IRENA SENDLER
Nome: Irena Sendler
Nascimento: 15 de fevereiro de 1910, em Varsóvia.
Morte: 12 de maio de 2008, em Varsóvia, Polónia.
Mis...
Quando a Alemanha invadiu a Polónia, em 1939, Irena era enfermeira
no Departamento de Bem-estar Social de Varsóvia, onde c...
Dependendo da idade, sexo e aparência, encontravam famílias polacas que as
recebessem, eram enviadas para conventos ou, em...
● Em 20 de outubro de 1943, Irena Sendler foi presa pela
Gestapo e levada para a prisão de Pawiak, onde foi brutalmente
to...
● Em 1965, a organização Yad Vashem de Jerusalém outorgou-lhe
o título de “Justa entre as Nações” e nomeou-a cidadã honorá...
“Uma pessoa necessitada deve ser ajudada de coração,
independentemente da sua religião ou nacionalidade”.
PENSAMENTO DE IR...
• MIESZKOWSKA, Anna – A História de Irena Sendler: a Mãe das
crianças do Holocausto. Lisboa: Editora Livros do Brasil, 201...
Trabalho realizado por:
Francisca Santos
Nádia Gomes
Turma - 9ºF
Disciplina: EMRC
Ano Letivo - 2014/2015
AGRUPAMENTO DE ES...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Irena sendler ppt

312 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
312
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Irena sendler ppt

  1. 1. IRENA SENDLER
  2. 2. Nome: Irena Sendler Nascimento: 15 de fevereiro de 1910, em Varsóvia. Morte: 12 de maio de 2008, em Varsóvia, Polónia. Missão desenvolvida ao longo da sua vida: Ativista dos direitos humanos e assistente social. Contributo desta heroína: Durante a segunda guerra mundial contribuiu para salvar mais de 2.500 vidas ao conseguir que várias famílias cristãs escondessem filhos de judeus no seio do seu lar. Levava alimentos, roupas e medicamentos às pessoas barricadas no beco. BIOGRAFIA DE IRENA SENDLER
  3. 3. Quando a Alemanha invadiu a Polónia, em 1939, Irena era enfermeira no Departamento de Bem-estar Social de Varsóvia, onde cuidava das refeições comunitárias. Após a invasão, os nazis criaram um gueto em Varsóvia onde colocaram os judeus. No verão de 1942, ela resolveu unir-se ao movimento de resistência Zegota (Conselho de Ajuda aos Judeus) criado por um grupo de resistência heróica. Com a ajuda do grupo, Irena Sendler conseguiu resgatar mais de 2.500 crianças do gueto de várias formas. Irena conhecida pelo apelido Jolanta junto dos meninos que salvava. BIOGRAFIA DE IRENA SENDLER
  4. 4. Dependendo da idade, sexo e aparência, encontravam famílias polacas que as recebessem, eram enviadas para conventos ou, em alternativa, para instituições seculares. «As cruéis condições de vida do bairro judeu dizimaram literalmente os seus habitantes. Havia muitas casas em que todos os adultos tinham morrido e restavam apenas crianças desesperadas e negligenciadas.(…). As ruas do gueto estavam cheias de meninos a pedir esmola. Víamo-los quando lá entrávamos e quando algumas horas depois passávamos por lá para partir, encontrávamos os seus pequenos corpos deitados no chão, cobertos com jornais» (Irena Sendler, em MIESZKOWSKA, 2011, p. 128). BIOGRAFIA DE IRENA SENDLER
  5. 5. ● Em 20 de outubro de 1943, Irena Sendler foi presa pela Gestapo e levada para a prisão de Pawiak, onde foi brutalmente torturada. Quebraram-lhe os ossos dos pés e das pernas, mas não conseguiram quebrar-lhe a determinação. ● Irena colocou as listas com o nome das crianças que resgatou em frascos de vidro e enterrou-os no jardim de uma vizinha para se assegurar de que chegariam às mãos indicadas se ela morresse. DATAS IMPORTANTES NA SUA VIDA
  6. 6. ● Em 1965, a organização Yad Vashem de Jerusalém outorgou-lhe o título de “Justa entre as Nações” e nomeou-a cidadã honorária de Israel. ● Em novembro de 2003, o presidente da República Aleksander Kwaśniewski concedeu-lhe a mais alta distinção civil da Polónia: a Ordem da Águia Branca. Irena foi acompanhada pelos seus familiares e por Elżbieta Ficowska, uma das crianças que salvou. DATAS IMPORTANTES NA SUA VIDA
  7. 7. “Uma pessoa necessitada deve ser ajudada de coração, independentemente da sua religião ou nacionalidade”. PENSAMENTO DE IRENA SENDLER
  8. 8. • MIESZKOWSKA, Anna – A História de Irena Sendler: a Mãe das crianças do Holocausto. Lisboa: Editora Livros do Brasil, 2011. • Irena Sendler (2015). [Em linha]. [Consultado em 23/4/2015]. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Irena_Sendler BIBLIOGRAFIA
  9. 9. Trabalho realizado por: Francisca Santos Nádia Gomes Turma - 9ºF Disciplina: EMRC Ano Letivo - 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VISEU SUL

×