Pelo sistema solar vamos todos viajarSugestão de um plano de actividades que podem acompanhar a exploração dos poemas     ...
Reflexão e refracção da       Usando um bom telescópio, da                            A6    http://www.youtube.com/watch?l...
Eclipses   (do Sol e da      Ainda há bem pouco tempo,        Mas a lua às vezes       A11Lua)                            ...
Espectroscopia,              Que não haja confusão, nós                               A15                                 ...
Pelo sistema solar vamos todos viajarSugestões de actividades que podem acompanhar a exploração dos poemasTrata-se de acti...
Actividade 1MaterialLanterna, corpos transparentes e opacos, folha de papel branco.Estabelecer a diferença entre corpos lu...
Actividades 2 e 3MaterialUm corpo transparente, por exemplo, régua transparente, invólucro de esferográfica BIC transparen...
Actividade 4Filme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=w04w7JRCKMEActividade 5Filme(s) sugerido(s)http://www.youtu...
Podemos, usando uma régua, confirmar que a imagem da vela dista do espelho tanto como a velaNesta parte da experiência vem...
http://www.youtube.com/watch?v=_HoCoLqEdd4http://www.youtube.com/watch?v=PQ1Uq_GcNZU&feature=relatedhttp://www.youtube.com...
Actividades 8,9,10MaterialLanterna, esfera de preferência opaca, carrinho de linhas vazio ou algo equivalente, marcadores,...
MaterialCopo de iogurte, tesoura, cerca de 40 cm de fio (por exemplo de lã), seringa de injecções sem agulha, pastilha efe...
Filme(s) sugerido(s)http://www.cienciamao.if.usp.br/tudo/exibir.php?midia=von&cod=_marteloepenanaluahttp://www.youtube.com...
Actividades 12, 13,14MaterialBola e lanternaMarcar um ponto na bola. Fixar a lanterna e fazer girar a bola em torno de um ...
Actividade 15,16MaterialÁlcool, fósforos, 2 tampas metálica de frascos de compota, 2 colheres de café, metálicas, sal das ...
Actividades 17 , 18MaterialVela, frasco de compotaAcender uma vela e inverter por cima um frasco de compota. Passado algum...
Actividade 19 (experiência a ser controlada por um adulto)MaterialSeringa de injecções sem agulha, pastilha efervescente (...
Afastar o elástico da sua posição. O elástico irá vibrar e emitirá um som. Com diferentes elásticos podem ouvir-se sons um...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Actividades sistema solar

2.420 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Actividades sistema solar

  1. 1. Pelo sistema solar vamos todos viajarSugestão de um plano de actividades que podem acompanhar a exploração dos poemas Era uma vez o Sol Era uma vez a LuaConhecimento que Excerto… Excerto… Actividade Vídeos sugeridospode exploradoLuz solar, corpos Um belo dia o Sol, mal Mas a luz que a lua A1 http://www.youtube.com/watch?luminosos e iluminados, acordou, num mar da Terra se v=gFvft5TZosA&feature=related envia é ao Sol que atransparentes e opacos espelhou… vai buscar…Reflexão da luz Todos estes companheiros sabem que podem contar com a luz que eu irradio – a chamada luz solar.Decomposição da luz. Vou usar todas as ondas que A2 http://www.youtube.com/watch?Espectro solar. Arco-Íris. A3 v=HdttkxRI-Yw&feature=related eu mesmo emito para oRecomposição da luzbranca. espaço…) http://www.youtube.com/watch? v=Is-kvM9v0Hc&feature=related http://www.youtube.com/watch? v=s6XZG76HYYo&feature=fvwFormação das estrelas ( Nasci de uma nuvem de gás A4 http://www.youtube.com/watch? v=w04w7JRCKME e de poeira que rodopiava pelo espaço em grande brincadeiraSistema solar ..Essa estrelinha era eu e se A5 http://blog.educacional.com.br/histg pareço brilhante é porque eo/tag/you-tube-sistema-solar/ estou pouco distante….. Falta só falar de Urano para acabar a descrição…
  2. 2. Reflexão e refracção da Usando um bom telescópio, da A6 http://www.youtube.com/watch?luz lentes, espelhos, Terra, no céu nocturno… A7 v=_HoCoLqEdd4telescópios http://www.youtube.com/watch? v=PQ1Uq_GcNZU&feature=related http://www.youtube.com/watch? v=qsMpgD2aZao&feature=related http://www.youtube.com/watch? v=kMvVX6WTdS4&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=t- 3olEkhN-Q&NR=1 http://www.youtube.com/watch? v=CzuqYWZSKK4&feature=fvwSatélites, gravitação, (Em redor de alguns planetas, Mas o que mais a A8 http://www.cienciamao.if.usp.br/tudo/exirotação e translação da A9 bir.php? satélites em grande afã: à fascina é estar àlua, fases da lua, marés A10 midia=von&cod=_marteloepenanalua volta da Terra, a Lua… noite, à janela com a http://www.youtube.com/watch? gata à beira dela, v=AXHrsoHi8vs&feature=related ambas a olhar a lua http://www.youtube.com/watch? que é muito bem v=gM0RIZDZ7e8&feature=related educada, nunca de http://www.youtube.com/watch? costas voltada. v=clZnxlzGv-4 ….pois na Lua, a http://www.youtube.com/watch? gravidade tem menor v=urGDGR3N16M&feature=related intensidade.
