O que aconteceu após a formação da Terra? <ul><li>Os materiais densos afundaram e se concentraram no centro , constituindo...
SURGE ENTÃO O MUNDO DOS SERES RACIONAIS
O MUNDO  NEM SEMPRE FOI ASSIM  SEGUNDO WEGENER , A PANGÉIA COMEÇOU A SE FRATURAR A 220 MILHÕES DE ANOS
O MUNDO COMEÇA A SE AFASTAR
ALFRED WEGENER <ul><li>Elaborou uma hipótese denominada de  TEORIA DA DERIVA CONTINENTAL OU TRANSLAÇÃO DOS CONTINENTES  </...
Teoria da Deriva Continental ou da translação dos Continentes <ul><li>Analisando o planisfério podemos notar que a costa l...
PESQUISAS LEVARAM OS CIENTISTAS AO DORSAL DO ATLANTICO Estudos provaram que  ao emergir nas zonas dos Dorsais, o magma- pr...
DORSAIS OCEÂNICOS
COMO EXPLICAR AS FORMAS QUE ENCONTRAMOS NO PLANETA ? FORÇAS ENDÓGENAS: TECTONISMO E VULCANISMO
DE ACORDO COM A TECTÔNICA DE PLACAS A AÇÃO DAS CORRENTES DE CONVECÇÃO DO MANTO MOVEM AS PLACAS.  O MAGMA DO MANTO SUPERIOR...
 
 
TECTÔNICA DE PLACAS Placas Tectônicas – são placas que se movem embaixo da superfície terrestre através das correntes conv...
VULCANISMO <ul><li>Partes de um vulcão  </li></ul>
NO JAPÃO- AS PLACAS SE CHOCARAM PLACA DO PACÍFICO NORTE-AMERICANA
A 24,4 QUILOMETROS ABAIXO DO SOLO , AS PLACAS SE CHOCARAM
 
ONDAS DE ATE 10 METROS ATINGE O LITORAL JAPONES
DEPOIS DE 5 MINUTOS  DO TSUNAMI O LITORAL JAPONES  ATINGIDO
AS PLACAS PROVOCARAM UM TREMOR de 8.9 pontos na Escala Richter <ul><li>Subducção : placa oceânica mergulha sob uma placa c...
TIPOS DE PLACAS TECTÔNICAS:   <ul><li>1-Divergentes- </li></ul>
PLACAS CONVERGENTES
PLACA TANGENCIAL <ul><li>Falhas: placas que </li></ul><ul><li>deslocam horizontalmente. </li></ul>
 
TSUNAMIS
TSUNAMIS   CAUSADOS PELO AUMENTO OU BAIXA REPENTINA DA CROSTA SOB O OCEANO <ul><li>Quando o abalo sísmico ocorre no oceano...
Distribuição Geográfica dos Vulcões- O JAPAO UM PAIS CASTIGADO 75% dos vulcões ativos localizam-se na área conhecida como ...
 
