<br /><ul><li>A Análise Técnica como ferramenta facilita o entendimento do mercado a partir de três premissas:
  63. 63. 1. Os gráficos descontam tudo;
  64. 64. 2. O mercado se move seguindo certos padrões;
  65. 65. 3. Esses padrões se repetem ao longo do tempo;
  66. 66. Ajuda a entender o Comportamento das pessoas que operam no mercado</li></li></ul><li>Análise Técnica - estratégias<br /><ul><li>Perfil de Curto Prazo
  67. 67. Padrões Matemáticos
  68. 68. Algumas análises mais utilizadas:
  69. 69. Candle
  70. 70. Suportes e Resistências
  71. 71. Médias Móveis
  72. 72. Tendências.</li></ul>(Abordaremos a seguir essas estratégias)<br />
  73. 73. Gráfico de Candlestick<br />
  74. 74. Linhas de Tendências<br />Os três movimentos possíveis dos Preços:<br />1- Tendência de Lado;<br />2- Tendência de Alta;<br />3- Tendência de Baixa;<br />
  75. 75. Suporte e Resistência<br />Suporte – Nível de preço onde os interesses dos compradores é suficientemente forte para se sobrepor a pressão vendedora.<br /> Resistência – Nível de preço onde os interesses dos vendedores é suficientemente forte para se sobrepor a pressão compradora.<br />São zonas psicológicas formadas pela atividade passada do ativo.<br />
  76. 76. Tendência Lateral:<br />Topos e Fundos em níveis próximos;<br />
  77. 77.
  78. 78. Tendência de Alta:<br />Análise Técnica<br />Topos e Fundos ascendentes ao longo do tempo;<br />
  79. 79. LTA<br />
  80. 80. Tendência de Baixa:<br />Topos e Fundos descendentes ao longo do tempo;<br />
  81. 81.
  82. 82. Médias Móveis<br />compra<br />Vende<br />compra<br />compra<br />
  83. 83. Exemplo de operação<br />Stop: R$0,82 Objetivo Técnico: R$2,49 / 11,9%<br />
  84. 84. Quem são, historicamente, as maiores pagadores de dividendos?<br />
  85. 85. Tenha acesso gratuito ao Home broker: sistema online de acompanhamento do Mercado<br />
  86. 86. Homebroker;<br />Plataforma profissional DMA Tryd;<br />RoboTrader;<br />Negociação Eletrônica<br />
  87. 87. Informação<br />Diversas Ferramentas e Relatórios para ajudar na sua decisão<br />Comentários Diários<br />Análise Gráfica<br />Guia de Ações<br />Analise de Empresas<br />Carteiras Recomendadas<br />
  88. 88. Venda descoberta de ações (aluguel via BTC);<br />Venda e posterior compra (daytrade);<br />Trava com opções de compra;<br />Venda do índice futuro.<br />Podemos ganhar na queda?<br />
  89. 89. Produtos<br />
  90. 90. Mercado deAções<br />Ações<br />Oferta Pública<br />Opções<br />Aluguel<br />Termo<br />Conta Margem<br />Fundos de Investimento<br />Fundos Gradual<br />FIDC (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios<br />Fundos Imobiliários<br />Mercadorias e Futuros<br />Derivativos Agrícolas<br />Derivativos Financeiros<br />Clubes de Investimento<br />Tesouro Direto<br />Outros Produtos<br />CRI<br />Debêntures<br />
  91. 91. Análise: Brasil e os cenários macro e microeconômicos<br />
  92. 92. Cenário Atual<br />O Brasil quebrou paradigmas nos últimos anos:<br /><ul><li>Controle da inflação
  93. 93. Estabilidade política e fiscal
  94. 94. Estabilidade monetária
  95. 95. Juros em queda</li></li></ul><li>NOVO CONCEITO,NOVO EIXO GLOBAL<br />
  96. 96. O mundo que conhecíamos não existe mais: <br />mudança do eixo da economia mundial de EUA e Europa para Ásia e Emergentes<br />
  97. 97. Emergentes já mandam na economia mundial<br />Contribuição para crescimento mundial, %<br />
  98. 98. Brasil – beneficiário da nova ordem mundial: petróleo<br />Reservas provadas de petróleo, (milhões de barris)<br />
  99. 99. 6.500<br />7.000<br />6.000<br />5.200<br />5.100<br />5.000<br />4.000<br />3.000<br />3.000<br />3.000<br />2.300<br />2.000<br />1.000<br />0<br />Cana Brasil <br />Beterraba U E<br />Cana Índia<br />Milho EUA<br />Mandioca<br />Trigo U E<br />Tailândia<br />Brasil: líder no etanol<br />Produtividade do etanol (litros/hectare)<br />
  100. 100. Mais exportações,mais crédito:crescimento<br />
  101. 101. Brasil: ganhando mercado<br />Participação nas exportações mundiais, %<br />
  102. 102. Crédito: muito espaço para crescer no Brasil<br />BRASIL HOJE 17%<br />Fontes: BBM, Merril Lynch e FMI<br />
  103. 103. PIB X IBOV<br />Nos últimos 30 anos o PIB brasileiro cresceu a uma taxa média anual de 2,7% e o Ibovespa apresentou uma rentabilidade média anual de 34,3% em termos reais.<br />
  104. 104. Algumas valorizações 1999-2009<br />Se você tive investido R$ 10 mil nesta ação em dez/99 em dez/09 você teria:<br />TAM PN (TAMM4).......................... R$ 158.131,42<br />Met. Gerdau PN (GOAU4)........... R$ 314.651,29<br />Lojas Americanas PN (LAME4)..... R$ 361.064,43<br />Sid. Nacional ON (CSNA3)........... R$ 405.785,34<br />Randon Part. PN (RAPT4).............. R$ 515.876,19<br />
