Desenvolvimento de aplicações PHP com MongoDB

2.605 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada no dia 8/11/2014 no evento TchêLinux Bento Gonçalves edição 2014 - http://bento.tchelinux.org
Falei sobre os conceitos de bases de dados NoSQL, cases, comparações com o modelo relacional, expressões SQL x MongoDB (orientado à documentos), instalação, recursos do MongoDB, operações via console, modelagem (abordagem embedded), driver PHP, anatomia do código PHP, CRUD (Create, Read, Update and Delete), ObjectId, operadores, segurança, persistência de objetos, tratamento de arrays (documentos aninhados), índices (performance), projeção, agregação, hospedagem, ferramentas de administração e programa de certificação.

1 comentário
15 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
1
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • From scratch
  • O “No” dá um aspecto de negação
  • Chave/Valos são considerados os mais rápidos e suportam mais carga de dados, pois trata-se de uma hash de chave que aponta para seu respectivo dado (que pode ser um objeto, string etc)
    Documentos são mais sofisticados, pois podem possuir subdocumentos - o “expoente” é o MongoDB. Riak está sendo usado em 25% das empresas que figuram no Fortune 50 – ele é baseado no Dynamo (Amazon). Neo4j consegue armazenar 32 bilhões de nós.
  • No Brasil: CartolaFC, MTV
  • ACID: executa tudo ou nada (rollback), não permite que a base fique em estado inconsistente, uma transação não inferfere na outra e persiste fisicamente.
    Integridade x tolerância Consistência x disponibilidade Estratégia
  • Algoritmo “Compatibility Matching System” RDBMS é a sigla para Relational database management system”
  • Terminologia: Tabela -> Collection; Rows -> Document; Query -> JSON; Partition -> Shard
  • Object-Relational Mapping gera overhead, exceto um CRUD (que é rápido). Escalabilidade depende diretamente da camada de persistência. Normalização é o processo de organização dos dados com o objetivo de minimizar a redundância, dependência e inconsistência
    Normalização requer JOINS que, muitas vezes, são custosos (em termos de tempo de execução e recurso computacional)
    Relacionamentos tornam difícil a escalabilidade horizontal
    Em ambiente de cluster, transações em múltiplas tabelas tornam-se complexas
  • Escalabilidade vertical seria adicionar mais memória, expandir disco, substituir processador etc.
  • resiliência, tolerância a falhas, failover
  • http://www.magento-exchange.com/magento-database/magento-1-4-database-er-diagram-for-catalog-and-product-tables/#
  • Embedded approach
  • http://hadoop.apache.org/docs/r1.0.4/mapred_tutorial.html
  • BSON: Binary-JSON - http://bsonspec.org MongoDB é fully consistent API simples
  • Mantenedora
  • O comando: id –u (terminal do MacOSX) mostra o ID do usuário logado.
    Talvez ele não encontre o executável, portanto execute ./mongod & Versões do MongoDB em 32-bit tem limite de dados em 2GB. A console do MongoDB é feita em JavaScript.
    Para alterar a localização do banco, crie o diretório “data/db”: mkdir -p /Users/AriStopassolaJunior/mongodb/data/db
    Baixe o monbodb.conf: https://github.com/mongodb/mongo/blob/master/rpm/mongod.conf
    Altere as diretrizes dbpath, logpath e logappend (as três principais) Para testar se há outra instância do MongoDB rodando basta executar mongod –f /diretorio/monbod.conf
  • Possui drivers para 12 linguagens diferentes.
  • Lembre-se de reiniciar o servidor.
  • Ver “drivers” do MongoDB para diversas linguagens.
  • Análogo ao phpMyAdmin e phpPgAdmin
  • Ao acionar o client do MongoDB ele conecta-se automaticamente na base: test Outra forma de visualização (idêntica ao pretty) seria: db.passeios.find().forEach(printjson)
  • ObjectId é obrigatório e sempre retorna. Exit sai do terminal 1 é ASC (ascendente) -1 é DESC (descendente)
  • Com senha
  • Se houver algum erro de conexão ou execução da uma query, será lançado um objeto MongoConnectionException (derivado da classe Exception, nativa do PHP), portanto se consegue manipular o erro utilizando um bloco try/catch. Para derrubar o banco, execute: use admin db.shutdownServer()
  • análoga a tabela em RDBMS
  • Documento dentro de documento.
