física quântica
a história, a filosofia, a ciência e a espiritualidade dialogam nos
propondo um novo paradigma existencial...
• Bibliografia
• Quem Somos Nós? (William Arntz, Betsy Chasse e
Mark Vicente)
• A Física da Alma (Amit Goswami)
• A Física...
sempre o todo parte para o um, e a tríade é
constante
anapaulapeixer@mac.com
aspectos físicos da nossa existência
anapaulapeixer@mac.com
Física Quântica
• Princípio Antrópico - o mundo só foi criado para existir o observador,
seres humanos e consciência, há u...
No princípio Deus disse: Haja luz!
No princípio criou Deus o céu e a terra.

E a terra era sem forma e vazia; e havia trev...
Fóton (wikipedia): é a partícula elementar mediadora da força
eletromagnética. A troca de fótons entre as partículas como ...
Diferença entre onda e partícula?
!
A diferença é que partícula é basicamente composta por matéria mesmo que a
massa seja ...
Átomo (prótons(+), elétrons(-) e nêutrons(junto com próton núcleo)
Quarks
Fóton
Neutrino(partícula fantasma, não interage ...
Os físicos se perguntam:
!
Por que as coisas são compostas por uma tríade? Prótons, elétrons e nêutrons?
E por que tantas ...
O que mantém o universo como está?
!
Força Eletromagnética
ela mantém os elétrons em torno do núcleo do átomo
!
Força de I...
Universos Paralelos
por
Dr. Michio Kaku
anapaulapeixer@mac.com
anapaulapeixer@mac.com
aspectos histórico-filosóficos da nossa existência
anapaulapeixer@mac.com
• O caráter “machista” e paternalista da religião de origem judaica que
permeia também o “cristianismo”
• O Tóten como teo...
• Teocentrismo - A Idade Média pode ser denominada teocêntrica porque todas as suas
ideias giravam em torno de Deus, o Deu...
• Iluminismo - Europa. O Iluminismo ou Esclarecimento foi um movimento cultural da elite
intelectual europeia do século XV...
chronus e kairos
• Na mitologia grega, Chrónos (em grego Χρόνος, que significa tempo;
em latim Chronus) era a personificaç...
• Dialética de Platão
anapaulapeixer@mac.com
• Éon, eão, eon ou ainda aeon do grego αιών (aión), na mitologia
gnóstica, são entidades emanadas de Deus, geralmente em p...
aspectos fisiológicos da fé e da transcendência
anapaulapeixer@mac.com
o cérebro humano
• Paul D. McLean, que batizou o sistema límbico
como tal, nos mostra em suas pesquisas que
recebemos 3 cé...
1. cérebro (herdado) dos répteis
• primitivo
• luta pela sobrevivência
• realidade concreta e objetiva
anapaulapeixer@mac....
2. cérebro herdado dos mamíferos
inferiores
• responsável pelas respostas e pelos
comportamentos emotivos, afetividade,
me...
3. cérebro, neocórtex
• dá sentido de poder, ordem e organização,
imitando a ordem do universo
• inaugura a consciência, a...
o cérebro como “antena”
• neuroestimulação e campos eletromagnéticos
• Michael A. Persinger
• experiência de percepção de ...
as religiões, seus pontos de convergência
anapaulapeixer@mac.com
a teoria de Levi Strauss
o sânscrito como primeira escrit...
Deus, obrigada por tudo.	

