Riatic comunidade virtual de aprendizagem

517 visualizações

Publicada em

RIATIC Da sala de aula à biblioteca no contexto de uma Comunidade Virtual de Aprendizagem. URL da comunidade: http://riatic20.ning.com/
Autores: Ana Maria Palma e Luísa Cristina Graça Carreira.
Escola EBI Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva - Boliqueime.

Comunicação ao IV Encontro de Bibliotecas Escolares do Algarve - 30/10/2012, Faro, Portugal
Tema: A caminho das bibliotecas híbridas num mundo digital
http://ebealgarve2012.eventbrite.com/

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Riatic comunidade virtual de aprendizagem

  1. 1. www @ RIATIC Da sala de aula à bilioteca no contexto de uma Comunidade Virtual de Aprendizagem IV Encontro das Bibliotecas do Algarve Ana Maria Palma Luísa Cristina Graça Carreira Escola EBI Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva Boliqueime 2012 - 2013Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças Darwin
  2. 2. Web 2.0 como ferramenta no processode ensino-aprendizagem A Web 2.0 como ferramenta no processo de • Bullet Point ensino-aprendizagem 1 • Bullet Point 2 Dez mudanças significativas no processo de ensino- aprendizagem decorrentes da introdução da Web 2.0 – Sub 2009) (Richardson, Bullet @ 1) o conteúdo disponível 2) muitos professores e aprendizagem 24/7 3) a construção social colaborativa de conhecimento 4) ensinar é conversar e não dar palestras www 5) saber onde aprender 6) os leitores não são só leitores 7) a Web como um caderno de notas ou portefólio 8) a escrita não está limitada ao texto 9) a perícia vê-se no produto e não no teste de avaliação 10) a contribuição como o grande objectivo
  3. 3. Comunidade Virtual de Aprendizagem Conceito de Comunidade Virtual de Aprendizagem • Bullet Point 1 • Bullet Point 2 BELTRÁN LLERA (2007), define-as como “grupos de pessoas – Sub Bullet que se comunicam, partilham experiências e temas afins e se esforçam para atingir objetivos comuns”. @ Para LÉVY (1999), uma comunidade virtual “é um grupo de pessoas que se corresponde mutuamente por meio de computadores interligados”, constituído sob “afinidades de www interesses, de conhecimentos, sobre projetos mútuos, por meio de cooperação ou de troca, independentemente das proximidades geográficas e das filiações institucionais.”
  4. 4. Construção Social do Conhecimento @ www “A aprendizagem ocorre nas comunidades onde a prática de aprendizagem é a própria participação na comunidade” Downes, 2007
  5. 5. Os seis aspetos integrantes da CVA@ COMUNICAÇÃO PARTILHA INTERAÇÃO PARTILHA PARTICIPAÇÃOwww ING O QUE ESTÁ FR LP A ACONTECER? PORQUE ESTÁ A ACONTECER? MAT CN GEO COMO PODE SER MELHORADO? CONTEXTO FEEDBACK
  6. 6. RIATIC e o currículo Articulação com o currículo • Bullet Point 1 • Bullet Point 2 Publicação e Actividades Documentos – Sub Bullet na sala de aula/ na construção da CVA publicados na CVA biblioteca @ www A aprendizagem feita, recorrendo alternadamente a um contexto presencial e característico da sala de aula e à participação na comunidade virtual RIATIC, poderá criar uma forma de união especial entre os membros da CVA, tornando-a um espaço de empreendimento conjunto.
  7. 7. O que RIATIC pode trazer ao processode ensino-aprendizagem • •Cooperação –na construçãointeracção entre oscolectiva e da CVA que Bullet Point uma de uma narrativa membros hipertextual. se envolverão existirá 1 • •Comunicação – a comunicação possui uma certa liberdade, na qual Bullet Point 2 todos têm oportunidade de participar, obtendo um feedback que, não – Sub Bullet sendo linear nem provindo de um único sujeito, se torna muito mais rico, @ diversificado e pessoal, gerando um espaço de afinidades. A comunicação pode ganhar mais sentido e faz-se com um propósito efectivo. • Sentido de pertença – os membros passarão a assumir aquele espaço como sendo seu e como fazendo parte de um contexto particular, o de www uma determinada área de saber • A memória colectiva - a CVA poderá funcionar como um arquivo de memórias relevantes para todos os membros. • Participação activa - Neste espaço será possível acompanhar cada membro, respeitando diferentes ritmos e tempos, e continuar a comunicar para além do espaço da aula e, portanto, em momentos que ultrapassam o período da actividade escolar.
  8. 8. Web 2.0 na biblioteca escolar Obrigada pela@ atenção!www

×