Memorial de calculo padrão treinamento

484 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memorial de calculo padrão treinamento

  1. 1. Ética Competência e Imparcialidade Treinamento Memorial de Calculo Padrão rev.00 Out/2013 1
  2. 2. Treinamento Memorial de Calculo Padrão Este é um treinamento sobre a utilização do modelo de memorial de cálculo padrão. Além de melhorar nossa organização, este é referenciado em nosso relatório de auditoria para os processos multi-sites. É destinado ao todos da área de negócios. 2
  3. 3. 0,0 homem.dia on-site 2 Total ao ano Norma Fee Norma Fee INM ISO 14000 0,00 TGA ISO 14000 0,00 OHSAS 18000 0,00 INM ISO 9000 TGA ISO 9000 PBQP-H outro fee Fee Total 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Modelo Memorial de Calculo md tabela (on-site) ISO 9000:(-30%) md on-site (-20%) md recert ( -33%) md fase 1+certif Redução Norma 0,0 9000 0,7 ISO 14000 0,8 OHSAS 18001 1,0 PBQP-H 0,0 Σ MD on-site Σ MD on-site corrigido Empresa: Certificação Recertificação Tipo ( C/R/T/RC) 0,00 0,0 0,0 0,0 0,0 FASE 1 0,0 0,0 0,0 0,0 FASE 2 0,0 0,0 0,0 0,0 1a P 0,0 0,0 0,0 0,0 2a P 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Recert. Concor. Norma 0,00 Valor do MD 3 anos 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0 Transferência Proposta: Pré-Aud. pré FASE 1 FASE 2 1aP 2aP Espec. 0,00 4 0,00 0,00 3 Anuidades Pré-Auditoria ISO 14000 e/ou OHSAS 18000 Risco Am biental md on-site md relatório md espec. valor espec. Valor Pré 0,0 0,0 0,0 0,00 0,00 FASE 1 md on-site md relatório md espec. valor espec. Valor 0,0 0,0 0,0 0,00 0,00 Legenda No. Funcionários só para 14001/18001 MD Muito Alto ISO 9000 0 0,0 Alto ISO 14000 Resultado 0 0,0 Alto Médio OHSAS 18001 Selecionar 0 0,0 Médio PBQP-H (A ) Médio Baixo ISO TS Entrada-Inserir dado FASE 2 0,00 md on-site md doc. md relatório md espec. valor espec. Valor 0,0 0,00 0,50 0,0 0,00 0,00 1/3 Fee total 0,00 md on-site md relatório md espec. valor espec. md total 0,0 0,50 0,0 0,00 0,00 2a Periódica 1/3 Fee total 0,00 md on-site md relatório md espec. valor espec. md total 0,0 0,50 0,0 0,00 0,00 Baixo Fase Atividades Pré-Auditoria Preço (R$) 0,0 homem.dia 0,00 0,0 homem.dia Dedicação de 0,00 Parcelamento Emissão de relatório FASE 1 nr Dedicação de 2 Anuidades 0,00 4 0,00 0,00 1 0,00 2 0,00 3 0,00 4 0,00 0,0 homem.dia on-site Anuidades Total ao ano Norma Fee INM ISO 9000 TGA ISO 9000 PBQP-H outro fee Fee Total Redução Norma 0,0 9000 0,7 ISO 14000 0,8 OHSAS 18001 1,0 PBQP-H 0,0 Σ MD on-site Σ MD on-site corrigido pré FASE 1 FASE 2 1aP 2aP Espec. 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Pré-Aud. 0,0 0,0 0,0 0,0 FASE 1 0,0 0,0 0,0 0,0 0,00 1a P 0,0 0,0 0,0 0,0 Valor Fee Valor Esp Valor HDs OnSite HDs Re l HDs Doc HDs De s loc 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0 0 0,00 Parcelas 0,00 0,00 0 0 0,00 0,00 0,00 0,00 0,50 0,00 0 0,00 0,00 0,00 0,00 0,50 0 0 0,00 0,00 0,00 0,00 0,50 0 0 0 0,00 0,00 0,00 0,00 0 0 M antida a carga de M Ds - coluna 90% Motivos para Redução - Atenção: máximo 30% de redução, obedecendo Manual de GN Recertificação ( -1/3 da carga de m ds ) Exis tência de certificados em itidos (s is tem a/produto) e outras auditorias cons tantes Conhecim ento prévio da em pres a, através da realização de pré-auditoria. Exclus ão: Des envolvim ento do Produto (7.3). Exclus ão: Des envolvim ento do Produto e outros requis itos da Seção 7 (ISO 9001:2000) Não/baixo ris co de produto ou proces s o. Conhecim ento do s ite e Sis tem a de Gerenciam ento exigido. Site pequeno com elevado núm ero de colaboradores . Proces s o geral único / Ex: Serviço. Muitos colaboradores realizam a m es m a atividade, tarefas s im ples . -30% -30% -15% -20% -10% -10% -15% -10% -15% -10% -10% Mesma atividade em todos os turnos ( somente com evidência de documentos de auditoria interna Valor do MD 3 anos 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 FASE 2 0,0 0,0 0,0 0,0 Valor MD 0,00 3 Auditoria on-site com dedicação de Norma Fee 0,00 0,00 Total ao ano INM ISO 14000 0,00 TGA ISO 14000 0,00 OHSAS 18000 0,00 0,00 1 0,0 homem.dia on-site 2a Periódica Anual 0,00 6 Auditoria on-site com dedicação de 0,00 5 0,00 0,00 0,00 4 soma 0,00 3 0,0 homens.dia on-site Anuidade & Licença de uso da marca Kit de orientação de uso da marca 0,00 2 0,00 Auditoria on-site com dedicação de 1a Periódica Anual valor 1 Emissão de relat.