Publicidade Digital: Mídia Online

4.498 visualizações

Publicada em

Módulo de Mídia Online apresentado no segundo dia do curso Marketing, Comunicação Digital e Novas Mídias #MktDivi em Minas Gerais.

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
19 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
217
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
350
Comentários
0
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Publicidade Digital: Mídia Online

  1. 1. Publicidade Digital/ Mídia OnlineFonte: Beautiful Life
  2. 2. >> Sumário • Panorama da Publicidade Digital • Mídia Online: Características e Particularidades • Compra de Mídia Online • Planejamento de Mídia Online • Gestão de Mídia Online • Relatório de Mídia Online • Agências de Mídia Online • Fontes
  3. 3. >> Panorama daPublicidade Digital
  4. 4. >> Publicidade Digital Década de 1990 - Quando a internet passou a ser explorada comercialmente, empresas de diferentes ramos passaram a utilizar os espaços online para potencializar seus investimentos em publicidade. Nessa época, ainda não havia uma padronização e variedade de formatos de publicidade online. Em geral, as peças eram transpostas do offline para o online. Fonte: http://www.pixelcomcafe.com/2008/01/museu-da-internet/
  5. 5. >> Publicidade Digital Fim 1990/ Início 2000 Os grandes portais foram os principais responsáveis pela profissionalização da publicidade digital. Como passar do tempo, esses portais criaram padrões de anúncio, modelos/formatos, media kit etc. para guiar a prática de publicidade digital no mercado.
  6. 6. >> Publicidade Digital 1980 HOJE - a publicidade digital não 2011 se restringe aos portais, ou mesmo à internet. Há uma gama de plataformas que permitem que as agências e anunciantes explorem o contato com o consumidor de diferentes formas, locais, formatos, horários etc.
  7. 7. >> Mídia Online:Características e Particularidades
  8. 8. >> Porque investir em Mídia Online- Aumento do número de consumidores online;-Aproximar-se do consumidor em todo o Ciclo de Marketing;- Custo x Benefício;- Rapidez e Flexibilidade;- Interatividade e Segmentação;-Consumidores mais Participativos;- Mensuração de Resultados;- Comunicação Integrada. Fonte: MassMail
  9. 9. >> Alguns FormatosA variedade de formatos de publicidade digitalsurge e se transforma de acordo com diversosfatores, tais como:A) Necessidades do Mercado/Cliente- Aumentar Presença da Organização- Fortalecer o Posicionamento de umamarca/campanha- Potencializar Vendas/Conversões- ROI – Retorno do InvestimentoB) Novos Ambientes e Dispositivos- Surgimento de novos ambientes online querequisitam formatos adequados à arquitetura dainformação, interface, dispositivo etc.
  10. 10. >> Alguns FormatosC) Onde o consumidor está?Sites, portais, blogs, sites de redessociais, compartilhadores decontéudo, fóruns etc. É preciso ironde o seu consumidor/clienteestá.D) Onde o consumidor busca?Os internautas estão a todomomento buscando porinformações, produtos, serviços,marcas etc. na Internet. Pensandonisso, a publicidade digitaldescobriu nos motores de buscauma grande oportunidade paraalcançar mais resultados.
  11. 11. >> Banner
  12. 12. >> Alguns Formatos - Super banner (780 x 90 px)Banners - Full banner (468 x 60 px) - Half Banner (234 x 60 px) - Banner Vertical (120 x 240 px) - Botão Quadrado (125 x 125 px) - Retângulo (300 x 250 px) - Super banner Vertical ( 160 x 600 px) - Banner Vertical (120 x 600 px)Fonte: IAB Brasil
  13. 13. >> Alguns FormatosBanners Exemplos: Medida ‘tamanho’: Pixels Medida ‘peso’: KB ou MB Arquivos: .jpeg, .gif, .SWF (flash), HTML5, Silverlight.
  14. 14. >> Rich Media
  15. 15. >> Alguns FormatosRich Media - Podem conter Som e Vídeo; - Interativos (Games); - Objetos flutuantes na tela; - Efeitos 3D; Exemplos: Fonte: http://www.bannerblog.com.au
  16. 16. >> Vídeo Online
  17. 17. >> Alguns FormatosVídeo Online Campanha do Novo CivicExemplos:
  18. 18. >> Alguns FormatosVídeo Online
  19. 19. >> Alguns FormatosVídeo Online
  20. 20. >> Alguns FormatosVídeo Online
  21. 21. >> Alguns FormatosVídeo Online
  22. 22. >> Alguns FormatosVídeo Online
  23. 23. >> Alguns FormatosVídeo Online Informações para campanhas no YouTube: https://services.google.com/fb/ forms/ensales/
  24. 24. >> Alguns Formatos Campanha da Tipp-ExVídeo OnlineExemplos:
  25. 25. >> Alguns FormatosVídeo Online Campanha da Samsung 3DExemplos:
  26. 26. >> LinksPatrocinados
  27. 27. >> Alguns FormatosLinks Patrocinados
  28. 28. >> Alguns FormatosLinks PatrocinadosPlataformas: Google AdWords, YahooSearch Marketing;Segmentação:- Contextual (busca por palavras-chave)ou em páginas determinadas;- Geográfica: País, Estados, Cidades;- Páginas Específicas ou Redes deConteúdo;Modelo de Compra de Mídia:- CPC ou CPM.
