Mulheres na TI: o que mudou?

572 visualizações

Publicada em

Dados do mercado de trabalho brasileiro de TI, com enfoque de gênero.

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mulheres na TI: o que mudou?

  1. 1. Mulheres na TI: o que está mudando? Bárbara Castro
  2. 2. Papeis de Gênero e escolha profissional
  3. 3. Dez áreas detalhadas de conhecimento com equilibrada distribuição percentual de matrículas de graduação por sexo dos graduandos – Brasil – 2011 Fonte: Raseam, com dados do Resumo Técnico do Censo da Educação Superior, INEP, Brasília-DF, 2013
  4. 4. Dez áreas detalhadas de conhecimento com maior concentração de matrículas de graduação do sexo feminino – Brasil – 2011 Fonte: Raseam, com dados do Resumo Técnico do Censo da Educação Superior, INEP, Brasília-DF, 2013
  5. 5. Dez áreas detalhadas de conhecimento com maior concentração de matriculas de graduação do sexo masculino – Brasil – 2011 Fonte: Raseam, com dados do Resumo Técnico do Censo da Educação Superior, INEP, Brasília-DF, 2013
  6. 6. Nova geração: meninos e meninas socializados com computadores Isso indica uma mudança de mentalidade?
  7. 7. Vamos olhar para os números no mercado de trabalho?
  8. 8. Elas se concentram em áreas específicas
  9. 9. Elas têm, em média, Ensino Superior
  10. 10. Mas a escolaridade não garante melhores salários
  11. 11. E a desigualdade de gênero fica ainda mais clara quando observamos que homens com nível superior e mulheres com nível superior têm grande diferença salarial
  12. 12. Elas ainda empreendem menos do que os homens
  13. 13. E a notícia triste
  14. 14. Número de mulheres no setor oscilou nos últimos 3 anos
  15. 15. Mas se todos nascem usando computadores, se essa atividade passa a ser parte da vida de homens e mulheres, por que a participação das mulheres no setor de TI oscila tanto e continua baixa?
  16. 16. 1) Usos da tecnologia reforçam os estereótipos de gênero Pesquisas apontam para um uso diferenciado dos computadores e smartphones entre homens e mulheres, reforçando e reafirmando seus papeis sociais
  17. 17. 2) Organização do trabalho no setor pode ser um fator que afasta as mulheres com filhos pequenos A flexibilidade, de tempo e espaço, tem um viés de gênero: mulheres são vistas como menos produtivas e disponíveis para o trabalho após se tornarem mães
  18. 18. 3) (Medo do) Preconceito Mulheres que têm medo do preconceito que sofreriam em uma carreira técnica ou que desistem da carreira após sofrerem preconceito
  19. 19. O que fazer?
  20. 20. Redefinir os papeis de gênero, desessencializá-los e exigir equidade! Não basta dizer que tecnologia também é coisa de mulher: cuidar dos filhos, da casa e da família também é coisa de homem
  21. 21. Uma sociedade com relações de gênero equilibradas é uma sociedade melhor para homens e mulheres
  22. 22. Obrigada! bacastro@gmail.com

×