Curso educar na diversidade

304 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso educar na diversidade

  1. 1. IN TE LIG ÊN C IA ...S ?
  2. 2. H oward G ard ne r (1 973 e 2000)“[...] p ote ncial b iop sicol ógico p ara p roce ssar inform açõe s quep od e se r ativad o num ce nário cul tural p ara sol ucionarp rob l m as ou criar p rod utos que se j e am val orizad os num acul tura” (G AR D N E R , 2000, p . 47).
  3. 3. GARDNER, H. Inteligência: um conceito reformulado. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000.__________. Inteligências Múltiplas: a teoria na prática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.
  4. 4. (BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Especial. Diretrizes gerais para oatendimento educacional aos alunos portadores de altas habilidades/superdotação e talentos. Brasília:MEC/SEESP, 1995).
  5. 5. Dr. Joseph S. Renzulli
  6. 6. C AP AC ID AD E E N VO LVIM E N TO AC IM A D A C O M A TAR E F A M ÉD IA P AHFonte: Renzulli, Joseph S;REIS, Sally M. The Three-ring conception ofgiftedness: A C R IATIVID AD EDevelopmental Model forCreative Productivity. TheTriad Reader. Connecticut: Creative Learning Press,1986
  7. 7. (Renzulli, Joseph S; REIS, Sally M. The Three-ring conception of giftedness: A DevelopmentalModel for Creative Productivity. The Triad Reader. Connecticut: Creative Learning Press, 1986p. 11/12)
  8. 8. a) capacidade acima da média: habilidade geral: capacidade de processar as informações, integrar experiências que resultem em respostas adequadas e adaptadas a novas situações e a capacidade de envolver-se no pensamento abstrato. habilidades específicas: que consistem nas habilidades de adquirir conhecimento e destreza numa ou mais áreas específicas.
  9. 9. b) Envolvimento /comprometimento com a tarefa
  10. 10. c) Criatividade
  11. 11. • R ap id e z e facilid ad e p ara ap re nd e r;• F acilid ad e p ara ab s tração, as s ociaçõe s , an ális e e s ínte s e , ge ne ralizaçõe s ;• F le xib ilid ad e d e p e ns am e nto;• P rod u ção criativa;
  12. 12. • C ap acid ad e d e j lgam e nto; u• H ab ilid ad e p ara re s olve r p rob le m as ;• M e m ória e com p re e ns ão incom u ns d as s itu açõe s vive nciad as ;• Ind e p e nd ência d e p e ns am e nto;• Tale ntos e s p e c íficos , com o e s p orte s , m ús ica, arte s , d an ça, inform ática;
  13. 13. MI CO C A DÊA
  14. 14. Agora não é Ele não pode saber mais do que eu !?!a tua vez!Depois tu memostra isso!Deixa teu colegafalar! Isso não é o que estamos estudando agora! A C A DÊ MIC O
  15. 15. A C A DÊ MIC O
  16. 16. A C A DÊ MIC O
  17. 17. PsiuComo esse !! Ficamenino é Cadêquiematéria no a todistraído! ! no teu caderno,ive E la v da menino? undo Par a de , m a, mãe! sar lu co nver men ina!
  18. 18. Segregação
  19. 19. AceleraçãoAcelerar não implica somente pular anos e, isto, nem sempre, é suficiente para desenvolver o seu potencial.
  20. 20. AceleraçãoÉ baseada no desempenho já reconhecidamente avançado da criança.
  21. 21. Ace le ração
  22. 22. Enriquecimento
  23. 23. EnriquecimentoDeve ter a finalidade de:
  24. 24. Renzulli e Reis (1997)
  25. 25. C ada criança é diferente

×