ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
ASSOCIAÇÃO DE ENGE...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
ASSOCIAÇÃO DE ENGE...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
ASSOCIAÇÃO DE ENGE...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
• Engenharia Civil...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
ROTEIRO:
1. Aprove...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
DIQUE / BARRAGEM /...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
Usina Hidroelétric...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 8 -
Hidrelétrica...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
Barragem precisa s...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
2/3 do território ...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
• Peter era filho ...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
Virou herói nacion...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
O Direito de Juzan...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
O Direito de Juzan...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
O Direito de Juzan...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
A Barragem de Terr...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
A Barragem de Pedr...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
2 – ESTRUTURA DA G...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 19 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 20 -
MMA
Secreta...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 21 -
MMA
Cons Na...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 22 -
MMA
Institu...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 23 -
MME
Secreta...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
- 24 -
MME
Depto N...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 25 -
MIN - DNOCS...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 26 -
Nome do par...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 27 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
3 – DIFICULDADES C...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 29 -
Ao estudar ...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 30 -
PARA PROTEG...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 31 -
Lei de Prot...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 32 -
Lei de Prot...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 33 -
Devemos pro...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 34 -
ESPUMA DO R...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 35 -
ESPUMA DO R...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 36 -
ESPUMA DO R...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 37 -
A ESPUMA QU...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 38 -
Existe algu...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 39 -
Existe algu...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 40 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 41 -
ESPUMA DO R...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 42 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 43 -
A Hidrelétr...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 44 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 45 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 46 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 47 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 48 -
19712008
19...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 49 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 50 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 51 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 52 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 53 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 54 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 55 -
ENCONTRO DO ALTO TIETÊ
11 de julho de 2013 – Câmara Municipal de Suzano - SP
56
O PROCESSO SE ENCONTRA EM PLENO ANDAMENTO ...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 57 -
Uma das sol...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 58 -
O piscinão ...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 59 -
ALTERNATIVA...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
4 – DIFICULDADES L...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 61 -
Isto é um l...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 62 -
Outra lei i...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 63 -
O mais inte...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 64 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
5 – DIFICULDADES P...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 66 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 67 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 68 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 69 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
6 – UM CASO PRÁTIC...
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 1 – Desmoronamento da Margem Direita
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 3 – Mudança Brusca de Direção
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 3 – Mudança Brusca de Direção
Meandros e cur...
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 4 – Obstáculo dentro da Calha do Rio
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 4 – Obstáculo dentro da Calha do Rio
Rocha a...
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 5 – Vegetação Densa
Dependendo do caso pode ...
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 6 – Assoreamento
LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Afonso Pena – Vila Romana
CASO Nº 6 – Assoreamento
Dependendo do caso pode red...
LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria
CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO
LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria
CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO
...
LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X
Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria
CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO
LOCAL Nº 3 – Avenida Vicente Leporace –
Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria
Eugênia Aguiar
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
CASO Nº 14 – Estreitamento Brusco da
Seção Transversal...
Caso Nº 15– Revestimento com GABIÃO
De todas as formas de revestimento de um rio, o gabião é o pior deles,
causa muitos en...
Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
Dependendo do...
Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
Caso Nº 20 – Assoreamento Contínuo
LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
CASO Nº 23 - Rio não tem margem
LOCAL Nº 4 – Rua Jataí X Rua República Libanesa
CASO Nº 23 - Rio não tem margem
Entrada de equipamentos para o
desassoreamento.
LOCAL Nº 4 – Rua Jataí X Rua República Lib...
CASO Nº 25 – Construção dentro do rio
LOCAL Nº 5 – Rua Marechal Floriano Peixoto X
Avenida Capitão Francisco Inacio
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna
Largura de apenas 5,646 metros...
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna Em Paris se utilizam de barcos...
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna Galeria em Sidney - Austrália
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna Galeria em Tókio - Japão
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna Galeria em Londres - Inglaterra
CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria
LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário
Ayrton Senna Galeria em Paris - França
CASO Nº 29 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
LOCAL Nº 7 – Rua José de Oliveira Gomes X Rua
Deputado Cunha Bueno Deveria t...
