01 Aula1 Op Manha

1.562 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01 Aula1 Op Manha

  1. 1. Definições de opinião pública Opinião Pública e Propaganda Professor mestre Artur Araujo (araujofamilia@gmail.com) Norberto Bobbio (1909 — 2004) Thomas Hobbes (1588-1679) John Locke (1632–1704) Immanuel Kant (1724-1804)
  2. 2. Prazos <ul><ul><li>Daqui a 14 dias, vamos definir os grupos de pesquisa dos seminários ( 25/08/2008 ). </li></ul></ul><ul><ul><li>Daqui a 21 dias, vamos sortear as datas de apresentação dos trabalhos ( 01/09/2008). </li></ul></ul><ul><ul><li>Estamos a 35 dias do início dos seminários (15/09/2008). </li></ul></ul><ul><ul><li>Estamos a 84 dias da prova teórica (03/11/2008). </li></ul></ul>
  3. 3. Alerta: hoje é o dia do primeiro exercício <ul><li>Caros alunos, o tema da aula será explorado didaticamente hoje, ao final da exposição com a primeira pergunta que valerá nota . </li></ul>
  4. 4. Breve histórico do conceito de opinião pública na Filosofia <ul><li>Para entendermos as definições contemporâneas de opinião pública, vamos retroceder um pouco no tempo... </li></ul>
  5. 5. O poder político começa como privilégio de poucos Rei Luis XIV (1638- 1715), da França: “O Estado sou eu”
  6. 6. Poder político passa a ser compartilhado Execução de Charles I da Inglaterra (1649) Queda da Bastilha (1789) Independência dos EUA (1776)
  7. 7. A opinião pública gera horror em Hobbes <ul><li>Thomas Hobbes (1588-1679), teórico do absolutismo do século XVII, a Opinião Pública é condenável, pois seria o germe da desordem e geraria a anarquia e a corrupção no Estado. </li></ul>Thomas Hobbes (1588-1679)
  8. 8. A opinião pública gera horror em Hobbes <ul><li>O teórico britânico defendia que o preço da paz na sociedade seria a completa submissão do indivíduo ao poder do Estado. </li></ul><ul><li>“O homem é o lobo do homem” </li></ul>Thomas Hobbes (1588-1679)
  9. 9. John Locke <ul><li>Já o pensador liberal John Locke (1632–1704), ao formar a sociedade política, os homens abdicaram, a favor do poder político, do uso da força, mas mantiveram intangível o poder de julgar a virtude e o vício. </li></ul>John Locke (1632–1704)
  10. 10. John Locke <ul><li>A lei da opinião se coloca perto da Lei Divina (vox populii vox Dei). </li></ul><ul><li>Para Locke, cada sociedade se estabelece de acordo com seus próprios costumes. </li></ul>John Locke (1632–1704)
  11. 11. Jean-Jacques Rousseau <ul><li>Para o pensador suíço Rousseau (1712 –1778), a opinião pública implica censura, e o censor não é aquele que se opõe à opinião pública, mas sim aquele que a representa. </li></ul>Jean-Jacques Rousseau (1712 — 1778)
  12. 12. Jean-Jacques Rousseau <ul><li>Para o autor, a opinião pública era o fundamento, e não o contraponto, do Estado. </li></ul><ul><li>Rousseau define opinião pública como costumes e heranças do passado. Para ele, opinião pública não tem relação com a razão. </li></ul>Jean-Jacques Rousseau (1712 — 1778)
  13. 13. Kant <ul><li>Immanuel Kant (1724- 1804) foi o filósofo que mais refletiu sobre o papel da opinião pública. Ele assim definia o iluminismo: </li></ul><ul><ul><li>“ fazer uso público da própria razão em todos os campos” </li></ul></ul>Immanuel Kant (1724-1804)
  14. 14. Kant <ul><li>Opinião Pública, para o filósofo alemão, pressupõe liberdade e tem uma dupla função: </li></ul><ul><ul><li>Dirige-se ao povo, para que se torne cada vez mais capaz de liberdade de ação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Dirige-se ao Estado, para mostrar que é mais vantajoso tratar o homem segundo sua dignidade, ao invés de como máquina. </li></ul></ul>Immanuel Kant (1724-1804)
  15. 15. Kant: a publicidade (Öffentlichkeit) <ul><li>O princípio da publicidade, para Kant, é aquele que constrange a política a “dobrar o joelho diante da moral”. </li></ul>Immanuel Kant (1724-1804)
  16. 16. Kant: a publicidade (Öffentlichkeit) <ul><li>A publicidade torna-se um espaço institucionalizado e organizado no âmbito do Estado de direito liberal. Nele, os indivíduos, autônomos e racionais procedem, pelo debate público, à autocompreensão e entendimento . </li></ul>Immanuel Kant (1724-1804)
  17. 17. Opinião pública: função política <ul><li>Pensadores do século XIX enfatizaram o papel da opinião pública como instância intermediária entre o eleitorado e o poder político. </li></ul>Opinião Pública Eleitorado Poder Político