 
TERREMOTOS
TERREMOTOS Vibrações produzidas na crosta terrestre quando as rochas que se haviam tensionado se rompem e saem do lugar de...
TECNOLOGIA Roletes são instalados na base dos edificíos . Sistema de pêndulo eletrônico no alto da construção.  Um sensor ...
TECNOLOGIA E ORIENTAÇÃO À POPULAÇÃO JAPONESA
O JAPÃO POSSUI 55 USINAS NUCLEARES Radiação vaza de usina nuclear japonesa após terremoto  JAPÃO 30% DA ENERGIA CONSUMIDA ...
Desde o terremoto de sexta-feira (11), engenheiros japoneses trabalham para evitar um desastre nuclear Na usina, localizad...
“ SETE USINAS DEIXAM O PAÍS EM SUSPENSO” O NÚMERO DE MORTOS DEVEM ULTRAPASSAR A 10 MIL Enquanto engenheiros corriam contra...
COMO FICA  O MUNDO APÓS  DESASTRE EM UMA DAS  MAIORES ECONOMIAS MUNDIAIS ? Bolsa de Tóquio: Nikkei fecha em queda de 6,18%...
Preços de componentes tecnológicos vindos do Japão devem aumentar no Brasil  ( 18/03/11) Mercados O Japão é o maior fornec...
EM 2010 O JAPÃO POSSUIA UMA DÍVIDA EQUIVALENTE A 200% DO PIB O PAÍS PERDE O POSTO DE SEGUNDA MAIOR ECONOMIA DO MUNDO PARA ...
CIDADES JAPONESAS SEM ÁGUA, LUZ, COMIDA E COMBUSTÍVEL
“  A CRISE MAIS GRAVE VIVIDA PELO PAÍS DESDE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL”. Esta afirmação foi do primeiro-ministro Naoto Kan ...
SABEMOS DA NECESSIDADE DA TECNOLOGIA – SEM ELA HAVERIA MUITO MAIS DE MIL MORTOS COM O TSUNAMI
A GEOGRAFIA DO JAPÃO A montanha mais famosa do Japão  é  o monte Fuji, que tem 3.776 metros de altura, sendo a mais alta. ...
AS ILHAS JAPONESAS SE ESTENDEM NO CAMINHO DAS TEMPESTADES TROPICAIS Chamadas tufões . Eles geralmente ocorrem no fim do ve...
O JAPÃO SOFRE A CADA ANO ENTRE 7 a 8 MIL TREMORES  O país tem uma alta densidade demográfica , o que faz com que a urbaniz...
SOLIDARIEDADE -
OS “KAMIKAZES” DA ERA NUCLEAR Um grupo formado de  180 pessoas enfrentam o risco de explosões, incêndios e, sobretudo, a l...
O HOMEM NÃO PODE FICAR INDIFERENTE A TANTAS TRAGÉDIAS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides geografia e economia japão

9.039 visualizações

Publicada em

Slide da professora Giovana Gina, da etfg-to, sobre Japão e crise pós terremoto

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
168
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides geografia e economia japão

