PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS DE
ggsgêgzqmova NA PROVÍNCIA DE SERRA PELADA

Pelo presente Instrumento Particular de
Ces...
Ricardo,  localizada na Rua ltaguatínga n° 200, em Serra Pelada. 

Curionópolis-PA,  com área de aproximadamente 144 metro...
- A tradição do imóvel,  dar-se-á imediatamente após o primeiro
pagamento. 

O presente instrumento é de caráter irrevogáv...
t, 

 

 
  

«A
/ j/V

»u
t»

/ t/ .  / 4
Jr m,  t. . < , (- «,  fun. : a_ a'.  .. --

ÁÇjedente _ Rcardqcàs/ oiífgããsiiv...
#OFICIO DE TABELIONATO DE NOTAS DE PARAUAPEBA _PA

serventia do 1° Oficio o tabelionato de Notas de Parau

End. Rul a, n“1...
CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE BRASIL SECULO lII
_ CONSULTORIA LTDA

1 f. ,1¡i(| ,~ ; mignon ng OÚETRl: )-Z. B?i§lt't: l) 'Il...
CONTRATO DE CONS I'ITU| ÇÁO Dt BRASIL SECULO Ill
__ ÇQN§ULTORiA LTDA

   

Cluusui. ; QHdvrx - Ars ueliburaçocs 501265::  ...
CARTEÁNA FUNCAONAL

, A Tribunal de Justiça do
 Estado de Minas Gerais

  
  

 
 
     

QMÉ,  .. __. h._. -- x' . _. . ....
Contribuinte, 

Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e.  se houver qualquer divergência.  providencie junt...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Contrato ricardo casciano e documentos da bs3

368 visualizações

Publicada em

Contrato ricardo casciano e documentos da bs3

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contrato ricardo casciano e documentos da bs3

