Atendimento Pedagógico3ª série E. M. (Aula #1)                           1
GramáticaA Gramática Natural constitui-se de sistemas de regras  aprendidos naturalmente, que independem de ensino e que  ...
Variações LinguísticasUma língua não é utilizada de maneira rigorosamente uniforme por  todos os seus falantes, por esta r...
Variação SocioculturalDepende do grupo social ao qual o falante pertence, ou seja, o  modo como se comunicam é influenciad...
Variação GeográficaDepende da região em que o falante vive durante certo tempo.Comumente dá-se o nome de sotaque às varian...
Variação HistóricaSe deve ao fato de que as línguas se alteram com o passar do  tempo.As variações ocorrem tanto na grafia...
Acentuação gráfica1ª regra: acentuação das palavras monossílabas tônicas.2ª regra: acentuação das palavras oxítonas.3ª reg...
1ª regraAcentuação das palavras monossílabas tônicas         Acentuam-se as       monossílabas tônicas               Exemp...
2ª regraAcentuação das palavras oxítonas      Acentuam-se as oxítonas          terminadas em                   Exemplos   ...
3ª regraAcentuação das palavras paroxítonas   Acentuam-se as paroxítonas                   Exemplos          terminas em  ...
4ª regraAcentuação das palavras proparoxítonas           Todas as palavras proparoxítonas são acentuadas               Típ...
Elementos estruturais das palavrasMorfemas são as menores unidades significativas que, reunidas,  formam as palavras e dão...
Processos de formação das palavras                                 Não se formam de outra palavra           primitivas    ...
Derivaçãoa) Derivação prefixal – pelo acréscimo de prefixo ao radical.b) Derivação sufixal – pelo acréscimo de sufixo ao r...
Composiçãoa) Composição por justaposição – as palavras que se unem   não sofrem alteração em sua grafia e pronúncia.b) Com...
Processos secundáriosa) Hibridismo – reunião de morfemas de idiomas diferentes.b) Onomatopeia – palavras que imitam sons o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica e formação de palavras

1.205 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica e formação de palavras

  1. 1. Atendimento Pedagógico3ª série E. M. (Aula #1) 1
  2. 2. GramáticaA Gramática Natural constitui-se de sistemas de regras aprendidos naturalmente, que independem de ensino e que todos os falantes (inclusive os analfabetos) conhecem e utilizam no dia a dia.A Gramática Normativa é o conjunto sistematizado de regras (normas) e orientações para se escrever e falar de acordo com o padrão culto da língua. 2
  3. 3. Variações LinguísticasUma língua não é utilizada de maneira rigorosamente uniforme por todos os seus falantes, por esta razão é que ocorrem variações dentro de um idioma.Os fatores que interferem na maneira como o falante utiliza a língua podem ser de ordem: Sociocultural Geográfica Histórica 3
  4. 4. Variação SocioculturalDepende do grupo social ao qual o falante pertence, ou seja, o modo como se comunicam é influenciado por sua condição social.Como exemplo, percebe-se a diferença entra a fala de alguém com condições sociais inferiores, que teve menos oportunidade de frequentar boas escolas, comparada à fala de alguém que teve melhores oportunidades sociais e econômicas. 4
  5. 5. Variação GeográficaDepende da região em que o falante vive durante certo tempo.Comumente dá-se o nome de sotaque às variantes geográficas.As variações geográficas podem ocorrer no aspecto sonoro (pronúncia), no vocabulário, em estruturas de frases e nos sentidos de determinadas frases e expressões. 5
  6. 6. Variação HistóricaSe deve ao fato de que as línguas se alteram com o passar do tempo.As variações ocorrem tanto na grafia quanto no sentido de muitas palavras. Além disso, surgem palavras novas, enquanto outras vão deixando de ser usadas, até desaparecerem. 6
  7. 7. Acentuação gráfica1ª regra: acentuação das palavras monossílabas tônicas.2ª regra: acentuação das palavras oxítonas.3ª regra: acentuação das palavras paroxítonas.4ª regra: acentuação das palavras proparoxítonas. 7
  8. 8. 1ª regraAcentuação das palavras monossílabas tônicas Acentuam-se as monossílabas tônicas Exemplos terminadas em A(s) chá, gás, más, dá-lo E(s) mês, crê, dê, lê, vê-lo O(s) nós, dó, pós, pô-loObservação: Monossílabas átonas não recebem acento. 8
  9. 9. 2ª regraAcentuação das palavras oxítonas Acentuam-se as oxítonas terminadas em Exemplos A(s) guaraná, xarás, criticá-lo E(s) você, jacarés, vendê-las O(s) bisavô, retrós, expô-la EM/ENS vintém, parabéns, alguém 9
  10. 10. 3ª regraAcentuação das palavras paroxítonas Acentuam-se as paroxítonas Exemplos terminas em I(s), US biquíni, tênis, bônus, vírus L, N, R, X notável, hífen, fêmur, tórax UM/UNS, OS fórum, álbuns, bíceps, fórceps Ã(s) órfã, órfãs, ímã, ímãs DITONGO (+s) ausência, sótãos, vôlei, áreas 10
  11. 11. 4ª regraAcentuação das palavras proparoxítonas Todas as palavras proparoxítonas são acentuadas Típico, máquinas, tônica, códigos, relêssemosVer mais em Regras complementares (P9) 11
  12. 12. Elementos estruturais das palavrasMorfemas são as menores unidades significativas que, reunidas, formam as palavras e dão sentido a elas.Os morfemas são classificados em: Radical (significado básico) Prefixo (antes) Sufixo (depois) Desinências nominais (gênero e número) Desinências verbais (pessoa, número, tempo e modo) Vogais temáticas (preparam o radical do verbo) Consoantes e vogais de ligação (ligam dois outros) 12
  13. 13. Processos de formação das palavras Não se formam de outra palavra primitivas da língua. Ex.: cidade, mar, região. Têm origem em uma única palavra que já existia no idioma. derivadas Ex.: cidadãos, maresia, regionalismo. Formam-se pela reunião de duas ou mais palavras. compostas Ex.: obra-prima, pernilongo, planalto, pé de moleque.Processos de formação de palavras novas: derivação e composição. 13
  14. 14. Derivaçãoa) Derivação prefixal – pelo acréscimo de prefixo ao radical.b) Derivação sufixal – pelo acréscimo de sufixo ao radical.c) Derivação parassintética – pelo acréscimo simultâneo de um prefixo e de um sufixo ao radical.d) Derivação regressiva – pelo acréscimo das vogais a, e ou o ao radical de verbos (forma substantivos indicadores de ação).e) Derivação imprópria – a palavra muda de classe gramatical para outra, sem alterar sua forma. 14
  15. 15. Composiçãoa) Composição por justaposição – as palavras que se unem não sofrem alteração em sua grafia e pronúncia.b) Composição por aglutinação – ocorre quando pelo menos uma das palavras que se unem sofre alteração. 15
  16. 16. Processos secundáriosa) Hibridismo – reunião de morfemas de idiomas diferentes.b) Onomatopeia – palavras que imitam sons ou ruídos.c) Sigla – reunião das letras iniciais das palavras que compõem um nome.d) Abreviação vocabular (redução) – diminuir o tamanho de uma palavra até o ponto de não prejudicar seu significado. 16

×