  29. 29. >> Alguns Formatosa) Links Patrocinados 28% das buscas 72% das buscas
  30. 30. >> Alguns FormatosLinks Patrocinados – Buscas Palavras-Chave
  31. 31. >> Alguns FormatosLinks Patrocinados – Redes de Conteúdo Clique para assistir
  32. 32. >> Alguns FormatosLinks Patrocinados SEO (Search Engine Optimization) Links Patrocinados- Influência o índice de qualidade dos Links - Destaca a página/link na hora da busca.Patrocinados. - Influencia no posicionamento do-Aumenta a relevância das palavras-chave site/página no ranking da busca- Influencia no valor do CPC - Efeito Push and Pull
  33. 33. >> AnúnciosSegmentados em Mídias Sociais
  34. 34. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – Facebook Ads Segmentação: - Localização; - Idade; - Gênero; - Interesses; - Sexualidade; - Relacionamento; - Idiomas; - Educação/Trabalho; - Local de Trabalho; - Conexões no Facebook. Modelo de Compra de Mídia: - CPC ou CPM
  35. 35. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados emMídias Sociais – Facebook Ads
  36. 36. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados emMídias Sociais – Facebook AdsSponsored Stories – Histórias Patrocinadas As marcas podem aproveitar as menções que você faz a ela, seus checkins e itens que deu “like”, para exibir no mural de seus amigos como uma aprovação sua.
  37. 37. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados emMídias Sociais – Facebook AdsSponsored Stories –HistóriasPatrocinadas Clique para assistir
  38. 38. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados emMídias Sociais – Twitter Segmentação: palavras-chave ePromoted Tweets interesses. Pagamento dos anúncios: com base no pagamento por impressões (CPM), exclusivo para as Promoted Trends diárias, e o pagamento por taxa de engajamento (CPE). Oferece informações de analytics.
  39. 39. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados emMídias Sociais – TwitterPromoted Tweets Clique para assistir
  40. 40. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – Advertise on Orkut
  41. 41. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – Advertise on Orkut Segmentação:
  42. 42. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – Advertise on Orkut
  43. 43. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – LinkedIn Ads Segmentação: - Idade; - Gênero; - Geográfica: País, Estados, Cidades; - Empresa - Grupo Modelo de Compra de Mídia: - CPC ou CPM
  44. 44. >> Alguns FormatosAnúncios Segmentados em Mídias Sociais – LinkedIn Ads- Anúncio de texto (PPV) - Anúncio Gráfico
  45. 45. >> OutrosFormatos
  46. 46. >> Alguns FormatosAdvergame
  47. 47. >> Alguns FormatosPublicidade In-GameA compra do espaço pode serpermanente (em jogos offline) oupor período (jogos online)
  48. 48. >> Alguns FormatosIn-GamePor quase um mês, em 10 estados americanos, os A imagem acima de Obama com o site de suausuários dos games da EA (Eletronic Arts) no XBOX campanha (voteforchange.com) aparecia emLive, visualizaram anúncios de Obama. Foram gastos outdoors de Burnout Paradise para Xbox 360, ao ladoUS$ 94 mil nestes anúncios in-game. de marcas como Gillette e Burger King.Fonte: Politics 2.0
  49. 49. >> Alguns FormatosDOOH Nas Mídias Digitais, é possível trabalhar com redes locais ou redes integradas. A compra do espaço (mídia) é baseado na duração/período da veiculação.
  50. 50. >> Compra de Mídia Online
  51. 51. >> Compra de Mídia Online A negociação da mídia se dá de diferentes maneiras na publicidade digital. O modelo de compra varia conforme os objetivos do anunciante, veículo selecionado, formato de mídia, dispositivo utilizado etc. Fonte: topratecontar
  52. 52. >> CPM – Custo por Mil - Através do CPM, o anunciante pagará a cada mil impressões exibidas do seu anúncio. - A veiculação será efetuada até o $ 1000 momento em que for atingido o volume de impressões que foi contratado pelo anunciante.
