FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS             CURSO DE PSICOLOGIA          REDE SOCIAL:CAUSAS E EFEITOS NA ADOLESCÊNCIA  ...
"o computador veio resolverproblemas que a gente não tinha". Cada nova aquisição tecnológicadeve sempre ser analisada à lu...
   A criação de Redes Sociais, vem levando    as crianças e adolescentes a mudar    radicalmente os processos de    comun...
HIPÓTESES   O uso excessivo das redes sociais online    pode causar distúrbios e diversas patologias    em crianças e ado...
OBJETIVO GERALAnalisar as repercuções que o uso abusivo da  Internet pode causar aos adolescentes em  uma escola da rede p...
OBJETIVOS ESPECÍFICOS Identificar os possíveis danos causados ao  adolescente pelo uso demasiado do Facebook,  Twitter, e...
JUSTIFICATIVA        O avanço da tecnologia e todos os recursos docomputador fazem parte do mundo contemporâneo, entretant...
METODOLOGIA Método empírico através de uma pesquisa de campo.            ÁREA DE ESTUDOO estudo deverá ser realizado a par...
AMOSTRA   Adolescentes matriculados no Ensino    Fundamental e Ensino Médio do Colégio    Monte Carmelo uma Escola Partic...
Referencial teórico      A cibercultura representa em si a cultura contemporânea. Esta é consequência direta da      evolu...
Essa nova cultura da geração docomputador é a cultura dos "nativos digitais",representados por crianças e jovens que têm  ...
REFERÊNCIAS   ARATANGY, L. R. Para entender Adolescentes na era digital. São Paulo:    Benvirá, 2011   CASTELLS, M. A so...
Obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação tcc jornada

819 visualizações

Publicada em

Rede social psicologia

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
819
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação tcc jornada

  1. 1. FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS CURSO DE PSICOLOGIA REDE SOCIAL:CAUSAS E EFEITOS NA ADOLESCÊNCIA GISELE ANDRADE BITTENCOURT CABRAL LOYANE LEVI FERNANDES AFONSO Salvador 2012
  2. 2. "o computador veio resolverproblemas que a gente não tinha". Cada nova aquisição tecnológicadeve sempre ser analisada à luz da relação custo-benefício, ou utilidade versus problemas. Charles Netto
  3. 3.  A criação de Redes Sociais, vem levando as crianças e adolescentes a mudar radicalmente os processos de comunicação e informação em todo o mundo.Assim, as hipóteses levantadas para desenvolver esse trabalho foram: O uso excessivo das redes sociais online deve causar distúrbios e diversas patologias em crianças e adolescentes; O uso abusivo e exagerado de redes sociais esta associado a distúrbios comportamentais graves, como uso de drogas, álcool, cigarro e até a prática irresponsável do sexo.
  4. 4. HIPÓTESES O uso excessivo das redes sociais online pode causar distúrbios e diversas patologias em crianças e adolescentes; O uso abusivo e exagerado de redes sociais pode levar os adolescentes a se afastar do convívio social e familiar, levando-o assim a um mundo solitário.
  5. 5. OBJETIVO GERALAnalisar as repercuções que o uso abusivo da Internet pode causar aos adolescentes em uma escola da rede particular de ensino da cidade de Salvador;
  6. 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Identificar os possíveis danos causados ao adolescente pelo uso demasiado do Facebook, Twitter, e Redes Sociais. Conhecer os hábitos dos adolescentes quanto ao uso das redes sociais. Averiguar se os problemas relacionados à Internet serão clinicamente significativos no futuro ou se serão irrelevantes.
  7. 7. JUSTIFICATIVA O avanço da tecnologia e todos os recursos docomputador fazem parte do mundo contemporâneo, entretanto,os adolescentes que fazem parte da era do computador os atuais"nativos digitais" vem usando um dos recursos da internet, asconhecidas redes sociais, de forma abusiva. Observa-se quemuitos adolescentes, vivem trancados em seus quartos diante docomputador como se esse fosse a única maneira de secomunicar. Esses adolescentes, não sabem mais se comunicar poroutros meios de comunicação, e muitos não fazem parte denenhum grupo social, vivem isolados, perdidos em sua visãominúscula do mundo e de suma própria comunicação, perdemhoras diante da internet, sem despertar nenhum interesse pelomundo fora de seu quarto ou o mundo sem o computador.
  8. 8. METODOLOGIA Método empírico através de uma pesquisa de campo. ÁREA DE ESTUDOO estudo deverá ser realizado a partir de pesquisa em livros, revistas e sites especializados, artigos e teses científicas, além de pesquisa de campo com aplicação de questionários com adolescentes do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
  9. 9. AMOSTRA Adolescentes matriculados no Ensino Fundamental e Ensino Médio do Colégio Monte Carmelo uma Escola Particular de Ensino da cidade de Salvador. O referido Colégio foi selecionado para essa amostra devido a facilidade de acesso por pa rte dos pesquisadores a essa unidade escola r que tem alunos de ambos os sexos, e difere ntes classes sociais e culturais.
  10. 10. Referencial teórico A cibercultura representa em si a cultura contemporânea. Esta é consequência direta da evolução da cultura técnica moderna. Nessa cultura, o chamado nativo digital já estáinserido, visto que, este nasceu e cresceu com as tecnologias digitais, o uso dos videogames, Internet, telefone celular, MP3 e iPod fazem parte da vivência das pessoas nascidas a partir dadécada de 80 e posterior veio a era da informação. Os alunos da atualidade cresceram e estão crescendo com a tecnologia do século 21. (PRENSKY, 2001).
  11. 11. Essa nova cultura da geração docomputador é a cultura dos "nativos digitais",representados por crianças e jovens que têm habilidades com o computador e seus recursos, mas ainda não são experientes obastante para compreender o mundo fora de seu computador e as consequências de algumas de suas atitudes, assim as orientações por parte de seus responsáveissão fundamentais para evitar danos maiores a essa geração.
  12. 12. REFERÊNCIAS ARATANGY, L. R. Para entender Adolescentes na era digital. São Paulo: Benvirá, 2011 CASTELLS, M. A sociedade em rede. A era da informação. Economia, sociedade e cultura. Vol. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2000. Disponível em: http://pt.scribd.com/doc/15959024/A-SOCIEDADE-EM-REDE. Acessado em: 15 de março de 2012 às 08h20min FERREIRA, A. B. de H. Mine Aurélio: O dicionário da Língua Portuguesa. Curitiba: Positivo, 2004. FREITAS, M. T. de A. F. Cibercultura e formação de professores. Belo Horizonte. Autêntica Editora, 2009. GIIANSANTI, R. Tecnologias e Sociedade no Brasil Contemporâneo. 2ª ed. São Paulo: Globo Editora e Distribuidora Ltda, 2006. GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5ª. ed. São Paulo: Atlas, 2008. GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999. GUIMARÃES, V. S. Formação de Professores: Saberes, Identidade e Profissão. Campinas, São Paulo: Papirus, 2004.
  13. 13. Obrigado!

×