CASO Nº 29 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
LOCAL Nº 7 – Rua José de Oliveira Gomes X Rua
Deputado Cunha Bueno
Deveria t...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de
Oliveira Gomes
Por que todas as vi...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
Boca de Lobo evita enxurrada
LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de
Olive...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
Boca de Lobo evita poças de água
LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de
O...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
Boca de Lobo evita poças de água
LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de
O...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
Boca de Lobo evita poças de água
LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de
O...
CASO Nº 30 – Via Pública não tem
Boca de Lobo
Lei Federal Nº 10.257 de 10 de julho de 2001 – Estatuto da
Cidade, obriga os...
LOCAL Nº 11 – Rotatória na Entrada de Poá
Caso Nº 37 – Estrangulamento da Seção
Transversal
Um estrangulamento, dependo do caso, pode reduzir em mais de 50% a
vazão...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
7 – UM CASO DE COR...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 111 -
O RIO FEIO...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 112 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 113 -
Os morador...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 114 -
Como acont...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 115 -
Em julho d...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 116 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 117 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 118 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 119 -
ANTES:
DEP...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 120 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 121 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 122 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 123 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 124 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 125 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 126 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 127 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 128 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 129 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 130 -
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
ASSOCIAÇÃO DE ENGE...
ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA
Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015
A presente apresen...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso Águas e Urbanismo - Aula realizada em - 21-09-2015 por Roberto Massaru Watanabe

114 visualizações

Publicada em

urso Águas e Urbanismo - Aula realizada em - 21-09-2015 por Roberto Massaru Watanabe --- Assista o vídeo da palestra: http://artneteventos.com.br/curso-aguas-e-urbanismo/aulas.html

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Águas e Urbanismo - Aula realizada em - 21-09-2015 por Roberto Massaru Watanabe

  1. 1. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS, ARQUITETOS E AGRÔNOMOS DE SUZANO ÁGUAS E URBANISMO Curso de Extensão Universitária sobre cuidados para a elaboração de estudos e projetos de obras de utilização urbana da água. 21 a 26 de setembro de 2015 PATROCÍNIO: APOIO: Avenida Mogi das Cruzes, 1001 Parque Suzano, Suzano - SP
  2. 2. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS, ARQUITETOS E AGRÔNOMOS DE SUZANO ÁGUAS E URBANISMO - 2 -
  3. 3. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS, ARQUITETOS E AGRÔNOMOS DE SUZANO ÁGUAS E URBANISMO Engenheiro Civil Poli/USP-1972 CREA 060036232-1 OBRAS ESTRUTURAIS DE UTILIZAÇÃO DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe - 3 -
  4. 4. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 • Engenharia Civil – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – 1972 • Sistema Cantareira de Abastecimento de Água da Grande São Paulo • Simulação dos Recursos Hídricos da Bacia do Alto Tietê; • Anel Rodoviário (Rodo-Anel) de São Paulo; • Emissário Submarino da cidade de Santos; • Rodovia dos Imigrantes; • Inventário Hidráulico do Córrego Itaim (Poá); • Hidrelétricas de Ilha Solteira, Itaipu e Tucuruí; • Assoreamento Lagoa dos Patos; • Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo. 4
  5. 5. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 ROTEIRO: 1. Aproveitamento Múltiplo de Recursos Hídricos 2. Estrutura da Gestão dos Recursos Hídricos; 3. Dificuldades Conceituais; 4. Dificuldades Legais; 5. Dificuldades Políticas; 6. Um Caso Prático; 7. Um Caso de Coragem Política. 5 OBRAS ESTRUTURAIS DE UTILIZAÇÃO DA ÁGUA
  6. 6. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 DIQUE / BARRAGEM / RESERVATÓRIO 1 – APROVEITAMENTO MÚLTIPLO - 6 - CONFUSÃO DE CONCEITOS
  7. 7. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 Usina Hidroelétrica de Itaipú - 7 - Ao falar da Hidrelétrica de Itaipú, a imprensa costuma mostrar o Vertedor, mostrando o “grande” volume de água que “produz” a maior geração de eletricidade do mundo.
