COMO SUPERAR
O MEDO DE
REJEIÇÃO
Power By: Bruno Lima
O que me surpreende mais
nesta fase adulta da vida, é
que muitas pessoas não
sabem lidar com a rejeição e
não são adolesce...
Tu és adulto e ainda lutas com o
sentimento de rejeição e não sabes como
lidar com isso? Fico muito infeliz em saber
que l...
A questão que se prende é; as pessoas que guiam as suas
vidas com base daquilo que os outros pensam e como
podem ser rejei...
Já alguma vez foste rejeitado de forma que
te faz sofrer mesmo, lá no fundo do teu
intimo; a ponto que te toque na tua
ent...
E desta forma vamos escalando a
pergunta em 3 pessoas; 5 pessoas; 7
pessoas; 10 pessoas; 20 pessoas e por ai
acima que rea...
A média é de sete (7) pessoas que rejeitam do que se é dito :-)
É claro que existe pessoas com um maior número de rejeiçõe...
Então vou-te lançar mais
uma!
Quantas vezes falaste com
pessoas que desconhecias
pessoalmente e interagiste
com elas? Mais...
Mais uma vez a estatística a falar
mais alto; então essas SETE (7)
pessoas é que são os FREAKS,
eles é que são os estranho...
Há medida que vamos
crescendo e ganhamos a
maturidade; entramos num
estado que sou o que sou; sou
eu mesmo.
E as pessoas p...
Porque as pessoas tem tanto POWER interno,
tanta força e é nisso que tens que te focar e não
nas partes negativas no teu m...
Eu não vou limitar o meu serviço e a minha
mensagem ao mundo com base naquilo que os
outros pensam ou vão dizer.
De que te...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O mito da rejeição.

275 visualizações

Publicada em

O que me surpreende mais nesta fase adulta da vida, é que muitas pessoas não sabem lidar com a rejeição e não são adolescentes, são pessoas tão adultas de idade como Eu ou mais velhas; e isso faz-me rebentar simplesmente a cabeça.

Existe uma insegurança na voz dessas pessoas quando se fala na rejeição.

Espera um segundo… http://www.brunopatricialima.com/p/tribomsg/

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
275
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O mito da rejeição.

