Curso Redação ENEM - argumentação

2.953 visualizações

Publicada em

Esses slides e suas variantes são de minha autoria. O objetivo com o curso é evitar o senso comum na Redação e poder treinar a argumentação. Os temas são apenas meios para esse objetivo.

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.953
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
251
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Redação ENEM - argumentação

  1. 1. REDAÇÃO ENEM Armando Magno de Abreu Leopoldino
  2. 2. Eleições no Brasil http://www.sindipublicos.com.br/wp-content/uploads/2014/07/Eleicoes.jpg http://www.blogdosanro.com/wp-content/uploads/2013/04/1908-Elei%C3%A7%C3%B5es-no- Brasil.png
  3. 3. Alguns dados: • O voto é facultativo para analfabetos, jovens de 16 e 17 anos, assim como para pessoas acima de 70 anos. • As eleições para deputados e vereadores ocorrem de maneira proporcional, ou seja, cada partido ganha cadeiras na Câmara de acordo com a quantidade de votos que recebe. Na eleição de Tiririca para deputado estadual por São Paulo, com mais de 1,3 milhão de votos, outros três membros de seu partido (PR) foram eleitos. • Desde 1945 não se pode concorrer a eleições sem um partido. Para se criar um novo partido, são necessárias assinaturas de eleitores (0,5%). Por conta disso é que Marina Silva, por exemplo, não conseguiu criar seu partido, a Rede de Sustentabilidade, pois não obteve as 492 mil assinaturas necessárias.
  4. 4. Um pouco de história...
  5. 5. Propostas de Mudanças: • Objetivo de Reforma Política, muito discutido nos protestos de junho de 2013, levou à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 352. • Algumas de suas propostas são:  Voto facultativo no lugar do obrigatório.  Fim da reeleição no poder Executivo.  Voto distrital.  Menos assinaturas para se criar novos partidos.
  6. 6. Argumentos de cunho histórico: podemos utilizá-los na Redação?
  7. 7. Protestos e Ativismo Político http://assets.vice.com/content-images/contentimage/no-slug/428463e835df0dfe827a09b8f358aa81.jpg
  8. 8. Alguns protestos pelo Brasil: • Black Blocks: Manifestantes vestidos de preto, encapuzados, para protestar em manifestações de rua. Questionam a ordem vigente e costumam atacar símbolos, como concessionárias, bancos e multinacionais. Foram acusados do assassinato do Cinegrafista Santiago Andrade, da Band, em fevereiro de 2014. • Protesto dos professores no Rio de Janeiro: Professores do Rio de Janeiro entraram em greve no mês de maio de 2014, reivindicando um aumento de salário, mais tempo para preparo de aulas, eleições diretas para diretor e novo plano de carreira. O quadro se agravou quando 51 docentes, grevistas e em estágio probatório, tiveram sua posse canceladas.
  9. 9. http://1.bp.blogspot.com/- x5mpZnqXr9U/Uk4fi2ihWkI/AAAAAAAAT2A/6zBxurMkSdA/s640/manifesta%C3%A7%C3%A3o+rj.jpg https://c2.staticflickr.com/4/3774/9936186634_20ef01017d_z.jpg
  10. 10. http://movimentofeministaseuxxi.blogspot.com.br/2012/11/das-sufragetes-marcha-das-vadias.html Marcha das Vadias: • Protestos contra o machismo e a discriminação contra a mulher na sociedade. • O movimento ganhou mais repercussão ainda após a pesquisa do IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas), em março de 2014, a qual mostrava que a maioria (58,5%) das pessoas também responsabilizava a mulher nos casos de estupro. • Alguns dados sobre o estupro:  Cerca de 527 mil estupros ao ano no Brasil, mas somente 10% chegam à Polícia. Número maior que o de homicídios.  89% das vítimas são do sexo feminino.  70% de crianças e adolescentes.  70% dos estupros são cometidos por conhecidos da vítima, como parentes e namorados. Fonte: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=21849 e http://g1.globo.com/brasil/noticia/2014/03/para-585-comportamento-feminino-influencia-estupros-diz- pesquisa.html
  11. 11. http://rebaixada.org/wp-content/uploads/2014/03/1558381_490037604452736_1379923444_n.jpg e https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/t1.0- 9/p403x403/10153685_617362871674218_1858563233_n.jpg
  12. 12. http://www.fmcultura.com.br/upload/HD_20130227172230cidadania.jpg Protestos via Internet • Importância das redes sociais, como Twitter e Facebook, nos protestos ao redor do mundo, como: • Primavera Árabe no Egito e Tunísia, em que ativistas burlavam a ditadura para trocar experiências sobre ativismo político; • No Brasil, durante as Jornadas de Junho de 2013, boa parte das manifestações eram organizadas e discutidas por meio do Facebook. • A mídia Ninja teve importante papel na divulgação de notícias durante os protestos. Fonte: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=21849
  13. 13. Polícia no Brasil Durante o último ano no Brasil, diante da série de manifestações e protestos, a ação da PM foi muito criticada devido ao excesso de força e truculência utilizados contra manifestantes. http://1.bp.blogspot.com/- LD6pu01uOhM/Uh447XNslII/AAAAAAAAbgk/2L6TWiAvE3g/s1600/protesto_sp_violencia_policial_imprensa.jpg
  14. 14. Alguns dados sobre as Polícias: • Segurança Pública: divisão da polícia em Federal, Rodoviária Federal, Ferroviária Federal (União) e Polícia Civil e Militar (Estados). • A separação entre polícias foi adotada durante a Ditadura Militar (1964 a 1985), na qual a Polícia Civil ficou responsável por investigações e apurações de crimes, ao passo que a militar era incumbida de fazer o policiamento das ruas. • Alguns problemas relatados são: a dificuldade de se mensurar as mortes provocadas por policiais em serviço, uma vez que as ocorrências costumam ser registradas como “resistência seguida de morte” ou “auto de resistência”; em 2012, 1890 pessoas foram mortas em confrontos com policiais militares ou civis, ou seja, 5 pessoas ao dia por conta de intervenção policial. Nos EUA, no mesmo período, o número foi de 410. • Atualmente tramitam no Congresso algumas Propostas de Emenda à Constituição (PEC) para alterar o modelo das polícias, como a PEC 102, PEC 430 e a PEC 51, a qual propõe que cada Estado decida sobre a desmilitarização das PMs. Fonte: Atualidades ENEM 2014 – Editora Abril, páginas 134 e 135.