  8. 8. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 8 - Hidrelétrica de Itaipú 20 GERADORES DE 700.000 kW QUE PRODUZEM, JUNTOS, 14.000.000 kW
  9. 9. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 Barragem precisa ser totalmente estanque - 9 -
  10. 10. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 2/3 do território da Holanda é “terra” conquistada avançando sobre o mar. DIQUES DA HOLANDA - 10 - História do menino Peter – O Herói da HOlanda.
  11. 11. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 • Peter era filho de um Encarregado da Manutenção de Diques. • Certa tarde, voltando para casa, ouviu um gotejamento de água e aproximou-se do talude do dique. • Viu que havia um pequeno vazamento. • Lembrando das histórias que seu pai contava sobre os riscos de um vazamento que poderia inundar a Holanda com a água do mar, Peter segurou o vazamento com a própria mão. • Pediu socorro mas ninguém o ouviu. Permaneceu ali por toda a noite. • Pela manhã, um trabalhador que ía para o trabalho encontrou o pequeno Peter quase desfalecido, tremendo de frio mas segurando com a mão o vazamento. Peter – O Herói da Holanda - 11 -
  12. 12. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 Virou herói nacional Peter – O Herói da Holanda - 12 -
  13. 13. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 O Direito de Juzante - 13 - UMA BARRAGEM NÃO PODE BARRAR TOTALMENTE O RIO
  14. 14. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 O Direito de Juzante - 14 - AS POPULAÇÕES QUE FICAM, ENTRE A BARRAGEM E A FOZ DO RIO NECESSITAM DE UMA QUANTIDADE MÍNIMA DE ÁGUA CAPAZ DE GARANTIR A VIDA. VAZÃO ECOLÓGICA é a menor vazão possível que mantém o equilíbrio ecológico respeitando a fauna e a flora. VAZÃO MINIMA é a soma das necessidades das populações à jusante para o saneamento básico.
  15. 15. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 O Direito de Juzante - 15 - Graças ao Direito de Juzante, as barragens não precisam ser totalmente estanques. Daí, desenvolvemos no Brasil, as tecnologias para construção de Barragens de Terra e também de Barragens de Enrocamento.
  16. 16. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 A Barragem de Terra VAZA - 16 -
  17. 17. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 A Barragem de Pedra NÃO VAZA - 17 -
  18. 18. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 2 – ESTRUTURA DA GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS - 18 - CONFUSÃO DE COMANDO – MAIS CACIQUE DO QUE ÍNDIOS
  19. 19. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 19 -
  20. 20. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 20 - MMA Secretaria de Qualidade Ambiental Secretaria de Biodiversidade e Florestas Secretaria de Recursos Hídricos Secretaria de Políticas para o Desenvolvimento Sustentável Secretaria de Coordenação da Amazônia Serviço Florestal Brasileiro SECRETARIAS CONSELHOS AUTARQUIAS
  21. 21. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 21 - MMA Cons Nac do Meio Ambiente Cons Nac da Amazônia Legal Cons de Gestão do Patrimônio Genético Cons Nac de Recursos Hídricos Cons Deliberativo do Fundo Nac do Meio Ambiente Com de Gestão de Florestas Públicas SECRETARIAS CONSELHOS AUTARQUIAS Comissão Nacional de Florestas
  22. 22. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 22 - MMA Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Agência Nacional das Águas Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Cia de Desenvolvimento de Barcarena SECRETARIAS CONSELHOS AUTARQUIAS
  23. 23. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 23 - MME Secretaria de Planejamento Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Secretaria de Energia Elétrica Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral SECRETARIAS CONSELHOS AUTARQUIAS