  1. 1. PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS DE ggsgêgzqmova NA PROVÍNCIA DE SERRA PELADA Pelo presente Instrumento Particular de Cessão de Direitos, Vantagens Obrigações e Responsabilidades, pelas partes adiantes nomeadas e qualificadas a saber: de um lado como OUTORGANTE CEDENTE: RICARDO CASCIANO DA SILVA, brasileiro, solteiro, garimpeiro, RG 77801384, SSP/ CE, CPF 168790232-15, residente e domiciliado na Rua ltaguatínga 200, Serra Pelada, Curionópolis/ PA, representado neste ato por Elínete Viana de Lima, brasileira, solteira, advogada, inscrita na OAB/ PA sob o número 11.119, com escritório profissional à Rua 08, n° 183, Bairro Cidade Nova, Parauapebas, PA. e de outro lado, como OUTORGADA CESSIONÁRIA: BRASIL SÉCULO llI CONSULTORIA LTDA. , pessoa juridica de direito privado inscrita no CNPJ sob o número 14.110.805/0001-00, com sede à Av. Brasil, 1438, sala 1005, bairro Funcionários, na cidade de Belo Horizonte, MG, CEP 30.140- 003, neste ato representada na forma de seu Contrato Social por sua representante legal, Dra. Maria Geralda de Queiroz Barreto, brasileira, advogada, portadora da Carteira de Identidade OAB/ MG n° 31.701, inscrita no CPF sob o número 177.031.316-87, que tem entre si justo e contratado, o que mutuamente outorgam, aceitam e assinam, convencionados pelas Cláusulas e Condições seguintes. CLÁUSULA PRIMEIRA Que o OUTORGANTE CEDENTE declara-se senhor e legítimo possuidor de todos os direitos, vantagens, obrigações e responsabilidades livres e desembaraçadas de quaisquer ônus judiciais ou extrajudiciais, arresto, foro, apreensão e penhora do imóvel constituído por Uma chácara _denominada _chácara rln
  2. 2. Ricardo, localizada na Rua ltaguatínga n° 200, em Serra Pelada. Curionópolis-PA, com área de aproximadamente 144 metros de frente, 100 metros de fundo, lateral direita 146metros, lateral esquerda 80 metros, confrontando pelo lado direito com o Sr. José Alfredo e Paulo Diógenes, pelo lado esquerdo com Sra. Maria José Souza Nascimento, na frente com a referida Rua ltaguatínga e pelos fundos com o Sr. Antônio Pacajá, imóvel este que será entregue à OUTORGADA CESSIONÁIRA de imediato. Parágrafo Primeiro: Fica excluída da presente cessão de direitos a casa de madeira com três cômodos, um banheiro interno, coberta com telha brasilit e piso de cimento, medindo 6 metros de frente, 12 metros de fundo, lateral direita com 12 metros e lateral esquerda com 12 metros. , Parágrafo Segundo: O OUTORGANTE CEDENTE esclarece que não se inclui nessa cessão de direitos a área de garimpo da divisa com o imóvel negociado, considerando que não se trata de posse do OUTORGANTE. CLÁUSULA SEGUNDA Que assim sendo, vem o OUTORGANTE CEDENTE, via deste instrumento e na melhor forma de direito, CEDER E TRANSFERIR, como de fato CEDIDO e TRANSFERIDO, desde que cumpridas as CLÁUSULAS de pagamentos, tem o referido imóvel para a pessoa da OUTORGADA CESSIONÁRIA com todos os seus referidos direitos, vantagens, obrigações e responsabilidades decorrentes do aludido imóvel, objeto do presente instrumento, pelo preço certo e ajustado de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais), pagos da seguinte forma: a) R$ 20.000,00 (vinte mil reais), depositados pela OUTORGADA CESSIONÁRIA na conta corrente da procuradora do OUTORGANTE CEDENTE, no Banco do Brasil S/ A, Agência 0565-7, Conta Corrente n° 12.312-9, no dia 18 de julho de 2014, data da assinatura deste contrato, mais 4 (parcelas) parcelas no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e 1(uma) parcela, neste caso a última parcela, no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) venciveis, todo dia 20 de cada mês, a partir do mês de agosto de 2014, que deverão ser depositados na Conta Corrente da procuradora do OUTORGANTE CEDENTE.