  1. 1. O que aconteceu após a formação da Terra? <ul><li>Os materiais densos afundaram e se concentraram no centro , constituindo o núcleo. Os minerais mais leves produziam uma fina camada que pouco a pouco se resfriou, dando origem às rochas. </li></ul><ul><li>Os gases que se escapavam formaram a atmosfera . Quando as temperaturas diminui, o vapor de águas aí contido se precipitou, ocasionando grandes dilúvios , que deram origem aos mares e oceanos. </li></ul>
  2. 2. SURGE ENTÃO O MUNDO DOS SERES RACIONAIS
  3. 3. O MUNDO NEM SEMPRE FOI ASSIM SEGUNDO WEGENER , A PANGÉIA COMEÇOU A SE FRATURAR A 220 MILHÕES DE ANOS
  4. 4. O MUNDO COMEÇA A SE AFASTAR
  5. 5. ALFRED WEGENER <ul><li>Elaborou uma hipótese denominada de TEORIA DA DERIVA CONTINENTAL OU TRANSLAÇÃO DOS CONTINENTES </li></ul>
  6. 6. Teoria da Deriva Continental ou da translação dos Continentes <ul><li>Analisando o planisfério podemos notar que a costa leste da América do Sul pode ser encaixado na costa oeste da África. </li></ul>
  7. 7. PESQUISAS LEVARAM OS CIENTISTAS AO DORSAL DO ATLANTICO Estudos provaram que ao emergir nas zonas dos Dorsais, o magma- proveniente do manto - provocaria a expansão dos fundos oceânicos TECTÔNICA DE PLACAS
  8. 8. DORSAIS OCEÂNICOS
  9. 9. COMO EXPLICAR AS FORMAS QUE ENCONTRAMOS NO PLANETA ? FORÇAS ENDÓGENAS: TECTONISMO E VULCANISMO
  10. 10. DE ACORDO COM A TECTÔNICA DE PLACAS A AÇÃO DAS CORRENTES DE CONVECÇÃO DO MANTO MOVEM AS PLACAS. O MAGMA DO MANTO SUPERIOR MAIS QUENTE TENDE A SUBIR O MAGMA SUPERIOR MAIS FRIO TENDE A DESCER
  11. 13. TECTÔNICA DE PLACAS Placas Tectônicas – são placas que se movem embaixo da superfície terrestre através das correntes convectivas na astenosfera ( manto superior )
  12. 14. VULCANISMO <ul><li>Partes de um vulcão </li></ul>
  13. 15. NO JAPÃO- AS PLACAS SE CHOCARAM PLACA DO PACÍFICO NORTE-AMERICANA
  14. 16. A 24,4 QUILOMETROS ABAIXO DO SOLO , AS PLACAS SE CHOCARAM
  15. 18. ONDAS DE ATE 10 METROS ATINGE O LITORAL JAPONES
  16. 19. DEPOIS DE 5 MINUTOS DO TSUNAMI O LITORAL JAPONES ATINGIDO
  17. 20. AS PLACAS PROVOCARAM UM TREMOR de 8.9 pontos na Escala Richter <ul><li>Subducção : placa oceânica mergulha sob uma placa continental. </li></ul>
  18. 21. TIPOS DE PLACAS TECTÔNICAS: <ul><li>1-Divergentes- </li></ul>
  19. 22. PLACAS CONVERGENTES
  20. 23. PLACA TANGENCIAL <ul><li>Falhas: placas que </li></ul><ul><li>deslocam horizontalmente. </li></ul>
  21. 25. TSUNAMIS
  22. 26. TSUNAMIS CAUSADOS PELO AUMENTO OU BAIXA REPENTINA DA CROSTA SOB O OCEANO <ul><li>Quando o abalo sísmico ocorre no oceano, recebem o nome de maremoto. No Japão conhecidos como Tsunamis . As áreas de maior incidência de terremotos coincidem com a região de colisão de placas. </li></ul>
  23. 27. Distribuição Geográfica dos Vulcões- O JAPAO UM PAIS CASTIGADO 75% dos vulcões ativos localizam-se na área conhecida como : CIRCULO DO FOGO DO PACÍFICO
  24. 30. TERREMOTOS
  25. 31. TERREMOTOS Vibrações produzidas na crosta terrestre quando as rochas que se haviam tensionado se rompem e saem do lugar de forma súbita. As vibrações variam entre as que mal se percebem e as que se tornam catastróficas.
  26. 32. TECNOLOGIA Roletes são instalados na base dos edificíos . Sistema de pêndulo eletrônico no alto da construção. Um sensor detecta o tremor e faz o pêndulo mover-se para o lado contrário. Embora não anule totalmente a vibração do edifíicio , reduz bastante. Para maior flexibilidade , as contruções usam concreto e ferro em vez de tijolos e cimento .
  27. 33. TECNOLOGIA E ORIENTAÇÃO À POPULAÇÃO JAPONESA
  28. 34. O JAPÃO POSSUI 55 USINAS NUCLEARES Radiação vaza de usina nuclear japonesa após terremoto JAPÃO 30% DA ENERGIA CONSUMIDA DE ORIGEM NUCLEAR
  29. 35. Desde o terremoto de sexta-feira (11), engenheiros japoneses trabalham para evitar um desastre nuclear Na usina, localizada na costa nordeste a 200 km de Tóquio, técnicos estão injetando água do mar nos reatores para tentar controlar a temperatura, já que o superaquecimento pode provocar explosões e acidentes.
  30. 36. “ SETE USINAS DEIXAM O PAÍS EM SUSPENSO” O NÚMERO DE MORTOS DEVEM ULTRAPASSAR A 10 MIL Enquanto engenheiros corriam contra o tempo para resfriar os reatores de Fukushima e Tokai, em Tóquio uma bomba responsável pelo sistema de resfriamento do reator parou de funcionar . Na área próxima de Fukushima foram constatados índices radioativos acima do aceitável em 190 pessoas . Os órgãos afetados: Cabelos-quedas Tireóide: produção de hormônios Olhos : risco de catarata Pulmões: dificuldades de respirar Mucosa digestiva: hemorragias Glândulas genitais: problemas reprodutivos Intestinos: diarréia, vômitos e desidratação