  24. 24. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 24 - MME Depto Nac de Produção Mineral Agência Nacional de Energia Elétrica Agência Nacional do Petróleo Petróleo Brasileiro SA SECRETARIAS AUTARQUIAS E EMPRESAS Centrais Elétricas Brasileiras SA Cia de Pesquisas de Recursos Minerais Comercialização Brasileira de Energia Emergencial Empresa de Pesquisa Energética
  25. 25. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 25 - MIN - DNOCS MT – Portobrás Ministério da Agricultura Ministério da Pesca Comitês (regionais)
  26. 26. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 26 - Nome do partido Sigla Data de registro Número de filiados3 Partido do Movimento Democrático Brasileiro PMDB 30 de junho de 1981 2 357 105 Partido Trabalhista Brasileiro PTB 3 de novembro de 1981 1 181 167 Partido Democrático Trabalhista PDT 10 de novembro de 1981 1 209 530 Partido dos Trabalhadores PT 11 de fevereiro de 1982 1 628 942 Democratas DEM 11 de setembro de 1986 1 095 530 Partido Comunista do Brasil PC do B 23 de junho de 1988 339 580 Partido Socialista Brasileiro PSB 1 de julho de 1988 581 477 Partido da Social Democracia Brasileira PSDB 24 de agosto de 1988 1 356 710 Partido Trabalhista Cristão PTC 22 de fevereiro de 1990 173 944 Partido Social Cristão PSC 29 de março de 1990 366 130 Partido Republicano Progressista PRP 29 de outubro de 1991 215 923 Partido Verde PV 30 de setembrode 1993 338 046 Partido Trabalhista do Brasil PT do B 11 de outubro de 1994 166 742 Partido Renovador Trabalhista Brasileiro PRTB 28 de março de 1995 114 518 Partido Progressista PP 16 de novembro de 1995 1 415 979 Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado PSTU 19 de dezembrode 1995 14 171 Partido Comunista Brasileiro PCB 9 de março de 1996 15 592 Partido Humanista da Solidariedade PHS 20 de março de 1997 143 914 Partido Social Democrata Cristão PSDC 5 de agosto de 1997 166 388 Partido da Causa Operária PCO 30 de setembrode 1997 2 748
  27. 27. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 27 -
  28. 28. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 3 – DIFICULDADES CONCEITUAIS - 28 - CARÊNCIA DE APOIO AO APRENDIZADO
  29. 29. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 29 - Ao estudar os recursos hídricos e mais especificamente ao projetar e dimensionar a obras para o controle, captação, condução e manuseio das águas, os profissionais habilitados, em especial os Arquitetos e Engenheiros, encontram dificuldades de difícil transposição devido ao excesso de leis, regulamentos e normas associada à carência de literatura técnica, à defasagem dos currículos acadêmicos e também à carência de normas técnicas da ABNT. 3 – DIFICULDADES CONCEITUAIS
  30. 30. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 30 - PARA PROTEGER O RECURSO HÍDRICO BASTA PROTEGER A NASCENTE MAIS DISTANTE? 3 – DIFICULDADES CONCEITUAIS
  31. 31. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 31 - Lei de Proteção do Manancial Aqui nasce o rio Tietê:
  32. 32. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 32 - Lei de Proteção do Manancial Aqui também nasce o rio Tietê:
  33. 33. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 33 - Devemos proteger toda a bacia Aqui também nasce o rio Tietê:
  34. 34. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 34 - ESPUMA DO RIO TIETÊ EM PIRAPORA DO BOM JESUS
  35. 35. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 35 - ESPUMA DO RIO TIETÊ EM PIRAPORA DO BOM JESUS
  36. 36. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 36 - ESPUMA DO RIO TIETÊ EM PIRAPORA DO BOM JESUS
  37. 37. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 37 - A ESPUMA QUE INVADE PRAÇAS, RUAS, JARDINS E ATÉ CASAS, em Pirapora do Bom Jesus, afetam apenas os moradores daquela pacata localidade à jusante de São Paulo. Os causadores não têm consciência dos prejuízos que a poluição causa.
