Enfermagem de Reabilitação DPOC Protocolo

19.129 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
19 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.129
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.394
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Enfermagem de Reabilitação DPOC Protocolo

  1. 1. REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA PROTOCOLO DO DPOC SERVIÇO DE PNEUMOLOGIA UNIDADE DE REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA Enf.º Chefe Belmiro Rocha Trabalho realizado pelas Enf.ªs: Paula Vasconcelos Sónia Rocha
  2. 2. DPOC Caracterizada pela existência de: - Obstrução das vias aéreas não totalmente reversível - Limitação do fluxo aéreo habitualmente progressiva - Resposta inflamatória anómala a gases e partículas nocivas (GOLD) 2 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  3. 3. DPOC Em Portugal afecta entre 5 a 10% da população portuguesa. 1 em cada 10 adultos com mais de 40 anos poderá ter DPOC. 3 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  4. 4. DPOC DPOC-CAUSA DE MORTE VS OUTRAS DOENÇAS 1990 2020 1. Dça Isquémica coronária 1. Dça Isquémica coronária 2. Dça Cerebro-vascular 2. Dça Cerebro-vascular 3. Infecções respiratórias 3. DPOC 4. Desinterias 4. Infecções respiratórias 5. Problemas neo-natais 5. Cancro do Pulmão 6. DPOC 6. Acidentes de Viação 7. Tuberculose 7. Tuberculose 8. Sarampo 8. Cancro do estômago 9. Acidentes de Viação 9. SIDA 10. Cancro do Pulmão 10. Auto agressões (Global Health Statistics) 4 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  5. 5. DPOC PREVALÊNCIA DA DPOC VS OUTRAS PATOLOGIAS Taxas de doença por 100 adultos com idade ≥ 60 anos 3,5% 3,0% H ens om 2,5% Mulheres 2,0% 1,5% 1,0% 0,5% 0,0% D POC A ma s Úlcera péptica Cancro do Insuficiência (Sintomática) pulmão cardíaca Murray CJL, Lopez AD. Global Health Statistics: a compendium of incidence, prevalence and mortality estimates for over 200 conditions. Cambridge:Havard University Press: 96 5 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  6. 6. DPOC IMPACTO DA DPOC Custos directos Custos indirectos Custos directos Cuidados médicos Indicadores da incapacidade progressiva da doença: Consultas médicas, Ausência laboral, Recurso frequente aos SU, Perda de produtividade, Hospitalizações, Morte prematura. Dias de internamento. 6 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  7. 7. DPOC Dispneia Incapacidade funcional Redução da qualidade de vida Aumento da mortalidade 7 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  8. 8. Objectivos REABILITAÇÃO RESPIRATORIA “Uma continuidade de serviços multidimensionais, dirigidos a pessoas com doenças respiratórias e a suas famílias, geralmente por uma equipe interdisciplinar de especialistas tendo como objectivo atingir e manter o nível máximo de independência do indivíduo e de funcionalidade na comunidade.” (INH-1993) 8 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  9. 9. REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA PREVENIR E COMBATER A DEFECIÊNCIA PARA ACAUTELAR A INCAPACIDADE E A DESVANTAGEM QUALIDADE DE VIDA 9 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  10. 10. REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA COMPONENTES CLÁSSICOS DO PROGRAMA DE REABILITAÇÃO Educação utente/família Medidas Gerais: A. Medidas Higieno-Dietéticas B. Evicção / Desabituação tabágica Assistência Respiratória : A. Aerossoloterapia B. Oxigenioterapia Longa Duração (OLD) C. Ventiloterapia Domiciliária (VDNI) 10 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  11. 11. REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA COMPONENTES CLÁSSICOS DO PROGRAMA DE REABILITAÇÃO (cont) Reeducação Funcional Respiratória Treino de Exercício • Geral • Especifico dos Músculos Respiratórios e Treino dos Membros Superiores e Membros Inferiores Terapia Ocupacional (Actividades da Vida Diária) Optimização Terapêutica Apoio Psico-Social Reabilitação Profissional 11 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  12. 12. PROTOCOLO DO DPOC Treino de exercício / Readaptação ao esforço “Circulo de inactividade da doença pulmonar crónica” Graves repercussões na realização das AVD`S 12 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  13. 13. PROTOCOLO DO DPOC OBJECTIVOS DO PROGRAMA Melhorar a capacidade de exercício; Reduzir a sensação de falta de ar; Diminuir a fadiga; Melhorar da qualidade de vida; Fortalecer os músculos, em especial dos braços, aumentando a capacidade para realizar actividades; Diminuir as hospitalizações. 13 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  14. 14. PROTOCOLO DO DPOC PLANO DE TREINO Realizado em média 2 vezes por ano; 20 sessões; Aumento progressivo da carga e da frequência dos exercícios (inicialmente sem halteres); Monitorização dos sinais vitais no inicio e fim da sessão (TA, FC, SatO2); Primeiros 10 minutos, 5 minutos de respiração diafragmática e 5 minutos de respiração costal. 14 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  15. 15. PROTOCOLO DO DPOC RECURSOS MATERIAIS E HUMANOS 15 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  16. 16. PROTOCOLO DO DPOC RECURSOS MATERIAIS E HUMANOS 16 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  17. 17. PROTOCOLO DO DPOC ESTATÍSTICAS DO SERVIÇO - 2007 Distribuição de utentes por patologia atendidos em ginásio em 2007 Outros Derrames 71 28 utentes 94 DPOC em 381 protocolo Bronquiectasia 300 Asma 214 Total de utentes - 1060 17 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  18. 18. PROTOCOLO DO DPOC ESTATÍSTICAS DO SERVIÇO Início do programa de treino em Novembro 2006 Maioritariamente homens, Actualmente 15 pessoas a realizar o programa. 18 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  19. 19. PROTOCOLO DO DPOC PEITORAIS, TRÍCEPS E DELTÓIDE INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 19 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  20. 20. PROTOCOLO DO DPOC PEITORAIS, ESTERNO (CLAVICULAR E COSTAL) INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 20 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  21. 21. PROTOCOLO DO DPOC PEITORAIS INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 21 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  22. 22. PROTOCOLO DO DPOC BÍCEPS, BRAQUIAL ANTERIOR E BRAQUIORADIAL INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 22 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  23. 23. PROTOCOLO DO DPOC BÍCEPS E DELTÓIDE INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 23 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  24. 24. PROTOCOLO DO DPOC TRÍCEPS INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 24 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  25. 25. PROTOCOLO DO DPOC TRÍCEPS INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 25 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  26. 26. PROTOCOLO DO DPOC DELTÓIDE (PORÇÃO ANTERIOR E MÉDIA) INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 26 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  27. 27. PROTOCOLO DO DPOC DORSAIS INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 28 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  28. 28. PROTOCOLO DO DPOC QUADRICIPEDES INSPIRAÇÃO EXPIRAÇÃO 29 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  29. 29. PROTOCOLO DO DPOC LCADL Escala London Chest ActivitY of Daily Living 30 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  30. 30. PROTOCOLO DO DPOC EURO QOL Escala de qualidade de vida 31 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  31. 31. TODOS OS ENFERMEIROS SALVAM VIDAS, OS ENFERMEIROS DE REABILITAÇÃO SALVAM QUALIDADE DE VIDA LAURA SOLKOWITZ (RN CRRN) 32 Paula Vasconcelos / Sónia Rocha
  32. 32. OBRIGADO enfreabilitacao-chvnge.blogspot.com 33

×