  15. 15. Segurança Situação: a criminalidade no Brasil. http://oglobo.globo.com/pais/mapa-da-violencia-2013-brasil-mantem-taxa-de-204-homicidios-por-100- http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2012/mapa2012_cor.pdf
  16. 16. Alguns dados sobre a Segurança: • 70% dos homicídios se dão por arma de fogo. Taxa superior a 20 homicídios por 100 mil habitantes. • Crescimento dos crimes nas regiões Norte e Nordeste e diminuição no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde a queda do número de assassinatos a tiro chegou a 67,5%.* Desconcentração industrial e realocações da população são meios de se explicar isso. • Intensificação do combate ao Crime Organizado, principalmente nas capitais. A Violência rouba do brasileiro 1 ano de vida. • Problemas das prisões superlotadas, sem recuperação para o indivíduo. • Medo do assassinato é epidêmico no Brasil, enquanto a confiança nas polícias tem níveis muito baixos. * http://oglobo.globo.com/pais/mapa-da-violencia-2013-brasil-mantem-taxa-de-204-homicidios-por-100-mil-habitantes-7755783
  17. 17. http://4.bp.blogspot.com/- TiPqhXekexE/UV9o3wBhVaI/AAAAAAAADek/7L4d7XRS1WI/s1600/superlota%C3%A7ao.jpg
  18. 18. UPPs Definição: Ação conjunta entre Polícia Militar, Marinha e Exército para retirar das favelas líderes do tráfico de drogas e armas. É uma base de policiamento fixa que segue o conceito de polícia comunitária e conta com a ajuda da população local. http://i0.statig.com.br/bancodeimagens/bo/zf/qq/bozfqq2ufuvewdj34r0w9x5fu.jpg
  19. 19. Alguns dados sobre a UPP: • O governo do Rio instalou 37 UPPs, com 9239 policiais abrangendo 257 comunidades. O número de homicídios no estado caiu cerca de 34% entre 2007 e 2012. • Contudo, em que medida esse dado seria por conta das UPPs e não pelo conjunto de outros fatores, como maior ação do Estado contra o crime organizado, maior policiamento, treinamento da polícia, etc.? • Em 2013 o programa sofreu uma série de revezes, com abusos e tiroteios. Um dos casos foi o desaparecimento do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, levado para averiguação policial em julho de 2013. O inquérito sobre o caso conclui que Amarildo foi levado para a UPP da Rocinha e torturado até a morte. Contudo, seu corpo nunca foi encontrado. • Desde novembro de 2013, ocorreram vários tiroteios em sedes das UPPs, como na Rocinha e no conjunto de favelas do Alemão. Em fevereiro deste ano, uma policial foi morta a tiros nesses ataques às bases. Fonte: Atualidades ENEM 2014 – Editora Abril, páginas 134 e 135.
  20. 20. http://s2.glbimg.com/ZZq1vaLfH1Yab_a27g5GNxoNNjg=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/06/03/mapa-upp-cerro-cora.jpg
  21. 21. Argumentos irônicos: podemos utilizá- los na Redação?
  22. 22. Comissão da Verdade A Comissão Nacional da Verdade foi criada pela Lei 12528/2011 e instituída em 16 de maio de 2012. A CNV tem por finalidade apurar graves violações de Direitos Humanos ocorridas entre 18 de setembro de 1946 e 5 de outubro de 1988. http://blogs.unigranrio.com.br/formacaogeral/wp-content/blogs.dir/25/files//2012/05/comissao_da_verdade_desarquivandobr_290145_341854186_n.jpg
  23. 23. Lei da Anistia • Lei nº 6.683, de agosto 1979, durante o período militar brasileiro, que concedia o perdão àqueles que praticaram crimes políticos durante o regime. Contemplou tanto os perseguidos quanto os torturadores. O problema da lei é a dificuldade de se definir o crime político: “excetuam-se dos benefícios da anistia os que foram condenados pela prática de crimes de terrorismo, assalto, sequestro e atentado pessoal”. http://direito.folha.uol.com.br/blog/ustra-x-anistia-lei-mal-escrita-hoje-dor-de-cabea-amanh
  24. 24. http://novobloglimpinhoecheiroso.files.wordpress.com/2014/03/latuff_ditadura_militar03.jpg?w=450&h=294
  25. 25. http://www.blogdosanro.com/wp-content/uploads/2013/04/vladimir-herzog.jpg Caso Vladimir Herzog: • “No dia 24 de outubro de 1975 Herzog foi convocado pelo DOI-CODI para prestar depoimentos por sua ligação com o Partido Comunista Brasileiro – o qual foi colocado na ilegalidade pelo exército logo após o golpe.” • Um dia depois, o Serviço Nacional de Informações recebeu a notícia de que Herzog havia morrido por asfixia mecânica por enforcamento. • Entretanto as fotos anexadas junto ao laudo mostravam que a versão oficial era incompatível com o fato. Além de não haver espaço físico para o enforcamento, já que o cinto estava amarrado a apenas 1,63m de altura, e de que os prisioneiros do DOI-CODI não usarem cintos, não havia uma marca no pescoço, mas duas, o que indicava morte por estrangulamento, não pela forca.