    No PHP usa-se instancia-se a classe MongoDate, enquanto que na console usa-se apenas Date()
  • Testei com insert e funciona igual.
  • Portanto seria desnecessário guardar, num campo específico, a data de criação do registro – pois essa informação já consta no ObjectID PK é uma string ou integer
  • Experimente fazer um left outer join num ORM, ou uma função de agregação como média. Alguns falharam ao executar transações, passando a responsabilidade para a aplicação. Não há necessidade de cache, pois o mongoDB já fica em memório – o quanto houver de RAM disponível. Usar monboDB simplifica o desenvolvimento da aplicação pois não requer tratar de atualizações de registros, cache expirado etc.
  • É uma limitação do driver PHP para mongoDB
  • Usr._id mostra o ObjectId do documento na collection
  • Skip ele pula x elementos (semelhante ao OFFSET do SQL) Classe MongoCursor http://php.net/manual/pt_BR/class.mongocursor.php
  • Não basta apontar para a coleção (caso ainda não exista). É preciso adicionar algum item para que ela seja criada efetivamente: $colecao = $db->selectCollection('imoveis');
  • MongoDB é C e P
  • ACID é pessimista, forçando a consistência. BASE é otimista. Ao inserir o PHP não bloquei a execução aguardando um retorno do banco. Se for síncrono, espera até o banco se manifestar. "Safe" não significa consistência. Operações ficam bufferizadas
  • $set é chamado de operador “in place” Observe que $set NÃO é uma variável e sim um operador do MongoDB.
  • Upsert: se o critério não for satisfeito, um novo documento é criado com o critério.
  • Um append seria equivalente a um ALTER TABLE
  • mongoDB usa BTree
  • onde 1 ascendente e -1 descendente
  • Semelhante ao LIKE do SQL
  • Ou tudo true ou tudo false
  • Mensagem: “umongo.app” está danificado e não pode ser aberto. Você deve movê-lo para o Lixo.
    Basta acessar: Preferências do Sistema -> Segurança e Privacidade -> aba Geral
    Onde diz “Permitir aplicativos transferidos de:” marcar a opção “Qualquer lugar”.
  • Derrubando outro mito
  • Usa o software Remote Proctor Now: testa câmera, microfone e não permite que haja dois monitores acoplados no mesmo computador.
  • entregar adesivos!
  • Desenvolvimento de aplicações PHP com MongoDB

    1. 1. Apresentação: Ari Stopassola Junior @stopassola
    2. 2. Ari Stopassola Junior Bacharel em Informática com ênfase em Análise de Sistemas pela Unisinos, cursou mestrado em Engenharia Informática e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa (Portugal), perito judicial 'ad hoc' especializado em TI (mantenedor do site PERITO.inf.br), Zend Certified Engineer (PHP 5.3) e Zend Certified PHP Engineer (PHP 5.5) #ZEND004019, Certified ScrumMaster pela Scrum Alliance #203613, Microsoft Certified Professional (MCP), consultor web e PHP evangelist.
