www.aulasapoio.com - História - Crise do Sistema Feudal

779 visualizações

Publicada em

História - VideoAulas Sobre Crise do Sistema Feudal – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.aulasapoio.com

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
779
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

www.aulasapoio.com - História - Crise do Sistema Feudal

  1. 1. CRISE DO SISTEMA FEUDAL
  2. 2. IDADE MÉDIA Alta Idade Média (século V a X): Caracteriza-se pelasinvasões bárbaras que contribuíram para a formação dofeudalismo. Baixa Idade Média (século XI a XV): Desintegração dosistema feudal possibilitando o desenvolvimento docapitalismo comercial e da centralização política.
  3. 3.  Feudalismo – foi um sistema econômico, político, social ecultural característico da Europa na Idade Média. O sistemafeudal pode ser definido pelas relações servis de produção. O senhor é proprietário da terra e o servo dependedele, devendo cumprir integralmente as obrigaçõesservis, tanto na prestação de serviços gratuitos quantona entrega de parte de sua produção.
  4. 4. REVISANDO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO FEUDALISMO ALTA IDADE MÉDIAEconômicas:• Economia essencialmente agrária e auto-suficiente (produzia-se para oconsumo imediato);• Trabalho regulado pelas obrigações servis, fixadas pela tradição e pelocostume.Políticas:• Poder político descentralizado. O poder era local: cada domínio feudal eraindependente, ou seja, cada feudo era governado pelo seu senhor;• Relações entre a nobreza feudal baseadas nos laços de suserania evassalagem.
  5. 5. Sociais:• Sociedade rural e estamental: clero – oração; nobreza – defesa;campesinato – trabalho.• O princípio de estratificação era privilégio de nascimento. Cada indivíduopermanecia preso à sua posição na sociedade, o que caracterizava umaimobilidade social e estabelecia um regime de desigualdade.Culturais:• Cultura teocêntrica – todo o poder político girava em torno da autoridadereligiosa e da fé;• Predomínio da Igreja que determinava o modo de pensar e de viver dasociedade;• Condenação pela Igreja dos juros (usura) e do lucro;• Fenômenos naturais explicados pela fé.
  6. 6.  Questão 01 (PUC-SP) - Dentre as características do feudalismo pode-se destacar:a) Intensa mobilidade social, economia agrária e Estado centralizado.b) Sociedade estamental, economia urbana e mentalidade fortementereligiosa.e) Cultura clericalizada, economia auto-suficiente e Estado monárquicoforte.d) Economia monetarizada, laços de vassalagem e exploraçãoburguesa da terra.e) Regime de trabalho servil, fragmentação política e economiaagrária.
  7. 7. Solução:a) Pouca mobilidade social e descentralização do Estado.b) Economia agrária.c) Estado monárquico é uma construção posterior ao feudalismod) Monetarização e exploração burguesa da terra são posteriores.e) Resposta correta.
  8. 8. DESINTEGRAÇÃO DO SISTEMA FEUDAL BAIXA IDADE MÉDIA• Fim das invasões bárbaras – período de estabilidade que resultou norenascimento da atividade econômica;• Renovação das práticas agrícolas, descoberta de novos instrumentos detrabalho (arado de ferro, foice, enxada);• Expansão das áreas produtivas, arroteamentos, gerando excedente agrícolaque fez renascer o comércio;Aumento da circulação de riquezas Grande Comércio Desenvolvimento dos burgos
  9. 9. • Os burgos ofereciam trabalho assalariado e possibilidades deenriquecimento atraindo camponeses livres, artesãos e servos fugitivos ondetinham proteção dos senhores feudais;• Comunas Mudanças nas relações entre servos e senhores, estes aboliram algumas obrigações servis e passaram a exigir o pagamento em dinheiro ou em parte do excedente agrícola;• Corporações de ofício - nas áreas urbanas, os artesãos criaramagremiações que visavam regulamentar a profissão, o trabalho e a qualidadeda produção;
  10. 10. MUDANÇAS PROVENIENTES DO RENASCIMENTO URBANO E COMERCIAL• Aparecimento de uma nova classe social: a burguesia;• No campo, a exigência de pagamento das obrigações em dinheirolevou os trabalhadores a produzirem não apenas pela subsistência masem função do comércio;• Assim, pode-se perceber que, ao longo dos séculos X, XI e XII, apesarde o feudalismo permanecer como sistema dominante, já se vêem comclareza, no interior da sociedade medieval os traços de uma novaordem.
  11. 11. Questão 02 (PUC-MG) - Durante a Baixa Idade Média (séc. XI - XV), omodo de produção feudal conheceu o seu apogeu, mas também foinesse período que as contradições inerentes a esse sistemaavolumaram-se, determinando a sua superação. São fatoresresponsáveis pela desarticulação das estruturas feudais, EXCETO:a)Brusca queda da produtividade na agricultura, devido resistência dossenhores feudais a técnicas agrícolas avançadas.b) Desenvolvimento da atividade mercantil tanto ao nível inter-regionalquanto a longa distância.
  12. 12. c) Crescente urbanização, conduzindo a uma gradual especialização daeconomia, caracterizada pela cisão entre campo e cidade.d) Surgimento da burguesia como um novo segmento social que foi sedefinindo no rígido contexto da hierarquizada sociedade feudal.e) Organização de expedições militares cristãs contra muçulmanos noOriente Médio, pondo fim ao domínio secular dos árabes sobre oMediterrâneo.
  13. 13. Solução:a) Item erradob) Certo, neste período temos a retomada do comércio entre ocidente e oriente.c) Certo, momento de urbanização devido ao desenvolvimento do comércio.d) Certo. A transição do feudalismo para o capitalismo ocorre com o aparecimento da burguesia.e) Certo, movimento das cruzadas que fomentou, inclusive, o comércio entre ocidente e oriente.
  14. 14. CRISE DO SÉCULO XIV• Fome - Devido a mudanças climáticas as plantações foram devastadasafetando a produção de alimentos;• Peste - Neste período ocorreu um surto de peste negra na Europa. A taxa demortalidade cresceu assustadoramente;• Guerras – O movimento das cruzadas fez crescer a tendência àmilitarização. A guerra tornou-se profissão notando-se o aumento do númerode soldados. Durante os períodos de trégua os soldados não recebiampagamento. Por esta razão, praticavam sistematicamente saques e devastaçõesnas áreas de cultivo.
  15. 15. Modo de produção desordenadoFome, peste e guerras Empobrecimento dos senhores feudais – somente os burgueses mais ricos sobreviveram à criseFraqueza da organização política descentralizada Necessidade de uma instituição capaz de reconstruir as camadas sociais
  16. 16. Questão 03 – (CEFET - MG) - A peste negra, que dizimou grandeparte da população européia no século XIV, provocando escassez demão-de-obra e alimentos, e sendo uma das causas da decadência dofeudalismo, pode ser descrita como:a) A peste bubônica, transmitida por ratos infectados.b) Uma seca violenta que devastou as lavouras.c) Nuvens de gafanhotos provenientes do norte da África.d) A cólera, trazida pelos cruzados quando retornavam da terra santa.e) Fungos que surgiram pelo excesso de umidade, atacando asplantações de cereais.
  17. 17. Solução: Letra A, a questão exige que aluno saiba que pestenegra foi o nome dado a peste bubônica, transmitida pelapulga do rato.

×