  3. 3. Eclipses (do Sol e da Ainda há bem pouco tempo, Mas a lua às vezes A11Lua) quando a lua me encobria, lá brinca com a Terra e http://www.youtube.com/watch? num cantinho da Terra ficou com o Sol. Põe-se no v=foX2YdlqEeA&feature=related noite sendo dia… meio dos dois, faz sombra ali num http://www.youtube.com/watch? cantinho… v=AXHrsoHi8vs&feature=related Procura a sombra da Terra esconde-se de tal maneira que toda a gente pergunta: Onde está a Lua? Onde?Rotação da Terra, Por causa da luz que emito, A12sucessão dos dias e das faço a noite e faço o dia… http://www.youtube.com/watch?noites v=QRQgoNtgwv4Translação da Terra, Só que a terra enquanto gira…, A13 http://www.youtube.com/watch?estações do ano filme v=DuiQvPLWziQ&feature=related e quando neste é pleno Inverno, no Sul é o Verão http://www.youtube.com/watch? v=qc1rzryczdw&feature=related forte.Cometas, meteoros, Às vezes de longe em longe, A14 http://www.youtube.com/watch?estrelas cadentes v=v1NQBJFZPNQ passa por mim um cometa….. http://www.youtube.com/watch? v=DfaHtu-L81U
  4. 4. Espectroscopia, Que não haja confusão, nós A15 A16Velocidade da luz, efeito somos uns astros nobres ,nós http://www.youtube.com/watch?Dopler somos fonte de luz, que v=o6KJExtlj9I&feature=related atravessa a escuridão e sempre em grande corridaPoluição, ar, água, Os homens, com pouco siso, já que o astro mais A17 bonito que lá da lua A18 http://www.youtube.com/watch?constituição do ar, criam tal poluição … pode ser a se via era a Terra, v=dBsnvnUiGEscombustões, dióxido de extinção este planetacarbono da vida que ali exista. http://www.youtube.com/watch? v=7Gq2-1sNddo&NR=1Lançamento de uma Viajaram numa nave A19nave http://www.youtube.com/watch? que tinha por nome v=TaI7SNWt48o Apollo.Sons e ruídos Beethoven, A20 http://www.youtube.com/user/aldojavier A21 compositor, fez 2530#p/a/u/1/QxEAy915v7o músicas muito belas… http://www.youtube.com/watch? v=_ckjttBin58 e uma delas tem o nome de serenata ao http://www.youtube.com/watch? v=ce7AMJdq0Gw&feature=related luar. http://www.youtube.com/watch? v=KmYLRZkzc7M&feature=related
  5. 5. Pelo sistema solar vamos todos viajarSugestões de actividades que podem acompanhar a exploração dos poemasTrata-se de actividades extremamente simples que, por utilizarem materiais ao alcance de qualquer um, podem ser facilmenterealizadas não só por professores mas por pais e pelas próprias crianças, devidamente supervisionadas. Também as explicações queacompanham algumas actividades, são explicações muito elementares dado que se destinam a crianças pequenas.Ao longo das actividades poderão ser encaminhados para o sitehttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_emailSugere-se a leitura dos livros da colecção “Ciência a Brincar”, edição Bizâncio e Sociedade Portuguesa de Física e o sitehttp://educa.fc.up.pt/
  6. 6. Actividade 1MaterialLanterna, corpos transparentes e opacos, folha de papel branco.Estabelecer a diferença entre corpos luminosos e iluminados e explorar o caso do Sol e da LuaSimular com a lanterna o Sol (corpo luminoso) e fazer a luz da mesma incidir sobre corpos (transparentes e opacos) colocadosacima de uma folha de papel branco. Explicar que o facto de vermos os objectos significa que reenviam parte da luz que nelesincideAproveitar para mostrar a formação de sombra, quando da utilização de corpos opacos e para explorar a transparência do ar.Ver mais pormenores emhttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_emailFilme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=gFvft5TZosA&feature=related
  7. 7. Actividades 2 e 3MaterialUm corpo transparente, por exemplo, régua transparente, invólucro de esferográfica BIC transparente, face transparente de umacaixa de CD, pedaço de CD a que se retirou o revestimento e ficou transparente, frasco transparente de vidro, cheio de água,lanterna, cartão,Olhar para o Sol (não directamente, pois é perigoso) ou para uma fonte de luz branca (lanterna, lâmpada) através de um dosobjectos transparentes referidos, incluindo o frasco com água. Orientar o objecto até conseguir ver as cores do arco-íris.Orientando os referidos corpos para a fonte de luz, também se pode tentar obter as referidas cores projectadas (por exemplo numaparede).MaterialDisco de Newton, fio de lã (cerca de 30 cm).Construir um disco de Newton de acordo com as instruções de um dos vídeos indicados ou incluídas emhttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_emailFilme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=HdttkxRI-Yw&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=Is-kvM9v0Hc&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=s6XZG76HYYo&feature=fvw