Aos presentes, muito obrigada a todos(as).
anapaulapeixer@mac.com
(47) 3433-3000
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra sobre Física Quântica, Filosofia e Inteligência Emocional - Conemb 2013

725 visualizações

Publicada em

Palestra sobre Física Quântica, Filosofia e Inteligência Emocional - Conemb 2013

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
725
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra sobre Física Quântica, Filosofia e Inteligência Emocional - Conemb 2013

  1. 1. física quântica a história, a filosofia, a ciência e a espiritualidade dialogam nos propondo um novo paradigma existencial Ana Paula Peixer - teóloga com pós-graduação em Neuropsicopedagogia www.anapaulapeixer.com.br anapaulapeixer@mac.com
  2. 2. • Bibliografia • Quem Somos Nós? (William Arntz, Betsy Chasse e Mark Vicente) • A Física da Alma (Amit Goswami) • A Física Quântica em Nossa Vida (Osny Ramos) • A Religião do Cérebro (Raul Marino Jr) • Bíblia • O Cosmo de Einstein (Michio Kaku) • Wikipedia • O Poder da Kabbalah (Yehuda Berg) • Como Integrar Liderança e Espiritualidade (Jair Moggi e Daniel Burkhard) • Convite a Filosofia (MarilenaChaui) • Nephilim (Caio Fábio D’Araújo) • O Fator Melquisedeque (Don Richardson) • O Livro de Ouro das Religiões (John Bowker) anapaulapeixer@mac.com
  3. 3. sempre o todo parte para o um, e a tríade é constante anapaulapeixer@mac.com
  4. 4. aspectos físicos da nossa existência anapaulapeixer@mac.com
  5. 5. Física Quântica • Princípio Antrópico - o mundo só foi criado para existir o observador, seres humanos e consciência, há uma inteligência por trás de tudo isso. • O mundo que vemos contém apenas 4% de partículas detectáveis, o restante é “invisível”. • Conhecemos apenas 1% da realidade visível, os outros 99% do universo é invisível, desconhecido.
  6. 6. No princípio Deus disse: Haja luz! No princípio criou Deus o céu e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. ! Gênesis 1:1-3 anapaulapeixer@mac.com
  7. 7. Fóton (wikipedia): é a partícula elementar mediadora da força eletromagnética. A troca de fótons entre as partículas como os elétrons e os prótons é descrita pela eletrodinâmica quântica, a qual é a parte mais antiga do Modelo Padrão da física de partículas. ! ! Ele interage com os elétrons e núcleo atômico sendo responsável por muitas das propriedades da matéria, tais como a existência e estabilidades dos átomos, moléculas, e sólidos. Em alguns aspectos um fóton atua como uma partícula, por exemplo quando registrado por um mecanismo sensível à luz como uma câmera. ! Em outras ocasiões, um fóton se comporta como uma onda, tal como quando passa através de uma lente ótica. De acordo com a conhecida dualidade partícula-onda da mecânica quântica, é natural para um fóton apresentar ambos aspectos na sua natureza, de acordo com as circunstâncias que se encontra. Normalmente, a luz é formada por um grande número de fótons, tendo a sua intensidade ou brilho ligada ao número deles. anapaulapeixer@mac.com
  8. 8. Diferença entre onda e partícula? ! A diferença é que partícula é basicamente composta por matéria mesmo que a massa seja quase desprezível. ! Já uma onda é uma pertubação periódica, ou seja, regular que transporta apenas energia. Essa energia pode ser sonora como som de um violino, luminosa como um laser, etc. ! Todas as partículas podem ser vistas, mesmo que, para isso, o esforço tenha que ser imenso. Por sua vez uma onda nem sempre pode ser vista mas seus efeitos podem ser detectados, ex: rádio fm. partícula (átomo) onda anapaulapeixer@mac.com
