Agentes formadores e modeladores do relevo
<ul><li>GEO =  terra </li></ul><ul><li>MORFO = forma </li></ul><ul><li>LOGIA = estudo </li></ul><ul><li>As estruturas que ...
<ul><li>Nas áreas emersas, a crosta terrestre é formada por  estrutura Geológica , as quais são caracterizadas pelos tipos...
<ul><li>Estrutura geológica mais recente, formados basicamente por choque de placas tectônicas (Himalaia, Andes, Alpes), c...
<ul><li>Começaram a se formar apenas no paleozóico. Resultam da acumulação de sedimentos provenientes do desgaste das roch...
<ul><li>Estrutura mais antiga também conhecida como Maciços Antigos – Era Pré-Cambriana. É formado basicamente por rochas ...
<ul><li>Como vimos, essas estruturas originam-  se da movimentação da litosfera. </li></ul><ul><li>As diversas feições e d...
<ul><li>O relevo pode ser definido como as formas da superfície do planeta. Trata-se do conjunto das formas da crosta terr...
<ul><li>O relevo se origina e se transforma sob a interferência de dois  tipos de agentes: </li></ul>os agentes  internos ...
<ul><li>São responsáveis pela formação do relevo. Os agentes Internos ou endógenos  são processos estruturais que atuam do...
Vulcanismo Vulcão Stromboli, na Itália. São processos que têm sua origem no interior da Terra, como o  vulcanismo , o  tec...
<ul><li>O movimento das  placas tectônicas  traz, em sua dinâmica, resultados que podem ser observados na superfície. Os  ...
 
Orogênese  movimento   horizontal  Epirogênese  movimento vertical
 
<ul><li>Terremoto ou abalo sísmico é uma  vibração da superfície terrestre  produzida por forças naturais situadas no inte...
 
 
http://br.geocities.com/saladefisica5/leituras/terremoto.htm Sismógrafo
<ul><li>O relevo terrestre encontra-se em permanente evolução, pois os agentes externos trabalham contínua e incessantemen...
<ul><li>É o conjunto de processos químicos, físicos e biológicos (ação da água, do vento, do calor, do frio e dos seres vi...
<ul><li>Físico  – A desintegração e a ruptura das rochas inicialmente em fendas, progredindo para partículas de tamanhos m...
<ul><li>Químico  – Realizam-se em presença da água e dependem da ação de decomposição da água juntamente com o CO2 dissolv...
<ul><li>Consiste na atuação direta ou indireta do ser humano sobre o planeta. </li></ul>
<ul><li>Os agentes esculturais ou “erosão” é a destruição do solo e seu transporte em geral feito pela água da chuva, pelo...
 
Parque Nacional Grand Canyon, no Arizona, Estados Unidos (2006).
 
<ul><li>PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO: </li></ul><ul><li>MONTANHA </li></ul><ul><li>PLANALTO </li></ul><ul><li>PLANÍCIE </li...
<ul><li>As montanhas são formações geográficas originadas do choque (encontro) entre placas tectônicas. Quando ocorre este...
 
<ul><li>Os planaltos, também chamados de platôs, são áreas de altitudes variadas e limitadas, em um de seus lados, por sup...
 
<ul><li>É uma área geográfica caracterizada por superfície relativamente plana (pouca ou nenhuma variação de altitude). Sã...
 
<ul><li>As depressões são regiões geográficas mais baixas do que as áreas em sua volta.  Quando esta região situa-se numa ...
 
 
 
Conjunto de Serras do Brasil
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relevo agentes formadores e erosivos

15.562 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
404
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relevo agentes formadores e erosivos