  53. 53. >> Diária/Faixa-Horária - Ao comprar mídia diária ou por faixa- horária, o anunciante irá pagar um valor estipulado ao longo do período definido (hora, dia, mês etc.). O volume varia conforme o volume de impressões. - Em geral não é um modelo muito utilizado na internet. Algumas empresas de Mídia Digital Out-of-Home (Ex.: Elemedia) utilizam este modelo. Fonte: cienciasnocotidiano
  54. 54. >> Patrocínio - O anunciante irá pagar por um período de tempo determinado. Os formatos podem variar de acordo com a negociação. Fonte: marceloazevedo
  55. 55. >> CPC – Custo por Clique - Neste modelo, o anunciante paga apenas quando seu anuncio é clicado. O CPC [Cost Per Click ou Pay-Per-Click] hoje é utlizado, principalmente, pelo Google e outros sites/plataformas como Facebook, LinkedIn etc.
  56. 56. >> CPD – Custo por Disparo - Modelo comum em publicidade feita em E-mail Marketing e Newsletters. No CPD, o anunciante paga pelo número de contatos da base fornecida pelo veículo. Fonte: rdsinfor
  57. 57. >> CPV – Custo por Visualização - Modelo utilizado em formatos de vídeo. A mídia é paga apenas quando o usuário clica no botão play do vídeo/peça. Fonte: YouTube
  58. 58. >> CPA – Custo por Aquisição - Modelo baseado na conversação. No CPA, o anunciante só paga quando um usuário realiza a compra/aquisição do produto por meio do anúncio veiculado.
  59. 59. >> Projetos Especiais - Blogs - Publieditorial (Posts Pagos); - Widgets Customizados; - Banners/Selos especiais. Fonte: versos de fogo
  60. 60. >> Planejamento de Mídia Online
  61. 61. >> Etapas do Planejamento de Mídia Online Briefing Mensuração Estratégia Gestão Tática Proposta
  62. 62. >> Planejamento Briefing: - Quais são os Objetivos e Metas do seu cliente? - Público-alvo: • Hábitos de navegação; • Comportamentos; • Linguagem; • Segmentação demográfica; Fonte: logisticamundi • Segmentação psicográfica etc.
  63. 63. >> Planejamento Estratégia: - Com base nos dados obtidos no briefing, realizar o brainstorming da campanha, definindo as suas particularidades (conceito, período, cronograma, fluxograma etc.). Fonte: lidercomvisao
  64. 64. >> Planejamento Tática:  Seleção de Formatos de Mídia  Seleção de Ambientes de Veiculação  Plataformas de Mídia Online  Modelo de compra de Mídia Fonte: rutra1956
  65. 65. >> Planejamento Estratégia:Hits A Cauda Longa (Chris Anderson) Nicho
  66. 66. >> Planejamento Ambientes de Veiculação - Exemplos Sites Horizontais Sites Verticais Buscadores Mídias Sociais (Nicho) E-mails Games/Apps Messengers Mídias Digitais/DOOH
  67. 67. >> FerramentasAnálise do Consumidor (SISEMsuite, Galileo, TGI)Assuntos, atitudes, horários de navegação, comportamentos,local e tipo de acesso, exposição aos meios, compras online.Análise do Mercado(NetView Ibope, comScore Media Metrix, Google Ad Planner)Audiência dos sites e desenvolvimento da categoria, sitesmais acessados, análise de mercadores específicos.Análise da Concorrência(Monitor Evolution, NetView IBOPE e Nielsen AdRelevance)Comparativos com a concorrência.
  68. 68. >> FerramentasPesquisa de Keywords e Tendências deBusca no Google (Google Insights, Googletrends, Google Adwords) – Variação dasbuscas por um termo/palavra-chave ao longodo tempo, comparação com outras palavras-chave, volume de buscas, custo por cliqueetc.
  69. 69. >> Gestão de Mídia Online
  70. 70. >> Modelo Tradicional Neste modelo, a agência negocia diretamente com os canais de veiculação de anúncio, gerenciando todo o processo do plano de mídia, com o planejamento, compra de mídia, mensuração de resultados etc. No modelo tradicional, não há um padrão de dados e existem múltiplos relatórios.Fonte: [ESPM] Planejamento de Mídia Online
  71. 71. >> Modelo com AdServersO que é um Adserver?Plataforma que hospeda formatos de anúncios einformações de diversos canais digitais. Quando umapágina onde a mídia foi comprada é aberta, o anúncio écarregado pelo Adserver e passa a ser monitorado,entregando dados sobre os comportamentos dosusuários, sites relacionados ao público-alvo, tempo deinteração com o anúncio, horário, localização doscliques, hábitos de navegação etc.
  72. 72. >> Modelo com AdServers Neste modelo, a agência utiliza um Adserver ou negocia com uma empresa que ofereça Adserver que irá cuidar de todo o processo de veiculação da campanha, mensuração de resultados, cruzamento de dados etc. No modelo com AdServer, o relatório é unificado, com dadosFonte: [ESPM] Planejamento de Mídia Online padronizados, além da entrega de dados de alcance e frequencia da campanha.