  26. 26. • “No dia 15 de março de 2013 a família de Vladimir Herzog recebeu um segundo atestado médico indicando que a “morte decorreu de lesões e maus-tratos sofridos em dependência do II Exército – SP (Doi-Codi)”. Assim como muitos outros brasileiros que foram ‘atropelados’, ‘fugidos’ ou ‘suicidas’, Herzog foi mais um “suicidado pela ditadura”. http://www.blogdosanro.com/2013/04/18/vladimir-herzog/
  27. 27. Mensalão http://www.matra.org.br/wp-content/uploads/2013/08/julgamento-mensal%C3%A3o.jpg
  28. 28. Escândalos do Mensalão: • Primeiro deles: Mensalão tucano em Minas Gerais, na campanha de reeleição de Eduardo Azeredo (PSDB-MG), em 1998. • O que foi: financiamento irregular de campanha – com lavagem de dinheiro e uso de verbas de estatais mineiras. Envolvimento do empresário Marcos Valério. O valor estimado é de pelo menos 4 milhões. Há outras ações contra Azeredo, como improbidade administrativa • Julgamento: em andamento. Azeredo renunciou para se defender. Em março, a Justiça devolveu o processo à Corte de Minas Gerais. • Segundo: Mensalão do PT e base aliada (PMDB, PTB, PP e PR), que veio à tona em 2005. • O que foi: esquema de pagamento de propinas a parlamentares para que votassem a favor de projetos do governo. O escândalo marcou o primeiro governo Lula. Também contou com a participação de Marcos Valério. O valor estimado é de 55 milhões de reais. • Julgamento: realizado desde 2007, sendo que a prisão de 25 dos 38 réus do processo foi realizada em 2013. http://vestibular.uol.com.br/resumo-das-disciplinas/atualidades/julgamento-do-mensalao-escandalo-politico-marcou-o-governo-lula.htm, http://topicos.estadao.com.br/mensalao-mineiro. Guia ENEM ABRIL de Atualidades 2014/1.
  29. 29. http://movimentobrasildeverdade.com/wp-content/uploads/2012/10/mensalao_-_veja_-_epoca_- _istoe.jpg http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/files/2013/11/Pris%C3%A3o-de-Genoino-1-casa-480x269.png http://4.bp.blogspot.com/- 7ALwcdRfFOA/UJcKcb1QiII/AAAAAAAAeVc/TNfggs45wBM/s400/MENSAL%C3%83O%2BTUC ANO-%2BMINEIRO.jpg
  30. 30. Política - Corrupção Corrupção: ato de tirar vantagem, de alguém lucrar em cima de outra pessoa. http://3.bp.blogspot.com/- GikvE1tWku4/T2qm9nkUPfI/AAAAAAAAAZg/auHP41ValNo/s1600/FRAUDE_NA_SA%C3%9ADE.jpg http://www.camaraempauta.com.br/portal/artigo/ver/id/2463/nome/MCCE_divulga_ranking_da_co rrupcao_por_partido
  31. 31. http://www.camaraempauta.com.br/portal/artigo/ver/id/2463/nome/MCCE_divulga_ranking_da_corrupcao_por_partido Rank da Corrupção – com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral.
  32. 32. Lista elaborada pela BBC de pequenas corrupções - modificada: •Tentar subornar o guarda para evitar multas. •Falsificar carteirinha de estudante. •Dar/aceitar troco errado. •Roubar TV a cabo e Wi-Fi. •Furar fila. •Comprar produtos falsificados, como filmes piratas. •No trabalho, bater ponto pelo colega. •Fazer downloads ilegais. Lei da Ficha Limpa: movimento popular, aprovado pelo Congresso, com o objetivo de moralizar a política, aumentando a idoneidade dos candidatos. “Determina a inelegibilidade, por oito anos, de políticos condenados em processo criminais em segunda instância, cassados ou que tenham renunciado para evitar a cassação, entre outros critérios.” Passou a valer a partir de 2012. Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/11/121024_corrupcao_lista_mdb.shtml e http://www.ebc.com.br/noticias/eleicoes- 2012/2012/09/entenda-o-que-e-ficha-limpa. http://blogs.portalnoar.com/fatorrrh/wp- content/uploads/2014/01/1551615_697726510271418_24788 9121_n.jpg
  33. 33. Copa do Mundo http://assets.vice.com/content-images/contentimage/no-slug/428463e835df0dfe827a09b8f358aa81.jpg
  34. 34. http://veja.abril.com.br/assets/images/2014/2/205473/PESQUISA-COPA-TELA-7-size-620.jpg
  35. 35. Protestos contra a Copa • Críticas aos gastos excessivos da Copa. Da ordem de 30 bilhões de reais, sendo que esses recursos deveriam ir para educação e saúde. • “A Ancop (Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa) estimou que 250 mil pessoas foram ou serão removidas de suas casas no Brasil, em razão de obras justificadas pela realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas.” • Estádios como Elefantes Brancos – o que fazer com eles após o Mundial? O ”estádio Mané Garrincha, em Brasília, tem capacidade máxima para 71 mil pessoas. A contradição salta aos olhos quando olhamos para o público do primeiro jogo da final do campeonato brasiliense do ano passado: parcos 1.956 pagantes.” • Prostituição durante a Copa – nesses eventos, é comum máfias que exploram o trabalho sexual aumentarem suas “ofertas”. Na Copa da África do Sul, por exemplo, o número passou de 100 mil para 140 mil casos. “O Brasil possui um dos maiores níveis de exploração sexual infanto-juvenil do mundo. De acordo com o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, uma rede de organizações não governamentais, estima-se que existam 500 mil crianças e adolescentes na indústria do sexo no Brasil.” Fonte: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/argumentos-para-continuar-protestando-contra-a-copa-do-mundo-no-brasil-9970.html
  36. 36. http://blog.opovo.com.br/ancoradouro/wp-content/uploads/sites/2/2014/06/print-Huck.jpg
  37. 37. Protestos contra a Copa • Crítica à FIFA de ferir a Soberania brasileira, princípio garantido pela Constituição. Como? Criando zonas de exceção dentro do território brasileiro. Nas Fan Fests, por exemplo, nenhum trabalhador ambulante poderia vender produtos, somente aqueles aceitos pela FIFA. São Paulo conta com aproximadamente 138 mil desses vendedores. • “A Lei Geral da Copa prevê pena de três meses a um ano para os que usarem de forma indevida (isto é, com fins comerciais) símbolos relacionados ao evento, nacionais e culturais. Isto significa que palavras como “Mundial”, “Copa”, “Brasil”, “Canarinho”, entre tantos outros, ficam nas mãos da FIFA e de suas empresas parceiras para exploração comercial exclusiva.” • Copa da Elitização – somente poucos poderiam ter acesso aos estádios nos dias de jogos. Os ingressos ficaram cerca de 119% mais caros. Na semifinal em Belo Horizonte, por exemplo, o ingresso mais barato oficial estava saindo a 600 reais. • Aparato repressivo policial, utilizado contra manifestantes. “Uma tropa de choque especial com 10 mil homens foi criada para atuar nacionalmente nas cidades-sede da Copa.” Fonte: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/argumentos-para-continuar-protestando-contra-a-copa-do-mundo-no-brasil-9970.html