  1. 1. Agentes formadores e modeladores do relevo
  2. 2. <ul><li>GEO = terra </li></ul><ul><li>MORFO = forma </li></ul><ul><li>LOGIA = estudo </li></ul><ul><li>As estruturas que formam a superfície refletem os eventos geológicos da história do planeta. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Nas áreas emersas, a crosta terrestre é formada por estrutura Geológica , as quais são caracterizadas pelos tipos de rochas predominantes, o seu processo de formação, e pelo tempo geológico em que surgiram . </li></ul><ul><li>Essas estruturas geológicas são : </li></ul><ul><li>dobramentos modernos </li></ul><ul><li>bacias sedimentares </li></ul><ul><li>escudos cristalinos </li></ul><ul><li>terrenos vulcânicos </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Estrutura geológica mais recente, formados basicamente por choque de placas tectônicas (Himalaia, Andes, Alpes), compostos por rochas mais maleáveis e flexíveis. Devido a pressão de uma placa sobre a outra, esta parte da crosta dobra-se num processo lento e contínuo, dando origem as montanhas. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Começaram a se formar apenas no paleozóico. Resultam da acumulação de sedimentos provenientes do desgaste das rochas de organismos vegetais ou animais; ou mesmo de camadas de lavas vulcânicas solidificadas . É nestas estruturas que se formam importantes recursos minerais energéticos como o petróleo e o carvão mineral. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Estrutura mais antiga também conhecida como Maciços Antigos – Era Pré-Cambriana. É formado basicamente por rochas magmáticas e metamórficas sendo associados vários minerais </li></ul><ul><li>( Ferro, Bauxita, ouro e prata). </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Como vimos, essas estruturas originam- se da movimentação da litosfera. </li></ul><ul><li>As diversas feições e desnivelamentos que essas estruturas assumem na superfície terrestre constituem o RELEVO. Estudá-lo significa saber como essas feições e desnivelamentos são condicionados pela atuação de agentes internos e externos. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>O relevo pode ser definido como as formas da superfície do planeta. Trata-se do conjunto das formas da crosta terrestre, manifestando-se desde o fundo dos oceanos até as terras emersas. Encontramos formas diversas de relevo: montanhas, planaltos, planícies, depressões, cordilheiras, morros, serras, inselbergs, vulcões, vales, escarpas, abismos, Cuestas, etc . </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O relevo se origina e se transforma sob a interferência de dois tipos de agentes: </li></ul>os agentes internos (formadores) os agentes externos (transformadores)
  10. 10. <ul><li>São responsáveis pela formação do relevo. Os agentes Internos ou endógenos são processos estruturais que atuam do interior para o exterior do planeta : </li></ul><ul><li>Tectonismo </li></ul><ul><li>Vulcanismo </li></ul><ul><li>Abalos sísmicos </li></ul>
  11. 11. Vulcanismo Vulcão Stromboli, na Itália. São processos que têm sua origem no interior da Terra, como o vulcanismo , o tectonismo e os abalos sísmicos . Através de fendas ou aberturas da crosta terrestre. Lavas, cinzas e gases. É a atividade pela qual os materiais vindos do manto atingem a superfície. A acumulação e consolidação da lava expelida pelos vulcões podem dar origem a montanhas e ilhas.
  12. 12. <ul><li>O movimento das placas tectônicas traz, em sua dinâmica, resultados que podem ser observados na superfície. Os terremotos , o vulcanismo , as rochas dobradas e falhadas são exemplos claros de que toda a crosta esteve e está em constante movimento . </li></ul><ul><li>Esses movimentos são denominados tectônicos e são classificados em dois tipos: Orogênese </li></ul><ul><li>Epirogênese </li></ul>
  13. 14. Orogênese movimento horizontal Epirogênese movimento vertical
  14. 16. <ul><li>Terremoto ou abalo sísmico é uma vibração da superfície terrestre produzida por forças naturais situadas no interior da crosta a profundidades variáveis. Podem ser também associados à ação humana quer direta ou indiretamente nas atividades de extração de minerais, água ou petróleo. </li></ul>
  15. 19. http://br.geocities.com/saladefisica5/leituras/terremoto.htm Sismógrafo
