A Revolução Islâmica no Irã       Prof. Carlos bidu
• Ocorrida em 1979;• Até então comandado pelo XáMohammad Reza Pahlevi - de umamonarquia autocrática pró-Ocidente,em uma re...
• A Revolução Islâmica do Irã começou como  um movimento popular pela democratização  e terminou com a criação do primeiro...
• Antes da revolução, o Irã era governado pelo  xá Reza Pahlevi. O poder era concentrado  dentro de seu círculo de amigos ...
• As principais vozes da oposição se  concentraram atrás da figura do aiatolá  Ruhollah Khomeini, um clérigo xiita que viv...
• No final dos anos 70, uma série de protestos  violentos contra o regime de Pahlevi tomou as  ruas do Irã. A instabilidad...
• Em janeiro de 1979, o xá deixou Teerã para  um período de "férias". Ele nunca mais voltou.  Em todo o país, estátuas sua...
• Em sua última decisão antes de fugir, o xá  indicou o primeiro-ministro Shahpur Bakhtiar  como chefe de um conselho que ...
• Em 1º de fevereiro de 1979, o aiatolá  Khomeini voltou ao Irã de seu exílio na França.  A instabilidade política e socia...
• Em 11 de fevereiro, tanques tomaram as ruas  de Teerã entre rumores de golpe militar. Mas,  com o passar do dia, ficou c...
• O primeiro-ministro Bakhtiar renunciou. Dois  meses mais tarde, Khomeini teve uma enorme  vitória num referendo. Ele dec...
Revolução Islâmica no Irã
Revolução Islâmica no Irã
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revolução Islâmica no Irã

5.723 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Senhor que (CJ) nesse momento esteja pensando em mim, querendo a todo custo estar ao meu lado, querendo me ver, me abraçar e me beijar, que sua boca sinta muita vontade de me beijar e que sua mente só tenha a minha presença. Que (CJ) me procure ainda hoje me chamando para ficar ao seu lado e dizendo que me ama e que tomou a decisão certa e definitiva. Assim seja! Minha Rainha Pomba Gira Maria Mulambo, Rainha das sete Encruzilhadas, peço assim: vá onde (CJ) estiver e faça com que ele não descanse enquanto não falar comigo, pelos poderes da terra, pela presença do fogo, pela inspiração do ar, pelas virtudes das água!s!!!!invoco as 13 almas Benditas, Pela força dos corações sagrados e das lágrimas derramadas por amor, para que se dirija ali onde (CJ)estiver e me dê muito amor, carinho e queira ficar apenas comigo. Que (CJ) jamais deseje outra pessoa, e que ele tenha olhos só para mim.Salve Pomba Gira Maria Mulambo, Rainha das sete Encruzilhadas, te peço assim: Gira, vai mulher !! gira, gira ao meu favor, gira ao meu favor e traga (CJ) pra mim. E pedindo assim: Ar move, fogo transforma, água forma, terra cura, e vai girando, e a roda vai girando, vai trazer para mim (CJ) de volta o mais rápido possível, louco e muito apaixonado, que dessa vez ele volte definitivamente pros meus braços. Que (CJ) ame somente a mim e me faça muito feliz. Que seja carinhoso comigo, que não consiga olhar para nenhum outro homem/ mulher que não seja eu.Que se sinta bem somente ao meu lado, que sinta minha falta e venha ao meu encontro, e me peça para que eu nunca o abandone. Que (CJ) queira ficar somente comigo. !Assim seja, assim será, assim está feito. Salve PombaGira Maria Mulambo! Salve Sete Saias, Salve suas irmãs, Maria Padilha, Arrepiada e todas as outras da Falange. Salvem! Sete Saias, minha boa e gloriosa princesa, conheço a tua força e o teu poder, te peço atenda o meu pedido. Que (CJ) não durma e não descanse se não tiver a certeza que estamos juntos, que o corpo de (CJ) queime de desejo por mim. Que (CJ) fique cego para outros homes/ mulheres que ele não consiga ver ninguém com nenhum homem, que outros homens nunca consigam chamar atenção dele, somente eu terei esse poder. Que(CJ) não consiga nunca ter desejo e nem fazer sexo com outro homem/ mulher. Que se ele tentar fazer ele não terá prazer, e que ele desista. Que (CJ) me assuma de vez em seu coração e em sua vida. Faça Maria Padilha Mulambo, Rainha das sete Encruzilhadas com que (CJ) sinta-se bem somente em ouvir minha voz. Que (CJ) sinta por mim um desejo fora do normal como nunca sentiu por ninguém e nunca sentirá. Pelos Sete Exus que acompanham seus passos, rogo e suplico que !
    amarre (CJ) nos SeTe!! nós de sua saia e nos Sete guizos de sua roupa, somente para mim. Agradeço por estar trabalhando ao meu favor e vou divulgar seu nome em troca desse pedido minha gloriosa Pomba Gira. Maria Padilha traga (CJ) para mim hoje, agora e sempre fazendo com que ele se torne meu definitivamente. Ainda que (CJ) resista, que com seu poder Maria Padilha, Rainha das Setes Encruzilhadas sopre o meu nome no ouvido dele para que ele me procure hoje. Que (CJ) não consiga parar de pensar em mim, não consiga ficar longe de mim, pois terá medo de me perder. Que venha feito uma cobra rastejante, humilde e manso, que venha dizendo que me quer sempre ao seu lado e assim possamos ter um bom convívio. Assim, seja e assim será!Eu profetizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, que (CJ)vai vir correndo atrás de mim, louco e apaixonado, o mais rápido possível pedindo para ficar comigo, pois somente minha boca terás vontade e prazer de beijar. (CJ) você vai me assumir de vez em seu coração e em sua vida! Confio no poder das Falanges da PombaGira, Rainha das Sete Encruzilhadas, cada vez que for lida essa oração, mais forte ela se fará, estarei publicando esta oração como oferenda, pedindo que me conceda o pedido de fazer com que (CJ) fique para sempre comigo. Sei que os Espíritos da Falange da Pomba Gira já estão soprando o meu nome no ouvido de (CJ), e ele não conseguirá fazer nada se não falar comigo. Confio no poder das Setes Encruzilhadas, e vou continuar divulgando essa oração poderosa por sete dias. Que assim seja, assim será e assim está feito
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
758
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução Islâmica no Irã