  3. 3. - A tradição do imóvel, dar-se-á imediatamente após o primeiro pagamento. O presente instrumento é de caráter irrevogável e irretratável, não dando margem a arrependimento, ressaIvando-se o que preceituam os artigos 417 a 420 do Código Civil Brasileiro (Lei de Arras), bem como o estipulado nas cláusulas de descumprimento dos pagamentos. CLÁUSULA TERCEIRA Que fica a Outorgada Cessionária imitida na posse, direito, ação, uso, gozo e servidão sobre o imóvel objeto deste instrumento a partir do recebimento do aludido imóvel. CLÁUSULA QUARTA Que o imovel será entregue à Outorgada Cessionária em conformidade com o disposto na Cláusula Terceira deste instrumento, livre e desembaraçado de quaisquer ônus judiciais e/ ou extrajudiciais. CLÁUSULA QUINTA Que o Outorgante Cedente declara sob pena de responsabilidade civil que não existem ações reais e pessoais reipersecutórias, relativos ao imóvel, objeto do presente e quaisquer outros ônus reais, incidentes sobre o mesmo. CLÁUSULA SÉXTA Os pagamentos das cinco parcelas de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) restantes deverão ser feitos até o dia 20 de cada mês impreterivelmente, e decorridos mais de trinta dias de atraso a posse do imóvel será revertida para o Outorgante Cedente que ficará desobrigado da devolução dos valores até então recebidos. j L t i «e CLÁUSULA SETIMA *T l *a 45/¡ Que o presente instrumento é feito entre as partes contratantes por si, seus herdeiros e sucessores, em CARÁTER IRREVOGAVEL E
  4. 4. t, «A / j/V »u t» / t/ . / 4 Jr m, t. . < , (- «, fun. : a_ a'. .. -- ÁÇjedente _ Rcardqcàs/ oiífgããsiivarpê Á i IRRETRÁTAVEL, obrigando-se estas mesmas partes a manterem o presente sempre bom, firme e valioso, respondendo o Outorgante Cedente na forma da lei, pelos riscos da Evicção de Direitos, se chamado for à Autoria a qualquer tempo e época. CLÁUSULA OITAVA Que tica eleito o Foro de Curionópolis , com expressa renúncia de outro qualquer por mais especial que seja para a solução de quaisquer pendências deste Instrumento, ou dele decorrentes. A Outorgada Cessionária aceita este Contrato Particular de Cessão de Direitos como aqui se contém, e pelo OUTORGANTE CEDENTE que aceita o referido contrato, o qual leu e compreendeu, na qualidade de posseiro do referido imóvel objeto do presente, como se declara estar de pleno acordo com a presente Cessão de Direitos feita à OUTORGADA CESSIONÁRIA. E, por estarem acordes, assinam o presente Instrumento em duas vias de igual teor e forma, juntamente com duas testemunhas reconhecidamente idôneas e capazes para que produza seus efeitos legais e em direito permitido. Curionópolis, 18 de julho de 2014 , / / l / e r Á / k ) isa¡ uua n ' V, x '. .. i: Ç*'mÁePaulaBa: TÇ"; l. // Õ' 2'* L'7"'xiÉA'iieçs5-9V 'fit/ t (N, /PL HL LCVWJÍ/ LL» /7- l 'Á N' r " ' S *l / Consult fia Ltda. l pp l apepJaA : p A l/ l? ” ir* W M( . uma a Miura w t. Açiuerite - Frawriéirialdo Pereira de Soísa 1h( CPF 408.066.183-56 sionaria - Bra# Século/ Três ss epezii ; nv awaziansg-wt-¡jg vgnps m3 'IVA É; . / t** JJ( t? , › iz/ -v/ X/ [kíqix gi ' V t Anuente - Olavo Gomes Carrilho CPF 168.790.232-15 Anuente - José Wagner Vieira de Santana 5 #OFICIO DE TABELIONATO DE NOTAS DE PARAU serventia do 1*' Oficio o tabelionato de Nota¡ de P EndRua B. n“181 B Cidade Nova Fono: (94)334' «L3 RECONHECIMENTO 52000; _ f? ” Reconheço a assinatura por AUTENTICA a. v ~ IMOLAVO GOMES CARRILHO . , _ç ' 500 ¡ no¡ ap our( a gi SÊéEGEFIEJEd "vsnos ao vziiaaaa oo1vNioNvu5iz> ' 'VNVLNVS 30 VHISIA UEINDVM ESONH , ap Vgjmgjm 10d enieuisse a oâauuoaau OOZS OLNBWISBHNOOBH " . _ i_« ¡ognuog um aotplais . ama WH DUB ap seiou ap omlüllôq! ) o M90 ol 0D ! BW/ WS . vnvava 30 SVLON 3G OLVNOHBSVL 30 OIDIJO-l
  5. 5. #OFICIO DE TABELIONATO DE NOTAS DE PARAUAPEBA _PA serventia do 1° Oficio o tabelionato de Notas de Parau End. Rul a, n“1B1 Bzcidade Nov¡ Fone: (94)3346 981 ------------- -- RECONHECIMENTO 520052 Reconheço a assinatura por AUTENTICA de: ' itiELlNETE VIANA DE LIMA Parauape ls t8 da julho de 2014 Obs. : Em last. da verdade VALERI S SA SILVA-Escrevente utor ad Não H' tê. . . v 004.557.542 V 1° UM( IC' Lil 'ÍÍIAC - "Til. »i »MIC-für ÍReconheço a firma indicada por autenticidade jMARiA GERALDA DE QUEIROZ BARRETO
  6. 6. CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE BRASIL SECULO lII _ CONSULTORIA LTDA 1 f. ,1¡i(| ,~ ; mignon ng OÚETRl: )-Z. B?i§lt't: l) 'Ililhlu-: dllgiilüe ITRASILFIRA Advogada. Soil -- uma iiii ii. ixi, iineniii 'iii IP/ 'iá-«JB n" ou (LPI 177 lili' 316-8? dociiriienlo de identidade 3596-4. MG com : iumii ilio i: regsideiimd ; i RUA INASHINGTQN_ iiiimiirii 886, APT 2001, bairro/ distrito SIGN miiiurrijuiii BC( O HORIZONT: lviIN/ tu (JPN/ US 'JCP . ill I l5-54Ô t' 2 JIRCBII i0 (EUIMAH/ ES DE PAULA : racionalidade BRASILEIRA : izomiinisia DlI/ UHZIEIUU n** du CPF '99 (365 ivo-A? ) iiieiziiitiienlr) ut: IUPETIIUUUU l . Lian-tt CRE Mb' com domicilio e residencia a RUA cRsriii lítil'li'li) , blit- AVI '= .-. i›. iiiii; i:. ›v. i.. i:. smiiix ieusisn HILIH'¡'P'U BELO HURIÀCIHIÃ MlNAS (SERAIS Lili M010 Hi) Constituem uma suuirtili-iilt: cinprcsaria limitada. llllfdtitllli! ;as siaguinlles clausulas. Clzitisuln t7riiiieiva A sociedade ; adotará o niiriie empresarial de BRASIL SECULO N¡ CONSUI lURlA l TDA u a expressão di: lanlasia de BRASII SLCULO Ill t: tera sede e domicilio na AVENIDA uRAsii llllmtflt) 143a SALA 1005 iiiiiiioioigiriiçiruNcioN/ RIOS nvumclnin BELO HORVÚfxJli- . XMS (ÊFPISC 1.10 liiiÍl ÇI_'. ¡,x; iii, i f-ãt--j iitii. . C Liluji Iu suruil uma FI ÍIHUR/ «C/ Hi UI: PHUH' TNS PESOUISAS Pl ANEJAizILNTO. ESTUDO. ASSESSORIA CONSUI TORIA NA AREA DE ECONOMIA REPQCSL NÍACAL) (lUMEI-NZIAL POR CONTA DF TERCFIROS RFAI IZACAO E ORGANIZACAO DF FVFIV 7 'ÍiFi Clitmnil. : lülzltflfil ~ A wticimLiili: IIIIÇJdÍiJ : :uils ciliviíliitliny lflli ? ü 0712011 (e seu orzizo de duração é initultrrtliiiiiilç. (Jliiiisiiirs UtizIrLi t) capital social sem RS HU vziini i-tiiiiin il RS 1,00 iiJM Ir: zu 000.00 iVlNl L MIL reais) dividido em 20 000 uuolas ai), Intirgizili/ .adzis iioslo alo em moeda comente oo Pois. pulos SOCIPN ¡TNÍIÃJK- 'HM-WA ? Ji HAI mui" mruicu' BAN: : i0 ° T ' viiiiiiiiutiuiniAii/ igs iii P/ iti-. A T T' Á “TM tiizi . ..tri . ii, i : .i A : i(: '"-i= i:. ti¡i›, .:i, lal : min lt- . .| Íll'; ~'. | . iii tlç| .lt'li)l! :¡. í1]“-. A(T . i LIA-NA LAF lQAl l)/ UI *. ).. 