Artista Tadeu Medeiros

365 visualizações

Publicada em

Vida e Obras do Escultor Tadeu Medeiros

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artista Tadeu Medeiros

  1. 1. O artista plástico Tadeu Medeiros, nascido em Quaraí (RS), em 1940, e falecido em Cuiabá, em 1987, criou uma importante obra como desenhista, escultor, pintor, gravador, ceramista e entalhador. Peças de seu trabalho estão espalhadas em cidades como Quaraí, Santana do Livramento, Canoas, Porto Alegre, no Estado do Rio Grande Sul; Campinas, São Paulo no Estado de São Paulo; Cuiabá, Mato Grosso, Rivera, Montevideu no Uruguai, assim como em países como Holanda, Alemanha e outros. Elas estão em museus e em coleções particulares. Seu nome está registrado no Dicionário de Artes Plásticas no Rio Grande do Sul, de Renato Rosa e Décio Presser, bem como, lhe foi concedido nome de Rua em Santana do Livramento, pela Câmara de Vereadores - rua Prof.Tadeu Medeiros. Dra. Iselda Corrêa Ribeiro, sua companheira, aposentada na Universidade Federal do Mato Grosso e que hoje reside em Porto Alegre junto com os filhos possui um acervo de cerca de trinta e cinco peças – principalmente esculturas em madeira e em pedra sabão, entalhes em madeira, desenhos- obras estas, realizadas nos últimos dez anos de sua vida em Cuiabá, Mato Grosso, cidade que os acolheu com muito carinho transformando-os em matuchos.
  2. 2. Livre pensador, Tadeu Medeiros foi um artista engajado. Durante os “anos de chumbo” do movimento militar de 1964, várias vezes manifestou-se contra a ditadura e pela volta do Brasil ao sistema democrático, sendo inclusive preso e torturado pela CIA em Montevidéu. Foi perseguido por isso e teve que se exilar no Uruguai. No ano de 1976, foi com sua companheira Iselda para Cuiabá onde viveram até o ano de 1987, quando de sua morte. Tiveram três filhos. Todos com nomes indígenas do Mato Grosso: Mayalu, Apoena e Uarã. Atuou com sua esposa, junto aos movimentos camponeses e de índios, no Mato Grosso, cujas historias das suas lutas e sofrimentos, retratou em várias de suas esculturas, desenhos e pinturas. Tadeu Medeiros foi um escultor muito admirado pela população de Quaraí, onde realizou fantásticas obras como, Via Sacra de Jesus (Igreja Central da Cidade), bem como, obras publicas (Bíblia de Pedra no meio da Praça Central) e (Esculturas na Câmara de vereadores desta cidade). Em Sant’Ana do Livramento pode-se encontrar no Museu Popular de Ivo Cagianni, parte das obras de Tadeu na sua primeira fase, antes de migrar para Cuiabá. Suas exposições chamaram atenção pela força expressiva que possui e pelos seus personagens inquietantes. “São trabalhadores”, definia o artista. Mas as obras dizem mais que apenas isso. São trabalhadores sobretudo explorados: cara sofrida, olhos fechados, a mão realçada e o corpo sempre curvado.
  3. 3. Figuras que chocam, e é exatamente isso que Tadeu Medeiros pretendia despertar a consciência do público para a realidade perturbadora da maioria dos trabalhadores. Ele sempre dizia para Iselda: “Se um dia o mundo for destruído pelas bombas atômicas, a história da humanidade poderá ser vista através das suas pedras, mesmo destruídas em parte”. (Iselda) Nos anos de 70 e 80, aproximou-se do Bispo D. Pedro Casaldáliga, com quem desenvolveu uma série de ideias para levar educação e preparação profissional às pessoas carentes através da arte. São impressionantes os desenhos que fez de peças e instrumentos de trabalho para as Oficinas de Arte Popular que pretendia montar em Cuiabá. Presenteou D. Pedro com um entalhe em madeira com um “índio na cruz”, em vez de Cristo. Esta obra encontra-se em São Felix do Araguaia, no Salão Comunitário da igreja de D. Pedro. Muitas e muitas histórias da vida de Tadeu Medeiros aqui na terra poderão ser vistas através de sua obra, de seus textos e dos textos escritos sobre ele nos jornais, exposições e nas crônicas sobre Tadeu Medeiros que Iselda está escrevendo a pedido de seus filhos em seu blog www.diariodeumasessentona.wordpress.com.
