Coelhinho branco

18.175 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.175
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
251
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
402
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coelhinho branco

  1. 1. Era uma vez um coelhinho branco que vivia numa toca na floresta. Um dia saiu com uma cesta para ir à horta buscar couves para fazerum caldinho para o seu jantar, mas quando voltou viu que a porta da suacasa estava fechada, e ele tinha-a deixado aberta! Bateu, e ouviu uma vozgrossa que vinha lá de dentro a perguntar: - Quem és tu? - Eu sou o Coelhinho Branco e fui à horta buscar couves para fazerum caldinho. E tu, quem és? - Eu sou a Cabra Cabrês, que te salta em cima e te faz em três! O Coelhinho Branco ficou cheio de medo e pensou: «o que é que eufaço? Não posso voltar para casa pois está lá a Cabra Cabrês que me saltaem cima e me faz em três. Só me resta ir pedir ajuda a um amigo.» E foi o que fez. Andou, andou pelos campos fora até encontrar o Cão: - Olá, o que se passa, Coelhinho Branco, que tens um ar tão triste? -perguntou-lhe o Cão. - Cão, ajuda-me. Fui à horta buscar couves para fazer um caldinho,mas quando voltei para casa estava lá a Cabra Cabrês que me salta em cimae me faz em três! Ajuda-me, Cão! - A Cabra Cabrês! Ai, eu não vou lá que tenho muito medo dela! O Coelhinho Branco ficou ainda mais triste. Só tinha vontade dechorar, mas como tinha de conseguir voltar a entrar em casa, continuou apensar: «o Cão não me pôde ajudar, mas tenho de encontrar uma amigo quepossa. Já sei! Vou procurar o Boi. Ele é grande e forte, e de certeza vai-meajudar a fazer fugir a Cabra Cabrês que me salta em cima e me faz emtrês.» E lá andou até encontrar o Boi: - Que tens, Coelhinho Branco, que estás tão triste? – disse-lhe o Boi.
  2. 2. - Boi, Boi, podes-me ajudar? Já pedi ajuda ao Cão, mas ele não mepôde ajudar: é que fui à horta buscar couves para fazer um caldinho, masquando voltei para casa estava lá a Cabra Cabrês que me salta em cima eme faz em três! Não sei o que fazer! - A Cabra Cabrês! Ai, eu não vou lá que ela é muito má! DesculpaCoelhinho Branco, mas eu tenho muito medo! O Coelhinho branco estava mesmo a ficar muito triste e não sabia oque havia de fazer. Continuou a pensar no assunto: «fui ao Cão, mas ele não me pôdeajudar. Fui ao Boi, que é grande e forte, mas ele também tem medo daCabra Cabrês que me salta em cima e me faz em três! A que outro amigopoderei pedir ajuda?» E o Coelhinho Branco depois de muito pensar foi ter com o Gato: - Olá! Que tens, Coelhinho Branco, que estás tão triste? – perguntou--lhe o Gato. - Gato, ajuda-me! Já pedi ajuda ao Cão, mas ele não me ajudou.Também pedi ajuda ao Boi, mas nem ele me ajudou. E depois pensei em tique és meu amigo: eu fui à horta buscar couves para fazer um caldinho,mas quando voltei para casa estava lá a Cabra Cabrês que me salta em cimae me faz em três! Podes ir lá comigo? - A Cabra Cabrês, que te salta em cima e te faz em três? Desculpamas não, eu não vou lá que tenho medo!
  3. 3. O Coelhinho Branco ficou tão triste, tão triste, que se sentou numapedra e começou a chorar: Nisto passou uma formiga que lhe perguntou: - Que tens, Coelhinho Branco, porque chorastanto? E o Coelhinho Branco respondeu: - Fui à horta buscar couves para fazer umcaldinho, mas quando voltei para casa estava lá a CabraCabrês que me salta em cima e me faz em três! Já pediajuda ao Cão, ao Boi e ao Gato, mas nenhum me quis ajudar. Estou tãotriste pois não sei o que fazer. - Não te preocupes, Coelhinho Branco, eu vou lá contigo! E partiram os dois a correr de volta para a toca do nosso amigo. Mal lá chegaram, o Coelhinho Branco perguntou: - Quem está ai? - Estou eu, a Cabra Cabrês, que te salto em cima e te faço em três! Etu quem és? Nesse momento, a formiga deu um grande salto, enfiou-se peloburaco da fechadura e exclamou: - Eu sou a Formiga Rabiga, que te salto em cima e te furo a barriga! Dentro da casa ouviu-se um grande reboliço e muitos berros daCabra Cabrês, que acabou por abrir a janela, saltar dali e fugir depressapelos campos a fora. O Coelhinho Branco agradeceu à formiga Rabiga, que o tinha livradoda Cabra Cabrês, e convidou-a para comerem juntos o caldinho de couvesque ele fez com os legumes que tinha ido buscar à horta para o seu jantar Reescrita e Adaptação: Margarida Braga

×