'l l +1 Zu' liAitiêl. lt) nriziiiiriiirlii I'›.2l(t. iiif| '|(z'Í'tl1.' com poderes t: aliitiiiigigug¡ qu representa-Ia os publicas e autarquias o perante terceiros vedado. no entanto Hill atividades estranhas ao interesse social PCÍIH ii. =.. ~'iIiiiiii iiliiitiiligtilen seu¡ em lui/ tir do Oflfrlfil u. . permitiu l: iiiti'›: :udt›r(ts. Cliciilus. bancos reparliço autorizado u uso do nome empresarial HLUHQUUÍ (108 (HIUIISIHS till ill' terreiros. nom (ramo . Illi-I-'i' lwiw iiY-Óviiv: -: l.i u-: Li iii LILII iI. ir. ii1li. i-. : iii «nr Íimlvii uiiifi um i-ssrinii . 'i . i~. .--i›i. i:. i.i n. .iwz : ip víiuvr im'. -197 Vl '. il. l ltií-'i 1JE/ d t. <:/ ..'lltl2I Hiuigiiili llHh : i I'M ; i lticxiiliittçi . i Stttltltlíltlk' Ííulíttfril Piiiciiniiiiii para un' periodo maximo de 24 os devendo o instrumento de procureicáo especilicar os atos e serem plírlllllíldütâ polos norrieattos (art 1 Ira izczponpi Ijviltli? t, - iititiliii; mas Ciiiiiniiiii "Éivlii : Ja N01 iUN jliltlullll' iii. - (Jtplttuiil . i«. t)l'(l'. Ill-i'll . .um iiiiiraria mensiil a lilult) de pro- iílllnlil' . t~ u-e ^. .tll. l'w . i i Ii~~; -.i~. i~, .', (i~; r. _~, ; , , ¡| "¡-itl, qt¡ik ¡nyihiipiilun (Iinusulii Siriiinai Lis Lucros triiiti Priwiiiros iiiiiiniilii». NH) 8.ii. ii›i_ii pJHHNIUIHRI a sui IBBIMEKÍO RÍIÍIK n liiiiiiiiiri no tix-: iníztiri : SUÇIHÍ 50h10 (Íltilfllltlldoh unlrt: (tb 504110,'. piupuiainimlntalllf: 35 Quotas Io u: : Lucro: : . 'ãi*- VI" ê-itviitii int-i IiiIi. i1I-. _/ 51
  7. 7. CONTRATO DE CONS I'ITU| ÇÁO Dt BRASIL SECULO Ill __ ÇQN§ULTORiA LTDA Cluusui. ; QHdvrx - Ars ueliburaçocs 501265:: sêuio bpruvL-ncíexápelía concordàncxa dos SÓCIOS quando ã legqslagjqc: nào üXlqtf ¡nnmumntíñde í 4 u. , ~. *U v f¡ . ¡t-(jq. ) - ugnor: : . .r › «. ."¡| -*ut”1¡, |v'›u an. "Luv! vnum»IML›! ›o| e(: nv'1untos no Mu. .s 4 . s, . . . l m_ 1., I~ ; m1 Hr. h' : v:1'u-I. n,~. ~¡U'. u». Chhmuh! Dvulnn - (Jualstl-lklf uox saum. poderão cuuur uu aIu-: nar u tercenros. D0' Qualquer lihno. sua respmrlwn quota me parluzmaçao n. ) socmdane sena o prévio consennmenio do outro socio. Íicunun : Isaxeggnada a este a prelarecvcia na aqunsiçíuu em nguaidnuc! de cundnçóes. e na proporção dns nunk-m um: nowâuwtzn! mrt)axervnuu(i«z› u '. u()uvt| t: I O: : um ›. e›, -:: r2u› 91!: : comum( nm». ¡mr magna; ;mm su» ¡HJIIHHSIHIIEITI a rtesptenlo da preferencia no ; nn/ u m- íiíi urmlm duas H - hmm o prum uma n exerciam ca puelerémna sem Que os somos se mamleslem ou havendo Sotnas noümào m: uuota: ser (tedldana ou ahenzarms a lc-: rcearo LLHnsm/ I Mr'. -wu PHvv~<^uu ^ -aoru-rl. : : v mu) . sv unasulvelu um¡ n fdiCCHhc-HIU ue (Hummer dos zintuwr'. PUIS g-frhWihqtluJ LUHI os IeIH¡11u: *iLUl| l(: $ pilgguluu a guuunano ou ng', somou; renxungsuentes nus ? Iuvazrurrx no Iulraznir¡ : um Quota Ut: LUÇJIIHÍ e 5.1.4 ¡mrlte nos ! nuns ¡Iqunuus apurados ate a cam u. . lulu w. . _: ¡um! (-(_¡ull'. |(. ¡ lnunm _q , wmm ¡gm (_¡_», .¡¡, ] m, ¡, ,_¡_›¡¡ m¡ M139_ , n°503 30W, ("una po, -. -', 'z' ~. ... .~_. . . _. _ , _, _v 'A «J 'N' 'u' ' Iv ~ n 1mm- . ›.' . u . .u m. ; nor -(. n.u! 'N . u.-a. u›:1rar.1.. ~.c; “M3505 a contar da ddl. : : lx- MM: : anu'= 'r; C'““5“'H Ú"""'VI Segunda Os casos omossos neste conlraio como resotvudos com observância do: 'nx-nun H (Jo Loc¡ g; ¡ . . . ,, _ , ” ' * '90 'V' 0 U9 UUWH» (lvhpoamvos lena: : um: lhns . Qt-uam aphcave. ; Ijlauaui. ; Úrmffh¡ Tugeu* PNA g_ . .. , , V . ., , _ . _ . R. n ç u_ a um (Zu m 1 L1! m, çlomq” um U5 somos neümam' sob rx-g 11114¡ v . '.c _ . .. . _~_u 'I . _ ”p_¡, ._ , _ ¡__, .. _Hínwnn_ 'UF' A_ u. . 