Anorexia e bulimia

10.139 visualizações

Publicada em

0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
464
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anorexia e bulimia

  1. 1. Anorexia bulimia<br />
  2. 2. Escola:<br />E.B 2,3 Bernardino Machado<br />Disciplina:<br />Área de Projecto<br />Trabalho elaborado por:<br />Márcia Rodrigues, n.º 8<br />Margarida Marques, n.º10<br />Marta Fernandes, n.º11<br />Nuno Rodrigues nº12<br />7ºC<br />
  3. 3. Introdução<br /> Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto, a pedido da professora Tânia Pinto. Com este trabalho esperamos alertar as pessoas do perigo que a Anorexia e a Bulimia podem trazer e fazer perceber que estas doenças são causa de morte. Com isto queremos também ficar a perceber melhor de que se tratam e as sua consequências.<br />
  4. 4. Anorexia<br />
  5. 5. Anorexia<br />A anorexia nervosa é uma disfunção alimentar, caracterizada por uma rígida e insuficiente dieta alimentar (baixo peso corporal) e stress físico. A anorexia nervosa é uma doença complexa, envolvendo componentes psicológicos, fisiológicos e sociais. Uma pessoa com anorexia nervosa é chamada de anorética, no entanto, também se pode chamar bulímica. <br />
  6. 6. Primeiros grupos afectados<br /> A anorexia nervosa afecta em primeiro lugar os adolescentes do sexo feminino e jovens mulheres do Hemisfério Ocidental, contudo, também afecta alguns rapazes. <br /> No caso dos jovens adolescentes de ambos os sexos, poderá estar ligada a problemas de auto-imagem, dismorfia, dificuldades em ser aceitado pelo grupo, ou em lidar com a sexualidade genital resultando, especialmente, se houver um quadro neurótico (particularmente do tipo obsessivo-compulsivo) ou história de abuso sexual ou bullying. <br />
  7. 7. CONSEQUÊNCIAS<br /> A anorexia nervosa traz uma enorme quantidade de sofrimento e prejuízos à vida da pessoa afectada. A principal consequência da anorexia é a morte, que chega a 5% a cada década que a pessoa passa com a doença sem o devido tratamento.<br />
  8. 8. Complicações clínicas da anorexia:<br /> Psíquicas: Depressão, isolamento social e perda de oportunidades de convívio e profissionais.<br /> Metabólicas: Hipoglicemia (queda do açúcar no sangue), distúrbios hidroeletrolíticos (desidratação), aumento do colesterol.<br /> Cardiovasculares: Pressão baixa, tonturas e problemas cardíacos.<br /> Neurológicas: Neurite.<br />
  9. 9. Hematológicas: Anemia e leucopenia (diminuição das células de defesa).<br /> Renais: Insuficiência renal aguda e crônica.<br /> Endócrinas: Irregularidade menstrual, até interrupção completa do mesmo.<br /> Musculares: Atrofia muscular, perda de massa óssea, fraqueza.<br /> Gastroenterológicas (tubo digestivo): Cáries, constipação e obstrução intestinal.<br />
  10. 10. Sintomas<br /> O sintoma chave da anorexia é a alteração da imagem corporal e o comportamento de recusa alimentar. Estes sintomas apresentam-se de diversas maneiras, tais como:<br /> Agir como se não tivesse fome, saltando algumas refeições ou comendo quantidades mínimas. Somente em fases adiantadas da doença a pessoa deixa de comer por completo. <br /> Apresentar inúmeras desculpas para não comer, ou assumir dietas inadequadas. <br />
  11. 11. Mostrar muita preocupação com a alimentação dos outros. <br /> Pesar-se com frequência. <br /> Irritar-se quando familiares e amigos questionam a forma de se alimentar. <br /> Exercitar-se excessivamente. <br />
  12. 12. Causas da Anorexia<br /> A causa da anorexia é multifatorial, ou seja, diversos factores estão envolvidos para que alguém desenvolva a doença.<br /> Factores biológicos: como circuitos cerebrais menos adaptados ao stress e circuitos de noção corporal alterados. <br /> Factores psicológicos: como traumas de infância, separações, perdas. <br /> Factores socioculturais: como exigência de corpos extremamente magros em alguns círculos sociais e pelos meios de comunicação. <br />
  13. 13. Bulimia<br />
  14. 14. Bulimia<br /> A Bulimia Nervosa é um Transtorno Alimentar, que se caracteriza pela ingestão de grandes quantidades de alimentos, seguidos por métodos compensatórios, tais como vómitos auto induzidos.<br /> Diferentemente da anorexia nervosa, na bulimia pode não haver perda de peso, e assim médicos e familiares têm dificuldade de detectar o problema. <br />
  15. 15. Primeiros grupos afectados:<br /> Tem incidência maior a partir da adolescência e de 3 a 7% da população, embora seja difícil mapear o real número de pessoas que sofrem da doença, uma vez que ela está cercada de preconceitos e é difícil para o próprio doente confessar o seu problema. Cerca de 90% dos casos ocorrem em mulheres.<br />
  16. 16. Consequências<br /> Depressão;<br /> Fadiga;<br /> Irregularidade menstrual (no caso das mulheres);<br /> Arritmia Cardíaca;<br /> Problemas de esófago e de estômago;<br /> Fragilidade dos dentes e dos ossos (devido à conclusão do vómito).<br />
  17. 17. Sintomas<br />Ingestão compulsiva e exagerada de alimentos. <br /> Vómitos auto induzidos, uso de laxantes e diuréticos para evitar ganho de peso. <br /> Alimentação excessiva, sem aumento proporcional do peso corporal. <br /> Depressão. <br /> Obsessão por exercícios físicos. <br /> Comer em segredo ou escondido dos outros.<br />
  18. 18. Causas da Bulimia<br /> A bulimia nervosa é uma síndrome multideterminada por uma mistura de factores biológicos, psicológicos, familiares e culturais. A afectação cultural na aparência física pode ter um papel importante. Problemas familiares, baixa auto-estima e conflitos de identidade também são factores envolvidos no desencadeamento desses quadros.<br />
  19. 19. Conclusão<br /> Adoramos realizar este trabalho e ficamos a perceber melhor como se desenvolvem estas doenças.<br /> Este trabalho foi fácil de concretizar, pois, aprendemos muitas coisas sobre estes temas. Mas o que gostamos mais foi de trabalhar em grupo!<br />
  20. 20. FIM!!!<br />ESPERAMOS QUE TENHAM GOSTADO<br />OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO<br />

×