  38. 38. Argumentos a favor da Copa • Os investimentos na Copa do Mundo não foram tão grandes quanto se queria acreditar. Mesmo que estivessem na ordem dos 30 bilhões, isso representa cerca de 3% da arrecadação brasileira somente no ano de 2013. Os recursos para a construção vieram da iniciativa privada, recursos de governos estaduais e empréstimos de entidades federais, como o BNDES, Caixa e Banco do Brasil. • 8 bilhões foram gastos com estádios, enquanto o restante foi investido em obras de infraestrutura, como aeroportos, avenidas, pontes, viadutos, previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de recursos federais com administração municipal. • O turismo na Copa registrou um aumento de 132% no número de visitantes no Brasil, quase 700 mil, predominantemente do continente americano, quando comparado com o mesmo período de 2013. Em média, esses turistas gastaram 4800 reais ao dia, enquanto o brasileiro despendeu R$ 2300,00. Fonte: http://www.portaltransparencia.gov.br/copa2014/home.seam , http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/07/1485026-copa-do-mundo-eleva-numero-de-turistas-no-brasil-em-132.shtml,
  39. 39. Argumentos a favor da Copa • “Os dados apresentados fazem parte de um estudo realizado pelo Observatório de Turismo da UFF/ESPM em parceria com a Riotur e o Sebrae/RJ. A pesquisa apurou que 58% dos entrevistados pretendem voltar ao Rio para acompanhar as Olimpíadas de 2016. Além disso, o grau de satisfação dos estrangeiros foi muito alto: 98,8% tiveram as expectativas (de visitar a cidade) atendidas ou superadas; e 98,3% recomendariam o destino a parentes e amigos.” • Calcula-se que o evento da Copa gerou um benefício financeiro, direto e indireto, de aproximadamente 80 bilhões. Incluem-se aí empregos gerados, pagamento dos financiamentos, investimentos, gastos dos turistas, movimentação do comércio, etc. Fonte: http://www.portaltransparencia.gov.br/copa2014/home.seam , http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/07/1485026-copa-do-mundo-eleva-numero-de-turistas-no-brasil-em-132.shtml, http://oglobo.globo.com/rio/rio-recebeu-quase-900-mil-turistas-durante-copa-13263151#ixzz39kwjjBwl, http://www.circulodefogo.net/2014/05/copa-do-mundo-brasil-deve-arrecadar-r.html,
  40. 40. http://3.bp.blogspot.com/-574zRuU0ui4/Tdm42tnH4WI/AAAAAAAAE2U/FYXTkP2MC8Y/s1600/veja.jpg, http://1.bp.blogspot.com/-9- vfSejloLM/U6TkeJngGUI/AAAAAAAAJLM/tlSYFrQhGnA/s1600/10418257_10152314886025617_5521215443832180626_n.jpg,
  41. 41. Apêndice -> PAC (Programa de Aceleração do Crescimento): O que é: Programa de investimentos em infraestrutura social, urbana, logística e energética. Compreende a construção de rodovias, portos, hidrelétricas, moradias e obras de saneamento. Quando foi criado? Em 2007, no segundo mandato do Presidente Lula. Serviu de carro-chefe da campanha eleitoral da candidata Dilma Rousseff à presidência da República, em 2010. Pontos positivos: Geração de emprego e renda, aumento dos investimentos públicos brasileiros e melhoria da infraestrutura brasileira. Programa “Minha Casa, Minha Vida”. Pontos negativos: atraso nas obras, lentidão, falta de investimentos no setor agrário, desvio de verbas.
  42. 42. Argumentos da “síndrome do vira-lata”: podemos utilizá-los na Redação?
  43. 43. Transporte Urbano http://www.otempo.com.br/cidades/tr%C3%A2nsito-e-transporte-s%C3%A3o-os-maiores-problemas-de- belo-horizonte-segundo-pesquisa-1.649673
  44. 44. Transporte Urbano – alguns dados: • Segundo o governo federal, desde 2002 já foram disponibilizados mais de R$ 21,6 bilhões de reais para a infraestrutura do transporte • Problemas no atual transporte público: lentidão, falta de coletivos e trens, demora o dobro de tempo numa grande cidade para percorrer a mesma distância que um automóvel, por exemplo. •Somente em São Paulo, o custo do congestionamento anual chega a 40 bilhões de reais, o suficiente para construir, por exemplo, várias linhas de metrô. • Nas cidades com mais de 60 mil habitantes, o transporte individual foi responsável por 87% das emissões de poluentes locais, e 64% das emissões de Dióxido de Carbono, principal poluente do efeito estufa. • O emplacamento de carros pelo DETRAN em Belo Horizonte chega a 500 diariamente, enquanto o número de motos cresce cerca de 11,5%. Nos últimos 10 anos, a frota de veículos no país praticamente dobrou, atingindo 78 milhões de automóveis. Fonte: http://www.diplomatique.org.br/artigo.php?id=1181, http://portogente.com.br/portopedia/transporte-coletivo-solucoes-78204, http://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_em_Belo_Horizonte,
  45. 45. http://www.diplomatique.org.br/artigo.php?id=1181
  46. 46. Soluções possíveis: • Desestimular ao máximo a compra de novos veículos? Contraponto a questão do aquecimento da indústria e da geração de empregos. • Para especialistas, a solução seria investir mais no transporte público, uma vez que apenas ampliar as vias urbanas não resulta em melhorias definitivas, ou então criar opções reais de transporte alternativo, como amplas ciclovias. Em Belo Horizonte, 24 mil viagens são feitas de bicicleta diariamente, o equivalente a apenas 0,6% dos 4,2 milhões de deslocamentos. • Investimentos em tecnologia – sensores identificando problemas com semáforos e vias congestionadas, que permitiriam que a engenharia de tráfego atuasse em tempo real no trânsito para criar rotas alternativas. • Oneração do transporte individual: criar pedágios urbanos que torna mais caro a utilização do automóvel privado. O valor arrecadado poderia ser destinado ao transporte público. Londres adota esse modelo. • Revisão de contratos com as empresas responsáveis com o setor para evitar desperdício e ineficiências. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_em_Belo_Horizonte e http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2014/07/20/interna_gerais,549859/cresce-numero-de-pessoas-que-usam-bicicleta- como-meio-de-transporte-em-bh.shtml.