    3. 3. Roadmap • Conceito de bases de dados NoSQL • cases • comparações com o modelo relacional • expressões SQL x MongoDB (orientado à documentos) • instalação • recursos do MongoDB • operações via console • modelagem (embedded) • driver PHP • anatomia do código PHP • CRUD (Create, Read, Update and Delete) • ObjectId • operadores • segurança • persistência de objetos • tratamento arrays (documentos aninhados) • índices (performance) • projeção • hospedagem • ferramentas de administração • programa de certificação
    4. 4. NoSQL • Not Only SQL (poderia ser NOSQL) • Movimento de bancos de dados não relacionais • Também chamados: Modelo Relacional Não Normalizado (MRNN) • Seria mais apropriado dizer então “No relational” pois alguns SGBDs possuem interface SQL, embora sejam categorizados como NoSQL. Ex.: OrientDB
    5. 5. Taxonomia das bases NoSQL • Documento (XML ou JSON) – RavenDB, CouchDB, MongoDB • Orientado a Objetos – Db4o • Chave/Valor (Key/Value) – Redis, SimpleDB, Hbase, MemcacheDB, Riak, Berkeley DB • Tabular (inspirado no BigTable do Google) – Cassandra (Apache), Hypertable, Hbase • Orientado a colunas (relacionais com características NoSQL) – Vertica, MonetDB, LucidDB, Infobright • Grafos (Graph) – Neo4j, OrientDB, Titan, DEX, InfiniteGraph, InfoGrid, HyperGraphDB • Outros – Chordless, Mnesia Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/NoSQL
    6. 6. Quem usa NoSQL? • eBay (pioneiro) • New York Times • Foursquare • Electronic Arts • GitHub • SAP • Disney • Twitter “Fifteen months ago, It took two weeks to perform ALTER TABLE on the statuses [tweets] table.” (setembro/2010) Fonte: http://www.mongodb.org/about/production-deployments/
    7. 7. Abordagens ACID • Atomic • Consistent • Isolated • Durable • Integridade • Consistência • Conservador BASE • Basic Availability • Soft-state • Eventual consistency • Tolerância • Disponibilidade • Agressivo Fonte: http://www.cs.berkeley.edu/~brewer/cs262b-2004/PODC-keynote.pdf
    8. 8. • Responsável por 438 casamentos ao dia nos EUA • Algoritmo “Compatibility Matching System” reduz significativamente o número de separações • +51 milhões de usuários • Processa 1 bilhão de combinações de casais • Sob RDBMS demorava 2 semanas processando Fonte: http://www.mongodb.com/press/mongodb-powers-critical-eharmony-compatibility-application-processing-1-billion-matches-dail-0 http://www.mongodb.com/presentations/big-dating-eharmony
    9. 9. Base orientada a documentos Fonte: livro “MongoDB and PHP” de Steve Francia publicado pela O’Reilly
    10. 10. Por quê? • Sistemas Orientados à Objetos requer ORM (Object-Relational Mapping) • Normalização precisa de JOINs • Complexidade dos relacionamentos • Problemas ao escalar: vertical versus horizontal
    11. 11. Sharding: escalabilidade Horizontalmente escalável A W T L Índice “C” A W T L F Y U P K S V Z
    12. 12. Replica set: redundância
    13. 13. Diagrama ER do catálogo de produtos do Magento
    14. 14. Modelagem relacional
    15. 15. Modelagem Orientada a Documentos Organização interna
    16. 16. AMP
    17. 17. MongoDB http://www.mongodb.org • Nome vem da expressão huMONGOus que significa “extremamente enorme” • Banco de dados open source: https://github.com/mongodb/ • Criado pela 10gen em C++, orientado a documentos (formato JSON/BSON) • Escalável JavaScript Object Notation • Schemaless (não há colunas ou tipos de dados)
    18. 18. Expressões SQL em MongoDB SQL MongoDB Database Database Table Collection Index Index Row Document Column Field Joining Embedding & linking Partition Shard Fonte: “Reference Cards for MongoDB”
    19. 19. Hierarquia • Bancos de dados armazenam coleções • Coleções possuem documentos • No contexto PHP, documentos são arrays multidimensionais • Do ponto de vista do MongoDB, são estruturas em JSON: Imagem extraída de: http://habrahabr.ru/post/156633
    20. 20. Ready, set… GO!