  18. 18. Opinião pública é canal de participação política <ul><li>A opinião pública, para os filósofos políticos franceses e ingleses do século XIX, seria um princípio que permite a todos os cidadãos uma ativa participação política nos destinos do país. </li></ul>
  19. 19. Opinião pública é canal de participação política <ul><li>Para esses pensadores, a opinião pública serve como freio e, ao mesmo tempo, reforço, quando o governo age em conformidade com a opinião pública. </li></ul><ul><li>A opinião pública seria, por fim, um tribunal falível, mas incorruptível. </li></ul>
  20. 20. Hegel e a crise da opinião pública <ul><li>Um dos primeiros pensadores fazer restrições à idéia de opinião pública foi o alemão Georg Hegel. </li></ul><ul><li>Para ele, a opinião pública é a manifestação dos juízos dos indivíduos acerca dos interesses comuns, um conjunto acidental de subjetividades. </li></ul>Georg Hegel 1770 — 1831
  21. 21. Hegel e a crise da opinião pública <ul><li>A sociedade civil seria então um conjunto anárquico e antagônico de tendências, que não elimina desigualdades e injustiças. </li></ul>Georg Hegel 1770 — 1831
  22. 22. Hegel e a crise da opinião pública <ul><li>Hegel afirma que, dos interesses particulares não há como nascer algo que aspire à universalidade. </li></ul>Georg Hegel 1770 — 1831
  23. 23. Alguns conceitos sobre Bobbio <ul><li>O italiano Norberto Bobbio (1909-2004) foi filósofo político, historiador do pensamento político e senador vitalício italiano. Foi professor da universidade de Turim. </li></ul><ul><li>Ele foi um dos críticos do regime fascista da Itália. Chegou a ser preso, em 1934, por sua postura de oposição ao regime de Benito Mussolini. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  24. 24. Alguns conceitos sobre Bobbio <ul><li>Norberto Bobbio foi um dos fundadores do movimento liberal- socialista, que rejeitava o marxismo ortodoxo e o discurso liberal clássico. </li></ul><ul><li>O Dicionário de Política é uma das principais obras do teórico italiano. </li></ul><ul><li>Vamos hoje entender um pouco melhor as idéias dele sobre opinião pública. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  25. 25. <ul><li>O termo Opinião Pública dirige-se a duas questões </li></ul><ul><ul><li>Não é privada, pois nasce do debate público </li></ul></ul><ul><ul><li>Tem como objeto a “coisa pública” (res publica) - república </li></ul></ul>Uma expressão de duplo sentido Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  26. 26. <ul><li>Opinião Pública é: </li></ul><ul><ul><li>Discutível, pois muda sempre </li></ul></ul><ul><ul><li>Plural, pois reflete uma pluralidade de pontos de vista </li></ul></ul><ul><ul><li>Não coincide com a verdade, pois é doxa , e não episteme . </li></ul></ul>Uma expressão de duplo sentido Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  27. 28. Um fenômeno moderno <ul><li>Opinião pública é um fenômeno da época moderna, pois pressupõe uma sociedade civil distinta do Estado. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  28. 29. Um fenômeno moderno <ul><li>Para Bobbio, a formação dos Estados nacionais privou a sociedade corporativa, cujas forças mais preeminentes eram o clero e a nobreza agrária, do seu caráter político-administrativo. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  29. 30. Um fenômeno moderno <ul><li>O Estado detém o monopólio do poder e o indivíduo mantém sua autonomia apenas na esfera privada. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  30. 31. A sociedade civil <ul><li>A sociedade civil surge como contraponto ao poder irrestrito dos políticos que controlam o Estado. </li></ul><ul><li>A sociedade civil tem como sentido histórico o propósito de influir na gestão dos interesses públicos. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  31. 32. O eterno combate ao arcana imperii <ul><li>Um dos fundamentos da opinião pública é a luta contínua contra os arcana imperii , os segredos do Estado, e a censura, para obter o máximo de publicidade dos atos do governo. </li></ul>Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  32. 33. Próxima aula: Opinião Pública, ilusões e ameaças Karl Marx 1818-1883 Norberto Bobbio (1909 — 2004)
  33. 34. Primeiro exercício em classe <ul><li>Para Norberto Bobbio, a opinião pública, dentre outras coisas, é “discutível” e não coincide com a verdade. </li></ul><ul><li>Explique de que maneira você compreendeu esses dois conceitos do autor. </li></ul>

×