Tecido nervoso

755 visualizações

Publicada em

TECIDO NERVOSO, tipos de neurônios, funções, nervos, tipos de nervos, sinapses, impulsos nervosos, propagação de impulsos nervosos.

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Olá poderia mandar esse slide por E-mail? não estou conseguindo fazer o download. E-mail-> Manuelelima65@gmail.com
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecido nervoso

  1. 1. TECIDO NERVOSO Por Andreza Campos
  2. 2. TECIDO NERVOSO • O tecido nervoso é o principal constituinte do sistema nervoso. Esse sistema tem a capacidade de captar, transmitir e integrar informações de todas as regiões do corpo. Ele controla funções como digestão, respiração, reprodução e excreção.
  3. 3. Sistema Nervoso Central
  4. 4. Sistema Nervoso Sistema nervoso periférico (SNP)  Constituído por: a) Nervos b) Gânglios nervosos c) Terminações nervosas (receptores para dor, tato, frio, pressão, calor, paladar, etc.).
  5. 5. TECIDO NERVOSO • Células nervosas: NEURÔNIOS Capaz de se comunicar e captar informações por meio de impulsos elétricos. 85 bilhões de neurônios
  6. 6. • No corpo celular, a parte mais volumosa da célula nervosa, se localizam o núcleo e a maioria das estruturas citoplasmáticas. • Os dendritos (do grego dendron, árvore) são prolongamentos finos e geralmente ramificados, que conduzem os estímulos captados do ambiente ou de outras células em direção ao corpo celular. • O axônio é um prolongamento fino, geralmente mais longo que os dendritos, cuja função é transmitir para as outras células os impulsos nervosos provenientes do corpo celular. TECIDO NERVOSO
  7. 7. CONDUÇÃO SALTATÓRIA O impulso nervoso se propaga através de saltos TECIDO NERVOSO
  8. 8. Sistema Nervoso Nervos São fios finos formados por vários axônios de neurônios envolvidos por tecido conjuntivo. Transmitem mensagens de várias partes do corpo para o sistema nervoso central ou destes para as regiões corporais.
  9. 9. Sistema Nervoso Classificação dos nervos I) Quanto ao tipo de neurônio  Sensitivos ou aferentes (contém apenas neurônios sensitivos)  Motores ou eferentes (contém apenas neurônios motores)  Mistos (contém neurônios sensitivos e motores) II) Quanto à posição anatômica  Cranianos (ligados ao encéfalo) – 12 pares  Raquidianos ou espinhais (ligados à medula) – 31 pares
  10. 10. Células de Schwann Certos tipos de neurônios são envolvidos por células especiais, as células de Schwann. Essas células se enrolam dezenas de vezes em torno do axônio e formam uma capa membranosa, chamada bainha de mielina.
  11. 11. CÉLULAS DA GLIA Elas digerem em forma e função, cada uma desempenha um papel diferente na estrutura e no funcionamento do tecido nervoso. GLIÓCITOS Astrócitos: Participam da manutenção do ambiente químico apropriado para a geração dos potenciais de ação neuronais; fornecem nutrientes aos neurônios; mantêm o balanço apropriado de Cálcio e Potássio. TECIDO NERVOSO
  12. 12. Oligodendrócitos: Formam malha de sustentação em torno dos neurônios do SNC; produzem a bainha de mielina, em torno de diversos axônios adjacentes, dos neurônios do SNC. TECIDO NERVOSO
  13. 13. Micróglia: Protegem as células do SNC de doenças, por engolfarem os micróbios invasores; removem detritos e células mortas; migram para os áreas lesadas do tecido nervoso. TECIDO NERVOSO
  14. 14. Células Ependimárias: Revestem as cavidades do SNC (formam o líquido cefalorraquidiano e participam da sua circulação) TECIDO NERVOSO
  15. 15. TRANSMISSÃO DO IMPULSO NERVOSO Em um neurônio, os estímulos se propagam sempre no mesmo sentido: são recebidos pelos dendritos, seguem pelo corpo celular, percorrem o axônio e, da extremidade deste, são passados à célula seguinte (dendrito – corpo celular – axônio). O impulso nervoso que se propaga através do neurônio é de origem elétrica e resulta de alterações nas cargas elétricas das superfícies externa e interna da membrana celular.
  16. 16. • Membrana polarizada neurônio em repouso apresenta-se com carga elétrica positiva do lado externo (voltado para fora da célula) e negativa do lado interno (em contato com o citoplasma da célula). • Membrana despolarizada alteração da permeabilidade da membrana, permitindo grande entrada de sódio na célula e pequena saída de potássio. TECIDO NERVOSO
  17. 17. TECIDO NERVOSO
  18. 18. TECIDO NERVOSO
  19. 19. A transmissão do impulso nervoso de um neurônio a outro ou às células de órgãos efetores é realizada por meio de uma região de ligação especializada denominada sinapse. O tipo mais comum de sinapse é a química, em que as membranas de duas células ficam separadas por um espaço chamado fenda sináptica. TECIDO NERVOSO
  20. 20. Na porção terminal do axônio, o impulso nervoso proporciona a liberação das vesículas que contêm mediadores químicos, denominados NEUROTRANSMISSORES. Os mais comuns são acetilcolina e adrenalina. Esses NEUROTRANSMISSORES caem na fenda sináptica e dão origem ao impulsos nervosos na célula seguinte. Logo a seguir, os neurotransmissores que estão na fenda sináptica são degradados por enzimas específicas, cessando seus efeitos. TECIDO NERVOSO
  21. 21. Os neurônios não se dividem mais depois de diferenciados. Desse modo, se forem destruídos, não são mais repostos. No entanto, os prolongamentos dos neurônios podem, dentro de certos limites, sofrer regeneração, desde que o corpo celular não tenha sido destruído.
  22. 22. SITES http://www.sobiologia.com.br/conteudos/His tologia/epitelio30.php http://cabuloso.com/Anatomia- Humana/Sistema-Nervoso-SNC/Sinapses.htm http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Fisi ologiaAnimal/nervoso2.php http://cabuloso.com/Anatomia- Humana/Sistema-Nervoso-SNC/Impulso- Nervoso.htm http://www.sobiologia.com.br/conteudos/His tologia/epitelio29.phphttp://www.icb.usp.br/ mol/9-2-neuronios1.html

×