    21. 21. Instalação manual: OSX e Linux 1) Baixe o binário do MongoDB em http://www.mongodb.org/downloads Descompacte o arquivo mongodb-osx-x86_64-2.x.x.tgz 2) Renomeie o diretório (resultado da descompactação) para um nome mais apropriada. Ex.: mongodb 3) Abra o terminal e adicione ao final do arquivo /etc/paths o caminho: sudo vim /etc/paths Adicione a linha (de acordo com o diretório onde o MongoDB se encontra). Ex.: /Users/ari/mongodb/bin echo "export PATH=$PATH:/Users/ari/mongodb/bin" > ~/.bash_profile 4) Crie diretórios para armazenar as bases. O binário disponibilizado pela 10gen prevê que a base ficará na raiz do sistema operacional: sudo mkdir -p /data/db/ sudo chown `id -u` /data/db 5) Inicie o serviço (deamon): ./mongod & sudo ./mongod & (dependendo das permissões de usuário) 6) Abra a console do MongoDB e realize um teste: mongo > db.passeios.save( { a : 1 } ) > db.passeios.find() Método alternativo ao passo 3
    22. 22. Instalação: Windows • Download (certifique-se da arquitetura: 32 ou 64bit) • Descomprimir no C:mongodb-win32-i386-2.x.x • Renomear a pasta para C:mongodb • Abra o terminal como usuário Administrador • Crie o diretório c:datadb cd .... md data md datadb • Execute o deamon do MongoDB: c:mongodbbinmongod.exe • Em outra console execute o client: c:mongodbbinmongo.exe Fonte: http://docs.mongodb.org/manual/tutorial/install-mongodb-on-windows/
    23. 23. Driver para PHP https://github.com/mongodb/mongo-php-driver • Mantido por Derick Rethans (autor do xDebug e vários outros projetos significativos): http://derickrethans.nl • http://docs.mongodb.org/ecosystem/drivers/p hp/ Foto: http://steve.maraspin.net/photo/gallery/conferences/2012-phpday-verona-italy/
    24. 24. Instalação do driver PHP para mongoDB http://pecl.php.net/package/mongo # sudo pecl install mongo http://soupforthegirlysoul.blogspot.com.br/2012/03/sunday-smiles-optimism-opportunists-and.html Adicione a linha extension=mongo.so no php.ini
    25. 25. Habilite a extensão PHP no ZendServer CE
    26. 26. Verifique se o módulo foi habilitado: phpinfo()
    27. 27. Documentação antiga • A partir da versão 1.3.0 do driver, Derick Rethans mudou o nome da classe de Mongo para MongoClient • Mais detalhes no post institulado “Mongo is dead, long live MongoClient”:http://derickrethans.nl/mong oclient.html
    28. 28. phpMoAdmin 1. Acesse: http://www.phpmoadmin.com/ 2. Faça o download do phpmoadmin.zip, descomprima e copie o script moadmin.php para a raiz do Apache – coloque uma autenticação (caso deseje)
    29. 29. Anatomia do código PHP <?php $conexao = new MongoClient(); $db = $conexao->nomebase; $clientes = array( 'nome' => "Ari Stopassola Junior", 'endereco'=> "Estrada do Carazal, 3744", 'cidade' => "Gramado" ); $colecao = $db->clientes; $colecao->insert($clientes); $elementos = $colecao->find( array('cidade' => 'Gramado')); foreach ($elementos as $obj) { echo $obj['endereco']."<br>"; } ?>
    30. 30. Conexão //Conecta em localhost:27017 $conexao = new MongoClient(); //Conecta no host remoto na porta default $conexao = new MongoClient("200.248.240.62"); //Host remoto na porta especificada $conexao = new MongoClient("exemplo.com:65432"); $conexao = new MongoClient("localhost:27017", array("username" => "root", "password" => "senha"));
    31. 31. Conexão (mais elegante) try { $conexao = new MongoClient(); } catch (MongoConnectionException $e){ die($e->getMessage()); }
    32. 32. Base de dados $db = $conexao->nomebase; //Formato alternativo $db = $conexao->selectDB('nomebase'); ATENÇÃO: se a base não existir, ela será criada, portanto certifique-se bem do nome da base.
    33. 33. Coleção //Faz referência a coleção $colecao = $db->clientes; //Formato direto, partindo da conexão $colecao = $conexao->nomebase->clientes; //Formato alternativo $colecao = $db->selectCollection('clientes');