  38. 38. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 38 - Existe alguma campanha para “reduzir” ou “racionalizar” o consumo de detergentes e shampoos?
  39. 39. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 39 - Existe alguma campanha para “reduzir” ou “racionalizar” o consumo de detergentes e shampoos?
  40. 40. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 40 -
  41. 41. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 41 - ESPUMA DO RIO TIETÊ EM PIRAPORA DO BOM JESUS
  42. 42. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 42 -
  43. 43. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 43 - A Hidrelétrica de Ilha Solteira recebe as águas do Rio Tietê que ao serem desaguadas no Rio Paraná encontram- se totalmente depuradas.
  44. 44. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 44 -
  45. 45. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 45 -
  46. 46. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 46 -
  47. 47. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 47 -
  48. 48. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 48 - 19712008 1989 2001
  49. 49. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 49 -
  50. 50. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 50 -
  51. 51. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 51 -
  52. 52. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 52 -
  53. 53. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 53 -
  54. 54. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 54 -
  55. 55. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 55 -
  56. 56. ENCONTRO DO ALTO TIETÊ 11 de julho de 2013 – Câmara Municipal de Suzano - SP 56 O PROCESSO SE ENCONTRA EM PLENO ANDAMENTO – EM POUCOS ANOS O CAOS ESTARÁ INSTALADO
  57. 57. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 57 - Uma das soluções, modernamente, adotadas para conter as cheias de um rio é a construção de piscinões.
  58. 58. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 58 - O piscinão Águas Espraiadas está situado numa das regiões mais valorizadas da cidade de São Paulo.
  59. 59. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 59 - ALTERNATIVA A – Enfrentar o problema das frentes de cheias que ocorrem durante 10 minutos a cada 5 anos construindo um piscinão com 240.000 metros quadrados que ficará vazio durante 5 anos. ALTERNATIVA B – Enfrentar o problema do déficit habitacional construindo 3.250 apartamentos padrão CDHU.
  60. 60. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 4 – DIFICULDADES LEGAIS - 60 - Resolução n0 357 do CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente: Art. 24. Os efluentes de qualquer fonte poluidora somente poderão ser lançados, direta ou indiretamente, nos corpos de água, após o devido tratamento e desde que obedeçam as condições, padrões e exigências dispostos nesta Resolução e em outras normas aplicáveis.
  61. 61. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 61 - Isto é um lançamento indireto no corpo d’água.
  62. 62. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 62 - Outra lei interessante é a Lei Federal N0 4.771 que estabelece critérios para a construção nas margens de um rio:Outra lei interessante é a Lei Federal N0 4.771 que estabelece critérios para a construção nas margens de um rio
  63. 63. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 63 - O mais interessante na lei é que ela tem brechas: LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012: Art. 4o § 10. No caso de áreas urbanas, assim entendidas as compreendidas nos perímetros urbanos definidos por lei municipal, e as regiões metropolitanas e aglomerações urbanas, observar-se-á o disposto nos respectivos Planos Diretores e Leis Municipais de Uso do Solo.
  64. 64. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 64 -
  65. 65. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 5 – DIFICULDADES POLÍTICAS - 65 - O rio Tietê, no trecho que corta a cidade de São Paulo, costuma encher e uma das causas é a contribuição de seus afluentes como o rio Tamanduateí e o rio Aricanduva.
  66. 66. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 66 -
  67. 67. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 67 -
  68. 68. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 68 -
  69. 69. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 69 -
  70. 70. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 6 – UM CASO PRÁTICO - 70 - A pedido da OAB de Poá, realizei uma vistoria ao longo do Córrego Itaim, no trecho que corta o município de Poá.