  47. 47. http://www.mobilize.org.br/mapas/15/mapa-da-rede-de-ciclovias-de-belo-horizonte-mg.html
  48. 48. http://www.mobilize.org.br/mapas/8/mapa-da-rede-de-transporte-publico-de-bh-mg.html
  49. 49. Argumentos excessivamente negativistas: podemos utilizá-los na Redação?
  50. 50. Economia PIB: produto interno bruto de um país, ou seja, a soma de todas as riquezas produzidas. O do Brasil atualmente se encontra na 7ª posição mundial, com um valor estimado de 2,254 trilhões.* Previsão de crescimento para 2014: 0,86%. *: http://www.ibge.gov.br/paisesat/main_frameset.php / e http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2014/08/mercado-reduz-de-novo-previsao-de-alta-do-pib-e-da-inflacao-neste-ano.html .
  51. 51. Reunião dos BRICS 2014 no Brasil • Reunião feita em julho, iniciada em Fortaleza, para discutir aspectos sobre a economia mundial e a força dos países em desenvolvimento nesse processo. Além disso, foram assinados acordos econômicos entre os BRICS. • Anunciaram a criação de um Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), cuja sede ficará na China e cada país ocupará um cargo, inicialmente. • O objetivo do banco é investir na infraestrutura de países emergentes, com capital inicial de US$ 50 bilhões, mas podendo dobrar. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/07/brics-e-paises-sul-americanos-dao-inicio-reuniao-de-cupula-em-brasilia.html, http://jornalggn.com.br/noticia/a-declaracao-de- fortaleza-da-reuniao-do-brics. • Outros países poderão se associar ao banco, mas não em caráter majoritário. • Objetivo de se contrapor ao FMI. Desafios: evitar influência excessiva da China, cuja economia é maior que as outras juntas, sobre o banco.
  52. 52. Dados complementares sobre economia brasileira: • Balança comercial registrou pior resultado em 13 anos: superávit de 2,56 bilhões em 2013, contra 19,39 bilhões em 2012 e 29,79 bilhões em 2011. • Potência em ascensão: membro do BRICS. Importância do petróleo e reservas do Pré-Sal. • Desafio: conciliar desenvolvimento econômico com uma política sustentável. • IDH brasileiro: 0,730 – 85º lugar mundial. • Grande força das Empresas Globais e da Fusão de Empresas no Brasil. • Disparidades econômicas regionais.
  53. 53. http://cabralia.files.wordpress.com/2010/07/pibestados1a.png
  54. 54. Plano Real: 20 anos Aspectos históricos: • O Brasil saiu da ditadura com uma dívida externa na casa dos 110 bilhões de dólares, com inflação acentuada e crescimento do PIB muito baixo. • Os próximos presidentes, Sarney e Collor, tentaram estancar esses problemas criando uma sucessão de planos para recuperar a economia, mas sem sucesso. • No governo de Itamar Franco é criado o Plano Real, o qual foi adotado progressivamente ao invés de “tentar matar o tigre da inflação num tiro só”, como os outros planos anteriores. Seu idealizador foi o Ministro da Fazenda de Itamar, Fernando Henrique Cardoso. • O Real veio substituir o Cruzeiro Real, na razão de R$1 para CR$ 2.750,00. Grande mérito: estabilizou a moeda e conseguiu controlar a inflação galopante.
  55. 55. Fonte: http://imgsapp.em.com.br/app/noticia_127983242361/2014/02/24/501513/20140224125752673322a.jpg
  56. 56. http://f.i.uol.com.br/folha/mercado/images/141781144.jpeg
  57. 57. Sobre a economia após o Plano Real: • Política governamental de manter o Real pareado frente ao Dólar e controlar a inflação, no que foi bem sucedido. • Venda de empresas para a geração de capital momentâneo. • Aumento das taxas de juros – fato atrativo de maior quantidade de investidores para o país, resultando em mais dólares, o que abaixa o preço da moeda norte-americana. • Política de abertura econômica – neoliberalismo – diante de empresas multinacionais, com intervenção mínima do Estado. • Recorrentes empréstimos ao FMI – aumento da dívida externa. • 1999 em diante – abandono de tal premissa econômica e forte desvalorização do real.
  58. 58. Como lidar com dados estatísticos em uma Redação?
