O fim do I Reinado e o período regencial

489 visualizações

Publicada em

Fim do I Reinado e o período regencial

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
489
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
221
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O fim do I Reinado e o período regencial

  1. 1. Fim do I Reinado Motivos da insatisfação com D. Pedro I: ● Fechamento da Assembleia Constituinte ● Imposição da Constituição de 1824 ● Violência na repressão contra a Confederação do Equador ● Falência do Banco do Brasil ● Derrota na Guerra da Cisplatina OBS: Guerra da Cisplatina → 1825­1828 Província da Cisplatina luta por sua independência, tornando­se a República Oriental do Uruguai
  2. 2. Motivos da insatisfação com D. Pedro I (continuação) ● Crise econômica Concorrência → internacional (Açúcar de Cuba; algodão, arroz e tabaco dos Estados Unidos; etc.) ● Crise de sucessão no trono português: – D. Miguel usurpa o trono e D. Pedro I pretende retomá­lo → guerra – Preocupação das elites brasileiras com uma possível reunificação a Portugal ● Nomeação de portugueses para cargos públicos → protestos
  3. 3. Isolamento político de D. Pedro I Abdicação em 1831 em favor de seu filho, Pedro II. … mas Pedro II só tinha 5 anos! E agora? Regência até que o Imperador atingisse a maioridade
  4. 4. Regência (1831­1840) Descentralização do poder = maior poder para as províncias, menor o poder central Avanço do liberalismo MODERADO → que não ameaçasse a ordem social, isto é: manutenção da escravidão, da propriedade privada e da submissão dos trabalhadores.
  5. 5. Algumas medidas tomadas pelos regentes: ● Criação da Guarda Nacional em → contraposição ao Exército (composto por pessoas de camadas médias e pobres), era composta por coronéis (=fazendeiros) e por homens de sua confiança. ● Ato adicional de 1834 → legislação criada para dar maior autonomia às províncias. Instituía Assembleias Legislativas Provinciais, com poder de criar leis sobre impostos, educação, religião e nomear funcionários. OBS: província = “estado”
  6. 6. Algumas medidas tomadas pelos regentes: ● Criação da Guarda Nacional em → contraposição ao Exército (composto por pessoas de camadas médias e pobres), era composta por coronéis (=fazendeiros) e por homens de sua confiança. ● Ato adicional de 1834 → legislação criada para dar maior autonomia às províncias. Instituía Assembleias Legislativas Provinciais, com poder de criar leis sobre impostos, educação, religião e nomear funcionários. OBS: província = “estado”

×