  71. 71. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 1 – Desmoronamento da Margem Direita
  72. 72. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 3 – Mudança Brusca de Direção
  73. 73. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 3 – Mudança Brusca de Direção Meandros e curvas fechadas podem reduzir a vazão em até 30%, isto é, reto ele vaza 100 m3/s, na curva vaza apenas 70 m3/s
  74. 74. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 4 – Obstáculo dentro da Calha do Rio
  75. 75. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 4 – Obstáculo dentro da Calha do Rio Rocha atrapalha o fluxo do rio e diminui sua capacidade em até 10%, isto é, um rio que vaza 100 m3/s vai vazar apenas 90 m3/s.
  76. 76. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 5 – Vegetação Densa Dependendo do caso pode reduzir a vazão para 50%
  77. 77. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 6 – Assoreamento
  78. 78. LOCAL Nº 1 – Avenida Vicente Leporace X Rua Afonso Pena – Vila Romana CASO Nº 6 – Assoreamento Dependendo do caso pode reduzir a vazão para apenas 40%
  79. 79. LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO
  80. 80. LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO De todas as formas de revestimento de um rio, o gabião é o pior deles, causa muitos enroscos e pode diminuir a vazão para até 34%, isto é, um rio de vaza 100 m3/s vai vazar apenas 34 m3/s.
  81. 81. LOCAL Nº 2 – Avenida Vicente Leporace X Rua Professora Marina Cintra – Jardim Gloria CASO Nº 10 – Revestimento com GABIÃO
  82. 82. LOCAL Nº 3 – Avenida Vicente Leporace – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  83. 83. LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar CASO Nº 14 – Estreitamento Brusco da Seção Transversal Debaixo da ponte o rio tem 10,52 metros de largura. Debaixo dos trilhos o rio tem 4,94 metros de largura.
  84. 84. Caso Nº 15– Revestimento com GABIÃO De todas as formas de revestimento de um rio, o gabião é o pior deles, causa muitos enroscos e pode diminuir a vazão para até 34%, isto é, um rio de vaza 100 m3/s vai vazar apenas 34 m3/s. LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  85. 85. Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar Dependendo do caso pode reduzir a vazão para 48%
  86. 86. Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  87. 87. Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  88. 88. Caso Nº 19 – Entroncamento Perpendicular LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  89. 89. Caso Nº 20 – Assoreamento Contínuo LOCAL Nº 3 – Passarela entre Rua Batuira e Rua Maria Eugênia Aguiar
  90. 90. CASO Nº 23 - Rio não tem margem LOCAL Nº 4 – Rua Jataí X Rua República Libanesa
  91. 91. CASO Nº 23 - Rio não tem margem Entrada de equipamentos para o desassoreamento. LOCAL Nº 4 – Rua Jataí X Rua República Libanesa
  92. 92. CASO Nº 25 – Construção dentro do rio LOCAL Nº 5 – Rua Marechal Floriano Peixoto X Avenida Capitão Francisco Inacio
  93. 93. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna
  94. 94. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Largura de apenas 5,646 metros GALERIA permite a entrada de pessoas e até veículos para promover a limpeza após uma chuva grande.
  95. 95. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Em Paris se utilizam de barcos adaptados para realizar a limpeza das galerias.
  96. 96. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Galeria em Sidney - Austrália
  97. 97. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Galeria em Tókio - Japão
  98. 98. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Galeria em Londres - Inglaterra
  99. 99. CASO Nº 28 – Galeria não é Galeria LOCAL Nº 6 – Defronte o Terminal Rodoviário Ayrton Senna Galeria em Paris - França
  100. 100. CASO Nº 29 – Via Pública não tem Boca de Lobo LOCAL Nº 7 – Rua José de Oliveira Gomes X Rua Deputado Cunha Bueno Deveria ter uma Boca de Lobo a cada 60 metros
  101. 101. CASO Nº 29 – Via Pública não tem Boca de Lobo LOCAL Nº 7 – Rua José de Oliveira Gomes X Rua Deputado Cunha Bueno Deveria ter uma Boca de Lobo a cada 60 metros
  102. 102. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes Por que todas as vias públicas devem ter uma Boca de Lobo a cada 60 metros?
