ESTUDO SOBRE A FASE “MOBILE”
Por Ariane Garcia Nascimento

Como as pessoas e organizações estão sendo impactados por essa ...
1

Como o ser humano tem lidado com
essa nova tecnologia, seu uso
e dependência
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



De acordo com a afirmação de Mcluhan:
“Qu...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência

O ser humano vem se adaptando a cada avanço
...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Dessa forma, aquele que não se adaptar a ...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Um exemplo claro desse comportamento é o
...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Em simultâneo, os desenvolvedores de apli...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



O resultado disso, é que aquelas pessoas ...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Ou seja, quem quiser continuar usufruindo...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Muitos desses aplicativos já fazem parte ...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Em uma matéria publicada no site da Revis...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Nessa mesma matéria, Bárbara Ladea, autor...
Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência



Em qualquer momento, podemos observar as ...
2

Os impactos que esta fase mobile
exerce nas organizações
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



“Cada produto que molda uma sociedade acaba
por transpirar em...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Logo, além das constantes mudanças e adaptações
do ser humano...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Algumas empresas foram as pioneiras a inserirem
em seu quadro...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Mundo no qual não somente seus clientes e
consumidores possue...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Gerando assim, resultados cada dia mais positivos
com relação...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações





Seguindo esse exemplo, outras empresas também decidiram
en...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações

Isso fez com que o a procura para cursos de
especialização volta...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Contudo, muito além das redes sociais, as empresas
estão preo...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Uma pesquisa da Accenture com CIOs no país mostra
que 93% con...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Para Renato Improta, Diretor de Mobilidade para o
Brasil na A...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



"Podemos ver a partir destes resultados que algumas
empresas ...
Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações



Essa importância da mobilidade para as empresas está
presente...
3

Os impactos na comunicação social
em geral
Os impactos na comunicação social em geral


Há alguns anos atrás o celular ainda tinha como
função principal fazer e rec...
Os impactos na comunicação social em geral



Hoje o número de pessoas que possuem um smartphone
no Brasil é de 3 a cada ...
Os impactos na comunicação social em geral



Com essa transformação de um simples aparelho
celular, para o famoso e quer...
Os impactos na comunicação social em geral



Na rotina atual do brasileiro, os smartphones são usados para:
Conversar co...
Os impactos na comunicação social em geral

De acordo com esses dados, a comunicação ainda é o
principal objetivo de quem ...
Os impactos na comunicação social em geral


Dentre os aplicativos de comunicação, o serviço de
mensagens instantâneas Wh...
Os impactos na comunicação social em geral



Além do envio de mensagens de texto, é possível enviar
um aúdio gravado na ...
Os impactos na comunicação social em geral



Com essas variadas funções o WhatsApp tem sido a
preferência na hora do ser...
Os impactos na comunicação social em geral



Para exemplificar como a comunicação social se modificou
diante desse cenár...
Os impactos na comunicação social em geral



A partir de junho 2013 o Brasil sofreu várias
manifestações em suas princip...
Os impactos na comunicação social em geral



Essas manifestações foram organizadas via Facebook e
principalmente via Twi...
Os impactos na comunicação social em geral



Sabendo-se que 80% da atividade no Twitter se dá
a partir de aparelhos móve...
Os impactos na comunicação social em geral



Muitas informações vazavam de uma hora para outra,
como locais onde iriam s...
Os impactos na comunicação social em geral
Os impactos na comunicação social em geral
Os impactos na comunicação social em geral
Os impactos na comunicação social em geral



Nas mensagens dos cartazes levados principalmente
pelos jovens continham su...
Os impactos na comunicação social em geral


Em uma matéria do site InfoEscola, Fernando
Reuboças cita:
 “Nos

últimos a...
Os impactos na comunicação social em geral


Porém, pessoas de diferentes classes sociais, que há mais de
trinta anos cri...
Os impactos na comunicação social em geral



Socialmente, as mídias sociais desceram para o asfalto,
assim como uma post...
Os impactos na comunicação social em geral



As manifestações tiveram uma repercussão mundial e
chegou aos jornais, emis...
Os impactos na comunicação social em geral



No dia 21 de junho, a presidente Dilma vai a TV
em horário nobre, para resp...
Os impactos na comunicação social em geral



O fenômeno dos “rolezinhos” surgiu no final de 2013
como forma de jovens da...
Os impactos na comunicação social em geral



Segundo o Veja São Paulo, foram mais de 6 mil
jovens no primeiro “rolezinho...
Os impactos na comunicação social em geral