  31. 37. COMO FICA O MUNDO APÓS DESASTRE EM UMA DAS MAIORES ECONOMIAS MUNDIAIS ? Bolsa de Tóquio: Nikkei fecha em queda de 6,18% O terremoto agravou uma situação econômica que já era delicada, com o aumento do déficit público e a desaceleração do PIB (Produto Interno Bruto) acentuada pela deflação. O Japão revisou para 1,3% a queda de seu PIB entre outubro e dezembro de 2010.   A moeda japonesa sofreu um efeito parecido ao Real, ganhou muito valor relativo ao dólar. Isso diminuiu a competitividade internacional da indústria japonesa, que tem foco em exportação (Nintendo, Sony, Honda, Toyota) Serão injetados 3 trilhões de ienes na economia .
  32. 38. Preços de componentes tecnológicos vindos do Japão devem aumentar no Brasil ( 18/03/11) Mercados O Japão é o maior fornecedor mundial de silício (aproximadamente 60% da escala global), usado no desenvolvimento de chips semicondutores, conforme dados da consultoria IHS iSuppli. Segundo o vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil, José Augusto de Castro, o Japão é o terceiro maior comprador de minério de ferro do mundo e este é um dos principais produtos exportados pelo Brasil para o país asiático.
  33. 39. EM 2010 O JAPÃO POSSUIA UMA DÍVIDA EQUIVALENTE A 200% DO PIB O PAÍS PERDE O POSTO DE SEGUNDA MAIOR ECONOMIA DO MUNDO PARA A CHINA O custo da reconstrução do Japão poderá consumir pelo menos 35 bilhões de dólares apenas nas indústrias de seguros. O cálculo é da AIR WORLDWIDE, empresa especializada em avaliação de desastres sem a inclusão dos tsunamis . Logo, não está descartado que este venha a ser o desastre mais caro da História moderna .A catástrofe paralisou todos os setores da economia , especialmente o automobilístico . O golpe econômico será de longo prazo, já que o país vinha lutando pra reduzir o seu déficit orçamentário. CARROS QUEIMADOS no porto de Tokai, após o tsunami
  34. 40. CIDADES JAPONESAS SEM ÁGUA, LUZ, COMIDA E COMBUSTÍVEL
  35. 41. “ A CRISE MAIS GRAVE VIVIDA PELO PAÍS DESDE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL”. Esta afirmação foi do primeiro-ministro Naoto Kan do Japão , a qual denominou de tripla catástrofe provocada pela conjunção de terremoto, tsunamis e acidentes nucleares.
  36. 42. SABEMOS DA NECESSIDADE DA TECNOLOGIA – SEM ELA HAVERIA MUITO MAIS DE MIL MORTOS COM O TSUNAMI
  37. 43. A GEOGRAFIA DO JAPÃO A montanha mais famosa do Japão é o monte Fuji, que tem 3.776 metros de altura, sendo a mais alta. Muitas das montanhas do Japão são vulcânicas e, desta forma, h á muitas de suas á reas com fontes t é rmicas naturais. Isto se deve à atividade vulcânica. À s vezes, a á gua é tão quente que é poss í vel cozinhar nela um ovo. As montanhas são uma parte muito importante do Japão, cobrindo cerca de 70% do território. A maioria das montanhas mais altas está na ilha Honshu. Há uma cadeia delas especialmente famosa, que é chamada de Alpes japoneses. A montanha mais famosa do Japão é o monte Fuji, que tem 3.776 metros de altura, sendo a mais alta. Acredita-se que cerca de 67 dos vulcões do Japão estão em atividade MONTE FUJI VULCÃO EM ERUPÇÃO ALPES JAPONESES
  38. 44. AS ILHAS JAPONESAS SE ESTENDEM NO CAMINHO DAS TEMPESTADES TROPICAIS Chamadas tufões . Eles geralmente ocorrem no fim do verão ou no início do outono, podendo causar inundações, deslizamentos de terra, e dano às safras e às casas.
  39. 45. O JAPÃO SOFRE A CADA ANO ENTRE 7 a 8 MIL TREMORES O país tem uma alta densidade demográfica , o que faz com que a urbanização avance por áreas de risco . Como não podem evitar desastres naturais investem em TECNOLOGIA e ORIENTAÇÃO da população
  40. 46. SOLIDARIEDADE -
  41. 47. OS “KAMIKAZES” DA ERA NUCLEAR Um grupo formado de 180 pessoas enfrentam o risco de explosões, incêndios e, sobretudo, a letal exposição prolongada à radiação para tentar resfriar os reatores avariados no complexo nuclear de Fukushima.Desafiando a morte , sua coragem lembra a dos Kamikazes: os pilotos japoneses suicidas que, na Segunda Guerra, arremessavam suas aeronaves contra os navios inimigos , numa tentativa de salvar o Japão da invasão.
  42. 48. O HOMEM NÃO PODE FICAR INDIFERENTE A TANTAS TRAGÉDIAS

×