    34. 34. Inserção Documento == Array PHP $clientes = array( 'nome' => "Ari Stopassola Junior", 'endereco'=> "Estrada do Carazal, 3744", 'cidade' => "Gramado", 'UF' => "Rio Grande do Sul", 'CEP' => "95670-000" ); $colecao->insert($clientes);
    35. 35. Inserção: documento dentro de documento $passeio = array( "nome" => "Raízes Coloniais", "valor" => 90, "opcionais” => array("almoco" => true, "transfer" => true), "observacoes" => "Senhor obeso, portanto reserve dois assentos", "data" => new MongoDate() ); db.passeios.insert({ "nome": "Itaimbezinho", "valor": 120, "opcionais": [ { "almoco": false, "transfer": true, "observacoes": "Vai a família toda" } ], "observacoes": "já foi pago", "data": new Date() }) Sob o ponto de vista relacional, não seria possível inserir um array no campo “opcionais”. Seria necessário uma nova tabela (provavelmente até uma terceira tabela, dependendo do nível de normalização) para que isso fosse viável – sendo imprescindível o uso de JOINS
    36. 36. Dot notation db.voucher.find({ 'pacotes.passeios.nome': "Tour Uva e Vinho”})
    37. 37. batchInsert $anuncios[] = array( 'nome' => 'iPod', 'modelo' => 'Touch', 'capacidade' => '16Gb', ); $anuncios[] = array( 'nome' => 'Airport Express', 'specs' => array('AirPlay', 'dual band') ); $anuncios[] = array( 'nome' => 'iBook', 'modelo' => 'Clamshell', 'CPU' => 'G3 366 Mhz', 'specs' => array('Airport', 'fonte YoYo') ); $colecao->batchInsert($anuncios);
    38. 38. Consulta //Busca TODOS $elementos = $colecao->find(); foreach ($elementos as $objeto) { echo $objeto['endereco']."n"; } //Filtra por alguma característica $elementos = $colecao->find(array('cidade' => 'Gramado'));
    39. 39. find versus findone findone retorna um objeto do tipo MongoId print_r($resultado); http://php.net/manual/pt_BR/class.mongoid.php find retorna um objeto do tipo MongoCursor requer iteração foreach($resultado as $item) { print_r($item); } http://php.net/manual/pt_BR/class.mongocursor.php
    40. 40. ObjectId (equivalente a PK) • Cada documento (registro) recebe um código único e imutável, chamado ObjectId • Esse identificador baseia-se no momento em que a inserção foi realizada, em conjunto com o nome do host, concatenado ao PID (process ID) do >s edbrv.pidaosrs eei ousm.f ninúdm()e[r0o] aleatório > db.passeios.find()[0]._id > db.passeios.find()[0]._id.getTimestamp() ISODate("2013-06-07T20:07:26Z")
    41. 41. ObjectID ✓ $id = new MongoId('54526904b7f83ac71d0041a7'); $resultado = $colecao->findone(array('_id' => $id)); print_r($resultado); ✗ $id = '54526904b7f83ac71d0041a7'; $resultado = $colecao->findone(array('_id' => $id)); print_r($resultado);
    42. 42. Como referenciar um ObjectId > new ObjectId ObjectId("51b278e1fc431ab4f7484cd7") Atenção: ObjectId é um objeto e não uma string Como trabalhar esse ID numa URL? Ex.: www.site.com.br/conteudo.php?id=51b278e1fc431ab4f748 4cd7 ou (via mod_rewrite)
    43. 43. Uso do $ nos operadores ✓ ✗ $c->find(array('dist' => array('$lt' => 40))); $c->find(array("dist" => array("$lt" => 40))); Para mudar esse comportamento, edite a seguinte cláusula no php.mongo.cmd = ":" $c->find(array("dist" => array(":lt" => 40)));
    44. 44. Segurança: SQL Injection • SQL – todas as operações (select, delete, drop etc) são passadas ao banco de dados como string, através do método query – SQL aceita múltiplos comandos na mesma requisição, delimitado por ponto-e-vírgula • mongoDB – cada operação tem um método distinto
    45. 45. • Cenário: Request Injection – http://url/script.php?usuario=ari $c->find(array("usr" => $_GET['usuario'])); • Ataque: – http://url/script.php?usuario[$ne]=ninja – PHP converte automaticamente essa string num array: $c->find(array("usr" => array('$ne'=>'ninja'))); • Resultado: busca todos os usuário exceto o ninja (decorrente do operador $ne – not equal) • Contra-medida – faça casting para string através de serialize, http_build_query, implode etc.