  8. 8. Actividade 4Filme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=w04w7JRCKMEActividade 5Filme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=w04w7JRCKMEActividades 6,7MaterialUma caixa de CD em que uma das faces é preta e a outra é transparente, 2 velas pequenas iguais, fósforos, algo que possa fazer dealvo branco (caixa de sapatos, embalagem de esferovite, etc)Colocar “em pé” uma embalagem de CD fechada e à frente uma vela acesa.Ver a imagem da vela reflectida.Colocar atrás do “espelho” a outra vela e reconhecer que não se vê; ou seja a luz proveniente da vela não passou através da caixa;apenas se reflectiu; incidiu no “espelho” e voltou para trás: diz-se que sofreu reflexão e o que vemos através do “espelho” é velareflectida.Repetir a experiência, num local pouco iluminado, usando como “espelho” só a parte transparente do CD.Colocar atrás do “espelho” a outra vela sobreposta com a imagem da primeira. Parece que a vela atrás está acesa mas não(podemos tocar-lhe sem nos queimarmos). Diz-se que a imagem da vela é virtual.
  9. 9. Podemos, usando uma régua, confirmar que a imagem da vela dista do espelho tanto como a velaNesta parte da experiência vemos duas imagens da vela: uma que é, tal como no caso anterior, a vela reflectida; a outra é a velaque está lá atrás e que vemos através da placa transparente. Neste caso a luz passou através da placa e permitiu-nos ver a vela (aluz sofreu refracção), da mesmo modo que vemos a rua através de uma janela.Material1 lupa , 1 velas pequena, fósforos, plasticina, algo que possa fazer de alvo branco (caixa de sapatos, embalagem de esferovite,etc).A reflexão e a refracção da luz podem ocorrer não só em superfícies planas mas também em superfícies curvas. Já todos usámosuma lupa e nos vimos espelhados nas faces côncava e convexa de uma colher. No primeiro caso o fenómeno em causa é a refracçãoe nos outros a reflexão. Nos três casos as imagens já não têm a mesma dimensão dos objectos mas continuam a ser imagensvirtuais.Há no entanto outro tipo de imagens que se podem obter quer com espelhos quer com lentes.Segurar uma lupa em frente a uma vela e um alvo branco um pouco mais adianteFixar a distância entre a vela e o alvo, (cerca de 1m) e ir deslocando a lupa. A dada altura surgirá no alvo uma imagem da vela,invertida maior que a vela. Para outra posição da lupa a imagem será invertida e menor. Esperando algum tempo irá notar-se que oalvo aquece, onde está a imagem da chama. Trata-se de uma imagem real.Filmes sugeridos
  10. 10. http://www.youtube.com/watch?v=_HoCoLqEdd4http://www.youtube.com/watch?v=PQ1Uq_GcNZU&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=qsMpgD2aZao&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=kMvVX6WTdS4&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=t-3olEkhN-Q&NR=1http://www.youtube.com/watch?v=CzuqYWZSKK4&feature=fvw
  11. 11. Actividades 8,9,10MaterialLanterna, esfera de preferência opaca, carrinho de linhas vazio ou algo equivalente, marcadores, BostikA actividade sugerida emhttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_email ajudará a entender facilmente as fases deLuaA razão por que a lua tem sempre a mesma face voltada para a Terra é a igual duração (cerca de um mês) dos seus movimentos derotação (em torno de um eixo imaginário) e translação (em volta da Terra).Pode ilustrar-se esta situação com a actividade que se descreve:Numa esfera que irá simular a Lua, desenhar uma cara. Com Bostik colar a esfera no carrinho de linhas que irá fazer de suporte.Colocar a Lua, em frente a um objecto que simula uma “ fatia” da Terra. A Lua está com a face voltada para a Terra.Deslocar a Lua de modo a dar 1/ 4 de volta em torno da Terra, mas sem rodar. Ficará numa nova posição e o “rosto” já não estávoltado para a Terra. Rodar agora a Lua de ¼ volta em torno de si mesma. O “rosto” já ficará voltado para a Terra. Proceder domesmo modo dando mais um ¼ volta em torno da Terra e em seguida ¼ de volta em torno de si mesma. Proceder assim mais duasvezes e a Lua voltará à posição inicialCom igual duração de uma volta completa, quer no movimento de rotação quer no de translação o “rosto” da Lua fica semprevirado para a Terra.(Isto pode ser feito com as próprias crianças a moverem-se, simulando os astros)
