Corel 02

257 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Corel 02

  1. 1. Aula: Pág: Data: Turma: DESIGN GRÁFICO Professor: • História da Fotografia • Melhores equipamentos x Custo benefício • Conceitos básicos para uma boa fotografia • Zoom e iluminação • Técnica Chroma-Key I • Trabalhando com imagens na Internet • Atividades 02 Anderson 13/07/2013 9282 12-16
  2. 2. Durante muito tempo, um inventor francês chamado Louis Daguerre ficou conhecido como o primeiro grande inventor da fotografia. Isso porque durante alguns experimentos que estavam sendo realizados em seu laboratório, Daguerre deixou uma chapa revestida com prata sem imagem alguma e foi para casa. No outro dia, quando chegou para trabalhar, percebeu que, misteriosamente, surgiram imagens na placa que havia sido deixada exposta a uma solução encontrada na época em termômetros de mercúrio.
  3. 3. A partir desse fato, Joseph Nicephore Niépce, naquela ocasião, sócio de Louis Daguerre, se aprofundou em seu estudo sobre heliografia (gravação através da luz) e foi, esse sim, em 1829, o primeiro a obter de maneira voluntária o que hoje nós podemos chamar de fotografia.
  4. 4. A grande evolução da fotografia se deu durante a Guerra Fria, período onde os Estados Unidos da América disputava avanços tecnológicos com a União Soviética. Foi no ano de 1965 que o programa espacial norte-americano conseguiu concluir o desenvolvimento da tecnologia e tirou as primeiras fotos digitais, estas feitas através da sonda Mariner4.No total, foram tiradas 22 fotos que tinham na época 0,4 Megapixel.
  5. 5. Se o seu intuito é apenas registrar alguns momentos, existe um equipamento adequado para isso, assim como, se pretende trabalhar com isso, ou seja, seu objetivo é profissional, existem alguns cuidados que você tem que tomar.
  6. 6. D-SLR é uma sigla em inglês que se refere a Digital single- lensreflex, que traduzindo seria “Câmera digital de reflexo por uma lente”. Isso quer dizer que na verdade, essa é uma versão digital para as antigas câmeras de filme SLR.
  7. 7. O funcionamento desse tipo de câmera é fácil de compreender ao analisarmos a imagem ao lado. A luz entra pela lente (1), reflete-se em um espelho móvel (2), depois se reflete novamente em um jogo de espelhos chamado penta-prisma(4) e a imagem é formada no visor(5), para que possamos visualizá-la. Ao clicarmos no disparador da máquina, o espelho móvel (2) se movimenta para cima e a luz vai diretamente de encontro com o sensor captador (3), o qual registra a imagem na memória da câmera.
  8. 8. Dentre as principais fabricantes de máquinas D-SLR, podemos destacar a Nikon, a Canon, a Sony e a Fuji.
  9. 9. O grande diferencial das câmeras digitais compactas é justamente o fato de serem compactas. Simples assim. Você, por exemplo, não é um fotógrafo profissional mas quer tirar suas fotos com boa qualidade de imagem e com boa nitidez e não quer se dar ao trabalho de carregar aquela máquina de 1 Kg em sua mochila.
  10. 10. Existem alguns conceitos que são fundamentais para poder se tirar uma boa fotografia. Você não precisa ser nenhum profissional e nem ter uma super câmera fotográfica para conseguir aplicá-los.
  11. 11. 1º Compor uma boa imagem: Esse processo requer um pouco de atenção, pois é nele que definimos quais são os objetos que eu quero na foto ou não. É nele que eu decido se vou usar a orientação retrato ou paisagem. Fotografia tirada em orientação retrato, geralmente acaba trazendo uma sensação de profundidade à imagem, visto que o fundo da cena é incluído na composição. Já em orientação paisagem, é possível capturar mais detalhes do objeto. Detalhes que são pouco percebidos por nossos próprios olhos.
  12. 12. 2º Ajustar o foco: Outro ponto de muita atenção, pois um deslize aqui pode tirar deixar a imagem desfocada. Se sua imagem está em um dos cantos da sua composição, o que deve ser feito é, centralizar a imagem nela, pressionar até a metade o disparador da máquina e depois que for dado foco no seu objeto, você pode mover a máquina suavemente para a posição de seu desejo, permitindo uma foto com foco e dentro da composição desejada. Esse recurso se chama trava de foco.
