December 29th, 2009                                                                                                  Publi...
December 29th, 2009                                                                                                  Publi...
December 29th, 2009                                                                                                  Publi...
December 29th, 2009                                                                                         Published by: ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Blog Beco dos Poetas

445 visualizações

Publicada em

Blog Beco Dos Poetas

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Blog Beco dos Poetas

  1. 1. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Blog Beco dos Poetas Se não estou mais afim Nem tchau.. Não vejo outra saida September 24th, 2009 É dificil dizer que foi engano Apenas um adeus, Que não quero mais ficar ao seu lado um adeus sem aceno, nem lágrimas. Tenho outros planos Para esse adeus, Quem sabe com o tempo só o efêmero do momento, Você se acustuma a viver sem mim a letargia do instante, Mais eu sei que vai doer apenas a certeza do nada, Vai doer também em mim que nem precisa de tempo ou saudade, Esqueça que eu te amo é simplesmente sair, E vai se virando num adeus Segue sua vida que nem precisa de adeus....! E eu te amo ainda, Mais o que que tem? Esse 'poeminha' como diz o autor foi tirado de http:// É isso que meu coração quer meusinstantesemeusmomentos.blogspot.com Então nada poderás fazer Vale a pena ler o texto que envolve o poema e também os Segue sua vida outros textos. E cada um vai se virando. Esqueça que eu te amo. . Untitled . September 17th, 2009 Ludmilla Cardoso Vem minha amada, www.yesgrimace.blogspot.com O dia já clareou, Para o teu castelo deve voltar Pois apenas um plebeu eu sou. ENTRE NUVENS September 4th, 2009 www.yesgrimace.blogspot.com Esquece - me September 11th, 2009 Tinha um modo próprio de falar ...olhos daqueles que a gente nunca esquece. - Algo de misterioso arde nela Com cuidado devolvi o olhar bem nos olhos olhava e possuída por uma sede amaldiçoada, mal conseguia enxergar. Esqueça que eu te amo Que eu to me virando (CIBELE CAMARGO) Segue sua vida http://cibelecamargo.blogspot.com Vai ser melhor assim Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 1
  2. 2. December 29th, 2009 Published by: vozlivre (Cibele Camargo) PORÕES http://cibelecamargo.blogspot.com/ September 4th, 2009 CENA NOTURNA August 18th, 2009 Ai está você basta uma luz mais forte e nos recusamos a luz da lua. No meio tempo tudo que faço, é tudo que tem feito. Levantei-me ao ar com a luz da lua e cai em forma de crescente. Não preciso falar dos porões do amor (Cibele Camargo - do Livro "A Vida Além da Sua") sou mais ousada e real que isso http://cibelecamargo.blogspot.com/ experimentei dor bem mais cruel. Desde então minhas emoções explodem em versos fáceis de seguir VIDA FÁCIL (CIBELE CAMARGO) August 18th, 2009 http://cibelecamargo.blogspot.com/ LAÇOS DE FAMÍLIA August 26th, 2009 Para conquistar uma posição que não me fizesse sentir uma qualquer, usaria lingerie se sedapara vender sorvete nas esquinas Morreram todos - o último laço se rompeu sem precisar ser mulher. Pairava sobre mim uma grande náusea por uma história (Cibele Camargo_ Do Livro "Verdades e 1/2") que ainda procuro acomodar seus versos. http://cibelecamargo.blogspot.com/ - Se vocês soubessem como a vida se desfaz ... É como se a própria morte fosse a vida te olhando de um forma que apenas seus olhos podem ver sem que se cruzem os olhares. E por tudo isso ... o silêncio pesa e rostos se desfazem. Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 2
  3. 3. December 29th, 2009 Published by: vozlivre LUZ DA RAZÃO August 18th, 2009 INOCÊNCIA August 18th, 2009 É pena que não saiba dos meus sonhos que os tenha perdido sem dar rostoe forma. Beleza não tinham O veredicto ? Sou essa mulher, mas nunca me faltaram que no quarto as escuras deixa provas enquanto dormia. mais pura inocência que ela tanto desejou. E como sempre acontece envolveu-me toda a alma e eu não não renunciei a nada (Cibele Camargo - do Livro "Dublê de Pássaro") Foi este momento que escolhi para roubar-lhe a calma . http://cibelecamargo.blogspot.com/ (Cibele Camargo) http://cibelecamargo.blogspot.com OUSADA August 16th, 2009 LISPECTOR E EU - PRATE II August 16th, 2009 Eles pensam que sou uma louca rapariga Apaguei a luz ... Sou nada ! e um cansaço nos ouvidos parecido com um suspiro, surgiu Não passo de uma menina cansada da vida, Era ela. Voltou como se nunca tivesse partido destinada a ser vista pelos olhos dos outros parou subitamente, sorriu debochadamente e disse : como a mais cínica das criaturas. - Mais um encontro contigo ? Isso é insuportável Eu mesma cheguei a acreditar e a festejar Calei-me porque é nela que me inspiro - Ela é o caminho essa tal façanha. e ficou claro que mulher alguma ocupou meu lugar ... Mas nunca fui cortejada, nem amada. Seria uma provação e tanto ! Ainda espero ... sem se impressionar com meu silêncio, Venha cá, corajosamente, e me ama murmurava versos impronunciáveis - sedutora e espelhada. Leva tudo de mim e não esqueça de sorrir Confesso que gostaria de escrever da mesma forma depois me afastarei sem dizer nada. mas não consigo me livrar da minha dúbia reputação (Cibele Camargo) e de toda essa velharia. http://cibelecamargo.blogspot.com/ E a sedutora Clarice rebatia ... Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 3
  4. 4. December 29th, 2009 Published by: vozlivre - para que a consciência existe ? Hei de te recompensar pela sua malícia. Quando terminares avisa ! Eu me sentia fria, exausta ... é assustador por onde ela caminha mas é assim que acontecem as frases não ditas. Ela vai me inventar ! (CIBELE CAMARGO) http://cibelecamargo.blogspot.com/ LISPECTOR E EU - PARTE I August 16th, 2009 Éramos como emanações uma da outra e aprendi os versos que me foram ditados. O mistério de um não encontro ! Poderia, eu, criar como se fosse ela, bebendo do seu próprio veneno ? Já estava cansada e suja, mas Clarice pairava ... generosa e pura - Só quero que se desvie um pouco, disse ela ... quantos poemas pretende escrever ? Então ficou claro para mim : uma outra mulher ocuparia o meu lugar . Naquele dia, sequer apareceu nem ao menos deixou rascunhos pra que eu pudesse tentar. Será que seu reaparecimento poderia acontecer ? Ainda posso ouvi-la sussurrando por alguém ... alguém, que misteriosamente decidiu voar ! (CIBELE CAMARGO) http://cibelecamargo.blogspot.com/ Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 4

×