  9. 9. Átomo (prótons(+), elétrons(-) e nêutrons(junto com próton núcleo) Quarks Fóton Neutrino(partícula fantasma, não interage com nenhuma outra matéria, é capaz de atravessar uma parede de chumbo) ! Cada partícula tem a sua antipartícula, ou, antimatéria, possui a mesma massa mas com carga elétrica contrária. ! Ex: a antipartícula do elétron é o pósitron, como “inimigas mortais”, se uma entra em contato com a outra, elas se aniquilam e tudo se transforma em fóton. ! Partículas e antipartículas existem em mundos opostos e separados e os cientistas não sabem explicar o porquê deste fenômeno. anapaulapeixer@mac.com
  10. 10. Os físicos se perguntam: ! Por que as coisas são compostas por uma tríade? Prótons, elétrons e nêutrons? E por que tantas outras partículas existentes? ! Estas partículas inexplicáveis, como o neutrino, por exemplo (partícula fantasma), parecem ser algo supérfluo no universo físico, sem nenhuma função na estruturação e sustentação da realidade fenomênica, como se elas fossem um resíduo de algum processo físico que ocorreu ou ocorre em regiões longínquas ou nos primórdios do universo. anapaulapeixer@mac.com
  11. 11. O que mantém o universo como está? ! Força Eletromagnética ela mantém os elétrons em torno do núcleo do átomo ! Força de Interação Forte atua no núcleo do átomo, neutralizando a força de repulsão entre os prótons e unindo-os entre si e aos nêutrons, assim fixa o núcleo atômico ! Força de Interação Fraca também atua no núcleo atômico, age sobre os nêutrons ! Força da Gravidade mantém de “pé” tudo o que vemos em nosso planeta, e o mantém também orbitando na Galáxia anapaulapeixer@mac.com
  12. 12. Universos Paralelos por Dr. Michio Kaku anapaulapeixer@mac.com
  13. 13. anapaulapeixer@mac.com
  14. 14. aspectos histórico-filosóficos da nossa existência anapaulapeixer@mac.com
  15. 15. • O caráter “machista” e paternalista da religião de origem judaica que permeia também o “cristianismo” • O Tóten como teoria do medo e controle anapaulapeixer@mac.com
  16. 16. • Teocentrismo - A Idade Média pode ser denominada teocêntrica porque todas as suas ideias giravam em torno de Deus, o Deus da Revelação judaico-cristã. • Renascimento - Fim do séc. XIV, mudança na cultura e sociedade, fim do feudalismo. • Antropocentrismo - é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do entendimento dos humanos, isto é, o universo deve ser avaliado de acordo com a sua relação com o Homem. A ideia veio em contraposição ao suposto teocentrismo da Idade Média, surgiu a partir do renascimento cultural. (Europa. Séc. V - XV). • Humanismo - é um termo relativo ao Renascimento, movimento surgido na Europa, mais precisamente na Itália, que colocava o homem como o centro de todas as coisas existentes no universo. Nesse período, compreendido entre a transitoriedade da Baixa Idade Média e início da Moderna (séculos XIV a XVI), os avanços científicos começavam a tomar espaço no meio cultural. A tecnologia começava a se aflorar nos campos da matemática, física, medicina. Nomes como Galileu, Paracelso, Gutenberg, dentre outros, começavam a se despontar, em razão das descobertas feitas por eles. • Reforma Protestante - foi um movimento reformista cristão iniciado no início do século XVI por Martinho Lutero, quando através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517 na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano. anapaulapeixer@mac.com