  4. 4. Tadeu Medeiros Pintura a Óleo de Getulio Vagas Tadeu Medeiros 04- Juscelino Kubitschek
  5. 5. Tadeu Medeiros Tadeu Medeiros Tadeu Medeiros Palestra sobre Arte – UFMT
  6. 6. 09-Tadeu Medeiros 10-Tadeu Medeiros 11-Tadeu Medeiros
  7. 7. 24-Pedra Sabão 25-Pedra Sabão 26-Pedra Sabão 27-Pedra Sabão
  8. 8. 28-Pedra Sabão 29-Pedra Sabão 30-Pedra Sabão 31-Pedra Sabão
  9. 9. 32-Pedra Sabão 33-Pedra Sabão 34-Pedra Sabão 35-Pedra Sabão
  10. 10. 36-Pedra Sabão 37-Argila
  11. 11. 03-Madeira 04-Madeira 05-Madeira 06-Madeira
  12. 12. Madeira Madeira Madeira Madeira
  13. 13. Madeira Desenho Desenho Desenho
  14. 14. Desenho Desenho Esboço Esboço
  15. 15. Esboço Esboço Esboço Esboço
  16. 16.  Jornal Correio Popular  Jornal do Dia  Jornal Zero Hora  Revista Esquema  Jornal Fato Ilustrado  Jornal do Estado de Mato Grosso  Jornal do Comércio  Jornal A Plateia  Tribuna Cuiabana
  17. 17. Jornal do Dia - Escultor Engajado - 22.09
  18. 18. Tribuna Cuiabana - 16.01
  19. 19. Revista Esquema - 14.08
  20. 20. Revista Esquema - 15.08.84 - Pg
  21. 21. Jornal do Dia - 06.07 Jornal do Dia - Cuiabá - 20.02 Jornal do Dia - Cuiabá-MT Jornal do Dia - Março de 86
  22. 22. Jornal A Platéia - Cuiabá-MT - 06.03 Jornal Correio Popular - Campinas-SP - 18.05 Jornal Diário de Cuiabá Jornal do Comércio - 24.06
  23. 23. Jornal do Dia - Morte de Tadeu Medeiros Jornal do Dia 17.05 Jornal do Dia 20.04 Tribuna Cuiabana - 16.01
  24. 24. Jornal do Estado de Mato Grosso - 12.06 Jornal Folha Popular - 12.05 Jornal Tribuna Cuiabana - 28.09 Texto de Inês Portugal sobre Tradeu Medeiros
  25. 25. Jornal Zero Hora - 03.09 Publicação. Publicação Publicação
  26. 26. Publicações Texto de Inês Portugal sobre Tradeu Medeiros
  27. 27. 01-Pedra Sabão 03-Pedra Sabão
  28. 28. 02-Pedra Sabão 04-Pedra Sabão
  29. 29. 06-Pedra Sabão 07-Pedra Sabão
  30. 30. 11-Pedra Sabão 05-Pedra Sabão
  31. 31. 12-Pedra Sabão 13-Pedra Sabão
  32. 32. 14-Pedra Sabão 15-Pedra Sabão
  33. 33. 16-Pedra Sabão 17-Pedra Sabão
  34. 34. 18-Pedra Sabão 19-Pedra Sabão
  35. 35. 20-Pedra Sabão 22-Pedra Sabão
  36. 36. 23-Pedra Sabão 25-Pedra Sabão
  37. 37. 24-Pedra Sabão 26-Pedra Sabão 27-Pedra Sabão
  38. 38. 28-Pedra Sabão 29-Pedra Sabão 30-Pedra Sabão 31-Pedra Sabão
  39. 39. 32-Pedra Sabão 33-Pedra Sabão34-Pedra Sabão
  40. 40. 02-Madeira 03-Madeira
  41. 41. 01- Presente a D. Pedro Casaldaliga – São Felix do Araquaia (MT)05-Madeira
  42. 42. 06-Madeira 07-Madeira
  43. 43. 10-Madeira 09-Madeira
  44. 44. 08-Madeira 13-Madeira
  45. 45. 14-Madeira 15-Madeira
  46. 46. 12-Madeira 04-Madeira
  47. 47. 20-Porta de Madeira
  48. 48. 16-Desenho 17-Esboço
  49. 49. 18-Desenho 19-Desenho 20-Porta de Madeira
  50. 50. 01-Ferro 02-Ferro
  51. 51. 04-Ferro 05-Ferro
  52. 52. Denominação de uma rua em nome de Tadeu Medeiros
  53. 53. 02-Igreja de Quaraí 01-Igreja de Quaraí
  54. 54. 03-Via Sacra de Jesus
  55. 55. 04-Via Sacra de Jesus
  56. 56. 05-Jesus é condenado a morte 06-Jesus irá carregar sua cruz 07-Jesus Carrega sua Cruz 08-Jesus consola as mulheres de Jerusalém.
  57. 57. 08-Jesus consola as mulheres de Jerusalém. 08-Jesus consola as mulheres de Jerusalém 09-Jesus consola as mulheres de Jerusalém 10-Jesus é arrastado com a cruz.
  58. 58. 10-Jesus é arrastado com a cruz 11-Jesus cai pela primeira vez 12-Jesus Cai pela Segunda Vez 13-Jesus é despojado de suas vestes
  59. 59. 14-Jesus é pregado na cruz.. 14-Jesus é pregado na cruz. 14-Jesus é pregado na cruz 15-Jesus é descido da cruz
  60. 60. 16-Jesus é sepultado

×