(off-site) FASE 2 md tabela (on-site) ISO 9000:(-30%) md on-site (-20%) md recert ( -33%) md fase 1+certif 1/3 Fee total 1a Periódica No. Funcionários/NEA (Outras normas) 0,00 Res ultado de auditorias anteriores OBS.: Motivos para Aumento Dificuldade de logís tica com outros s ites / edifício. Neces s idade de intérprete. Área grande com baixo núm ero de colaboradores . 2a P 0,0 0,0 0,0 0,0 Alta diversidade de requisitos regulamentares (produtos alimentos, medicina/f armacêutico, Proces s os com alta com plexidade / trabalho que é realizado um a única vez. Proces s os incluindo a com binação de hardware, s oftware, atividades e s erviços . Res ultado de auditorias anteriores (recertificação). Tem auditor disponível para o escopo na região? 0 Tem auditor disponível na região ? Alguma atividade de fabricação é terceirizada ou realizada em outro endereço? 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 5% 5% 5% 10% 10% 10% 10% Não Sim Não Sim Não Sim Caso afirmativo, onde? (Descreva qual é a atividade): 0,0 3 Consultoria que apóia a empresa:
  4. 4. Legenda O Memorial deve ser preenchido de acordo com a Legenda. Empresa: Certificação Transferência Proposta: Recertificação Recert. Concor. Risco Am biental Norma Tipo ( C/R/T/RC) ISO 14000 e/ou OHSAS 18000 Legenda No. Funcionários só para 14001/18001 MD Muito Alto ISO 9000 0 0,0 Alto ISO 14000 Resultado 0 0,0 Alto Médio OHSAS 18001 Selecionar 0 0,0 Médio PBQP-H (A ) Médio Baixo ISO TS No. Funcionários/NEA (Outras normas) Entrada-Inserir dado Baixo 4
  5. 5. Legenda Onde está verde, deve-se inserir dados como, nome da empresa, número da proposta, número de funcionários, valor do MD, valor do fee e carga da auditoria, indicar motivos de redução e aumento da auditoria Empresa: Certificação Transferência Proposta: Recertificação Recert. Concor. Risco Am biental Norma Tipo ( C/R/T/RC) ISO 14000 e/ou OHSAS 18000 Legenda No. Funcionários só para 14001/18001 MD Muito Alto ISO 9000 0 0,0 Alto ISO 14000 Resultado 0 0,0 Alto Médio OHSAS 18001 Selecionar 0 0,0 Médio PBQP-H (A ) Médio Baixo ISO TS No. Funcionários/NEA (Outras normas) Entrada-Inserir dado Baixo 5
  6. 6. Geral Onde está amarelo, indica resultado. Não se deve alterar estes campos pois, contém formulas. 6
  7. 7. Geral Onde está rosa, deve-se selecionar, como por exemplo, a norma e o risco ambiental. 7
  8. 8. Geral Existe as abas relacionadas a cada norma. Veja 8
  9. 9. PBQP-H - Sistema Compartilhado Nas abas deve-se seguir as legendas da Geral. 9
  10. 10. PBQP-H - Sistema Compartilhado Particularidades: O total envolvido de trabalhadores de um escopo, considera a soma: 1) dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados no escritório, depósito central, central de serviços e central de manutenção, abrangidos pelo escopo da certificação; 2) e dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados nas obras abrangidas pelo escopo da certificação, responsáveis por atividades de gestão da obra gestão dos materiais e gestão dos serviços de arquitetura e de engenharia consultiva e dos serviços de obra de execução especializada. OBS: Funcionários próprios ou terceirizados, diretamente envolvidos na realização de serviços de obra ou de serviços de obra de execução especializada, atuando nos canteiros de obras do escopo, não precisam ser considerados. 10
  11. 11. PBQP-H – Nível A Nas abas deve-se seguir as legendas da Geral. 11
  12. 12. PBQP-H – Nível A Particularidades: O total envolvido de trabalhadores de um escopo, considera a soma: 1) dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados no escritório, depósito central, central de serviços e central de manutenção, abrangidos pelo escopo da certificação; 2) e dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados nas obras abrangidas pelo escopo da certificação, responsáveis por atividades de gestão da obra gestão dos materiais e gestão dos serviços de arquitetura e de engenharia consultiva e dos serviços de obra de execução especializada. OBS: Funcionários próprios ou terceirizados, diretamente envolvidos na realização de serviços de obra ou de serviços de obra de execução especializada, atuando nos canteiros de obras do escopo, não precisam ser considerados. 12