  103. 103. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo Boca de Lobo evita enxurrada LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes
  104. 104. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo Boca de Lobo evita poças de água LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes
  105. 105. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo Boca de Lobo evita poças de água LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes
  106. 106. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo Boca de Lobo evita poças de água LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes
  107. 107. CASO Nº 30 – Via Pública não tem Boca de Lobo Lei Federal Nº 10.257 de 10 de julho de 2001 – Estatuto da Cidade, obriga os municípios com mais de 20.000 habitantes a elaborarem a cada 4 anos o Plano Diretor. Norma brasileira NBR –12.267 Norma para Elaboração do Plano Diretor obriga, na infra-estrutura urbana, a inclusão do Sistema de Drenagem, prevendo a manutenção, a expansão e sua interferênia na ordenação do espaço urbano. LOCAL Nº 8 – Avenida Brasil X Rua José de Oliveira Gomes
  108. 108. LOCAL Nº 11 – Rotatória na Entrada de Poá
  109. 109. Caso Nº 37 – Estrangulamento da Seção Transversal Um estrangulamento, dependo do caso, pode reduzir em mais de 50% a vazão do rio. LOCAL Nº 11 – Rotatória da Entrada da Cidade
  110. 110. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 7 – UM CASO DE CORAGEM POLÍTICA - 110 - Como acontece no Brasil, a expansão urbana costuma avançar para as áreas baixas, pântanos e margens de rios. Em Seul, capital da Coreia do Sul, o rio Cheonggyecheon foi sendo paulatinamente ocupado, canalizado até que ficou totalmente enterrado
  111. 111. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 111 - O RIO FEIO E SUJO FOI CANALIZADO E SOBRE ELE FOI CONSTRUÍDO UM MODERNO ELEVADO
  112. 112. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 112 -
  113. 113. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 113 - Os moradores antigos lembravam sempre, com muita tristeza, da beleza que era o rio, cujo nome Cheonggyecheon significa Rio de Águas Límpidas e a localização da cidade foi feita justamente por este fato, isto é, oferecer água límpida e fresca.
  114. 114. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 114 - Como aconteceu em São Paulo com a construção do Minhocão, as áreas do entorno foram desvalorizadas acompanhadas pela queda da qualidade de vida da população.
  115. 115. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 115 - Em julho de 2003, o governo local deu início à demolição do elevado e também ao “descobrimento” do córrego canalizado
  116. 116. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 116 -
  117. 117. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 117 -
  118. 118. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 118 -
  119. 119. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 119 - ANTES: DEPOIS: DEPOIS:
  120. 120. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 120 -
  121. 121. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 121 -
  122. 122. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 122 -
  123. 123. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 123 -
  124. 124. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 124 -
  125. 125. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 125 -
  126. 126. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 126 -
  127. 127. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 127 -
  128. 128. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 128 -
  129. 129. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 129 -
  130. 130. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 - 130 -
  131. 131. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS, ARQUITETOS E AGRÔNOMOS DE SUZANO ÁGUAS E URBANISMO Engenheiro Civil Poli/USP-1972 CREA 060036232-1 OBRAS ESTRUTURAIS DE UTILIZAÇÃO DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe - 131 -
  132. 132. ÁGUAS E URBANISMO - OBRAS ESTRUTURAIS DA ÁGUA Roberto Massaru Watanabe – Suzano, 21 de setembro de 2015 A presente apresentação recebe Assinatura Digital com Certificação Digital de acordo com as disposições normativas da ICP-Brasil – Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira, instituída pela Medida Provisória N0 2200-2 de 24/08/2001. Autoria da Apresentação - 132 - ROBERTO MASSARU WATANAB E:3994448 4849 Assinado de forma digital por ROBERTO MASSARU WATANABE:39944484849 DN: c=BR, o=ICP-Brasil, ou=Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB, ou=RFB e-CPF A3, ou=(EM BRANCO), ou=Autenticado por AR Atributo, cn=ROBERTO MASSARU WATANABE:39944484849 Dados: 2015.09.20 22:37:14 -03'00'

×