Parlamento Dos Jovens Parte II

473 visualizações

Publicada em

"Que Futuro para a Educação?" 2010/11

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parlamento Dos Jovens Parte II

  1. 1. Programa “Parlamento dos Jovens” Tema: “Que futuro para a educação?”Medida 1: Melhorar a qualidade da educação e do currículo escolarArgumento: Necessidade de existir uma Área Curricular não Disciplinar dirigida para a vida emsociedade, com o objectivo de preparar e enriquecer os jovens para uma participação activa econsciente, no final de cada ciclo.Medida 2: Investir mais e melhorArgumento: Diversificar a oferta curricular e não curricular da escola, mobilizando os recursosexistentes e criando novos, conferindo às escolas uma maior autonomia.Medida 3: Reformular o modelo de avaliação dos alunosArgumento: A avaliação dos alunos não deverá continuar a centralizar-se exclusivamente nostestes de avaliação, mas para fazer parte de um processo avaliativo mais vasto e aberto, deveintegrar outros elementos: exposições orais; trabalho de investigação/projectos e respectivadefesa na sala de aula, sob a forma de debate, dando espaço à criatividade e ao estudo auto-didacta.
  2. 2. Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres Escola Secundária Dra. Laura Ayres COMUNICAÇÃO À AR DOS RESULTADOSTendo em conta, os artigos 23º do Capítulo IV do Regulamento Eleitoral e 9º doRegulamento da Sessão Escolar, os professores responsáveis pelo Projecto“Parlamento dos Jovens – Que Futuro para a Educação?”, vimos por este meioapresentar as informações requeridas: a) No dia 20 de Janeiro de 2011, realizou-se a sessão escolar; b) São 553 (quinhentos e cinquenta e três) os eleitores inscritos; c) Foram 92 (noventa e dois) os votantes; d) O número de votos brancos foi de 11 (onze); e) O número de votos nulos foi de 4 (quatro); f) Apresentou-se uma lista única à Comissão Eleitoral; g) O número de votos na lista candidata foi de 77 (setenta e sete); h) Foram duas as turmas envolvidas do décimo segundo ano na formação de listas: as turmas D e E; i) O número de alunos por sexo na lista foi o seguinte: 5 (cinco) alunos do sexo masculino e 5 (cinco) alunos do sexo feminino; j) O número de alunos por ano escolar na lista candidata é de 10 (dez); k) O número de alunos por idades na lista candidata foi de 9 (nove) alunos com a idade de 17 (dezassete) anos e uma aluna com a idade de 18 (dezoito) anos; l) O número de participantes na Sessão Escolar foi de 28 (vinte e oito) alunos e 3 (três) professores, perfazendo a totalidade de 31 (trinta e um) participantes;No que diz respeito ao artigo 9º do Regulamento da Sessão Escolar, há a considerar oseguinte: a) Os resultados das eleições para a Sessão Escolar constam no ponto acima referido;
  3. 3. b) De acordo com o número de votos obtidos, a lista ordenada dos deputados efectivos e do suplente eleitos para a Sessão Distrital/Regional é a seguinte: 1º João Carlos Mourato de Freitas Parreira da Gama, Nº 13 - 12º D (nove votos) – voto de preferência em primeiro lugar; 2º Rachel Mestre Mesquita, Nº 17 – 12ºD (nove votos) – voto de preferência em segundo lugar; 3º Marlene Filipe Neves do Canto, Nº 18 – 12ºE (nove votos) – voto de preferência em terceiro lugar; 4º Maria do Céu Ferreira Vitoriano, Nº 15 – 12ºD (nove votos) – voto de preferência em quarto lugar; 5º David Afonso Gonçalves, Nº 7 -12ºE (oito votos); 6º João Carlos Carneiro Viana, Nº 12 – 12ºD (oito votos) – Deputado Suplente. Os deputados David Afonso Gonçalves e João Carlos Carneiro Viana foram de novo a votação, dado o facto de os mesmos terem o mesmo número de votos. Após a segunda votação, o deputado David Afonso Gonçalves obteve um total de oito votos, enquanto o deputado João Carlos Carneiro Viana obteve um voto. Procedeu-se também à eleição do candidato para a presidência da Sessão Distrital Regional, tendo sido eleita a deputada Maria do Céu Ferreira Vitoriano, Nº 15 – 12ºD, com um total de sete votos. Como esclarecimento, acrescente-se que o deputado Pedro Carvalho Machado, Nº 16 – 12ºD perdeu o seu mandato por falta de comparência à Sessão Escolar devido ao facto de se encontrar doente. Finalmente, o tema proposto para debate na Sessão do Parlamento dos Jovens do próximo ano foi a o seguinte: “Democracia: Seremos Livres?”c) O Projecto de Recomendação será inserido no modelo previsto por este projecto.Em súmula, este projecto/programa revelou-se proficiente, uma vez que osobjectivos do mesmo foram cumpridos: em primeiro lugar, tratou-se de umainiciativa dos alunos do Ensino Secundário, nomeadamente do 12º ano, orientadospor dois professores que procuraram trabalhar, frequentemente, o tema e asactividades a desenvolver para cumprir os objectivos estipulados. Neste sentido,elaborou-se um cronograma detalhado de actividades: no dia 6 de Dezembro,realizou-se um debate intitulado “Vinte Anos a Parlamentar”, com a presença dodeputado Dr. Mendes Bota e do vereador da Câmara Municipal de Loulé, Dr.Joaquim Guerreiro e sessenta participantes, em representação da comunidade
  4. 4. educativa; de seis a treze de Dezembro, decorreu o período de apresentação daslistas à Comissão Eleitoral; de três a sete de Janeiro teve lugar a campanhaeleitoral, culminando esta na eleição de uma única lista no dia onze de Janeiro.Na sua globalidade e perante os resultados obtidos, considera-se esteprojecto/programa profícuo nas consequências da participação activa na vidapolítica e social sem constrangimentos avaliativos. No entanto, dada a organizaçãoescolar do décimo segundo ano e as respectivas exigências curriculares eavaliativas, sugere-se que este programa deva ser trabalhado e desenvolvido poruma área disciplinar não curricular. Os professores responsáveis Reinaldo Correia Inês Aguiar

×