09.! 'l| ":l~k ¡uL-. wslnx : :g-swf ()ssg)()su¡yg num Cm lrn : r-. pnr. -. ¡l o : :me um) mim , nm . . . . . . . ' i x n , HÉLINYJJ par. ; .1 ; ICIHIIHISHUÇYKJ (1a soçpguam, (Ífzaucxgn. : ¡üf-. znvnn Ou m1 . (Ju Mmna (J-nJIS. Lmr' . 'Mace UC Belo Horlzomc "O Eslmm ! HIV-vn ; n31 t Ux" = I:Sl.1I--: --_¡_s~, x; (l. çm”. __¡ ! as zl'ç. .._nl'. xxt: u' lnusnrli: lhslu¡nvcluu uh IS vvdb LIC Igual m0¡ 99'” Huwgznrxr» ? h nr- . lulno m- 2' TABELIO FERRAZ y l ' GOIAS. m. ; _- / / , u ^"'~'^04oAo l Í ll¡ 1 1 I/ Í¡ ' J o 'V u' Au f n . .a . 0, V. .- ' MARI* : . - -' " v4 «lou “E “VM D. . Quemoz namo m" SW Í'. 'ÍUÍIYIIHlkÍÍrILÍUI l i Í Í u. *' ~ ' t_ a_ 4134.15 -. rJ/ ,j , Á u! l V¡ J'L| O , SUIMAHAES D _ pAULA 'I A/ ' Smwn 4?H“1›-2 LF/ ÀHHJU HÇNR, ()ARVPV4('Í fi/ Hlin @UF (3 “ Ú' iíflñ! ? . um-m eonancmooncrano - qua. n à» " Í": °'”""W"II~-wwoo~amoouo°n'uu4 à ' __ _ _, _ ____ _ , _ Ilwlmnanmnnndnmu_ . ' ~ *é '
  8. 8. CARTEÁNA FUNCAONAL , A Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais QMÉ, .. __. h._. -- x' . _. . . - _. .-. .-, . ? Mana (seralna De (Juunroz Barreto J é' '“*"-'-"**"_ W* ' N" "mláàiçgém Ç_. _-. _. __. uzsr. sa›xgag. W 3 Q w30/O6/2Fv06 J . Ismçmmrmupwn. .. -.. 'Í' 'É j. xxwtT. xlgç_kríq; g,_§,4,gÂí' Secmlaru. : ou THUUIMI ; je Jusngia g. _. __. .' 4 _, . . .., ._. . . .. __. ,.. ... ..- É'. m-- . ... .._ r _ . V. . mu¡ mu @me tw U MWFANÀL: . n ¡ , smonuuu oj- ¡ N43_ . K ¡ . . ___ _a __ _h _____ __. '.: ..í__. .-. _ _ "' ; u uma unvumím( pu. Inn-M; ou (FFHUB. oc ou 07 105¡ ' p, u¡ umyuuuwu_ um NH, ¡l0. ÓALB¡ N" ICQ k-'uctnr Judcmgnuru - N “N . ~ “S, IN1WIW§WT~JG ? IVUN m. . , à AN ' íwqnñx--M OMÀÁnà f " * u» ~- -. ~ z . › f 5900699. ›'¡Z, T;'__--»› ' . ... ._l L________z' O " ~. «.v. _u. _. _____ “png, 5513?- &ü;
  9. 9. Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e. se houver qualquer divergência. providencie junto à RFB a sua atualização cadastral. REPÚBLICA FEDERATIVA Do BRASIL CADASTRO NACIONAL DA PESSOA JURÍDICA . A ~ -_ COMPROVANTE DÊAIBISC$IRÇÃO E DE SITUAÇÃO 'âggããàããmum MATRIZ A3 A¡- 'NOMÉEMPRESARIAL BRASIL SECULO Ill CONSULTORIA_ L'| _'DA TITULO DO ESTABELECIMENTO (NOME os FANTASIA) BRASIL SECULO III _ CÓDIGO E DCSCRIÇAO DA ATIVIDADE ECONOMICA PRINCIPAL › 70.20-4-00 - Atividades de consultoria em gestão empresarial. exceto consultoria técnica especifica CÓDIGO E DESCRIÇÃO DAs AfIvIDADEs ECONÔMICAS SECUNDARIAS 7220-7-00 - Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências soclals e humanas 6920-6-02 - Atividades de consultoria e auditoria contábil e tributária 8230-0-01 - Serviços de organização de feiras. congressos, exposições e festas 46.19-2-00 - Representantes comerciais e agentes do comércio de mercadorias em geral não especializado CODIGO F DFSCRIÇÀO DA NATUREZA JUR| DICA 206-2 - SOCIEDADE EMPRESARIA LIMITADA LOGRADOURO NUMERO COMPLEMENTO Av BRASIL 143a SALA: 1005; _ __ CEP BAIRRO/ DISTRITO MUNICIPIO m* _ ' UF 30.140-003 FUNCIONARIOS_ BELO HORIZONTE MG : :Irina-grito CADAsTRAL A À 'A DATA DA SITUAÇÃO CADASTRAL ATIVA _ N É 1o/ oa/2o11 Ihbnvo DE SITUAÇÃO CADASTRAL : maneira Ííñtfíúi Aprovado pela Instrução Normativa RFB n° 1.005, de O8 de fevereiro de 2010. Emitido no dia 12/08/2011 às 14:47:45 (data e hora de Brasília). l Voltar I Prepas-arPágIna _JI para impressão A REIS agradecea sua visita. Para informações sobre política de privacidade e uso, cligue aqui. AÍLIBIIZC sua página

×