  12. 12. MaterialCopo de iogurte, tesoura, cerca de 40 cm de fio (por exemplo de lã), seringa de injecções sem agulha, pastilha efervescente (porexemplo vitamina C).Num copo plástico de iogurte fazer dois orifícios diametralmente opostos junto da boca do frasco. Fazer uma asa com o fio. Colocardentro do copo feijões secos (ou algo equivalente)Se virarmos o copo, os feijões caem mas se, segurando pelo fio, pusermos o copo a girar acima da nossa cabeça, os feijões nãocaem.A experiência pode ser feita com água e é ainda mais interessante.Tal como o copo com os feijões, a Lua não está parada, move-se à volta da Terra demorando cerca de um mês (um pouco mais que27 dias) a dar uma volta completa, e deslocando-se à velocidade de 4000 km/hPara qualquer corpo descrever uma trajectória curvilínea, nomeadamente circular, terá que sobre ele actuar uma força dirigida parao interior da curva. Quando fazemos girar o copo, o fio exerce sobre ele uma força dirigida para o interior da curva.A força que permite à Lua descrever uma trajectória curvilínea (aproximadamente circular) em torno da Terra é a força gravítica quea Terra exerce sobre a LuaVer mais pormenores emhttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_email
  13. 13. Filme(s) sugerido(s)http://www.cienciamao.if.usp.br/tudo/exibir.php?midia=von&cod=_marteloepenanaluahttp://www.youtube.com/watch?v=AXHrsoHi8vs&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=gM0RIZDZ7e8&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=clZnxlzGv-4http://www.youtube.com/watch?v=urGDGR3N16M&feature=relatedActividade 11Material2 bolas uma que simule a Terra e uma menor que simule a Lua; lanternaMostrar que na situação correspondente à Lua cheia, se os astros estiverem alinhados, a sombra da terra cobre a lua e por isso essanão se vê. Se a alinhamento não existir, ou não há eclipse, o que acontece na maioria das vezes ou o eclipse é apenas parcial,apenas parte da lua fica ocultaNesta situação a lua fica encoberta pela sombra da terraNa fase de lua nova não pode ocorrer eclipse da lua, mas do sol, tudo dependendo do alinhamento dos astrosFilme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=AXHrsoHi8vs&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=foX2YdlqEeA&feature=related
  14. 14. Actividades 12, 13,14MaterialBola e lanternaMarcar um ponto na bola. Fixar a lanterna e fazer girar a bola em torno de um eixo imaginário. Rodando a terra em torno do eixo(eixo ele que está inclinado) ver-se-á que há sempre uma parte iluminada e outra às escuras, correspondendo ao dia e à noite, quepor causa da inclinação da terra têm diferente duração ao longo do anoFilme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=QRQgoNtgwv4http://www.youtube.com/watch?v=DuiQvPLWziQ&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=qc1rzryczdw&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=v1NQBJFZPNQhttp://www.youtube.com/watch?v=DfaHtu-L81U
  15. 15. Actividade 15,16MaterialÁlcool, fósforos, 2 tampas metálica de frascos de compota, 2 colheres de café, metálicas, sal das cozinhas( cloreto de sódio) e umsal de cobre (cloreto de cobre ou sulfato de cobre)Deitar umas gotas de álcool numa das tampas e inflamar o álcool. Logo que este se inflame, aproximar da chama uma colher comuma pequena quantidade de sal de sódioRepetir com outra tampa e colher, e um dos sais de cobre.No primeiro caso a chama adquire uma cor amarela e no segundo esverdeadaOs sais, quando sujeitos a elevadas temperaturas emitem luz de cor característica, sob a forma de uma chama colorida.A cor da chama é característica do elemento e permite uma primeira identificação.A partir da análise da luz que vem das estrelas, usando uns dispositivos (chamados espectroscópios) muito sofisticados, pode saber-se a sua constituição.Ver como construir um espectroscópio rudimentar emhttp://www.feiradeciencias.com.br/sala09/09_21.aspCom espectroscópios rudimentares podemos ver que a luz enviada por uma lâmpada economizadora de energia é diferente da luzemitida por uma de incandescência, por exemplo ( no primeiro caso aparecem umas faixas de cor, no segundo o espectro écontínuo).Filme(s) sugerido(s)http://www.youtube.com/watch?v=o6KJExtlj9I&feature=related