  17. 17. • Iluminismo - Europa. O Iluminismo ou Esclarecimento foi um movimento cultural da elite intelectual europeia do século XVIII que procurou mobilizar o poder da razão, a fim de reformar a sociedade e o conhecimento herdado da tradição medieval. Promoveu o intercâmbio intelectual e foi contra a intolerância e os abusos da Igreja e do Estado. Originário do período compreendido entre os anos de 1650 e 1700, o Iluminismo foi despertado pelos filósofos Baruch Spinoza (1632-1677), John Locke (1632-1704), Pierre Bayle(1647-1706) e pelo matemático Isaac Newton (1643-1727). Príncipes reinantes, muitas vezes apoiaram e fomentaram figuras do Iluminismo e até mesmo tentaram aplicar as suas ideias de governo. O Iluminismo floresceu até cerca de 1790-1800, após o qual a ênfase na razão deu lugar ao ênfase do romantismo na emoção e um movimento Contra-Iluminismo ganhou força. • Existencialismo - termo aplicado a uma escola de filósofos dos séculos XIX e XX que, apesar de possuir profundas diferenças em termos de doutrinas,1 2 3partilhavam a crença que o pensamento filosófico começa com o sujeito humano, não meramente o sujeito pensante, mas as suas ações, sentimentos e a vivência de um ser humano individual. • Feminismo - séc. XIX e segunda etapa 1960 e 70. • Woodstock - déc. 60 • Psicanálise - Séc. XIX. • Microfisioterapia - França, 30 anos atrás. anapaulapeixer@mac.com
  18. 18. chronus e kairos • Na mitologia grega, Chrónos (em grego Χρόνος, que significa tempo; em latim Chronus) era a personificação do tempo. Os gregos antigos tinham três conceitos para o tempo: chronos, kairos e Aeon. Enquanto chronos refere-se ao tempo cronológico, ou sequencial, que pode ser medido, kairos refere-se a um momento indeterminado no tempo, em que algo especial acontece, "Aion" já era um tempo sagrado e eterno, sem uma medida precisa, um tempo da criatividade onde as horas não passam cronologicamente, onde na teologia moderna é o tempo de Deus. anapaulapeixer@mac.com
  19. 19. • Dialética de Platão anapaulapeixer@mac.com
  20. 20. • Éon, eão, eon ou ainda aeon do grego αιών (aión), na mitologia gnóstica, são entidades emanadas de Deus, geralmente em pares, ou Sizígias e que existem noPleroma. Seus nomes frequentemente denotam atributos mentais ou espirituais como Pistis (fé), Sophia ou Protenoia (previsão), ou ainda conceitos importantes do gnosticismo como o anthropos (homem) ou spirito. O éon mais comum na mitologia gnóstica é Sophia. Frequentemente um éon está envolvido na criação da humanidade conferindo-lhe espírito aos seres-humanos, contra o desejo do Demiurgo e seus arcontes que tipicamente criam a alma e o corpo. anapaulapeixer@mac.com
  21. 21. aspectos fisiológicos da fé e da transcendência anapaulapeixer@mac.com
  22. 22. o cérebro humano • Paul D. McLean, que batizou o sistema límbico como tal, nos mostra em suas pesquisas que recebemos 3 cérebros , com três setores anatômicos e funcionais. anapaulapeixer@mac.com
  23. 23. 1. cérebro (herdado) dos répteis • primitivo • luta pela sobrevivência • realidade concreta e objetiva anapaulapeixer@mac.com
  24. 24. 2. cérebro herdado dos mamíferos inferiores • responsável pelas respostas e pelos comportamentos emotivos, afetividade, memórias • entende a criação como provedora de alimento • tem o sentido e o objeto de amor anapaulapeixer@mac.com
  25. 25. 3. cérebro, neocórtex • dá sentido de poder, ordem e organização, imitando a ordem do universo • inaugura a consciência, autoconsciência, pensamento abstrato • poder de planejamento, cognição, palavra, linguagem • é nele que está a capacidade de entender os símbolos descritos pelo “Criador” anapaulapeixer@mac.com
  26. 26. o cérebro como “antena” • neuroestimulação e campos eletromagnéticos • Michael A. Persinger • experiência de percepção de uma presença, ou “divindade” • intrusão, a atividade dos hemisférios esquerdo e direito se “cruzam”, como se o cérebro formasse um “todo” • o ruído de fundo, segundo a física quântica anapaulapeixer@mac.com
  27. 27. as religiões, seus pontos de convergência anapaulapeixer@mac.com a teoria de Levi Strauss o sânscrito como primeira escrita que deu origem a todas as outras
  28. 28. Deus, obrigada por tudo. Aos presentes, muito obrigada a todos(as). anapaulapeixer@mac.com (47) 3433-3000

×