Tabela Matriz

398 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabela Matriz

  1. 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro Aspectos críticos que a Literatura Desafios. Acções a Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças identifica implementar - Aptidão para gerir -Frequências de -Falta de formação -Exercer o cargo de -Suprimir o nosso -Articulação entre a Competências do professor relações humanas acções de formação especializada PB, com a papel de professor BE e os vários bibliotecário - Aptidão para contínua na área da -Falta de apoio pela possibilidade de ter Departamentos resolver problemas BE B.Municipal, no uma turma -Burocratização da -Colaboração na - Capacidade de -Experiência como âmbito da Actividade do P.B. elaboração do liderança docente : a catalogação -Oportunidade de catálogo concelhio :transformacional, experiência como -Falta de um apoio implementar um novo -Promoção da auto- expedita, estratégica, especialista de sistemático por parte modelo de avaliação -Quando a área da avaliação da BE criativa, renovável e ensino, é uma mais- da Rede ( falha do da BE BE deixar de ser -Divulgação sustentável valia para o cargo de sistema) prioritária, a formação constante do trabalho - Ser prospectivo Coordenadora da BE -Poucas horas para a -Oportunidade de deixará de ser da BE e dos -Ser bom restante equipa formação ,no âmbito gratuita. resultados da comunicador da avaliação da BE avaliação - Capacidade de Sessões de formação desenvolvimento promovidas pela B.M. de estratégias de e dirigidas ao P.B. gestão a partir da recolha sistemática de evidências -Participação na -Capacidade para Actividade " Partilha trabalhar em Equipa de Experiências “ - Deve ser capaz de enfrentar os desafios que as grandes mudanças educacionais e os ambientes digitais ricos em informação introduzem a cada dia.
  2. 2. Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro Limitações : -Pouca valorização do Professor bibliotecário -Falta de tempo para o desenvolvimento profissional - Importância do bibliotecário ser também Professor - Afectação de um - Experiência como -Falta de Formação -Trabalho com o -Atribuição de menos - Dotar as BE de Organização e Gestão da BE professor membro da Equipa específica nesta área Grupo Concelhio para horas às equipas recursos humanos bibliotecário da BE -Reduzida formação uniformizar critérios - O baixo salário do qualificados: qualificado - Alguma experiência dos membros da de actuação. funcionários da BE, é - Afectação de uma como Coordenadora equipa pouco estimulante. -Criação de uma Equipa que saiba da BE -Inexistência de uma . carreira própria para trabalhar com - Experiência de carreira específica funcionários professores, alunos e Gestão para os funcionários - Formação contínua escola da BE para funcionários e - Liderança do -Poucas horas da professores das PB nas rotinas equipa para a BE equipas.( Viabilizar a inerentes à gestão. frequência de acções - Recolha regular de de formação aos evidências restantes membros -Promoção da auto- da equipa) avaliação - Liderança do professor bibliotecário e da Equipa -Desenvolvimento de estratégias de gestão e de integração da BE na escola e no desenvolvimento
  3. 3. Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro curricular -Ausência de um orçamento para a BE Limitações: -Orçamento da BE, é considerado um desperdício de fundos -Falta de tempo para o debate sobre o novo modelo da BE. -Organização e equipamento de acordo com os padrões definidos -Disponibilização de -Ausencia de uma -Iniciar o P.D.C. um conjunto de Política de Gestão da recursos de Colecção, -Trabalho com as informação, em - Falta de hábitos de -Implementação do outras escolas, diferentes ambientes - Financiamento da partilha de PNL. :orientou e uniformizando Gestão da Colecção e suportes, BE através do documentação entre financiou projectos -Possíveis cortes critérios na área da actualizada e em orçamento da escola agrupamentos que não seriam orçamentais catalogação,indexaçã extensão e qualidade -Falta de apoio no possíveis sem apoio o,… adequadas às tratamento -Actualizar e tratar o necessidades dos documental fundo documental utilizadores -Falta de apoio de -Tratamento e outras instituições. organização dos documentos A BE como espaço de -Apoio aos alunos no -Articulação/planifica- -Alargamento do -Redução do número -Realização de conhecimento e aprendizagem. -Capacidade de seu processo de ção entre BE e horário do Professor de horas atribuídas à campanhas de Trabalho colaborativo e desenvolvimento de construção do Departamentos Bibliotecário. restante equipa. divulgação sobre a articulado com Departamentos estratégias de gestão conhecimento - Criar novas - O modelo de importância e missão e docentes. e de integração da -Valorização da BE metodologias na avaliação de e funções da BE BE na escola e no pelos órgãos de construção do professores pode