  16. 16. Actividades 17 , 18MaterialVela, frasco de compotaAcender uma vela e inverter por cima um frasco de compota. Passado algum tempo a vela apaga e as paredes do frasco poderãoficar um pouco embaciadas.A vela ao arder gastou o oxigénio existente no ar dentro do frasco e a vela não pode continuar a arder; apagou-se. Na combinaçãocom o oxigénio formou-se vapor de água que foi embaciar as paredes do frasco. Também se formou dióxido de carbono mas comonão é visível não o pudemos observar.Quando os materiais que ardem têm carbono na sua composição, geralmente liberta-se dióxido de carbono e este em excessocontribui para um problema ambiental -o efeito estufa.MaterialVela, pires de porcelanaAcender uma vela e um pouco acima da chama colocar um caco de porcelana branca(ou um pires ). Ver que fica negro.Algum do carbono existente na vela não se combinou com o oxigénio e por isso ficou o pó negro que se depositou. Por vezes osescapes dos automóveis lançam também uns fumos negros que são outra causa de poluiçãoFilme(s) sugeridos(s)http://www.youtube.com/watch?v=dBsnvnUiGEshttp://www.youtube.com/watch?v=7Gq2-1sNddo&NR=1http://www.youtube.com/watch?v=TaI7SNWt48o
  17. 17. Actividade 19 (experiência a ser controlada por um adulto)MaterialSeringa de injecções sem agulha, pastilha efervescente (por exemplo vitamina C).Retirar o êmbolo da seringa e colocar na mesma um pedacinho de pastilha efervescente. Colocar o êmbolo, empurrá-lo quase até aofim e aspirar um pouco de água. Colocar a seringa na vertical, com a extremidade para baixo e, segurando a seringa (e não oêmbolo), tapar a extremidade com um dedoA libertação de gases na reacção da pastilha com a água simula a libertação de gases nas reacções de lançamento das naves. Naexperiência verifica-se a subida do êmbolo na seringa. Ver mais pormenores emhttp://www.slideshare.net/aniger1410/cmpp-actividades-2785449?from=share_emailFilme(s) sugeridos(s)http://www.youtube.com/watch?v=TaI7SNWt48oActividades 19,20MaterialElásticos de diferentes espessurasPara mostrar que o som resulta de vibrações, colocar uma ponta do elástico entre os dentes, esticar o elástico e segurar a outraextremidade entre o polegar e o indicador de uma das mãos. Com o indicador da outra mão
  18. 18. Afastar o elástico da sua posição. O elástico irá vibrar e emitirá um som. Com diferentes elásticos podem ouvir-se sons um poucosdiferentes. Os instrumentos de corda emitem sons que dependem da espessura, do comprimentos e da tensão das mesmas bemcomo do afastamento inicial do elástico da sua posiçãoMaterialFrasco de vidro com boca larga, sem tampa, elástico, saco plástico (quanto mais fino, melhor), açúcar, colher, recipiente metálicoTapar o frasco com um pedaço de plástico prendendo-o firmemente com o elástico, de forma a ficar bem esticado Com uma colher,espalhar um pouco de açúcar em cima do plástico. Segurar na mão, perto do frasco, o recipiente metálico e dar-lhe uma pancadacom a colher. O açúcar irá mover-se.Ao bater no recipiente metálico este começou a vibrar. As vibrações propagaram-se no ar (que vibrou também) e chegaram aoplástico que começou a vibrar. Consequentemente os grãos de açúcar vibraram também.Quando falamos conseguimos ouvir-nos porque existe ar à nossa volta. No espaço isso não acontece por isso o som dasviolentíssimas explosões que ocorrem no Sol, não chega até nósFilme(s) sugeridos(s)http://www.youtube.com/user/aldojavier2530#p/a/u/1/QxEAy915v7ohttp://www.youtube.com/watch?v=KmYLRZkzc7M&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=_ckjttBin58http://www.youtube.com/watch?v=ce7AMJdq0Gw&feature=related

×