  13. 13. PBQP-H – Nível A Particularidades (cont): O dimensionamento das auditorias inclui também os tempos requeridos para o planejamento da auditoria e para a preparação do relatório final. O total de tais tempos não deve exceder a 20% do tempo total definido para a auditoria. O tempo da auditoria não inclui o tempo para deslocamentos e refeições. O tempo de auditoria off-site (máximo de 20%) deverá ser descrito no Plano de Auditoria pelo Auditor Líder, detalhando o tempo utilizado para análise de documentos, elaboração de Planos de Auditoria e de Relatórios. OBS: Funcionários próprios ou terceirizados, diretamente envolvidos na realização de serviços de obra ou de serviços de obra de execução especializada, atuando nos canteiros de obras do escopo, não precisam ser considerados. 13
  14. 14. PBQP-H – Nível B Nas abas deve-se seguir as legendas da Geral. 14
  15. 15. PBQP-H – Nível B Particularidades : O total envolvido de trabalhadores de um escopo, considera a soma: 1) dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados no escritório, depósito central, central de serviços e central de manutenção, abrangidos pelo escopo da certificação; 2) e dos funcionários próprios, terceirizados, temporários e estagiários lotados nas obras abrangidas pelo escopo da certificação, responsáveis por atividades de gestão da obra gestão dos materiais e gestão dos serviços de arquitetura e de engenharia consultiva e dos serviços de obra de execução especializada. OBS: Funcionários próprios ou terceirizados, diretamente envolvidos na realização de serviços de obra ou de serviços de obra de execução especializada, atuando nos canteiros de obras do escopo, não precisam ser considerados. 15
  16. 16. PBQP-H – Nível B Particularidades (cont): O dimensionamento das auditorias inclui também os tempos requeridos para o planejamento da auditoria e para a preparação do relatório final. O total de tais tempos não deve exceder a 20% do tempo total definido para a auditoria. O tempo da auditoria não inclui o tempo para deslocamentos e refeições. O tempo de auditoria off-site (máximo de 20%) deverá ser descrito no Plano de Auditoria pelo Auditor Líder, detalhando o tempo utilizado para análise de documentos, elaboração de Planos de Auditoria e de Relatórios. OBS: Funcionários próprios ou terceirizados, diretamente envolvidos na realização de serviços de obra ou de serviços de obra de execução especializada, atuando nos canteiros de obras do escopo, não precisam ser considerados. 16
  17. 17. Multi-site 9001 Nas abas deve-se seguir as legendas da Geral. 17
  18. 18. Multi-site 9001 Particularidades:  Uma empresa deve ser considerada como Multi-site quando possuir: • Uma matriz e mais de um local ou filial • Um manual da qualidade único • Um RD (Representante da Direção) único • Atividades semelhantes em todos os locais da empresa  Se uma empresa possui duas razões sociais diferentes, por questões fiscais, por exemplo, (comercial e produção), essa empresa complementar pode ser enquadrada como Multi-site. O FEE nesse caso deve ser separado, cobrado independente.  Todo o cálculo de propostas multi-sites tem como base a proposta mono-site e você deve conhecer como emitir de acordo com as considerações descritas no MGN.  O número de mandays em cada filial/site deve ser de, pelo menos, 0,5 manday. 18
  19. 19. Multi-site 14001 Nas abas deve-se seguir as legendas da Geral. 19
  20. 20. Multi-site 14001 Particularidades:  Aplicar o mesmo método utilizado para 9001 Multi-site aplicando-se a Tabela de Mandays 14001 ( no. de colaboradores e o risco ambiental).  Calcular o número total de mandays da mesma forma que para mono-site, considerando os mesmos condicionantes para a complexidade da empresa conforme definido no MGN.  A carga para cada site deverá ser obtida aplicando-se a metodologia que envolve os percentuais que definem os tempos aproximados para avaliação dos processos existentes nos sites, com base nos requisitos envolvidos, de acordo com a tabela de requisitos. 20
  21. 21. Multi-site 14001 Particularidades (cont):  O cálculo inicia com a determinação da carga do site considerando o no. de colaboradores existentes, incluindo os terceirizados, (carga 100%) utilizando-se a tabela de MD monosite , como se o site fosse uma organização independente.  Em seguida, aplica-se os percentuais da tabela abaixo, considerando os processos e requisitos existentes no site. A Visitas às instalações 6% B Reuniões 4% C 4.1/4.2/ 4.3.3/4.6 12% D 4.4.4/4.4.5/ 4.5.4 6% E 4.4.3 6% F 4.3.1/4.3.2/ 4.5.2 18% G H I 4.4.6 4.5.1 4.4.7 12% 12% 9% J 4.5.3/ 4.5.5 9% K 4.4.1/4.4.2 6%  O número de mandays em cada filial/site deve ser de, pelo menos, 0,5 manday. 21
  22. 22. Obrigada! Elisangela Moreira Gestão de Marketing emoreira@tuv-nord.com BRTÜV Avaliações da Qualidade TÜV NORD Group – Brazil Tel: (11) 4689-9400 www.brtuv.com.br 22

×