    46. 46. Persistência de Objeto <?php $conexao= new MongoClient(); $db = $conexao->agencia; $passeio = new stdClass(); $passeio->nome = 'Tour Nova Petropolis'; $passeio->valor = 140; $colecao = $db->passeios; $colecao->insert($passeio); $conexao = null; ?>
    47. 47. class Clientes{ public $nome; public $trocas; public function __construct($n, array $trocas){ $this->nome = $n; $this->trocas = $trocas; } } class Imoveis{ public $nome; public $endereco; public $reservado; public function __construct($n, $e){ $this->nome = $n; $this->endereco = $e; $this->reservado = true; } } class Trocas{ public $dia; public $imovel; public function __construct(DateTime $d, Imoveis $i){ $this->dia = $d; $this->imovel = $i; } }
    48. 48. $imovel1 = new Imoveis("Cabana Carazal", "Estrada carazal, 3744"); $trocas[] = new Trocas(new DateTime, $imovel1); $imovel2 = new Imoveis("Apto Vale do Bosque", "Condomínio vale"); $trocas[] = new Trocas(new DateTime, $imovel2); $cliente = new Clientes("Ana Zago", $trocas); $colecao->insert($cliente);
    49. 49. Paginação $elementos = $c->find()->limit(2); $elementos = $c->find()->skip(3); //1 é ascendente e -1 descendente $elementos = $c->find()->sort(array("nome" => 1)); $elementos = $c->find()->sort(array("cidade" => -1)); //Operações pré e pós consulta $elementos = $c->find(); $elementos->sort(array("cidade" => -1, "nome" => 1));
    50. 50. Paginação: encadeando $e = $c->find()->limit(2)->skip(1)->sort(array('nome'=>-1)); foreach($e as $item){ print_r($item); }
    51. 51. What’s happening? • Não criamos a base de dados • Não utilizamos as cláusulas SQL: CREATE TABLE, auto_increment, PRIMARY KEY, INDEX etc • Não utilizamos ALTER TABLE para adicionar novos campos • Não foi necessário aplicar JOINS entre entidades • Nada de PDO, ORM ou bibliotecas externas
    52. 52. Teorema de Brewer • Em 2000 Eric Brewer definiu a equação CAP • Só pode escolher DUAS (das três • Consistência: clientes disponíveis) enxergam os dados de forma idêntica • Disponibilidade: toda operação tem uma resposta • Partição: sistema continua operante mesmo enfrentado particionamento Fonte: http://dbpedias.com/wiki/NoSQL:Consistency_Models_in_Non-Relational_Databases
    53. 53. mongoDB é fully consistent • Realiza operações atômicas no documento • Por natureza, dados são agrupados em um único documento • No entanto é suficiente e atende aos requisitos ACID • Base relacional requer transações (para garantir ACID) pois representa os dados em diferentes tabelas
    54. 54. Fire and forget it ACID x BASE • Inserção assíncrona – comportamento padrão: $colecao->insert($clientes); –Não bloqueia o script enquanto a instrução não tenha sido efetivada –Melhora a performance da aplicação (não a do banco) • Inserção síncrona (modelo tradicional): $colecao->insert($clientes, array('safe'=>true)); – Aceito em insert, update, remove e save
    55. 55. Update • Dois métodos – Substituição (de tudo) – Modificação (somente daquilo que se deseja)
    56. 56. ATENÇÃO: update por substituição de array PHP pelo documento inteiro Use '$push'
    57. 57. Update in place • Operador $set é atômico e mais eficiente, portanto evite a $colecao->update( array( '_id' => new MongoId('4fb69113550a6bdd02000000') ), array( '$set' => array( 'UF' => 'Pernambuco', 'CEP' => '50710-090')) ); Operador $set muda ou adiciona elementos $colecao->update( array( '_id' => new MongoId('4fb69113550a6bdd02000000') ), array( array( 'UF' => 'Pernambuco' , 'CEP' => '50710-090')) ); Sobrescreve TODO o documento Diferente de (string)” 4fb69113550a6bdd02000000” ✓ ✗ abordagem de manipular o array via PHP • Primeiro parâmetro é o critério – nesse caso o ID do documento
    58. 58. update – adicionando campos aninhados $colecao->update( array( '_id' => new MongoId('4fb69113550a6bdd02000000') ), array( '$set' => array( 'proximo' => array( 'Banco Itaú', 'Carrefour', 'PanVel', 'Marista') ) ) );
    59. 59. Adicionando (append) $colecao->update( array( '_id' => new MongoId('4fb69113550a6bdd02000000') ), array( '$push'=> array( 'proximo' => 'Academia de ginastica')) );
