A natureza brasileira - GEO PM 2011

3.067 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.067
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
157
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A natureza brasileira - GEO PM 2011

  1. 1. A natureza brasileira<br />Profª Bruna Azevedo<br />
  2. 2. <ul><li>Oficialmente RepúblicaFederativa do Brasil, é uma repúblicafederativa presidencialistalocalizadana América do Sul, formadapelaunião de 26 estadosfederados e porum distrito federal, divididosem 5 565 municípios.</li></li></ul><li>Os únicospaíses sul-americanos quenãotêmuma fronteira comum com o Brasilsão o Chile e o Equador.<br /><ul><li>Além do território continental, o Brasiltambémpossuialgunsgrandesgrupos de ilhas no oceanoAtlânticocomoos Penedos de São Pedro e São Paulo, Fernando de Noronha (territórioestadualde Pernambuco), Trindade e MartimVaz, no Espírito Santo, e um complexo de pequenasilhas e corais chamado Atol das Rocas (pertencenteaoestado do Rio Grande do Norte).</li></li></ul><li>ESTRUTURA GEOLÓGICA<br />Escudos antigos ou maciços cristalinos:<br />São blocos imensos de rochas muito antigas, as primeiras que apareceram na crosta terrestre. Correspondem a 36% do território nacional.<br />Bacias Sedimentares:<br />São depressões relativas, ou seja, planos mais baixos encontrados nos escudos, preenchidos por detritos ou sedimentos das áreas próximas. Correspondem a 64% do território nacional.<br />
  3. 3. O Brasil apresenta relativa estabilidade tectônica<br />Pela sua localização no centro de uma placa tectônica ( sul-americana) , não apresenta vulcanismo ativo, orogênese ou atividades sísmicas relevantes. <br />Teoria da Deriva dos Continentes <br />Placa sul-Americana<br />
  4. 4. O vulcanismoocorreu na região de Minas Gerais ( Poços de caldas e Araxá) e em grande parte do planalto Arenito-basáltico ( foto abaixo) em São Paulo e Paraná<br />formou as ilhas oceânicas de Fernando de Noronha( acima), Trindade e Martins Vaz e Penedos de São Pedro e São Paulo( foto ao lado) <br />
  5. 5. Vulcanismo em Poços de caldas<br />Poços de Caldas tem este nome em função das inúmeras fontes de água mineral encontradas espalhadas pela cidade. <br />A cidade se desenvolveu numa antiga cratera de vulcão extinto há milhões de anos <br />Observe ( ao lado) o aspecto circular do sítio da cidade . Abaixo uma fotografia aérea com técnica que permite detectar vestígios desta cratera <br />Fontes de Água mineral <br />
  6. 6. Geomorfologia é o ramo da Geografia que estuda as formas e a dinâmica do relevo<br />Relevo é o termo aplicado ao modelado terrestre<br />Vale é um exemplo de Depressão<br />Existem uma infinidade de formas de relevo na superfície terrestre que podem ser agrupadas em quatro categorias de acordo com sua origem ou formação :<br />Planaltos, Planícies, Montanhas e Depressões<br />
  7. 7. RELEVO BRASILEIRO<br />PLANALTOS:São terrenos mais antigos, relativamente planos, situados em altitudes mais elevadas.<br />PLANÍCIES: São áreas essencialmente planas, formadas a partir da deposição de sedimentos provenientes de áreas mais elevadas<br />DEPRESSÕES:São áreas mais baixas que as altitudes das áreas adjacentes, inclusive aquelas que se encontram abaixo do nível do mar.<br />Esquema de formação de montanhas por dobramentos ou orogênese <br />
  8. 8. Planaltos e serras do Sudeste<br />O rio Paraíba do Sul corre numa linha de falha ( Graben) que separa a serra do Mar da Serra da Mantiqueira <br />Planície Amazônica<br />
  9. 9.