  73. 73. >> Relatório de Mídia Online
  74. 74. >> Mensuração Indicadores:  Impressões  Custos/taxas  Cliques  Investimento  Alcance  Frequência
  75. 75. >> Mensuração CTR (Click Through rate) – Impressão x Clique - Número de vezes que o anúncio/peça é visto e o número de vezes que ele é clicado. Indica: efetividade do anúncio/peça, adequação do veículo para a campanha. CTR = Número total de Clique ___________________________________________ Número total de Impressões
  76. 76. >> Mensuração  Taxa de Conversão Razão entre o número de vendas e o número de impressões/cliques em um anúncio. É o resultado, em vendas, de um determinado anúncio. Usado em e-commerce. Mostra o quanto aquele anúncio/peça influencia na venda de um determinado produto/serviço. Auxilia na comparação de resultados entre veículos. Número total de VendasConversão = ___________________________________________ Número total de Impressões ou cliques
  77. 77. >> Mensuração  Conversação/ Boca-a-Boca Online Através do monitoramento online, é possível verificar o quanto se falou de um determinado produto/anúncio/campanha. É realizado através de buscas por palavras-chave em diversos ambientes online e análise do material coletado baseado em categorias e classificações.
  78. 78. >> Agências de Mídia Online
  79. 79. >> Agências de Publicidade Algumas agências de publicidade contam com setores de comunicação digital em sua equipe, com profissionais de programação, webdesign, planejamento, mídias sociais etc. Em relação à mídia online, em geral, as agências operacionalizam etapas como o planejamento, concepção da arte, redação, compra de mídia e gerenciamento. Quando trabalham em parceria com alguma agência digital, as etapas do plano de mídia são divididas entre as equipes.
  80. 80. >> Agências Digitais Empresas de portes variados que atuam oferecendo uma gama de serviços de comunicação digital ou se especializando em serviços específicos. Em geral, grande parte das agências digitais oferecem o serviço de mídia online baseado na produção gráfica e redação dos anúncios, plano de mídia, gerenciamento da campanha.
  81. 81. >> Hotshops Em geral, são agências com uma estrutura enxuta liderada por um ou mais profissionais de criação reconhecidos no mercado. Se vendem pela agilidade, flexibilidade e ousadia na criação das peças publicitárias. Em geral cobram por projeto ou por participação nos resultados (Sucess Fee). Em relação a serviços de mídia online, em geral, participam de parte do processo com o planejamento ou agilizando a compra de mídia.
  82. 82. >> Bureau Empresas que compram mídia em veículos e revendem para anunciantes e agências. No offline, essa prática é proibida no Brasil. No online, essas empresas agregam diversos sites, portais e ambientes de veiculação online, comercializando a mídia por um preço mais baixo.
  83. 83. >> Ad Networks São empresas que conectam anunciantes a ambientes online que desejam veicular anúncios publicitários. Para isso, vendem espaços para a veiculação dos anúncios online, que podem ser de diferentes formas, incluindo espaços como feeds RSS, Blogs, Messenger, Adware, E-mails e outras fontes. Dica de leitura: The Rise of Ad Networks
  84. 84. >> Representantes de Mídia Empresas ou profissionais que funcionam como terceirizadas/representantes de veículos que oferecem espaço publicitário na internet.
  85. 85. >> FontesSlideshttp://www.slideshare.net/gus.mafra/mdia-online-modo-de-usar-curso-bsico-de-mdia-onlinehttp://www.slideshare.net/leolongo/espm-aula-de-midia-online-24022010http://www.slideshare.net/leolongo/espm-estratgias-de-mdia-onlinehttp://www.slideshare.net/gregstuart/intro-to-online-advertising-greg-stuarthttp://www.slideshare.net/bartmuskala/digital-natives-session-2-online-advertising-presentationhttp://www.slideshare.net/marketingfacts/online-advertising-instrumentshttp://www.slideshare.net/PaulHood/online-advertising-the-challenges-and-opportunitiesSitesGoogle Ad planner - http://adwords-br.blogspot.com/Facebook Ads - http://www.facebook.com/FacebookAdsLinkedin Ads - https://www.linkedin.com/ads/startYoutube Advertising - http://www.youtube.com/t/advertisingAdvertising on Orkut - http://en.blog.orkut.com/2009/06/advertising-on-orkut.htmlBanner Blog - http://www.bannerblog.com.auIAB Brasil – www.iabbrasil.ning.comMSN – www.advertising.microsoft.com/brasilUOL - http://publicidade.uol.com.br/Terra - http://publicidade.terra.com.br/publicidade/index.html
  86. 86. Marcel AyresPlanejamentomarcel.ayres@papercliq.com.brwww.marcelayres.comwww.twitter.com/MarcelAyres

×