E.B. 2/3 de Penafiel nº3<br />Mundo do<br />Trabalho e das profissões<br />Trabalho elaborado por:<br />-Isabela Soares Nº...
Índice:<br />  Introdução....................................................................................................
INTRODUÇÃO<br />Neste trabalho, realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto, vamos abordar a dificuldade de inte...
Dificuldade de integração dos jovens no mercado de trabalho<br />No ano de 2006, segundo dados do Instituto Nacional de Es...
OS JOVENS E O DESEMPREGO<br />Nos países de maneira em geral, participam de sua economia activa, trabalhadores velhos, jov...
discriminação no mundo do trabalho<br />No mercado de trabalho, especialmente os negros e mulheres são discriminados em fu...
Biografia de CharleS chaplin<br />Charlie Chaplin, foi um actor, director, produtor, dançarino e músico britânico. Chaplin...
Em 2008, em uma resenha do livro Chaplin: A Life, Martin Sieff escreve: "Chaplin não foi apenas 'grande', ele foi gigantes...
Por sua inigualável contribuição ao desenvolvimento da sétima arte, Chaplin é o mais homenageado cineasta de todos os temp...
A saúde de Chaplin começou a declinar lentamente no final da década de 1960, após a conclusão do filme A Countess from Hon...
Conclusão<br />Com este trabalho aprendemos que há um grande número de jovens qualificados que não têm empregoàaltura das ...
WEBGRAFIA<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Chaplin<br />http://www.google.pt/images?hl=pt-pt&gbv=2&q=charles%20ch...
FIM<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mundo do trabalho e das profissões

6.249 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mundo do trabalho e das profissões

