Maquinas simples

66.186 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
7 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
66.186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
930
Comentários
7
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maquinas simples

  1. 1. MÁQUINAS SIMPLESSão instrumentos que servem para facilitar a realização de um trabalho (como elevar, cortar, movimentar, apertar...)Isso ocorre através da ampliaçãoou transmissão da força aplicada pelo Homem.<br />
  2. 2. As máquinas simples também combinam-se para compor máquinas complexas, como um carro, guindaste ou bicicleta.<br />
  3. 3. As máquinas simples são basicamente de quatro tipos:AlavancaRoldana ou PoliaEngrenagem ou Roda dentadaPlano inclinado<br />
  4. 4. AlavancaÉ formada por um objeto rígido, capaz de girar em torno de um ponto de apoio fixo. A força aplicada pela pessoa  FORÇA POTENTE é multiplicada e aplicada pela alavanca do outro lado do ponto de apoio  FORÇA RESISTENTE.FORÇA POTENTE PONTO DE APOIO FORÇA RESISTENTE <br />
  5. 5. As alavancas são de 3 tipos:ALAVANCA INTERFIXA– o ponto de apoio está entre a força potente e a força resistente. Por ex.: balança, gangorra, alicate, pé-de-cabra e tesouras.<br />
  6. 6. ALAVANCA INTER RESISTENTE– a força resistente está localizada entre o ponto de apoio e a força potente. Por ex.: carrinho de mão, abridor de garrafa, quebra-nozes.<br />
  7. 7. ALAVANCA INTERPOTENTE– a força potente está localizada entre o ponto de apoio e a força resistente. Por ex.: pinça, vassoura, cortador de unhas.<br />
  8. 8. Roldana ou PoliaNa roldana fixa, a força aplicada (força potente) é igual, em valor, à força exercida pela máquina (força resistente), apenas muda o sentido da força.Na roldana móvel, a força potente deve metade da força resistente, pois a outra metade da força é exercida pela superfí-cie que prende a roldana, como o teto. <br />
  9. 9. As roldanas têm inúmeras aplicações, entre elas estão:Varais de roupas, aparelhos de musculação, no transporte de materiais de construção, nos motores de automóveis e nos guindastes.<br />
  10. 10. Engrenagem ou Roda dentadaAs engrenagens transmitem movimentos, através de rodas dentadas aos pares, ou ligadas a um eixo central (acionado por motor geralmente).<br />
  11. 11. A cremalheira é uma engrenagem que transforma um movimento de rotação em movimento retilíneo.<br />
  12. 12. Plano inclinadoÉ uma superfície plana cujos pontos de início e fim encontram-se em alturas diferentes. Alguns exemplos de plano inclinado são: rampa, cunha e parafuso.<br />
  13. 13. O trabalho necessário para subir uma rampa é o mesmo, independente do comprimento da rampa!Trabalho = Força x deslocamentoPortanto, se aumentarmos a distância (comprimento) da rampa, diminuirá a força necessária para chegar a uma mesma altura, mas o gasto de energia será o mesmo – plano  ou plano  .O plano inclinado facilita o trabalho de elevar, mas não diminui o trabalho.<br />1<br />2<br />
  14. 14. Olhe com atenção os parafusos: eles contêm planos inclinados em forma de espiral, e alguns têm a ponta em forma de cunha.As cunhas são dois planos inclinados superpostos, e aplicam força nos 2 lados, como vemos no machado e nas facas.<br />

×