  59. 59. Bolsa Família • O que é: “O Programa Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco de atuação os 16 milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 70 mensais e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos.” • Foi a junção e ampliação de outros programas do governo FHC, como “Bolsa Escola”, “Auxílio Gás” e “Cartão Alimentação”. É uma política de Estado, portanto não pode ser cancelada pelos próximos governos. • É um programa elogiado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), pelo Banco Mundial (BIRD) e pelo jornal francês Le Monde como forma de combate à pobreza. Cerca de 14 milhões de famílias são contempladas pelo programa. http://www.gentedeopiniao.com.br/lerConteudo.php?news=12316 e http://carodinheiro.blogfolha.uol.com.br/2013/05/24/bolsa-familia-ajudando-o-brasil-que-voce-nao-conhece/
  60. 60. Dados sobre o Bolsa Família: A quem se destina As famílias com renda de até R$ 70,00 por pessoa, por mês; As famílias com renda entre R$ 70,01 a R$ 140,00 por pessoa, por mês, e que tenham crianças e adolescentes com idade entre zero e 15 anos ou gestantes; Tipos de Benefício Básico: Concedido às famílias em situação de extrema pobreza. O valor desse benefício é de R$ 70,00 mensais, independentemente da composição e do número de membros do grupo familiar. Variável: Destinado a famílias que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes até 15 anos. O valor mínimo é de R$ 32,00 e cada família pode acumular até cinco benefícios, ou R$ 230,00. Condições Comparecimento às consultas de pré-natal para os gestantes Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 6 anos. Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos. •O índice da população vivendo em situação de pobreza extrema caiu de 12% (2003) para 4,8% (2008). 27,9 milhões de pessoas superaram a pobreza e 35,7 milhões ascenderam para classes sociais mais elevadas. 1,69 milhão de famílias beneficiadas pelo programa já abriram mão do benefício. http://www.cartacapital.com.br/sociedade/entenda-como-funciona-o-bolsa-familia-248.html
  61. 61. Questionamentos mais comuns: Receber o Bolsa Família não leva as pessoas à acomodação? Os números são claros: 99,5% dos pesquisados não deixaram de trabalhar (ou fazer algum tipo de trabalho) depois do Bolsa Família. “Entre os 0,5% que deixaram ocupações, a maioria exercia trabalho degradante, como os cortadores de cana do Nordeste. Se disseram não a um trabalho indigno, é uma conquista de cidadania.” Quando questionadas sobre até quando receber o benefício, 20% disseram “para sempre”, porcentual considerado baixo e atribuído, na maioria, aos habitantes de áreas rurais sem perspectiva. “É importante ver que 80% dos pesquisados têm esperança de ingresso no mercado de trabalho”. Os gastos são despropositados: Na pesquisa do Ibase ou em qualquer outra sobre o Bolsa Família, a primeira resposta sobre “em que o dinheiro é gasto” é alimentação. No Nordeste, 91% dos titulares do programa apontaram a comida. No Sul, 73%. No geral, com opção de até três respostas, os beneficiários disseram gastar em alimentação (87%), material escolar (46%), vestuário (37%), remédios (22%), gás (10%), luz (6%), tratamento médico (2%), água (1%). Gasta muito dinheiro do Estado: a cada R$ 1,00 gasto com o Bolsa família, estima-se que o retorno no PIB seja de R$ 1,78. Redução da extrema pobreza em cerca de 28% entre 2002 e 2012. Os gastos totais com o Bolsa Família representam cerca de 0,4% do PIB. http://www.valor.com.br/brasil/3305466/ipea-cada-r-1-gasto-com-bolsa-familia-adiciona-r-178-ao-pib#ixzz2huFw8jUG
  62. 62. Bancar o bom samaritano e só listar benefícios, mas sem mostrar como executá-los: atitude válida?
  63. 63. Preconceito Racismo: “O racismo é a tendência do pensamento, ou o modo de pensar, em que se dá grande importância à noção da existência de raças humanas distintas e superiores umas às outras...” http://pt.wikipedia.org/wiki/Racismo http://www.cbnfoz.com.br/images/EsporteFevereiro2014/tinga_cruzeiro_afp_95.jpg
  64. 64. • Australiana presa no DF acusada de chamar manicure de “raça ruim”. Ela teria pedido para ser atendida por outra funcionária “mais clara”. • Durante discussão na Câmara de Rio Grande (RS) de projeto acerca da reserva de 20% de vagas para pessoas autodeclaradas negras ou pardas a fim de ingressarem no serviço público municipal, o vereador Wilson B. Duarte da Silva (PMDB) constrangeu boa parte do público presente. De acordo com o parlamentar, “os negros querem se favorecer, isso que é racismo, afinal os negros já estão quase brancos, estão saindo com loira, polaca, estão comendo em restaurantes…”. http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2013/09/oab-analisa-rede-social-de-advogado-que-publicou-frases-racistas.html e http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2014/02/australiana- e-presa-no-df-por-racismo-contra-manicures-veja-video.html , http://s2.glbimg.com/9FYKA_1PZSRfzykt3P_ujZMXoKw=/0x0:690x655/690x655/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2014/04/27/neymar_filho_banana_instagram_690.jpg, http://i2.wp.com/www.bhaz.com.br/wp-content/uploads/2014/05/daniel-alves-capa.jpg?resize=478%2C610., http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/08/negros-ja-saem-com-loiras-e- comem-em-restaurantes-estao-quase-brancos.html.
  65. 65. Racismo – ou não? o É racismo usar uma camisa com os dizeres “100% branco na rua”? E uma “100% negro”? o Fazer piadas sobre negros – é racismo ou não? o E o humor contra as chamadas minorias?
  66. 66. Cotas Raciais Alguns argumentos contra: • Não existe raças, conceito comprovado biologicamente, então não tem sentido cotas raciais. • As cotas deveriam ser sociais, não raciais. E os brancos pobres? • Os cotistas vão fazer com que o nível das universidades públicas brasileiras caia. • O governo tem que melhorar o nível do ensino fundamental e médio ao invés de investir em programas de cotas.
  67. 67. Contra-argumentando: • Dar cotas não segrega nem estimula o racismo. Ao contrário, junta universos separados por um abismo histórico. Se observarmos a composição brasileira, de maioria negra, por que então algumas profissões consideradas prestigiadas são monopolizadas por brancos, como médicos? Se observarmos um ano mais remoto, como 2005, apenas 2,37% das matrículas em universidades públicas foram destinadas a negros. • Reparar erros históricos não é utilizado mais como argumento. Até pelo próprio Direito, um grupo não pode pagar por processos anteriores. Contudo, isso não significa virar as costas para o processo histórico de exclusão e segregação social. Se as cotas são medidas paliativas, que não vão ao cerne do problema, nem por isso deixam de ser efetivas para remediar um problema grave atualmente. Ninguém é contra investimentos estruturais na educação básica, mas sabemos que isso leva tempo para ser efetivado. • Quanto às cotas sociais, seriam mais justas e aplicáveis numa sociedade em que a discriminação não existe. Se a raça não existe biologicamente, ela continua sendo aplicado do ponto de vista social. Pelos dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM): • Em 2011 mais de metade das vítimas de homicídio eram jovens, dos quais 93% do sexo masculino e 71,4% de negros.