  1. 1. A Revolução Islâmica no Irã Prof. Carlos bidu
  2. 2. • Ocorrida em 1979;• Até então comandado pelo XáMohammad Reza Pahlevi - de umamonarquia autocrática pró-Ocidente,em uma república populista teocráticaislâmica sob o comando do aiatoláRuhollah Khomeini;• Dividida em duas fases:• Primeira fase, houve uma aliançaentre grupos liberais, grupos deesquerda e religiosos para depor o xá; Xá Mohammad Reza• Na segunda, freqüentemente Pahlevichamada Revolução Islâmica, viu-se achegada dos aiatolás ao poder.
  3. 3. • A Revolução Islâmica do Irã começou como um movimento popular pela democratização e terminou com a criação do primeiro Estado islâmico. O episódio transformou completamente a estrutura social do país e foi um dos momentos que marcaram o século 20.
  4. 4. • Antes da revolução, o Irã era governado pelo xá Reza Pahlevi. O poder era concentrado dentro de seu círculo de amigos e aliados. A desigualdade entre ricos e pobres se aprofundou nos anos 1970. Críticas à política econômica e ao estilo autoritário do xá estimularam a oposição ao seu regime.
  5. 5. • As principais vozes da oposição se concentraram atrás da figura do aiatolá Ruhollah Khomeini, um clérigo xiita que vivia exilado em Paris. Ele prometeu reformas sociais e econômicas. E receitou uma retomada de valores religiosos tradicionais muçulmanos.
  6. 6. • No final dos anos 70, uma série de protestos violentos contra o regime de Pahlevi tomou as ruas do Irã. A instabilidade aumentou com uma onda de greves gerais, que abalaram também a economia iraniana.
  7. 7. • Em janeiro de 1979, o xá deixou Teerã para um período de "férias". Ele nunca mais voltou. Em todo o país, estátuas suas foram destruídas por simpatizantes de Khomeini.
  8. 8. • Em sua última decisão antes de fugir, o xá indicou o primeiro-ministro Shahpur Bakhtiar como chefe de um conselho que governaria o Irã durante a sua ausência. Bakhtiar tentou conter a onda oposicionista e não autorizou o aiatolá Khomeini a formar um novo governo.
  9. 9. • Em 1º de fevereiro de 1979, o aiatolá Khomeini voltou ao Irã de seu exílio na França. A instabilidade política e social aumentou. Em várias cidades, ocorreram enfrentamentos entre militantes pró-Khomeini e a polícia e manifestantes a favor do regime.
  10. 10. • Em 11 de fevereiro, tanques tomaram as ruas de Teerã entre rumores de golpe militar. Mas, com o passar do dia, ficou claro que o Exército não estava interessado em tomar o poder. Os revolucionários tomaram a principal estação de rádio da capital e declararam: "Esta é a voz da revolução do povo do Irã!".
  11. 11. • O primeiro-ministro Bakhtiar renunciou. Dois meses mais tarde, Khomeini teve uma enorme vitória num referendo. Ele declarou a criação de uma República Islâmica e foi escolhido como perpétuo líder supremo político e religioso do Irã.

×