  10. 10. Algumas formas de relevo no Brasil<br />PraiaseRecifes-PE <br />Torres RS<br />São Conrado Rio <br />Costões ou falésias<br />Canoa Quebrada -Ce<br />Chapada da Diamantina -BA<br />Dunas Lençóis Maranhenses <br />Cochilhas –RS <br />
  11. 11. As diferentes formas encontram-se em lenta e contínua transformação<br />Cordilheira do Himalaia<br />A Lagoa de Marapendi / Barra da Tijuca , começou a se formar há aproximadamente 500 mil anos atrás quando o fechamento de uma restinga, que se desenvolveu paralela ao mar, aprisionou um pedaço de mar .<br />Vale do rio São Francisco<br />Formação de um vale fluvial ( rio) <br />
  12. 12. Os agentes externos estão representados pelas águas( chuvas, rios, mares, gelo) , pelo calor, pelo vento e pelos seres vivos. <br />Os agentes internos ( ou forças endógenas) estão representados pelo tectonismo, pelo vulcanismo e pelos sísmos.<br />vulcanismo<br />Tectonismo <br />Agentes internos<br />Agentes externos<br /> Falésia -Abrasão marinha<br />Vila velha –PR Erosão eólica<br />
  13. 13. O relevo brasileiro<br />Mapa Relevo brasileiro<br />Características <br /># Predominam os planaltos de baixa altitude ( até 1200m ) e as planícies<br /># O relevo brasileiro não possui grandes altitudes . Este fato pode ser explicado pela antiguidade de seus terrenosque vem sofrendo o ataque dos agentes de erosão há milhões de anos .<br /># Planalto, Planícies e Depressões são as principais formas de relevo . O Brasil não apresenta cadeias de montanhas ou dobramentos modernos<br />As Cores variam de acordo com níveis de altitude indo dos mais baixos ( verde) aos mais elevados ( marrom) <br />
  14. 14. Planícies :<br />3 Planícies e terras baixas da Amazônia<br />4 Planícies e terras baixas costeiras <br />5 Planície do Pantanal<br />Principais planaltos e Planícies Segundo professor AzizAb’Saber<br />Planaltos<br /> # 1 - Planalto das Guianas Apresenta altitudes médias mais elevadas e o ponto culminante do país/ Pico da Neblina 3000 m na serra do Imerí<br /># 2-Planalto Brasileiro<br />2ª Central<br />2b Meridional <br />2c Maranhão-Piauí<br />2d Nordestino<br /> 2e Serras e planaltos do leste e sudeste <br /> 2f Uruguaio –Rio-Grandense<br />1<br />4<br />3<br />2c<br />2d<br />2a<br />2e<br />5<br />2b<br />4<br />2f<br />Utilizou critérios morfo-climáticos<br />
  15. 15. O relevo e a ocupação do espaço<br />Vale do rio Nilo<br />As formas de relevo influenciam ( no passado muito mais do que hoje) a ocupação do espaço pelo homem, ora facilitando ora dificultando .<br />Na antiguidade as planícies aluviais, de grande fertilidade de solo , atraiam as populações provocando o surgimento de grandes civilizações. <br />A “ muralha” da Serra do Mar dificultou a ocupação e colonização do interior do Sudeste do país durante o período colonial . Na foto, no alto e a esquerda aparece o litoral e a cidade de Santos .Cortando as escarpas vemos o complexo rodoviário Anchieta-Imigrantes-São Paulo .<br />
  16. 16. O Clima<br />Atmosfera  é o nome dado à camada gasosa que envolve os planetas. No caso da atmosfera terrestre ela é composta por inúmeros gases que ficam retidos por causa da força da gravidade e do campo magnético que envolve a Terra<br />
  17. 17. Para fins de estudos a atmosfera terrestre é dividida em algumas camadas de acordo com a variação de temperatura:<br />A troposfera, que geralmente se estende a 12 km (entre 20 km no equador e 8 km nos pólos). É nesta camada que acontecem praticamente todos os fenômenos que influenciam o tempo.<br />A estratosfera, estende-se até aproximadamente 50 km com temperaturas parecidas com as da troposfera até o limite de 20km. Esta camada é mais quente por causa do ozônio que se acumula e que absorve os raios ultravioletas.<br />Na mesosfera, a temperatura novamente diminui. Esta camada vai até cerca de 80 km. A esta altura, a temperatura chega a -90ºC!<br />E a termosfera, que não possui um limite inferior muito bem definido A termosfera, por sua vez, compreende uma camada situada entre 80 a 900 km, chamada de ionosfera.<br />A ionosfera, como o próprio nome já diz, é composta por uma infinidade de íons criados a partir da radiação solar<br />
  18. 18. O conhecimento do tempo e do clima sempre foi essencial para a vida do homem.<br />TEMPO<br />CLIMA<br />É o conjunto das condições atmosféricas de determinado lugar em determinado tempo<br />É a média das condições atmosféricas de um determinado lugar <br />
  19. 19. Elementos e fatores climáticos<br />O tipo de tempo é definido pela interação de alguns elementos básicos da atmosfera que variam sob a ação de inúmeros fatores<br />