  68. 68. Contra-argumentando: • Entre 2002 e 2001 o número de homicídios entre brancos caiu de 41 para 28,8%, enquanto de negros cresceu de 63 para 76,9%. • Censo do IBGE de 2010: • Analfabetos com 15 anos ou mais: 5,9% de brancos e 14,4% de negros. • Pessoas com 25 anos ou mais com ensino superior: 4,7% de negros e 15% de brancos. • 8,4 anos de estudo médio para brancos; 6,7% para negros. • 20 milhões dos brasileiros com maior poder aquisitivo: nem 4 milhões são negros. • Instituto de Pesquisa econômica – IPEA – divulgou pesquisa de 2013 afirmando que 2 em cada 3 assassinatos no Brasil atinge negros e pobres. • Cotas já ocorrem historicamente: em 1931, Getúlio Vargas criou cotas para trabalhadores nacionais nas empresas brasileiras. Em 1968, o Congresso instituiu cotas nas universidades agrícolas para filhos de pequenos produtores rurais. Na Constituição de 1988, o Brasil garantiu cotas para mulheres na política, assim como para deficientes no setor privado e público. • Quanto ao desempenho, o professor Luiz Cláudio Costa, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), argumentou, durante entrevista ao Roda Viva, em 2012, que o desempenho de cotista é no mínimo idêntico aos daqueles que não se valerem das cotas para ingressarem na universidade. Fontes: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/06/desempenho-do-cotista-e-superior-ao-do-nao-cotista.html, http://www.ufcg.edu.br/prt_ufcg/assessoria_imprensa/mostra_noticia.php?codigo=7102,
  69. 69. Fonte: http://pedlowski.files.wordpress.com/2014/03/protesto-garis-4.jpg e http://1.bp.blogspot.com/-ZJK2aI2H3jA/UyxuCuYXpxI/AAAAAAAABJc/_GL8fXV_s2A/s1600/m%C3%A9dicos.jpg
  70. 70. Igualdade X Equidade
  71. 71. Fontes: http://4.bp.blogspot.com/- iRPcqGvlXHk/Tp4nPnKBboI/AAAAAAAAAy8/WHWRRBM2dOU/s1600/charge%2Brecrutamento%2Be%2Bsele%25C3%25A7%25C3%25A3o.jpg; http://blogs.estadao.com.br/roldao-arruda/cotas-raciais-contra-e-a-favor/; http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/11/por-que-tornei-favor-das-cotas-para-negros.html; http://acidblacknerd.wordpress.com/2013/05/10/10-
  72. 72. Argumentos preconceituosos X Liberdade de Expressão.
  73. 73. Saúde Brasileira Se alguém te fala: “e a saúde pública brasileira, é boa?”, qual seria sua resposta? Se jogarmos no Google “saúde pública brasileira”, na parte de imagens, a esmagadora maioria é positiva ou negativa? http://cabralia.files.wordpress.com/2010/07/pibestados1a.png
  74. 74. Alguns dados sobre o SUS • O SUS é a maior rede pública de saúde do mundo e é elogiado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O Brasil é o único país a oferecer assistência médica gratuita e universal a toda a população. Conta com alguns princípios, como os da Integralidade, Equidade, Descentralização • Os impactos do SUS sobre a saúde brasileira são animadores: segundo dados da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), “em 2002 morriam 25,3 crianças de até 1 ano para cada mil nascidos vivos, número que caiu para 12,9 em 2012.” • “Em um ano, o SUS foi capaz de realizar mais de quatro bilhões de procedimentos ambulatoriais, 12,2 milhões de internações, 44 milhões de procedimentos oncológicos e nove milhões de procedimentos de quimioterapia, além de ser responsável por 98% da aplicação de vacinas.” • 95% dos transplantes no Brasil são feitos pelo SUS. O número de pessoas na fila de espera caiu 36%, o que se deve ao aumento de doadores de órgãos que, contudo, ainda é baixo: 13,4 a cada um milhão de habitantes. http://www.saladeimprensadilma.com.br/2014/07/18/sistema-publico-de-saude-do-brasil-sera-aperfeicoado-e-ampliado/
  75. 75. http://mudamais.com/fica-dica/investimento-em-saude-cresce
  76. 76. Mais Médicos • Programa criado em julho de 2013, a iniciativa faz parte do acordo para a melhoria do atendimento do SUS. Trata-se de uma iniciativa de conceder bolsas a médicos brasileiros e estrangeiros para o atendimento em regiões de mais vulneráveis, como o Semiárido, o Vale do Jequitinhonha/Mucuri (MG) e o Vale do Ribeira (SP). O programa também prevê a ampliação da formação de médicos no Brasil [11,5 mil até 2017], bem como a expansão de vagas em residências [12 mil]. • Segundo fala da presidente Dilma Rousseff, o programa já conta com 50 milhões de pessoas atendidas. • Os estrangeiros que vêm para o Brasil recebem treinamento com a língua portuguesa, para se familiarizar com o SUS e com protocolos básicos de atendimento. A maior parte dos médicos estrangeiros é constituída de cubanos, cerca de 7400 em 9500 estrangeiros, vindos por meio do convênio firmado entre o governo e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). • O programa busca corrigir a carência de médicos em algumas regiões do Brasil. A média geral é de 19,4 médicos a cada 10 mil habitantes. Essa taxa é aceitável para a OMS, mas muito inferior àquela encontrada em países desenvolvidos, como os 33 da França ou 40 da Áustria. http://www.saladeimprensadilma.com.br/2014/07/18/sistema-publico-de-saude-do-brasil-sera-aperfeicoado-e-ampliado/
  77. 77. Mais Médicos http://www.jogodopoder.com/wp-content/uploads/2013/09/infografico-e1378123821368.jpg
  78. 78. Mais Médicos http://www.jogodopoder.com/wp-content/uploads/2013/09/infografico-e1378123821368.jpg
  79. 79. Mais Médicos • O Brasil ainda apresenta grande disparidade no número de médicos nas regiões. No Sudeste, um médico tem potencialmente 365 pacientes, ao passo que no Norte o número quase triplica: são 900 pessoas para cada médico. • Algumas críticas, como por exemplo as do Conselho Federal de Medicina (CFM) são que os cubanos não recebem o valor integral da bolsa de 10 mil reais e que não podem trazer a família, como os outros estrangeiros podem. O CFM questiona ainda o fato dos cubanos serem dispensados do Revalida, exame para revalidar diplomas obtidos no exterior. • Alguns cubanos [24] já deixaram o Programa Mais Médicos. http://www.saladeimprensadilma.com.br/2014/07/18/sistema-publico-de-saude-do-brasil-sera-aperfeicoado-e-ampliado/
  80. 80. Argumentos catastróficos: podemos utilizá-los na Redação?
