Enterre o John!

944 visualizações

Publicada em

Fotonovela realizada pelos meus alunos e alunas de Tecnologia Educacional, do Curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, unidade Imirim, fevereiro de 2008

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
944
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Enterre o John!

  1. 1. ENTERRE O JOHN!!
  2. 2. Mary era uma moça que sonhava um dia ser uma grande professora, por isso procurou a melhor faculdade para fazer seu curso de pedagogia e, após o vestibular, ingressou na escola e estudava assiduamente...
  3. 3. Vou estudar muito, concluir o curso e terei minha própria escola... Serei uma empresária...
  4. 4. O que ela não sabia é na mesma escola havia alguém que lhe mudaria toda a vida...
  5. 5. John era um estudante de Administração que estudava muito para concluir seu curso... Preciso terminar isto logo, antes que o Professor Donizete chegue...
  6. 6. Como você é linda!! Estuda aqui há muito tempo? Comecei há alguns dias... Você é um gato também...
  7. 7. Puxa! Era exatamente no que eu estava pensando... O dia está ótimo para uma aventura... Quer sair comigo?
  8. 8. Rolou um clima e começaram a se encontrar sempre até que... Mary, eu descobri que não posso viver sem você... John, você é tudo pra mim! Confesso que estou completamente apaixonada...
  9. 9. O amor reservou o melhor para eles, e casaram-se...
  10. 10. Mas havia apenas um pequeno problema entre eles... Por que você está assim, Mary? Você não é feliz comigo? Claro que sou, John... Mas depois que o doutor falou que nunca teremos um filho... Não se preocupe, te farei a mulher mais feliz do mundo por toda a vida...
  11. 11. dez anos depois...
  12. 12. Aiiii... que dor no coração... Socorro!!! Não estou agüentando...
  13. 13. John é levado às pressas ao hospital... em muito mal estado...
  14. 14. <ul><li>Logo a Mary </li></ul><ul><li>recebe a ligação do hospital... </li></ul><ul><li>Mas, infelizmente, </li></ul><ul><li>quando chega lá, </li></ul><ul><li>recebe a pior de todas as notícias... </li></ul>Meu Deus!!! Estou já indo pra aí. Vou pegar o carro agora mesmo...
  15. 15. Oh, meu querido! Como foi acontecer Isso contigo?!?!?
  16. 16. Mas a Mary não estava disposta a enterrar o seu querido esposo com quem tinha vivido tantos anos... e por isso resolveu da melhor forma: embalsamou-o e colocou-o no meio de sua sala de estar... Morto, mas com aquele sorriso...
  17. 18. Ah... Me sinto tão só... Será que vou passar o resto da minha vida assim? Mary passava a maior parte de seu tempo assim, sozinha e desamparada... Só pensava no John. Até que...
  18. 19. Resolveu tirar umas férias... Tchau, gente... Vou passar minhas férias numa bela praia bem longe daqui pra ver se esfrio um pouco a cabeça...
  19. 20. Mas quando chegou no hotel onde resolveu passar as férias... Nossa!! Que rapaz elegante... Essa é a mulher que eu procurava... Que gata! Esse é o Jorge. Um belo romântico e atraente rapaz que resolve não deixar passar a oportunidade.
  20. 21. Você é a mulher mais linda que já conheci. Estou apaixonado por você. Como você é romântico! Essas férias não poderiam ser melhores... Mas eu não quero você só para as férias. Quero você pra vida toda... Quer se casar comigo?
  21. 22. ... Eu vos declaro marido e mulher... Esse é o dia mais feliz da minha vida!
  22. 23. Mary, eu tenho um sonho pra realizar contigo. Vamos passar nossa lua-de-mel na sua mansão? Claro, tudo que você quiser...
  23. 24. O que o Jorge não esperava é que quando chegasse na bela mansão da Mary encontraria alguém esperando por eles...
  24. 25. Minha nossa senhora santíííssima!!!! Que coisa é essa?!?!? Ah, esse é o John. Meu último marido que eu embalsamei... Eu não quero vê-lo mais aqui!!! Mas, e o que fazemos com ele?
  25. 26. Essa é a melhor coisa a fazer com o John.
  26. 27. E FORAM MUITO FELIZES.
  27. 28. Moral da estória... Coisas velhas devem ser enterradas. Por mais bem que tenham feito no passado e por melhor que tenham sido, tudo tem seu tempo. Não há como viver coisas novas sem antes enterrar as velhas. Quer um conselho? ENTERRE O SEU JOHN!!

×