Márcio Olivério, autor do material FMU
“Comunicação Digital Narrativa e Con...
Os impactos na comunicação social em geral



“Os regimes políticos e econômicos estão de fato com menos
capacidade de co...
Os impactos na comunicação social em geral



Isso significa que por mais que o governo tente criar
ações para que essas ...
ESTUDO SOBRE A FASE “MOBILE”
Por Ariane Garcia Nascimento
Aluna de Pós Graduação - Comunicação em Redes Sociais
pela FMU
e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo sobre a fase mobile

138 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo sobre a fase mobile

  1. 1. ESTUDO SOBRE A FASE “MOBILE” Por Ariane Garcia Nascimento Como as pessoas e organizações estão sendo impactados por essa nova tecnologia
  2. 2. 1 Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência
  3. 3. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  De acordo com a afirmação de Mcluhan: “Qualquer invenção ou tecnologia é uma extensão ou auto-amputação de nosso corpo, e essa extensão exige novas relações e equilíbrios entre os demais órgãos e extensões do corpo”.
  4. 4. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência O ser humano vem se adaptando a cada avanço tecnológico de maneira gradativa.  Cada nova tecnologia lançada exige que o homem se adapte, mesmo que aos poucos, pois seu uso se faz necessário no cotidiano. 
  5. 5. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Dessa forma, aquele que não se adaptar a esse avanço, acabará ficando para trás.
  6. 6. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Um exemplo claro desse comportamento é o lançamento de smartphones cada dia com sistemas operacionais mais avançados, mais funções, maior capacidade de armazenamento, entre outros fatores.
  7. 7. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Em simultâneo, os desenvolvedores de aplicativos atualizam suas versões, de forma que seja compatível com o sistema operacional mais atual no mercado.
  8. 8. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  O resultado disso, é que aquelas pessoas que permanecem com seus aparelhos em sistemas operacionais antigos, não conseguem fazer a atualização dos aplicativos que já possuía em seu smartphone.
  9. 9. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Ou seja, quem quiser continuar usufruindo dos mesmos aplicativos, precisará aceitar as novidades tecnológicas e se adaptar à elas.
  10. 10. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Muitos desses aplicativos já fazem parte da vida do homem, sejam eles de acesso à e-mails, redes sociais, leitores para e-book, token bancário ou até os aplicativos de entretenimento como os games.
  11. 11. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Em uma matéria publicada no site da Revista Exame em 11/05/13 César S. César, diretor da Unidade Digital da Carvajal, empresa mantenedora do Guia Mais Empresas, diz:  “As plataformas móveis, como o smartphone, são uma extensão do corpo das pessoas. Elas podem ser usadas como ferramentas para economizar tempo e para passar o tempo.”
  12. 12. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Nessa mesma matéria, Bárbara Ladea, autora do conteúdo online, afirma:  “O relacionamento entre esses dispositivos e o usuário acontece em momentos diferenciados – como durante um almoço, entre um compromisso e outro ou em trânsito.”
  13. 13. Como o ser humano tem lidado com essa nova tecnologia, seu uso e dependência  Em qualquer momento, podemos observar as pessoas ao nosso redor e perceber que a grande maioria delas estará, de alguma forma, usufruindo da nova tecnologia. Seja para uso pessoal, ou até mesmo dentro das empresas e organizações.
  14. 14. 2 Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações
  15. 15. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  “Cada produto que molda uma sociedade acaba por transpirar em todos e por todos os seus sentidos.” afirma Mcluhan.
  16. 16. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Logo, além das constantes mudanças e adaptações do ser humano mediante aos avanços tecnológicos, as organizações também estão sofrendo modificações em seus sistemas internos e externos, diante desse cenário.
  17. 17. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Algumas empresas foram as pioneiras a inserirem em seu quadro de funcionários, pessoas responsáveis e direcionadas à esse novo mundo digital.
  18. 18. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Mundo no qual não somente seus clientes e consumidores possuem perfis em redes sociais e blogs, mas também estão presentes empresas com o objetivo de estar cada vez mais próximo de seu público.
  19. 19. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Gerando assim, resultados cada dia mais positivos com relação a conhecimento e expansão da marca, e para muitas delas até em vendas.
