1.IntroduçãoO presente trabalho procura resumir o primeiro capítulo da obra SISTEMAS DAS ALDEIASCOMUNAIS-transformações na...
2.Objectivos2.1Geral    Apresentar o resumo do primeiro capitulo da obra “O sistema das aldeias comunais em       Moçambi...
4.ResumoMoçambique localiza-se na região oriental da África entre os paralelos 10° 27’ a 26° 52’ Sul emeridianos 40° 52’ a...
Recursos naturais riqueza ainda conhecidaMoçambique é um dos poucos países em que o regime colonial nada ou pouco explorou...
Economia muito degradada, difícil situação social, alta taxa de analfabetismo (93%), a coberturasanitária era muito pobre,...
Índice1.Introdução ..........................................................................................................
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geografia dos povoamentos uem,calisto da paz-2012

1.090 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.090
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia dos povoamentos uem,calisto da paz-2012

  1. 1. 1.IntroduçãoO presente trabalho procura resumir o primeiro capítulo da obra SISTEMAS DAS ALDEIASCOMUNAIS-transformações na organização do espaço residencial e produtivo.Singiu-se emapresentar as palavras cháves, a compreensão da estrutura física do país no que concerne aoclima, a estrutura geomorfológica, a rede hidrográfica e a estrutura sócio-económica trilhado porMoçambique, na era colonial e pós indepêndencia. Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 1 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE
  2. 2. 2.Objectivos2.1Geral  Apresentar o resumo do primeiro capitulo da obra “O sistema das aldeias comunais em Moçambique”.2.2Específicos  Apresentar em resumo os aspectos essencias que o autor procura aborda no primeiro capítulo; e  Descrever a análise socioeconómica feita pelo autor antes e após independência.3.MetodologiasA metodologia usada na realização deste trabalho passou necessariamente pela revisãobibliográfica da obra, “ O sistema das aldeias comunais em Moçambique”. Na primeira faseprocedeu-se a leitura e o resumo individual por cada elemento do grupo.Na segunda fase cada elemento apresentou o resumo elaborado o que permitiu a síntetise ecomplilação do presente resumo. Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 2 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE
  3. 3. 4.ResumoMoçambique localiza-se na região oriental da África entre os paralelos 10° 27’ a 26° 52’ Sul emeridianos 40° 52’ a 30° 12’ Este.O país apresenta uma divisão administrativa formada por onze províncias das quais se dividemem distritos e estes em localidades. É com base nesta divisão administrativa que funcionam asestruturas socioeconómicas e políticas, mais esta divisão não lhe atribui a uma planificaçãoregional que leva a formação de relação de regiões económicas.A sua geomorfologia é simples e robórdo da estrutura do litoral da África Austral, os picos maisaltos verificam-se no Centro e Norte em áreas reduzidas com destaque para a província deManica (Binga 2436 m), os planaltos correspondem a 43% do território são mais representadosno Centro e Norte. A Sul do rio Save ocorrem as planícies que se estreitam pelo litoral até a fozdo rio Rovuma.AMORIM (1965), afirma que a circulação atmosférica é influenciada por cinco centros de acção:baixas pressões da zona intertropical- que na sua deslocação anual para o Sul, afectam todo oNorte do país, anticiclone do Índico- provoca uma circulação de massas de ar quente e húmidonos meses de Maio e Novembro atingindo todo território, anticiclone de origem térmica-forma-se no interior da África meridional durante a estação fria dando origem a ventos quentes esecos, depressões da zona subpolar- migram para o Norte e afectam o litoral Sul e Sueste docontinente africano e ciclones tropicais- formado no índico e canal de Moçambique.Estes centros e a sua posição ao longo do ano conferem diferentes tipos de clima no país e com aclassificação de Koppen têm se clima tropical de savana (Aw)- no litoral e nos planaltos deNorte e Centro, clima tropical seco de estepe (BSwh)- ocorre no interior Sul uma parte dointerior Centro e no vale do alto Zambeze e clima tropical de altitude (Cw)-verifica- se nasprovíncias de Manica, Tete e Niassa.As temperaturas médias anuais oscilam entre 22 a 26° diminuindo ligeiramente de Norte paraSul, a pluviosidade anual varia de 1500mm as áreas de tropical de altitude, a500mm nas de climatropical seco. Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 3 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE
  4. 4. Recursos naturais riqueza ainda conhecidaMoçambique é um dos poucos países em que o regime colonial nada ou pouco explorou nosrecursos naturais, pois apresentava uma economia dependente, por esta razão após aindependência foram feitos estudos de exploração mineral o que revelou a existência de umagama de recursos minerais energéticos (gás natural em Inhambane e carvão em Moatize) sendo oúltimo explorado na era colonial.Uma situação económica difícilUma economia dependente em degradação A) Economia de prestação de serviçoBATTISTINI (1967) refere que o País sendo colonizado por uma metrópole pobre não podiacontar com a Lisboa para o seu desenvolvimento, neste caso não tendo poder económico paradesenvolver a colónia valendo-se da localização geográfica do País utilizou- a transformando-oem colónia de prestação de serviços ferro-portuário e de fornecimento de mão-de-obra emparticular para África do Sul e Zimbabwe. B) Agricultura colonial dois sistemas antagónicoA agricultura era considerada a actividade principal na era colonial com mais de 75% dapopulação activa, este regime trouxe um novo sistema agrícola de plantação com o objectivo deobter para o seu proveito produtos tropicais de exploração. Surge dessa forma dois tipos deagriculturas antagónicas (tradicional e de plantação). C) Uma indústria incipienteAssim como aconteceu com os serviços ferro-portuário e agrário, a indústria não permitiu odesenvolvimento do País estando definida para a importação da matéria-prima e produtos semi-acabados.E) Aspectos mais marcantes da situação social anterior a independência nacional Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 4 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE
  5. 5. Economia muito degradada, difícil situação social, alta taxa de analfabetismo (93%), a coberturasanitária era muito pobre, existia enfermaria para indígena com serviços de baixa qualidadejustificada pela fraca cobertura, em 1973 um médico estava para 17.349 habitantes, em 197091,8% das famílias viviam em casas de material precário, 3.1% da população possui águacanalisada e 2.8% moradias com energia electricaUm caminho de recuperação difícilO caminho que Moçambique teve que seguir após a independência fora coroado de muitasdificuldades, devido a plataforma socioeconómica deixada pelos portugueses em 1977, oGoverno passou a contar com um plano estratégico de revitalização da economia fruto do IIICongresso da Frelimo , o que até certo ponto foi notório o crescimento do PIB em 11%resultante da produção de bens de serviço em 1981. E 1982 o efeito multiplicador do PIB foireduzido para 1% devido as calamidades naturais.Em 1981 dentro da cooperação da SADCC desenvolveu-se um plano de reativação dos portospara reduzir a dependência da R.A.S., consistiu no desenvolvimento de infraestruturas do portoda Beira e de Nacala terminal do carvão açúcar combustível, etc.As políticas agrárias foram implementadas convista ao aumento da produção agrícola mas, estaactividade veio ser seriamente afectada por calamidades naturais que assolaram todo país, adestacar: as inundações dos rios Incomáti e Limpopo em 1977, o ciclone em 1979 na regiãoNorte as cheias em 1981 no Centro do país, e as secas intensas em 1981 no Sul e Centro deMoçambique.Nos últimos anos as exportações moçambicanas continuam a ser fundamentalmente agrícolas eos sectores de educação e saúde evoluíram positivamente quanto a qualidade e nível de acesso.5.Referências BibliográficasARAÚJO, G. M.M, (1988), O Sistema das Aldeias Comunais em Moçambique:transformações na organização do espaço residencial e produtivo, Lisboa, Tese de doutoramento,Universidade de Lisboa, 9-99 pp.MADEIRA, J. B.(2000) Redacção científica-práticas de fichamentos, resumo e resenhas. EditoraAtlas. 4 edicao. São Paulo. Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 5 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE
  6. 6. Índice1.Introdução .................................................................................................................................................. 12.Objectivos .................................................................................................................................................. 2 2.1Geral..................................................................................................................................................... 2 2.2Específicos ........................................................................................................................................... 23.Metodologias.............................................................................................................................................. 24.Resumo ...................................................................................................................................................... 35.Referências Bibliográficas ......................................................................................................................... 5 Geografia da populaão e Povoamentos: resumo do 1º capitulo da obra O SISTEMA DAS ALDEIAS DE 6 COMUNAIS EM MOÇAMBIQUE

×