  20. 20. Massas de ar<br />Quando duas massas de ar se encontram cria-se uma zona de transição chamada de “frente de ar”<br />
  21. 21. Formada na Patagônia, chega ao Brasil normalmente pelo mar e trás o frio<br />Massa Polar Atlântica (mPa) <br />
  22. 22. Massa Tropical Continental (mTc)<br />Forma-se do deserto de Chaco<br />
  23. 23. Quente e úmida devido a sua origem marinha. Causa muita chuva<br />Massa Tropical Atlântica (mTa)<br />
  24. 24. Forma-se sobre a Amazônia onde permanece o ano inteiro. Muito quente e úmida<br />Massa Equatorial Continental (mEc)<br />
  25. 25. Bastante quente e úmida. Causa bastante chuva<br />Massa Equatorial Atlântica (mEa)<br />
  26. 26. Os tipos de clima do Brasil<br />
  27. 27. Clima Equatorial<br /><ul><li>Temperaturas médias elevadas
  28. 28. Baixa amplitude térmica
  29. 29. Alto índice pluviométrico
  30. 30. Alto índice de umidade do ar</li></li></ul><li>Clima Tropical<br />Abrange as regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste<br />Temperaturas Elevadas<br />Duas estações do ano bem definidas<br />O inverno é ameno e seco<br />Verão quente e chuvoso<br />
  31. 31. Clima Semiárido<br /><ul><li>Área de 840.000 Km²
  32. 32. Abrange o sertão Nordestino
  33. 33. Temperaturas médias elevadas
  34. 34. Chuvas escassas e irregulares</li></li></ul><li>Clima Tropical de Altitude<br />Semelhante ao clima tropical<br />Apresenta temperaturas mais amenas<br />Situa-se em áreas mais elevadas da região Sudeste<br />
  35. 35. Clima Tropical Atlântico<br />Se estende do Rio Grande do Norte ao Paraná<br />Temperaturas médias elevadas<br />Chuvas bem distribuídas<br />Influência da massa polar atlântica (mPa) durante o inverno<br />
  36. 36. Clima Subtropical<br />Localiza-se ao sul do Trópico de Capricórnio<br />Temperaturas mais baixas do país<br />As chuvas são bem distribuídas<br />
  37. 37. Bacias Hidrográficas<br />
  38. 38.
  39. 39. O Brasil é o país mais rico do mundo em água doce...<br />Cerca de 12% do total mundial.<br />Possui quatro grandes bacias hidrográficas Amazônica,Tocantis-Araguaia, Platina e São Francisco<br />Outras secundárias : Nordeste , Leste, e sudeste e sul <br />
  40. 40. Possui um dos maiores manancias subterrâneo do mundo ...<br />O AquíferoGuaraní constitui uma importante reserva estratégica de águas para o abastecimento de populações, para o desenvolvimento das atividades econômicas e do lazer. <br />
  41. 41. O Brasil possui poucas lagoas...<br />O Brasil é um país pobre em lagos. Aparecem principalmente nos estados do Rio de Janeiro, Alagoas e Rio Grande do Sul.<br />Acima: Lagoa Rodrigo de Freitas( RJ)<br />Em baixo : Lagoa dos Patos (RS) <br />
  42. 42. Características gerais dos rios brasileiros...<br />São volumosos e em grande parte perenes (não secam)<br />No sertão nordestino são temporários <br />Têm regime pluvial tropical, exceto o Amazônas que tem regime pluvio-nival.<br />
  43. 43. Outras características ...<br />A maioria tem desembocadura ou Foz do tipo estuário. <br />A principal exceção é o delta do Parnaíba.<br />O rio Amazônas tem foz do tipo mista : estuário –deltaica .<br />
  44. 44. Bacia Amazônica <br />É a maior bacia hidrográfica do Brasil e do mundo ( 45% do território do país ). <br />Apresenta grande potencial hidrelétrico porém pouco aproveitado. <br />Os rios desta bacia, são na maioria, a única via de transporte das populações ribeirinhas. <br />
  45. 45. Bacia Platina <br />Formada pelos rios : Paraná, Paraguai e Uruguai <br />Nascem no Brasil mas se juntam fora do país e desembocam no estuário do Prata junto a Buenos Aires <br />A bacia do Paraná é a de maior aproveitamento hidrelétrico do país <br />A hidrovia Tietê –Paraná possui importante papel na economia regional fazendo o escoamento de parte da produção de soja das regiões sul e centro-oeste <br />
  46. 46. Bacia do são Francisco <br />Chamado carinhosamente de “velho chico “o rio é de fundamental importância por atravessar áreas de semi-árido favorecendo projetos de agropecuária e irrigação .<br />É um rio de planalto de grande potencial hidrelétrico com várias usinas ( Paulo Afonso, Xingó e Sobradinho ) que abastecem cidades do sudeste e do Nordeste<br />
  47. 47. Bacia Tocantins-Araguaia <br />É a maior bacia inteiramente brasileira <br />Possui grande potencial hidrelétrico<br />No Rio Tocantins foi construída a hidrelétrica de Tucuruí que abastece grande parte da região e o projeto Carajás <br />
  48. 48.
