SEMANA DA LEITURA DO JARDIM DE INFÂNCIA DE CHAVES
Decorreu, no período de 17 a 21 de março integrada nas planificações das...
No decorrer deste evento, a biblioteca transformou-se num espaço diferente, mágico.
Encontrava-se dividido em duas partes:...
nos com a sua presença e com contos e canções animadas, seguidas de interações com o
público (as crianças), de forma fantá...
Na quarta-feira de tarde foi a vez da turma 5, com a interpretação de três mães ( Zé
Pedro, Matias e Ângelo), brindar-nos ...
O momento
auge da
Semana (é
difícil dizer
qual foi), no
entanto, o
final foi
brilhante,
com a
participação
do Clube de
Pai...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Semana da leitura no JI chaves

587 visualizações

Publicada em

Semana da Leitura no JI Chaves

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
587
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
461
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semana da leitura no JI chaves

  1. 1. SEMANA DA LEITURA DO JARDIM DE INFÂNCIA DE CHAVES Decorreu, no período de 17 a 21 de março integrada nas planificações das Bibliotecas Escolares do Agrupamento António Granjo, a Semana da Leitura no jardim-de-infância de Chaves, organizada pela equipa da biblioteca. Esta atividade foi vivida com muita intensidade por todos os elementos da Comunidade. Nesta Semana, a leitura centrou- se no livro da conhecida escritora Palmira Martins: “ O Grilinho Tenor”. Todas as turmas vivenciaram o prazer da leitura deste livro, que teve início com o seu conto, no espaço da biblioteca, seguido de um jogo didático, bem como da reconstrução do próprio livro através das suas imagens. FOTO DA ENTRADA DO JI CHAVES MOMENTO DA LEITURA DO LIVRO “GRILO TENOR”
  2. 2. No decorrer deste evento, a biblioteca transformou-se num espaço diferente, mágico. Encontrava-se dividido em duas partes: uma destinada ao visionamento do filme, elaborado com a colaboração das crianças, na outra estava uma tenda onde mães ou avós fizeram a hora do conto, para delícia de todos nós. O final das manhãs foi enriquecido com o cantarolar da música do grilinho tenor, interpretado por cada uma das turmas. À tarde realizaram-se diversas “horas” do conto. Na segunda-feira, foi a vez da turma 1, em que a mãe do José Daniel, interpretou o papel de capuchinho vermelho, com a ajuda de um fantoche transformista que interpretava as diversas personagens. No final, as crianças lancharam as “surpresas” que vinham no cestinho do capuchinho vermelho. Na terça-feira, de tarde, fomos ao encontro de Palmira Martins no Auditório do Centro Cultural de Chaves, brindou- FOTO DA VISUALIZAÇÃO DO FILME DO GRILO TENOR
  3. 3. nos com a sua presença e com contos e canções animadas, seguidas de interações com o público (as crianças), de forma fantástica. No final, as crianças que compraram o livro foram solicitar o seu autógrafo.
  4. 4. Na quarta-feira de tarde foi a vez da turma 5, com a interpretação de três mães ( Zé Pedro, Matias e Ângelo), brindar-nos com o teatro da história “A Galinha Ruiva”. A atividade foi encantadora e também saborosa, já que no final as crianças puderam provar o bolo que “ajudaram” a fazer durante o teatro. Na quinta-feira de tarde, as mães da Diana e João Pedro da turma 2, com a ajuda da mãe do Francisco da turma 3, fizeram uma dramatização de fantoches: “ os 3 porquinhos”, que representaram de forma extraordinária, tendo como público os meninos da turma 2. Finalizando este convívio com um lanchinho. Na sexta-feira, a avó da Maria da turma 3, não podendo deixar de nos voltar a encantar com mais uma história, desta vez “ É tudo verdade, menos algumas mentiras do pequeno corvo”.
  5. 5. O momento auge da Semana (é difícil dizer qual foi), no entanto, o final foi brilhante, com a participação do Clube de Pais e Avós, num teatro na biblioteca, como seria de esperar, do “Grilinho Tenor”. Foi uma surpresa, com uma atuação completamente diferente em que as crianças e alguns adultos puderam sentir a emoção de ver um teatro às escuras, vendo refletidos os personagens da história com cores fluorescentes e luz negra. Estavam presentes todas as crianças da escola mas o silêncio era tal que parecia não estar ninguém naquele espaço (Biblioteca) mágico, enquanto durou a atuação destes verdadeiros artesãos da magia. BEM HAJAM!!! FOTOS DO TEATRO CLUBE PAIS E AVÓS

×