  1. 1. E.B. 2/3 de Penafiel nº3<br />Mundo do<br />Trabalho e das profissões<br />Trabalho elaborado por:<br />-Isabela Soares Nº 26<br />-Sara Costa Nº22<br />-Vítor Coelho Nº24<br />Ano lectivo 2010/2011<br />Disciplina de Área de Projecto<br />Professora: Patrícia Magalhães<br />
  2. 2. Índice:<br /> Introdução......................................................................................................................3<br /> Dificuldade de integração dos jovens no Mercado de Trabalho………………………4<br />Os Jovens e o Desemprego.........................................................................................5<br /> Discriminação no mundo do trabalho……………………………………………………………………..6<br />Biografia de Charles Chaplin........................................................................7,8,9 e 10<br />Conclusão........................................................................................................................11<br />Webgrafia......................................................................................................................12<br />
  3. 3. INTRODUÇÃO<br />Neste trabalho, realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto, vamos abordar a dificuldade de integração dos jovens no mundo do trabalho, falar sobre a discriminação no trabalho e por fim ,vamos falar um pouco sobre a vida profissional de Charles Chaplin.<br />
  4. 4. Dificuldade de integração dos jovens no mercado de trabalho<br />No ano de 2006, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, havia em Portugal mais de 48 mil desempregados com formação superior. <br />Mais de 100 licenciados deixam o país todos os meses.<br />Abandonam Portugal todos os meses em busca de um emprego à altura das suas habilitações e de um salário condigno.<br />
  5. 5. OS JOVENS E O DESEMPREGO<br />Nos países de maneira em geral, participam de sua economia activa, trabalhadores velhos, jovens e meia idade, com as suas diversas qualificações participativas na produção nacional, quer seja no sector de serviços, industrial e/ou agrícola. Essas participações da juventude no mercado de trabalho têm diminuído muito, por problemas conjunturais, deixando jovens desempregados ou no subemprego, vivendo num clima de miséria e revolta, conduzindo para caminhos do submundo do crime e da marginalidade. É neste sentido que se busca estudar o mercado de trabalho da juventude e o porque das dificuldades que atravessa esse estrato social de suma importância para a economia; pois, esta dificuldade está mais presente nos países periféricos ou terceiro mundo.<br />A questão do desemprego e/ou subemprego é uma das mais preocupantes nos dias actuais, tendo em vista a grande explosão demográfica nos países pobres e as crises económicas que passam os países periféricos. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) tem se preocupado sensivelmente quanto aos rumos que está a tomar o problema da falta de trabalho, da rotatividade crescente no emprego e da mão-de-obra desqualificada que facilmente se desemprega e dificilmente consegue se reintegrar no mercado de trabalho. Na actualidade, tem-se observado que o nível maior de desempregados está na juventude com idade que varia entre 14 a 22 anos e, especialmente, no que diz respeito às mulheres.<br />
  6. 6. discriminação no mundo do trabalho<br />No mercado de trabalho, especialmente os negros e mulheres são discriminados em função de estereótipos preconceituosos, mesmo quando há outros elementos de distinção entre as pessoas, tais como competência, experiência e qualificação.<br />A discriminação no trabalho não é consequência apenas de actos individuais de um empregador ou de um trabalhador, mas também e principalmente resulta de procedimentos e práticas arraigadas nas instituições, que operam dentro e fora do mercado de trabalho, que reproduzem e reforçam a discriminação. É a chamada discriminação institucional.<br />Daí a necessidade de combater a discriminação tanto em nível individual como no nível das instituições, como empresas, instituições de formação profissional, organizações de empregadores e trabalhadores etc.<br />
  7. 7. Biografia de CharleS chaplin<br />Charlie Chaplin, foi um actor, director, produtor, dançarino e músico britânico. Chaplin foi um dos actores mais famosos do período conhecido como Era de Ouro do cinema dos Estados Unidos.<br />Além de actuar, Chaplin dirigiu, escreveu, produziu e eventualmente compôs a trilha sonora de seus próprios filmes, tornando-se uma das personalidades mais criativas e influentes da era do cinema mudo. Chaplin foi fortemente influenciado por um antecessor, o comediante francês Max Linder, a quem ele dedicou um de seus filmes. Sua carreira no ramo do entretenimento durou mais de 75 anos, desde suas primeiras actuações quando ainda era criança nos teatros do Reino Unido durante a Era Vitoriana quase até sua morte aos 88 anos de idade.<br />
  8. 8. Em 2008, em uma resenha do livro Chaplin: A Life, Martin Sieff escreve: "Chaplin não foi apenas 'grande', ele foi gigantesco. Em 1915, ele estourou um mundo dilacerado pela guerra trazendo o dom da comédia, risos e alívio enquanto ele próprio estava se dividindo ao meio pela Primeira Guerra Mundial. Durante os próximos 25 anos, através da Grande Depressão e da ascensão de Hitler, ele permaneceu no emprego. Ele foi maior do que qualquer um. É duvidoso que algum outro indivíduo tenha dado mais entretenimento, prazer e alívio para tantos seres humanos quando eles mais precisavam.”<br />
  9. 9. Por sua inigualável contribuição ao desenvolvimento da sétima arte, Chaplin é o mais homenageado cineasta de todos os tempos, sendo ainda em vida condecorado pelos governos britânico e francês , pela Universidade de Oxford e pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos .<br />Seu principal e mais conhecido personagem é conhecido como Charlot, na França e no mundo francófono, na Itália, Espanha, Portugal, Grécia, Romênia e Turquia, e como Carlitos ou também "O Vagabundo" no Brasil, um andarilho pobretão que possui todas as maneiras refinadas e a dignidade de um cavalheiro, usando um fraque preto esgarçado, calças e sapatos desgastados e mais largos que o seu número, um chapéu-coco ou cartola, uma bengala de bambu e - sua marca pessoal - um pequeno bigode -de-broxa.<br />
  10. 10. A saúde de Chaplin começou a declinar lentamente no final da década de 1960, após a conclusão do filme A Countess from Hong Kong, e mais rapidamente após receber seu Oscar Honorário em 1972. Por volta de 1977, já tinha dificuldade para falar, e começou a usar uma cadeira de rodas. Chaplin morreu dormindo aos 88 anos de idade em consequência de um derrame cerebral, no Dia de Natal de 1977.<br />
  11. 11. Conclusão<br />Com este trabalho aprendemos que há um grande número de jovens qualificados que não têm empregoàaltura das suas habilitações e também muitos trabalhadores são discriminados nos seus trabalhos e isso pode acontecer principalmente devidoàraça ou etnia e também devido ao sexo da pessoa.<br />Também ficamos a conhecer melhor Charles Chaplin e a sua vida profissional enquanto actor.<br />
  12. 12. WEBGRAFIA<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Chaplin<br />http://www.google.pt/images?hl=pt-pt&gbv=2&q=charles%20chaplin%20wikipedia&um=1&ie=UTF-8&source=og&sa=N&tab=wi<br />http://www.ilo.org/public/portugue/region/eurpro/lisbon/html/portugal_rel_global_07_pt.htm<br />http://www.slideshare.net/susanaleitecosta/dificuldade-de-integrao-dos-jovens-no-mercado-de-trabalho-3220313<br />
  13. 13. FIM<br />

×