  105. 105. Outras projeções interessantes<br />Classe Média - Brasil<br />Deve crescer 65% até 2015 (ISPE- Instituto de Pesquisas Econômicas).<br />Bovespa<br />Deve multiplicar por 10 o número de investidores individuais até 2014 (BM&FBovespa).<br />São Paulo<br />Deve ser a quinta cidade mais rica do mundo até 2025 (Consultoria PriceWaterhouse).<br />
  106. 106. Impulsionadores do crescimento(cerejas do bolo)<br />Pré-Sal/Refino/Gasodutos<br />Investimentos projetados de R$ 360 bilhões até 2014 (Petrobras).<br />Trem Bala<br />Orçamento inicial de R$ 33 bilhões (Edital/TCU).<br />Copa do Mundo 2014<br />Investimentos públicos em infra-estrutura (aeroportos, portos e mobilidade urbana) devem somar R$ 18 bilhões e estádios podem consumir mais de R$ 5 bilhões (Brasil Econômico, 22/7/10).<br />Jogos Olímpicos – Rio 2016<br />Despesas totais previstas de R$ 29 bilhões na infraestrutura e operacionalização dos Jogos Olímpicos (Comitê Rio 2016)<br />
  107. 107. Por que investir em ações?<br />
  108. 108. Você quer ser sócio dessas empresas?<br />
  109. 109. Investidores no Mundo<br /> 50% dos americanos investem em ações. (questão cultural)<br />60% da população economicamente ativa investe na Bolsa<br />Somos pouco mais de 0,5% da população investindo em Bolsa<br />O que isso quer dizer?<br />
  110. 110. Oportunidades<br />Possibilidade de retorno no longo prazo com um aumento no número de investidores. <br />Lei da oferta e da procura. Como vimos anteriormente, uma maior força compradora impulsiona o valor das ações.<br />
  111. 111. Quem investe na Bolsa?<br />
  112. 112. 2001<br />Manchete do primeiro semestre de<br /><ul><li>Preço de commodities em mínimas históricas
  113. 113. Bolsas mundiais em mínimas históricas
  114. 114. Risco de quebradeira
  115. 115. Confiança de consumidores e empresários em mínimas históricas
  116. 116. Falta de disponilidade de crédito e custo de crédito em máxima histórica em todo mundo
  117. 117. Vendas despencando, desemprego em elevação
  118. 118. Medo de recessão longa e profunda</li></li></ul><li>Por que investir? Momento Brasil<br /><ul><li>O Brasil vive um momento de estabilidade econômica e política, crescimento, aumento na renda da população.
  119. 119. Um mercado de consumo aquecido;
  120. 120. Perspectivas excelentes para o futuro;
  121. 121. Brasil destino do capital estrangeiro</li></li></ul><li>Como começar a investir<br /><ul><li>Invista em conhecimento, invista em você. Participe dos cursos e palestras da Corretora;
  122. 122. Abra uma conta na corretora – ter conta em corretora não tem custo ou mensalidade;
  123. 123. Invista com uma corretora que ofereça todo o suporte para as operações e para sua tomada de decisão.</li></li></ul><li>BONS NEGÓCIOS E BOA SORTE!!<br />Nome nomenome<br />(16) 3413-4417<br /> Realização: Roberto Baltieri Mauad<br />(roberto.mauad@tbc.com.br)<br /> Raul Ribeiro da Silva <br />(rribeiro@gradualinvestimentos.com.br)<br /> Fábio Biffi <br />(fbiffi@gradualinvestimentos.com.br)<br />
  124. 124. Por que investir e onde?<br />Três aspectos de investimento: retorno, prazo e proteção.<br />História da Bovespa (1890).<br />A Bolsa<br />
  125. 125.
  126. 126. BOVESPA<br />CBLC<br />CVM<br />BM&F<br />CORRETORAS<br />Participantes<br />
  127. 127. Dividendos e Juros sobre Capital Próprio;<br />Valorização da ação.<br />Como ganhar?<br />
  128. 128. Longo Prazo x Curto Prazo<br />Investidor x Trader<br />Análise Fundamentalista x Análise Técnica<br />Quais empresas escolher?<br />Quando comprar e vender suas ações?<br />Decisão de Investimento<br />
  129. 129. Falta de humildade;<br />Excesso de otimismo e falta de disciplina;<br />Sem metodologia;<br />Informações em excesso;<br />Compra na alta e venda na baixa.<br />5 Maiores Erros<br />
  130. 130. A análise Fundamental analisa os fundamentos financeiros da empresa.<br />A análise Gráfica traduz os comportamentos dos investidores.<br />Esta permite identificar o “timing” da operação, aproveitar o “zigzag” (sobrevendidos e sobrecomprados) e previnir-se de realizações.<br />Análise Técnica vs. Fundamental<br />
  131. 131. Teoria de Dow Jones;<br />Identificar tendências LTA e LTB; <br />Suportes e Resistências;<br />Médias Móveis;<br />Análise Técnica<br />
  132. 132. Abrir conta na corretora;<br />Transferir recursos para a conta da corretora;<br />Operar pelo Home Broker ou mesa;<br />Corretora transfere as ações para seu nome (CBLC).<br />Passos para investir<br />

×