  20. 20. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações   Seguindo esse exemplo, outras empresas também decidiram entrar nesse universo. Muitas vagas de emprego e até departamentos inteiros foram criados com o objetivo de contratar pessoas para executar essas funções, porém como o mercado era bastante novo, os nomes dos cargos e salários variavam muito e não existiam pessoas devidamente especializadas para a área.
  21. 21. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações Isso fez com que o a procura para cursos de especialização voltados ao marketing digital crescesse.  No cenário atual, onde o desktop e notebook são tirados do foco pelos smartphones e tablets, poucas são as empresas que não possuem pelo menos um funcionário dedicado ao marketing digital e às redes sociais. 
  22. 22. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Contudo, muito além das redes sociais, as empresas estão preocupadas e focadas em encontrar pessoas ou até mesmo outras empresas, para desenvolverem softwares e aplicativos mobile e chegarem ainda mais perto do seu público.
  23. 23. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Uma pesquisa da Accenture com CIOs no país mostra que 93% concordam ou concordam fortemente que a mobilidade proporcionará novas fontes significativas de receitas.
  24. 24. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Para Renato Improta, Diretor de Mobilidade para o Brasil na Accenture, o entusiasmo para a mobilidade no Brasil é alto, e o ritmo em que o mercado está amadurecendo é impressionante.
  25. 25. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  "Podemos ver a partir destes resultados que algumas empresas se beneficiariam de uma pausa para identificar onde elas poderiam obter o máximo benefício da implantação móvel."
  26. 26. Os impactos que esta fase mobile exerce nas organizações  Essa importância da mobilidade para as empresas está presente no fato de que os smartphones e tablets estão se tornando cada dia mais acessíveis e polulares, assim como também cresce a facilidade de acesso a internet nesses meios.
  27. 27. 3 Os impactos na comunicação social em geral
  28. 28. Os impactos na comunicação social em geral  Há alguns anos atrás o celular ainda tinha como função principal fazer e receber ligações. O primeiro smartphone foi lançado em 2002 pela BlackBerry.
  29. 29. Os impactos na comunicação social em geral  Hoje o número de pessoas que possuem um smartphone no Brasil é de 3 a cada 10 pessoas - números revelados pela pesquisa “O Consumidor Móvel” feita pela Nielsen.
  30. 30. Os impactos na comunicação social em geral  Com essa transformação de um simples aparelho celular, para o famoso e querido smartphone, as pessoas começaram a adotar hábitos diferentes, principalmente na forma como se comunicam.
  31. 31. Os impactos na comunicação social em geral  Na rotina atual do brasileiro, os smartphones são usados para: Conversar com os amigos 44% 76% Ler e enviar e-mails Saber as novidades do cenário 47% musical Assistir vídeos 75% conforme estudo realizado em março/2013 pelo IBOPE Media.
  32. 32. Os impactos na comunicação social em geral De acordo com esses dados, a comunicação ainda é o principal objetivo de quem possui um smartphone.  O que diferencia o comportamento antigo com os dias atuais é a forma em que as pessoas se comunicam, tendo em mãos aplicativos gratuitos e simultâneos, mais simples, práticos e rápidos para serem utilizados. 
  33. 33. Os impactos na comunicação social em geral  Dentre os aplicativos de comunicação, o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp é o mais usado por donos de smartphones com sistema Android e iPhones em todo o mundo. pesquisa conduzida nos Estados Unidos, Brasil, China, Indonésia e África do Sul pela consultoria On Device, especializada em dispositivos móveis
  34. 34. Os impactos na comunicação social em geral  Além do envio de mensagens de texto, é possível enviar um aúdio gravado na hora e receber a resposta também em aúdio - comportamento semelhante ao serviço oferecido pela Nextel -, compartilhar fotos, vídeos, localização e até contatos da agenda.
  35. 35. Os impactos na comunicação social em geral  Com essas variadas funções o WhatsApp tem sido a preferência na hora do ser humano se comunicar.
  36. 36. Os impactos na comunicação social em geral  Para exemplificar como a comunicação social se modificou diante desse cenário apresentado acima, vou utilizar de um acontecimento gerado primeiramente pela faixa etária predominante no uso dos smartphones: a Geração Z (16 à 24 anos) representando 41%,  seguida pela Geração Y ( 25 à 34 anos) *dados retirados também da pesquisa “O Consumidor Móvel” da Nielsen.