  13. 13. 3º Flash: O flash pode ser considerado uma arma poderosa ou um grande vilão, isso vai depender do seu domínio sobre esse recurso poderoso. Para poder tirar o máximo proveito do flash, temos que nos atentar ao fato de que ele tem um alcance limite, ou seja, por mais que a máquina possua um zoom muito bom, existe a possibilidade de a imagem permanecer escura, pois o alcance do flash não foi o suficiente. É importante também sabermos que não se usa flash ao fotografar objetos que sejam altamente reflexivos.
  14. 14. 4º Apoio: É muito comum, ao registrarmos aquele momento importante em família ou com os amigos, verificarmos que a imagem ficou borrada. Isso se dá devido à falta de apoio da câmera. Esse problema é mais frequente ainda ao tirarmos fotos durante a noite ou quando damos zoom.
  15. 15. Zoom é a função que uma câmera ou equipamento (tablet, smartphone, filmadora, entre outros) possui para aproximar objetos ou cenas em uma situação de fotografia ou filmagem. Essa capacidade de realizar cada vez mais “zoom”, isto é, de aproximar cenas e objetos de maneira mais detalhada, é um dos diferenciais entre os equipamentos.
  16. 16. • Zoom Óptico É o zoom real do equipamento, onde o processo de aproximação de cenas acontece através do sistema de lentes.
  17. 17. • Zoom Digital É o processo que através de utilização de software interno da câmera, simula uma aproximação de cenas e objetos, o que danifica a qualidade da imagem referente a resolução, pois a mesma ficará pixelizada(quando há perda de resolução em zoom digital, os pixels que formam a imagem aparecem). É mais um processo de ampliação do que de zoom propriamente dito.
  18. 18. É um item que faz uma diferença significativa na qualidade das imagens capturadas por câmeras. Por isso, antes de iniciar a captura de imagens, analise a iluminação para que consiga ter um ótimo resultado. Haverá sempre duas fontes para isso: iluminação natural e artificial.
  19. 19. • Utilização da iluminação natural Com a prática e observância, você aprenderá a utilizar a iluminação natural oferecida pela luz do sol em seu beneficio quando for capturar suas imagens.
  20. 20. • Utilização da iluminação artificial A fonte de iluminação artificial mais utilizada em capturas de imagem é o flash embutido nas câmeras, porém, outros meios artificiais também podem ser utilizados: holofotes, lâmpadas, caixas de iluminação, mesas com luminárias, entre outros.
  21. 21. Esta técnica é largamente utilizada no cinema, em filmagens e fotografias que necessitem de diagramação ou edição posterior, removendo ou alterando fundos.
  22. 22. Em boletins meteorológicos na televisão, esta técnica é muito comum. Note que muitas vezes no momento da notícia, aparecerem mapas animados atrás do apresentador do boletim, entretanto, o mapa mostrado está sobreposto ao fundo Chroma- key.
  23. 23. É muito comum em trabalhos de designer no Cedaspy ou mesmo em outros projetos que sejam utilizadas imagens retiradas da internet, mas algumas observações devem ser feitas.
  24. 24. • Qualidade da imagem Para que seu trabalho seja bem sucedido, preste atenção na qualidade da imagem, em sua resolução e se não há marca d´água. Dê preferência para imagens maiores(Largura x Altura), pois são mais fáceis de serem manipuladas, com perda mínima de qualidade.
  25. 25. • Legalidade para uso Tenha sempre cautela ao utilizar em seus trabalhos as imagens que encontra na internet. Algumas delas possuem proteção jurídica e o autor da obra (imagem) ou até mesmo as pessoas que apareçam na foto podem reivindicar direitos autorais e de uso da imagem, pois já existe lei para isso.
  26. 26. Abaixo seguem alguns links para imagens de domínio público:
  27. 27. Apostila na página 16. Pesquise no Google Imagens de Alta Definição, salve-as e aplique algumas correções utilizando ferramentas adequadas do CorelDraw. Lembre-se no Corel devemos importar as imagens no Menu Arquivo – Utilizar o Menu Bitmaps para aplicar alguns efeitos em tempo real

×