Criado pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul para execução compartilhada com a Coordenadoria Especial de Política...
Objetivo:Deflagrar o processo de sensibilização, educação e mobilização para o TurismoLegal, sem exploração, com geração d...
turismo sexual não existeNão é uma modalidade instituída como é o turismo de aventura, por exemplo. Oque existe é a explor...
turista ou explorador?Turista é quem viaja para conhecer novos lugares, consumir produtos típicos,estudar, visitar amigos ...
Sensibilizar, convencer, mobilizarEm Mato Grosso do Sul começa a ser disseminada a cultura da conduta legal.E a conduta le...
Fundação de Turismo         Coordenadoria Especial de de Mato Grosso do Sul     Políticas Públicas para a Mulher       SEP...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto Turismo Legal - Exploração Sexual não é atração turística

417 visualizações

Publicada em

Criação do projeto Turismo Legal - Exploração sexual não é Atração Turística. Composto por conjunto de ações de relacionamento com sociedade, imprensa e trade. Lançado pela Fundação de Turismo [FUNDTUR/MS] em março de 2005.

Briefing do projeto

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Turismo Legal - Exploração Sexual não é atração turística

  1. 1. Criado pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul para execução compartilhada com a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, o projeto Turismo Legal é composto por um conjunto de ações para relacionamento com a sociedade, com a imprensa e com o trade.. Ações para diálogo com sociedade, comunidades, imprensa e trade. Ações para comunicação direta com o trade. Ações para comunicação com o turista na alta temporada. Ações para comunicação de massa. Ações para comunicação com a imprensa
  2. 2. Objetivo:Deflagrar o processo de sensibilização, educação e mobilização para o TurismoLegal, sem exploração, com geração de emprego, trabalho e renda, e com avalorização do potencial produtivo das mulheres sul-mato-grossenses.
  3. 3. turismo sexual não existeNão é uma modalidade instituída como é o turismo de aventura, por exemplo. Oque existe é a exploração sexual associada ao turismo em suas diversasmodalidades e em diferentes destinos, seja aqui, no Rio de Janeiro ou noNordeste brasileiro.Em Mato Grosso do Sul, o Governo Popular não quer que exploração sexual sejaatração turística.
  4. 4. turista ou explorador?Turista é quem viaja para conhecer novos lugares, consumir produtos típicos,estudar, visitar amigos ou família, não é quem vem a nosso país cometer o crimede exploração de mulheres, adolescentes ou crianças. E exploração sexual é crimeinclusive para quem está em trânsito no Brasil, vindo de outros países.
  5. 5. Sensibilizar, convencer, mobilizarEm Mato Grosso do Sul começa a ser disseminada a cultura da conduta legal.E a conduta legal deve ser incorporada pela sociedade como valor da atividadeeconômica do turismo, também em contribuição para o desenvolvimento doestado com inclusão social.Pelo trade, a conduta legal precisa ser compreendida como reflexo deprofissionalismo e aplicada no sentido de aumentar a competitividade de nossosatrativos, produtos e serviços.
  6. 6. Fundação de Turismo Coordenadoria Especial de de Mato Grosso do Sul Políticas Públicas para a Mulher SEPROTUR Secretaria de Estadoda Produção e do Turismo

×