  1. 1. COMO SUPERAR O MEDO DE REJEIÇÃO Power By: Bruno Lima
  2. 2. O que me surpreende mais nesta fase adulta da vida, é que muitas pessoas não sabem lidar com a rejeição e não são adolescentes, são pessoas tão adultas de idade como Eu ou mais velhas; e isso faz-me rebentar simplesmente a cabeça. Existe uma insegurança na voz dessas pessoas quando se fala na rejeição. Espera um segundo…
  3. 3. Tu és adulto e ainda lutas com o sentimento de rejeição e não sabes como lidar com isso? Fico muito infeliz em saber que lutas com esses sentimentos. O sentimento de avaliação continua e como vão os outros reagir em relação ao que pensas ou como és… Esta situação de lidarmos com a rejeição, não é um assunto um pouco juvenil? Não são sentimentos que supostamente deveríamos ter lidado na altura da escola secundária e de os ter resolvido!!! Eu não sou e nem quero ser uma pessoa insensível.
  4. 4. A questão que se prende é; as pessoas que guiam as suas vidas com base daquilo que os outros pensam e como podem ser rejeitadas, está errado! Então ficam paradas e não entram em modo de ação, ficam simplesmente estagnadas e não perseguem os seus sonhos , porque simplesmente ficam preocupadas pelo o que os outros pensam ou dizem pelo facto da rejeição. Então começo a pensar que isso é muito triste. Porque as pessoas ao moldarem-se com base no medo da rejeição e do que os outros pensam, vão perder muitas oportunidades de se desenvolverem e de evoluírem no que querem como objectivo para as suas vidas.
  5. 5. Já alguma vez foste rejeitado de forma que te faz sofrer mesmo, lá no fundo do teu intimo; a ponto que te toque na tua entidade e sentes na pele essa ação. E fizer esta pergunta a uma multidão, muitas delas vão dizer que já sentiram e já passaram por essa experiência. Agora se foste rejeitado por 3 pessoas que realmente te deitaram abaixo e que isso fez-te sentir mesmo mal e que te fez parar de trabalhar nos objectivos que pretendias atingir. E novamente perguntares à mesma multidão muitas delas vão levantar o braço e confirmar que passaram por isso.
  6. 6. E desta forma vamos escalando a pergunta em 3 pessoas; 5 pessoas; 7 pessoas; 10 pessoas; 20 pessoas e por ai acima que realmente rejeitaram-te. E o resultado é realmente impressionante. Porque o estudo foi feito com milhares de pessoas, e o número que te vou dizer é simplesmente uma média, não importa a idade, cultura nem sexo e foi feita á volta do mundo.
  7. 7. A média é de sete (7) pessoas que rejeitam do que se é dito :-) É claro que existe pessoas com um maior número de rejeições. O que estou a dizer é uma média – OK! Mas se perguntarmos a uma audiência se têm medo da rejeição. Todos as pessoas ou a maior parte delas vão levantar o braço no ar. Espera um minuto; e pensa…. Tu tens medo de um número tão baixo? Agora deixa-me fazer outra pergunta… Já interagiste com 10 pessoas perfeitamente OK, elas são simpáticas contigo, gostam de estar contigo, têm paciência em te ouvir? Quantas pessoas dessas encontras-te? É óbvio que toda a gente vai levantar o braço.
  8. 8. Então vou-te lançar mais uma! Quantas vezes falaste com pessoas que desconhecias pessoalmente e interagiste com elas? Mais uma vez toda a gente vai levantar o braço e vão ser milhares pões é todas elas passaram por situações idênticas a esta e com isso até sentiram que as pessoas mostraram entusiasmo na conversa que tiveram com ela e deram um feedback positivo sobre aquele momento, isto porque se sente no ar; certo! Então deixa cá ver uma coisa; a tua vida é guiada e está ligada ao medo da rejeição, que na média geral da estatística são SETE (7), mas no entanto centenas de pessoas que falaste são porreiras contigo e de alguma forma apoiam as tuas ideias e não criticam-te. Espera aí; se avaliarmos os números que te disse e pegares na matemática da coisa, vais-te aperceber que na realidade 7 pessoas de um lado e centenas do outro. Que SETE (7) pessoas não te suportam e que centenas SIM.
  9. 9. Mais uma vez a estatística a falar mais alto; então essas SETE (7) pessoas é que são os FREAKS, eles é que são os estranhos, eles é que são os desajeitados, eles é que não tem noção do que estão a dizer. São simplesmente a minoria da causa. Concordas comigo? TU tens centenas de pessoas que te suportam e podes arrumar essas SETE (7) pessoas na prateleira da arrecadação e fecha-la a SETE (7) chaves, hihihihhihih. A rejeição na realidade não existe. Existe sim o medo que pomos sempre em primeiro lugar e isso acontece com frequência quando eramos mais novos.
  10. 10. Há medida que vamos crescendo e ganhamos a maturidade; entramos num estado que sou o que sou; sou eu mesmo. E as pessoas podem perguntar- se logo, mas tenho medo de ser assim tão verdadeiro e mostrar- me ao mundo como sou. Mas porque é que o medo tem tanto crédito afinal!
  11. 11. Porque as pessoas tem tanto POWER interno, tanta força e é nisso que tens que te focar e não nas partes negativas no teu melhor EU. Quem quer ficar com esse cartão de visita? Deixa-me que te diga é melhor pensares em trabalhar o teu propósito e melhorares em seres melhores do que és HOJE. Sermos melhores seres HUMANOS. Ser simplesmente o que tu és; seres genuíno; exprimir o que sentes. E será que alguém te vai criticar? É CLARO QUE SIM! Vai existir sempre criticas construtivas e não construtivas. O importante é o que tu vais fazer sobre isso. Faz-te sentido? Então qual é o problema!!!!!
  12. 12. Eu não vou limitar o meu serviço e a minha mensagem ao mundo com base naquilo que os outros pensam ou vão dizer. De que tens medo, afinal? Normalmente tens medo de quem critica mais. Então vamos falar dos verdadeiros CRITICOS. AFINAL QUEM SÃO ELES ;) Existe dois tipos de críticos; sendo a maioria dos críticos pagos para isso porque são profissionais e vivem da critica os outros criticam a vida toda e não são pagos por isso; deixa cá ver…. SÃO UNS PARVOS e na realidade não temos que os ouvir.

×