REDE E INOVAÇÃO EM EMPRESAS

2.548 visualizações

Publicada em

Programa presencial em 3 sessões consecutivas baseadas em 24 perguntas e respostas. Ministrado por Augusto de Franco nos dias 2, 3 e 4 de outubro de 2013 no LABE=R.

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
988
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

REDE E INOVAÇÃO EM EMPRESAS

  1. 1. REDE E INOVAÇÃO EM EMPRESAS PALESTRANTE Augusto de Franco 2,3e4/10/2013 APENAS20VAGAS
  2. 2. PROGRAMA EM 3 SESSÕES CONSECUTIVAS BASEADAS EM 24 PERGUNTAS E RESPOSTAS
  3. 3. 02/10/2013 03/10/2013 04/10/2013 SAVE THE DATES
  4. 4. MODALIDADE Presencial em São Paulo HORÁRIO 19h30 às 21h30 ONDE LABE=R - Praça Ernani Braga 180 Alto de Pinheiros – São Paulo – SP
  5. 5. PREÇO ÚNICO R$ 400,00
  6. 6. PROGRAMA COMPLETO
  7. 7. PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  8. 8. • Por que é inútil estruturar um departamento de inovação na sua empresa PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  9. 9. • Por que o crowdsourcing tradicional (chamada centralizada) é um desperdício de recursos PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  10. 10. • Por que é impossível ter bons resultados com a inovação aberta (open innovation) enquanto sua empresa continuar fechada PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  11. 11. • Por que sua empresa está condenada a inovar permanentemente PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  12. 12. • Por que não adianta comprar um novo software de inovação PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  13. 13. • Por que, provavelmente, você está medindo errado a inovação? Como medir a inovatividade da sua empresa PRIMEIRA SESSÃO Quarta-feira 02/10/2013
  14. 14. SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  15. 15. • Por que redes de inovação em empresas não costumam dar certo SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  16. 16. • Por que as métricas de rede que são comumente adotadas pelas empresas não funcionam SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  17. 17. • Como reduzir a vulnerabilidade da sua empresa ao risco sistêmico provocado pelo declínio simultâneo de produtividade e inovatividade, mesmo em situações de alto crescimento SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  18. 18. • Por que é inútil monitorar as redes sociais SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  19. 19. • Por que usar as mídias sociais (como Facebook, Twitter, LinkedIn, Google+ etc) para fazer marketing e RP é um desperdício de recursos SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  20. 20. • Por que adotar uma plataforma de rede proprietária não resolve o problema SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  21. 21. • Se você está tendo que fazer muita reunião (sobretudo de alinhamento), algo está errado. O que está errado? SEGUNDA SESSÃO Quinta-feira 03/10/2013
  22. 22. TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  23. 23. • Como evitar que sua empresa contraia doenças auto-imunes? Como evitar que os anticorpos corporativos (TI, Jurídico, RH etc.) sejam acionados para destruir os ambientes favoráveis à inovação na sua empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  24. 24. • Sua empresa precisa de radiografia ou de endoscopia? Por que não adianta fazer apenas uma análise de redes sociais (SNA ou DNA) na sua empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  25. 25. • Por que sua empresa (querendo ou não e mais cedo do que mais tarde) será obrigada a implantar processos de rede no seu ecossistema TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  26. 26. • Quais os processos de rede que sua empresa já pode implantar agora? Como reconfigurar o ambiente virtual da empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  27. 27. • Quais os processos de rede que sua empresa já pode implantar agora? Como reconfigurar o ambiente físico da empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  28. 28. • Quais os processos de rede que sua empresa já pode implantar agora? Como configurar o ambiente de desenvolvimento (ou de inovação) da empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  29. 29. • O que é necessário para fazer a transição de uma empresa hierárquica para uma empresa em rede TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  30. 30. • Como encontrar exemplos concretos de organização em rede TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  31. 31. • Por que as best practices não são muito relevantes quando se trata de implantar processos de rede em uma empresa TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  32. 32. • "Onde isso já foi aplicado e deu certo?" Por que esta pergunta recorrente mais atrapalha do que ajuda TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  33. 33. • Por que consultorias de inovação que pretendam implantar processos de rede em uma empresa não podem ser feitas apenas como prestação de serviços de consultores externos TERCEIRA SESSÃO Sexta-feira 04/10/2013
  34. 34. https://www.facebook.com/netweavingtechnologies

×