OS NÚMEROS INTEIROS NA HISTÓRIA
O início..... <ul><li>No antigo Egito havia um escriba chamado Ahmes que ficou conhecido na História a Matemática pelo Pap...
<ul><li>A distribuição dos alimentos, os estoques, os impostos, tudo era feito por esse escriba. Porém, como representar a...
A rejeição dos “negativos” <ul><li>No século III, ao resolver um problema, o matemático Diofante encontrou a resposta  “-4...
Os inteiros e os chineses <ul><li>Na obra mais influente da Matemática chinesa:  “Os nove capítulos da arte da Matemática”...
Os hindus <ul><li>Os hindus, depois dos chineses, acredita-se que tenham sido o primeiro povo a trabalhar com os números n...
Mais rejeições <ul><li>O matemático Fibonacci recusou os negativos, mesmo percebendo que els indicavam prejuízo num proble...
Enfim, aceitos <ul><li>Somente a partir do século XVII é que os matemáticos passaram a usar os negativos com desembaraço. ...
 
Para descontrair....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Negativos

1.015 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.015
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Negativos

  1. 1. OS NÚMEROS INTEIROS NA HISTÓRIA
  2. 2. O início..... <ul><li>No antigo Egito havia um escriba chamado Ahmes que ficou conhecido na História a Matemática pelo Papiro de Ahmes (1650 a.C).Ele fazia estimativas e previsões da plantação de trigo, para que não houvesse falta de alimento para o povo na época das cheias do Rio Nilo. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>A distribuição dos alimentos, os estoques, os impostos, tudo era feito por esse escriba. Porém, como representar as quantidades negativas? Eis que surgia então um problema! </li></ul>
  4. 4. A rejeição dos “negativos” <ul><li>No século III, ao resolver um problema, o matemático Diofante encontrou a resposta “-4” . Ele a recusou, pois achava absurda a idéia de uma quantidade negativa. </li></ul>
  5. 5. Os inteiros e os chineses <ul><li>Na obra mais influente da Matemática chinesa: “Os nove capítulos da arte da Matemática” (século III a.C), encontram-se enunciadas regras de sinais para a adição e a subtração com negativos. Eles faziam cálculos com barras de bambu estendidas sobre um tabuleiro. E, para distinguir número positivo de negativo, eles usavam: barras pretas para os negativos e barras vermelhas, para os positivos. Mas, em razão da dificuldade de comunicação entre os povos naquela época, essa contribuição dos chineses pouco influenciou a Matemática no Ocidente. </li></ul>
  6. 6. Os hindus <ul><li>Os hindus, depois dos chineses, acredita-se que tenham sido o primeiro povo a trabalhar com os números negativos; sua finalidade de uso era indicar dívidas . Brahmagupta (século VII), matemático hindu, trabalhou com números negativos. </li></ul>
  7. 7. Mais rejeições <ul><li>O matemático Fibonacci recusou os negativos, mesmo percebendo que els indicavam prejuízo num problema que envolvesse dinheiro; </li></ul><ul><li>O matemático Stiffel publicou que “os negativos eram números absurdos” ; </li></ul><ul><li>O matemático Cardano chamou-os de números falsos; </li></ul><ul><li>E até por volta de 1600 François Viète continuava não aceitando os negativos. </li></ul>
  8. 8. Enfim, aceitos <ul><li>Somente a partir do século XVII é que os matemáticos passaram a usar os negativos com desembaraço. </li></ul><ul><li>Hoje, eles são comuns, encontramos exemplos deles nas medidas de temperatura, nos saldos bancários, etc. </li></ul>
  9. 10. Para descontrair....

×