  16. 20. <ul><li>O relevo terrestre encontra-se em permanente evolução, pois os agentes externos trabalham contínua e incessantemente esculturando ou modelando a paisagem terrestre. Principais agentes externos: </li></ul><ul><li>Intemperismo </li></ul><ul><li>Antropicidade </li></ul><ul><li>Agentes esculturais </li></ul>
  17. 21. <ul><li>É o conjunto de processos químicos, físicos e biológicos (ação da água, do vento, do calor, do frio e dos seres vivos) que provocam o desgaste e a decomposição das rochas. Podem ser físicos e químicos. </li></ul>
  18. 22. <ul><li>Físico – A desintegração e a ruptura das rochas inicialmente em fendas, progredindo para partículas de tamanhos menores, sem, no entanto, haver mudanças na composição química. Exemplos de processos físicos de meteorização: congelamento da água, variação de temperatura, decomposição esferoidal, esfoliação, destruição orgânica. </li></ul>
  19. 23. <ul><li>Químico – Realizam-se em presença da água e dependem da ação de decomposição da água juntamente com o CO2 dissolvido e, em alguns casos, ácidos orgânicos formados pela decomposição de resíduos de vegetais. Exemplos de processos químicos de intemperismo: oxidação dos solos ferrosos, maresia em áreas litorâneas. </li></ul>
  20. 24. <ul><li>Consiste na atuação direta ou indireta do ser humano sobre o planeta. </li></ul>
  21. 25. <ul><li>Os agentes esculturais ou “erosão” é a destruição do solo e seu transporte em geral feito pela água da chuva, pelo vento ou, ainda, pela ação do gelo, quando este atua expandindo o material no qual se infiltra a água congelada. A erosão destrói as estruturas (areias, argilas, óxidos e húmus) que compõem o solo. Estas são transportados para as partes mais baixas dos relevos e em geral vão assorear cursos d'água. </li></ul>
  22. 27. Parque Nacional Grand Canyon, no Arizona, Estados Unidos (2006).
  23. 29. <ul><li>PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO: </li></ul><ul><li>MONTANHA </li></ul><ul><li>PLANALTO </li></ul><ul><li>PLANÍCIE </li></ul><ul><li>DEPRESSÃO </li></ul><ul><li>RELEVO OCEÂNICO </li></ul>
  24. 30. <ul><li>As montanhas são formações geográficas originadas do choque (encontro) entre placas tectônicas. Quando ocorre este choque na crosta terrestre, o solo das regiões que sofrem o impacto acabam se elevando na superfície, formando assim as montanhas. Estas são conhecidas como montanhas de dobramentos. Grande parte deste tipo de montanhas formaram-se na era geológica do Terciário. Existem também, embora menos comum, as montanhas formadas por vulcões. As altitudes das montanhas são superiores as das regiões vizinhas. Quando ocorre um conjunto de montanhas, chamamos de cordilheira. Exemplos: Aconcágua (Argentina), Pico da Neblina (Brasil), Logan (Canadá), Kilimanjaro (Tanzânia), Monte Everest (Nepal, China), Monte K2 (Paquistão, China), Monte Blanco (França, Itália). </li></ul>
  25. 32. <ul><li>Os planaltos, também chamados de platôs, são áreas de altitudes variadas e limitadas, em um de seus lados, por superfície rebaixada. Os planaltos são originários das erosões provocadas por água ou vento. Os cumes dos planaltos são ligeiramente nivelados.  Exemplo: Planalto Central no Brasil, localizado em território dos estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. </li></ul>
  26. 34. <ul><li>É uma área geográfica caracterizada por superfície relativamente plana (pouca ou nenhuma variação de altitude). São encontradas, na maioria das vezes, em regiões de baixas altitudes. As planícies são formadas por rochas sedimentares. Nestas áreas, ocorre o acúmulo de sedimentos. </li></ul><ul><li>Exemplos: Planície Litorânea, Planície Amazônica e Planície do Pantanal . </li></ul>
  27. 36. <ul><li>As depressões são regiões geográficas mais baixas do que as áreas em sua volta. Quando esta região situa-se numa altitude abaixo do nível do mar, ela é chamada de depressão absoluta. Quando são apenas mais baixas do que as áreas ao redor, são chamadas de depressões relativas. As crateras de vulcões desativados são consideradas depressões. É comum a formação de lagos nas depressões. </li></ul><ul><li>Exemplo: Depressão Sul Amazônica </li></ul>
  28. 40. Conjunto de Serras do Brasil

×