áRea De Projecto

644 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
644
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

áRea De Projecto

  1. 1. ÁREA DE PROJECTO DO 7ºA A violência Doméstica Um Trabalho realizado por: Carlos Pereira nº04 Hélder Portela nº09 Manuel Veloso nº16 Ricardo Alvelos nº30
  2. 2. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA <ul><li>O termo “violência doméstica” é usado para descrever as acções e omissões que ocorrem em variadas relações. </li></ul><ul><li>Embora, em sentido restrito, designe os incidentes de ataque físico, pode abranger todas as violações de carácter físico e sexual, tais como empurrões, beliscões, cuspidelas, pontapés, espancamento, murros, estrangulamento, queimaduras, agressão com objectos, esfaqueamentos, uso de água a ferver, ácido e fogo. </li></ul>
  3. 3. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA <ul><li>Os resultados de tal violência física podem ir de pequenos ferimentos até à própria morte. O que começa por ser, aparentemente, um ataque de pouca gravidade pode aumentar de frequência e de intensidade. Algumas pessoas utilizam o termo “violência doméstica” para abranger a violência psicológica e mental, que pode consistir em agressões verbais repetidas, perseguição, clausura e privação de recursos físicos, financeiros e pessoais. O contacto com familiares e amigos pode ser controlado. A violação pode tomar formas variáveis de sociedade para sociedade. </li></ul>
  4. 4. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA <ul><li>Outras usam o termo para descrever apenas a violência contra a mulher ocorrida em família, sendo, por vezes, utilizado para designar uma violação em que a vítima e o agressor têm, ou já tiveram antes, um relacionamento pessoal. Neste sentido mais lato, a violência doméstica engloba o abuso de crianças (físico, sexual ou psicológico), a violência entre meios irmãos, o abuso ou negligência de idosos por parte dos respectivos filhos. Neste manual, o termo “violência doméstica” designa a agressão de carácter físico ou psicológico infligida à esposa por parte do marido ou parceiro sexual. Em muitos países, emprega-se o termo agressão conjugal para descrever este tipo de comportamento. </li></ul>
  5. 5. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA <ul><li>A violência doméstica é um problema encoberto. Os estudos sobre o tema são relativamente recentes, tendo, no máximo, cerca de 25 anos. Em termos gerais, teve origem na Europa ocidental, América do norte, Austrália e Nova Zelândia. Muitos desses estudos debruçaram-se sobre a cultura dominante, embora existam, cada vez mais, sobre a população indígena, a comunidade imigrante e os grupos de refugiados. Está a ser levado a cabo um número crescente de estudos em países em vias de desenvolvimento. Por exemplo, foram feitos, sobre este fenómeno, trabalhos abrangentes e sistemáticos na Papua Nova Guiné. Além disso, uma compilação recente de ensaios, publicada pelo Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (UNIFEM), resume os estudos feitos sobre o tema em várias regiões do mundo em vias de desenvolvimento. </li></ul>
  6. 6. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA <ul><li>Embora se possa afirmar que a mulher é a habitual vítima da violência doméstica e que o homem é o habitual agressor, há dúvidas sobre o tipo de pessoas que se supõe estarem envolvidas em casos destes. Há estudos que indicam a existência, em algumas comunidades, de um caso de violência conjugal em cada três casamentos. É um fenómeno que parece não ser desconhecido em nenhuma região do globo. </li></ul>
  7. 7. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
  8. 8. A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

×