  37. 37. Os impactos na comunicação social em geral  A partir de junho 2013 o Brasil sofreu várias manifestações em suas principais capitais. Manifestações estas que tiveram como objetivo principal: a diminuição da passagem do transporte público;  contra os altos gastos para a Copa de 2014 ao invés de investimentos na saúde e educação da população;  entre outros temas como a homofobia e corrupção. 
  38. 38. Os impactos na comunicação social em geral  Essas manifestações foram organizadas via Facebook e principalmente via Twitter, pelas Gerações Z e Y .
  39. 39. Os impactos na comunicação social em geral  Sabendo-se que 80% da atividade no Twitter se dá a partir de aparelhos móveis, podemos perceber que boa parte dessas manifestações foram organizadas a partir do uso de smartphones e tablets.
  40. 40. Os impactos na comunicação social em geral  Muitas informações vazavam de uma hora para outra, como locais onde iriam se encontrar, horário e até compartilhamento de “memes” brincando sobre o assunto, no qual as pessoas podiam imprimir e levar como cartazes.
  41. 41. Os impactos na comunicação social em geral
  42. 42. Os impactos na comunicação social em geral
  43. 43. Os impactos na comunicação social em geral
  44. 44. Os impactos na comunicação social em geral  Nas mensagens dos cartazes levados principalmente pelos jovens continham sua indignação e mostravam claramente de onde ele tinha saído, ou seja das redes sociais.
  45. 45. Os impactos na comunicação social em geral  Em uma matéria do site InfoEscola, Fernando Reuboças cita:  “Nos últimos anos, esse consciente coletivo questionador já estava presente nas mídias sociais através do ciberativismo de diferentes pessoas e grupos que questionavam:“Se o país está ruim agora, imagine na Copa!”.
  46. 46. Os impactos na comunicação social em geral  Porém, pessoas de diferentes classes sociais, que há mais de trinta anos criticavam os buracos de nossas estradas, os médicos e professores sem salários, as crianças sem estudo e o baixo respeito que temos recebido de nossos representantes no Congresso Nacional, decidiram vomitar de uma só vez numa mesma onda todos os sofrimentos, reclamações e dificuldades sociais que nos castigam.
  47. 47. Os impactos na comunicação social em geral  Socialmente, as mídias sociais desceram para o asfalto, assim como uma postagem, cada um grita o que pensa e dá a sua livre contribuição (como num crowdfunding) para construirmos uma obra maior, uma nação.”
  48. 48. Os impactos na comunicação social em geral  As manifestações tiveram uma repercussão mundial e chegou aos jornais, emissoras de televisão, rádios, entre outros. Mesmo as pessoas mais afastadas, puderam saber o que estava acontecendo com o Brasil.
  49. 49. Os impactos na comunicação social em geral  No dia 21 de junho, a presidente Dilma vai a TV em horário nobre, para responder aos protestos. Esse comportamento de mostrar sua indignação contra algo já vinha sendo adotado nas redes sociais, mas não tinha tomado as proporções como nessas manifestações.
  50. 50. Os impactos na comunicação social em geral  O fenômeno dos “rolezinhos” surgiu no final de 2013 como forma de jovens da periferia buscar diversão, em eventos marcados pelo Facebook. Esse é um comportamento semelhante ao da manifestação, onde um evento é lançado via Facebook e compartilhado entre várias pessoas para que compareçam no dia e local combinados.
  51. 51. Os impactos na comunicação social em geral  Segundo o Veja São Paulo, foram mais de 6 mil jovens no primeiro “rolezinho” ocorrido no Shopping Itaquera, próximo ao futuro Arena Corinthians. Desde então, outros eventos como esses já aconteceram e alguns eventos futuros estão sendo organizados.
  52. 52. Os impactos na comunicação social em geral  Márcio Olivério, autor do material FMU “Comunicação Digital Narrativa e Contextos da Cibercultura”, afirma:
  53. 53. Os impactos na comunicação social em geral  “Os regimes políticos e econômicos estão de fato com menos capacidade de controle como antes, o que não quer dizer que não existe controle ou tendência de achar métodos para controlar a internet. Por outro lado, a internet tem uma capacidade de procurar novos caminhos para burlar os bloqueios e a censura na rede.”
  54. 54. Os impactos na comunicação social em geral  Isso significa que por mais que o governo tente criar ações para que essas formas de manifestações e eventos sejam organizados, sempre existirá uma maneira no qual as pessoas poderão se manifestar e comunicar suas vontades, desejos e necessidades.
  55. 55. ESTUDO SOBRE A FASE “MOBILE” Por Ariane Garcia Nascimento Aluna de Pós Graduação - Comunicação em Redes Sociais pela FMU em 12/02/2014 Como as pessoas e organizações estão sendo impactados por essa nova tecnologia

×