  4. 4. Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro desenvolvimento curricular -Trabalho em parceria com os Departamentos curriculares e com os alunos na planificação e -Esclarecer, motivar e desenvolvimento de provar aos docentes actividades que o trabalho educativas e de desenvolvido pela BE aprendizagem contribui para o - Articulação do fomentar a desenvolvimento de trabalho da BE com competição em vez competências dos gestão da escola conhecimento os objectivos de apelar ao trabalho alunos. educacionais e cooperativo -Promover uma maior programáticos da participação da BE Escola em projectos e - A BE deve ter parcerias ao nível da promover a vertente Escola/ Agrupamento informacional, transformativa e formativo. - A BE deve ser o centro das aprendizagens e da construção do conhecimento Formação para a leitura e para -Articulação com as Pouca abundância de PTE - Acesso fácil à -Sensibilização aos as literacias Bibl. públicas - Boa equipa de :Guiões de pesquisa informação Via Net Enc. de Edc., no -Desenvolvimento de dinamização de Dossiês digitais -Desactualização âmbito da promoção competências de promoção da leitura - Falta de técnicos rápida dos da leitura Leitura e de um -Aposta em de informática equipamentos e programa de Literacia actividades de recursos informáticos da Informação promoção de leitura. -Desenvolver a competência da -Aposta em recursos
  5. 5. Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro Leitura a fim de incentivar o gosto pela leitura -Incrementar o diversificados e desenvolvimento de actualizados que literacias de forma a motivam os alunos. desenvolver -Aposta em recursos competências que tecnológicos. suportem as aprendizagens ao longo da vida -Antecipar e alterar práticas e modelos de trabalho -O paradigma digital As Tic como oferta de deve ter na BE um escola grande impacto ao -Aposta em recursos nível da gestão das tecnológicos Incapacidade de -Construção de práticas e do BE equipada com actualização contínua - Falta de técnicos dossiês digitais BE e os novos ambientes processamento da projector Mudar práticas e dos docentes( falta de informática - Organização de um digitais. informação Salas equipadas com mentalidades de tempo e banco de dados -Criação de quadros interactivos e sobrecarga de digital ambientes virtuais de projectores funções) aprendizagem em Utilização de ligação ao currículo computadores Organização da portáteis na sala de informação digital aula - Assumir tarefas como Webmaster Gestão de evidências/ -Aferir, avaliar -Orientação da RBE -Falta de hábito de -Iniciar formação -Sobrecarga avaliação. reformular para para a aplicação do recolha de evidências nesta área. burocrática que melhorar a qualidade modelo de auto- para uma avaliação dificulta a acção do -Divulgação da dos serviços; avaliação da BE. sistemática e PB. avaliação da BE Definir expectativas rigorosa. Estabelecer prazos Feedback sistemáti
  6. 6. Biblioteca Escolar : Agrupamento de Escolas de Aradas-Aveiro Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias -Sobrecarga burocrática -Mudança de mentalidade para - Promover, na escola, a reflexão sobre a - Falta de formação na área das novas fazer entender que a BE é -Apoio da RBE missão, funções e objectivos da BE tecnologias cúmplice na construção do - Implementação do PTE -Promover a avaliação, através da recolha de - Tomada de consciência da Comunidade do conhecimento - Formação dos membros da Equipa na área evidências novo papel da BE na construção do - Auto- avaliação como das novas tecnologias - Definir um plano de acção conhecimento reguladora do trabalho - Tomada de consciência da importância da - Iniciar o P.D.C. - Inexistência de um catálogo em rede desenvolvido, detectando auto- avaliação da BE - Promover uma maior articulação curricular - Insuficiência de horas para a restante equipa, pontos fortes e pontos fracos e - Atribuição de mais horas à restante equipa entre a BE e os Departamentos principalmente em escolas onde não há assim mudar práticas e definir reduções ao abrigo do artigo 79 um plano de acção A formanda: Mª João X.F. Matias Mengo de Abreu

×