  81. 81. Aborto http://cabralia.files.wordpress.com/2010/07/pibestados1a.png
  82. 82. Aborto • STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu permitir o aborto em casos de fetos anencéfalos. Este caso soma-se às ocorrências de gestação por estupro ou quando a vida da mãe corre risco. •Anualmente, cerca de 68 mil mulheres morrem no mundo em consequência de abortos sem condições de segurança. • Perfil do aborto: predominantemente, mulheres entre 20 e 29 anos, em união estável, com até oito anos de estudo, trabalhadoras, católicas, com pelo menos um filho e usuárias de métodos contraceptivos, as quais abortam com misoprotol [remédio contra úlcera no estômago que é abortivo]. • No último estudo feito sobre o assunto, mais de 1 milhão de abortos foi feito anualmente no Brasil desde 2005. O dado foi calculado com base no número de entradas por internação no SUS devido ao aborto. Contudo, o número pode ser bem maior, uma vez que somente 20% das mulheres admitem terem feito o aborto e muitas sequer procuram ajuda hospitalar. Não se pode precisar a quantidade de mulheres que abortam em clínicas privadas. http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI510869-EI1377,00-Aborto+segue+como+um+dos+maiores+tabus+em+saude.html, http://www.estadao.com.br/ext/especiais/2008/04/pesquisa_aborto.pdf.
  83. 83. Aborto http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/03/1249869-medicos-defendem-abortos-ate-a-12-semana-de-gestacao.shtml
  84. 84. Aborto – argumentos contra http://www.reflexaogeral.com.br/2012/12/aborto-argumentos-contra.html •O feto é um ser humano, então deve possuir os mesmo direitos que qualquer indivíduo, adulto ou não, nascido ou não. • Não há como traçar uma linha (que seja livre de contestações) na qual se possa determinar quando o feto passa a ser uma pessoa ou a possuir vida, então o melhor é partir do pressuposto que se trata de uma vida desde o momento da concepção. Um dos grandes representantes da igreja católica no Brasil, o Arcebispo Dom Odilo Scherer reafirma esse pensamento: “não pode ser descartada uma vida em função da outra”, frase do Arcebispo sobre o aborto e sobre a vida da mulher, em entrevista ao programa Roda Viva. • Se há tanta informação a respeito da gravidez, a mãe não poderia ter prevenido antes, por meio de métodos contraceptivos? Argumentos a favor • “A mulher tem o direito de tomar decisões num assunto que diz respeito à sua vida como o é da maternidade. A maternidade não desejada é fonte de problemas futuros para a mulher, para o casal, para as famílias e, sobretudo, para as crianças delas nascidas. É uma decisão que afeta não só a vida da mulher, mas a vida do casal envolvido e, caso exista, o contexto familiar.”
  85. 85. Aborto http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/03/1249869-medicos-defendem-abortos-ate-a-12-semana-de-gestacao.shtml
  86. 86. Aborto http://www.scielosp.org/img/revistas/csc/v15s1/002tab01.gif
  87. 87. • AIDS. • Índices de contaminação atingem a marca de 15 mil ao dia. Custo médio do tratamento por pessoa varia entre 10 a 15 mil dólares/ano. Brasil: quebra de patentes e genéricos fizeram baratear o remédio, além do tratamento ser gratuito. O grande coquetel de remédios foi reduzido, pois as pesquisas sobre o vírus avançaram. • Resultados: desde 1996, caiu em 50% o número de casos fatais e as previsões feitas, em 1990, sobre o avanço da doença não se concretizaram. O próprio Ministério da Saúde chegou a afirmar que, em 1992, haveria 1.2 milhão de soropositivos. Dados recentes, porém, apontam para a metade desse número: cerca de 600 mil contaminados no País. • O perfil majoritário dos contaminados pelos vírus é de homens heterossexuais, muito embora tenha ocorrido um aumento na contaminação de homossexuais e mulheres mais jovens. Novas infecções por HIV aumentaram 11% entre 2005 e 2013, no Brasil. Belo Horizonte, em 2012, foram diagnosticados 595 novos casos de contaminações pelo HIV. • No mundo, nos últimos 3 anos, as mortes diminuíram 19%. Em 2013, foram cerca de 1,5 milhão de pessoas mortas por causa da doença, uma queda de 35% em relação a 2005. No Brasil, em 2013, foram aproximadamente 10 mil mortes. http://drauziovarella.com.br/sexualidade/boas-e-mas-notivias-sobre-o-combate-ao-hiv/, http://www.itatiaia.com.br/noticia/numero-de-infectados-pelo-virus-hiv-aumenta-11-no-brasil-aponta- unaids, http://www.itatiaia.com.br/noticia/numero-de-casos-de-aids-diagnosticados-em-bh-no-ano-passado-e-o-maior-desde-2004.
  88. 88. Muitos argumentos: como desfazer a confusão?

×