A Terra conta a sua História II• Fósseis e o estudo da evolução dosseres vivos•Fósseis como indicadores de idade ede ambie...
Os fósseis e a evolução dos seres vivos:• Evolução dos seres vivos: processo através do qual                     vivos  oc...
• Vertebrados: animais      Evolução dos vertebrados  que possuem coluna  vertebral segmentada  e crânio a proteger o  cér...
Evolução do Homem:
Aspectos evolutivos de alguns tipos deseres vivos:
Fósseis como indicadores de idade e de ambiente • Não é fácil determinar a idade das rochas:
Fósseis de idade ou fósseis estratigráficos:• Nem todos os fósseis servem para datar as rochas em que são  encontrados, ou...
Fósseis como indicadores de ambiente • Fósseis de ambiente ou fósseis de fácies – são fósseis que   permitem conhecer as c...
• Exemplos de fósseis de ambiente ou fósseis de fácies:  Tanto as trilobites como as amonites são fósseis marinhos, ou sej...
• Os corais podem construir recifes quando encontram um ambiente  propício: formam-se em águas costeiras tropicais ou subt...
Alguns exemplos de paleoambientes reconstruídos a partirdos fósseis:                               Fauna de Ediacara(Austr...
Fauna de Burgess – Canadáidade Câmbrico (cerca de5oo M.a.)
Ordovícico : 504 a 438 M.a.
Princípios da estratigrafia:                permitem determinar a IdadeRelativa das rochas.• Ao encontrarmos fósseis de id...
Este princípio também se pode chamar Princípio do Sincronismo.
Exercícios• Realiza as actividades das páginas 78 e 79• Ficha de avaliação página 88 e 89: todos as  questões excepto a 1....
A terra conta a sua história ii
A terra conta a sua história ii
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A terra conta a sua história ii

472 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A terra conta a sua história ii

  1. 1. A Terra conta a sua História II• Fósseis e o estudo da evolução dosseres vivos•Fósseis como indicadores de idade ede ambiente• Princípios da estratigrafia
  2. 2. Os fósseis e a evolução dos seres vivos:• Evolução dos seres vivos: processo através do qual vivos ocorrem mudanças que levam ao aparecimento de novas espécies e desaparecimento de outras.• Os fósseis encontrados permitem estudar essa evolução comparando semelhanças e diferenças entre os seres das várias épocas.• Embora o estudo dos fósseis não seja suficiente é muito importante se pensarmos em fósseis como o Archeaopteryx que apresenta características de réptil e de ave, constituindo assim um elo de ligação/evolução
  3. 3. • Vertebrados: animais Evolução dos vertebrados que possuem coluna vertebral segmentada e crânio a proteger o cérebro.• Há quanto tempo surgiram :1. os peixes primitivos?2. Os anfíbios primitivos?3. Os répteis primitivos?4. Os mamíferos primitivos?5. As aves primitivas?6. O Homem?
  4. 4. Evolução do Homem:
  5. 5. Aspectos evolutivos de alguns tipos deseres vivos:
  6. 6. Fósseis como indicadores de idade e de ambiente • Não é fácil determinar a idade das rochas:
  7. 7. Fósseis de idade ou fósseis estratigráficos:• Nem todos os fósseis servem para datar as rochas em que são encontrados, ou seja, nem todos os fósseis são bons indicadores da idade das rochas.• Condições para ser um fóssil de idade:1 – Evolução rápida e curta distribuição temporal – ou seja, o fóssil só é característico de um dado tempo geológico, se o intervalo entre o seu aparecimento e a sua extinção for curto;2 - Ampla distribuição geográfica – de forma a poderem ser encontrados em diversos locais e permitirem comparações entre estratos geológicos distantes;3 – Ocorrência em abundância – quanto maiores forem as populações dos seres vivos, maior será a probabilidade de se formarem fósseis e ocorrerem no registo geológico;4 – Estruturas fossilizáveis – a fossilização de um organismo depende em grande medida da presença de estruturas rígidas, como conchas, carapaças, dentes ou ossos.
  8. 8. Fósseis como indicadores de ambiente • Fósseis de ambiente ou fósseis de fácies – são fósseis que permitem conhecer as condições de ambiente em que eles se formaram e em que se formaram os estratos sedimentares que os possuem. • São os fósseis que melhores indicações fornecem quanto às características do ambiente em que viveram - Paleoambiente. Correspondem a organismos com exigências de vida muito específicas e restritas. • A identificação dos paleoambientes permite-nos reconstituir a geografia da Terra no passado
  9. 9. • Exemplos de fósseis de ambiente ou fósseis de fácies: Tanto as trilobites como as amonites são fósseis marinhos, ou seja, eram seres vivos que para sobreviver necessitavam de condições que só se encontram nos Oceanos. Daí que os estratos das rochas sedimentares em que se observam estes fósseis tiveram de ser formados em bacias de sedimentação marinhas, ou seja, estes fósseis formaram-se em ambientes marinhos.
  10. 10. • Os corais podem construir recifes quando encontram um ambiente propício: formam-se em águas costeiras tropicais ou subtropicais, com temperaturas superiores a 22ºC e com baixa profundidade (menos de 30m). São, deste modo, bons indicadores de ambiente. Quando são encontrados recifes de coral fósseis, estes traduzem-nos que a rocha que os contém se formou em ambientes tropicais de mares pouco profundos do passado - são, por isso, também considerados fósseis de ambiente ou fósseis de fácies.
  11. 11. Alguns exemplos de paleoambientes reconstruídos a partirdos fósseis: Fauna de Ediacara(Austrália): fósseis dos seres mais antigos com células organizadas em tecidos e órgãos. Ainda não tinham conchas. Idade: 542 M.a. – Pré-Câmbrico
  12. 12. Fauna de Burgess – Canadáidade Câmbrico (cerca de5oo M.a.)
  13. 13. Ordovícico : 504 a 438 M.a.
  14. 14. Princípios da estratigrafia: permitem determinar a IdadeRelativa das rochas.• Ao encontrarmos fósseis de idade numa determinada rocha sabemos que essa rocha é a mesma do fóssil pois ambos se formaram ao mesmo tempo.• Em rochas sedimentares, a deposição dos estratos (camadas) ocorre sempre na horizontal e respeita algumas regras – Princípios da estratigrafia.Rochas sedimentares: rochas que se formam em ambientes aquáticos, a partirde fragmentos de rochas já existentes, de substâncias dissolvidas na água ourestos de animais e plantas.Estratigrafia: parte da Geologia que estuda a deposição dos estratos das rochassedimentares.
  15. 15. Este princípio também se pode chamar Princípio do Sincronismo.
  16. 16. Exercícios• Realiza as actividades das páginas 78 e 79• Ficha de avaliação página 88 e 89: todos as questões excepto a 1.4, 1.5 e 1.6.

×