    60. 60. Método save • save é um wrapper para os métodos insert e update • Se passar um objeto _id ele edita o registro através do update • Caso não passe, ele insere como um novo documento através do método insert
    61. 61. save (agindo como update) $anuncio = array( 'nome' => 'MacBook', 'modelo' => 'Pro', 'tela' => '13"', 'tela_tipo' => 'retina', 'memoria' => '8Gb', 'HD' => '128Gb SSD', 'assessorios' => array('Fonte MagSafe original') ); $colecao->save($anuncio); //Cria e gera _id 54526904b7f83ac71d0041a7 $anuncio = array( '_id' => new MongoId('54526904b7f83ac71d0041a7'), 'nome' => 'MacBook', 'modelo' => 'Pro', 'tela' => '13"', 'tela_tipo' => 'retina', 'CPU' => "2.5 GHz Intel Core i5", 'memoria' => '8Gb', 'HD' => '500Gb Sata', 'specs' => array('bateria 8h', 'iSigh', 'thunderbolt'), 'assessorios' => array('Fonte MagSafe original') ); $colecao->save($anuncio); //Sobrescreve
    62. 62. Excluíndo $colecao->remove(array ('_id' => new MongoId('545280bab7f83ac71d0041a9') )); $passeios->remove(array("nome" => "Uva e Vinho"), array("justOne" => true)); http://php.net/manual/pt_BR/mongocollection.remove.php
    63. 63. Trabalhando com arrays: $in, $nin e $all $cursor = $colecao->find( array('assessorios' => array('$in' => array('caixa original') ) ) ); foreach($cursor as $doc){ print_r($doc); }
    64. 64. ATENÇÃO: excluíndo sem critério $colecao->remove(); $colecao->drop();
    65. 65. Índices $criterio = array('num' => array('$gt' => 50000, '$lt' => 500002)); print_r($c->find($criterio)->explain());
    66. 66. Índices: adicionando $c->ensureindex(array('num' => 1));
    67. 67. Operadores de comparação Operador Significado $gt Greater than (maior que) $gte Greater than equal (maior igual) $in In (existe em) $lt Less then (menor que) $lte Less then equal (menor igual) $ne Not equal (diferente) $nin Not in (não existe em) db.passeios.find({distancia: {$gte:100}})
    68. 68. Operadores de avaliação: Expressões Regulares $where = array('nome' => array( '$regex' => new MongoRegex("/ari/i"))); $cursor = $colecao->find($where); foreach($cursor as $item){ print_r($item); } Flag Significado i case insensitive m multiline x can contain comments l locale s dotall, "." matches everything, including newlines u match unicode
    69. 69. Projeção Especifica quais campos serão retornados. Sintaxe: find({critério},{projeção}) $projecao = array( "_id" => false, "nome" => true, "passeio" => true); $where = array('nome'=> array('$regex' => new MongoRegex("/ari/i"))); $cursor = $colecao->find($where, $projecao); foreach($cursor as $item){ print_r($item); }
    70. 70. ALERTA: (Projeção) $proj = array( "_id" => false, "nome" => true, "passeio" => true, "rg" => false, "datahora" => false); Fatal error: Uncaught exception 'MongoCursorException' with message 'servidor:27017: Can't canonicalize query: BadValue Projection cannot have a mix of inclusion and exclusion.'… O único campo que permite omitir é o _id ✗
    71. 71. Tenho como hospedar? 1 2 3
    72. 72. Ferramentas de administração http://docs.mongodb.org/ecosystem/tools/administration-interfaces/ • Fang of Mongo https://github.com/Fiedzia/Fang-of- Mongo • Umongo http://edgytech.com/umongo/ • MongoHub http://mongohub.todayclose.com/ • RockMongo • Genghis • Mongobird • RoboMongo • MongoVUE http://www.mongovue.com • Opricot https://github.com/argon/Opricot- MongoConsole • MongoVision https://code.google.com/p/mong o-vision/ mongoOWL http://mongoowl.citsoft.ne t
    73. 73. Vasta bibliografia…
    74. 74. Programa de certificação • C100DBA MongoDB Certified DBA Associate Exam • C100DEV MongoDB Certified Developer Associate Exam • 90 minutos de duração • US$ 150 • UMA "recuperação" gratuita, caso reprove
    75. 75. Referências • http://nosql-database.org/ • http://www.php.net/manual/en/mongo.tutor ial.php • https://mongolab.com • Learning MongoDB – Tuts+ http://code.tutsplus.com/courses/learning-mongodb • Curso da Infinite Skills com Doug Bierer http://www.infiniteskills.com/training/learnin g-mongodb.html
    76. 76. Contatos E-mail: arijunior@gmail.com Twitter: @stopassola Skype: stopassola LinkedIn: http://pt.linkedin.com/in/stopassola Facebook: http://www.facebook.com/arijunior Sites: http://www.perito.inf.br http://www.rumoacertificacaophp.co m

    ×