  49. 49. Bacia do Leste <br />Incluem rios como: vaza-Barris e das Contas ( Bahia), Doce ( Mg e ES) , e Paraíba do Sul (RJ) <br />A cafeicultura no vale rio Paraíba do Sul sustentou a economia brasileira durante o período Imperial no século XIX . Hoje é importante região industrial integrante da Megalópole Ri0-São-Paulo<br />
  50. 50. Bacia do nordeste <br />Compreende rios de vários estados nordestinos : Mearim,itapecuru, Parnaíba, jaguaribe <br />Em virtude do clima, grande parte do rios são temporários. <br />
  51. 51. Bacia do sudeste e sul <br />O Ribeira de Iguape se destaca em São Paulo , onde imigrantes japoneses cultivam chá e banana . <br />O rio Itajaí em Santa Catarina é área de colonização (alemã e Polonesa). <br />
  52. 52. VEGETAÇÃO BRASILEIRA<br />
  53. 53. VEGETAÇÃO BRASILEIRA<br />
  54. 54. ATUAL VEGETAÇÃO BRASILEIRA<br />
  55. 55. FLORESTA AMAZÔNICA<br />Cobre 40% do território nacional, estendendo-se pela Amazônia e parte das regiões Centro-Oeste e Nordeste.<br />Divide-se em:<br /><ul><li>mata de igapó
  56. 56. mata de várzea
  57. 57. mata de terra firme</li></li></ul><li>CAATINGA<br />Predomina na região de clima semi-árido do Nordeste.<br />É uma formação vegetal tipicamente xerófita. <br />
  58. 58. MATA DOS COCAIS<br />Transição entre os ecossistemas da Floresta Amazônica e da caatinga. Presença de babaçu e carnaúba.<br />
  59. 59. CERRADO<br />Predomina no planalto Central, com manchas esparsas na Amazônia, região da caatinga do Nordeste, São Paulo e Paraná).<br />Cobre mais de 20% do território nacional.<br />Áreas de clima tropical.<br />Divide-se em:<br /><ul><li>Cerradão
  60. 60. Cerrado</li></li></ul><li>PANTANAL<br />Complexo do Pantanal: vegetação reúne espécies da floresta, dos campos, do cerrado e caatinga.<br />
  61. 61. MATA DE ARAUCÁRIA<br />Regiões de clima subtropical e tropical de altitude, que apresentam regular distribuição das chuvas por todos os meses do ano, estende-se desde o sul de São Paulo até o norte do Rio Grande do Sul. Muito comum no Planalto Meridional.<br />
  62. 62. CAMPOS<br />Predominância de gramíneas.<br />Aparecem em manchas esparsas.<br />Em MS, são chamados de chamados de campos de vacaria.<br />Rio Grande do Sul<br />
  63. 63. MATA ATLÂNTICA<br />Estende-se desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, junto ao litoral, quase sem interrupções.<br />
  64. 64. BIOMAS BRASILEIROS<br />Bioma é um conjunto de vida (vegetal e animal) constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições geoclimáticas similares e história compartilhada de mudanças, o que resulta em uma diversidade biológica própria. (IBGE)<br />BIOMA ≠ VEGETAÇÃO<br />

×