AGRICULTURA ORGÂNICA
Grupo 4 : ANDREI F. V. SAMPEDRO
IVAN NITCHEPURENCO
ROBSON PEREIRA DE SOUZA
Tópicos Esp. Agricultura d...
Produto Orgânico
Um produto orgânico e muito mais que um produto
sem agrotóxicos e sem aditivos químicos. É o resultado
de...
Classificação do Produto Orgânico
Os produtos serão assim classificados:
- Orgânico: produtos com no mínimo 95% de ingredi...
Diferencial do Produto Orgânico
• Sabor diferenciado e melhor;
• Produtos livres de organismos geneticamente modificados;
...
Certificação
A certificação de produtos orgânicos é o procedimento pelo
qual uma certificadora, devidamente credenciada pe...
Legislação Brasileira
Lei 10.831/03, que dispõe sobre a agricultura orgânica produzida e
comercializada no Brasil, foi ini...
Certificação no Brasil
No Brasil o produtor orgânico deve fazer parte do cadastro Nacional de Produtores Orgânicos.
Existe...
Produtor Certificado pode realizar a venda de seus
produtos em feiras, supermercados, lojas, restaurantes,
hotéis, indústr...
Certificadoras
As certificadoras são organismos essenciais
para a manutenção e valorização da
agricultura e processamento ...
Principais Certificadoras
• Associação de Agricultores Biológicos (ABIO)
• Associação de Certificação Socioparticipativa d...
Comercialização
A maior parte da produção Orgânica no momento está
sendo comercializada por empresas de beneficiamento e
d...
Comercialização
Uma alternativa de comercialização de produtos orgânicos
é a exportação destes para países desenvolvidos, ...
Fonte: Elaborada pelos autores a partir de Ormond et al. (2002), Willer; Yussefi (2001; 2002; 2004; 2006) e Willer et al. ...
Fonte: Elaborada pelos autores a partir de Willer et al. (2008).
Mercado Mundial
Distribuição e áreas sob Manejo Orgânico ...
Fonte: Adaptada de Willer; Yussefi (2001; 2002; 2004; 2006) e Willer et al. (2008).
Mercado Brasileiro
Evolução das Áreas ...
Bibliografia
• http://www.sitiodomoinho.com/o-que-e-um-produto-organico
• http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=...
Obrigado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação 11

845 visualizações

Publicada em

Agricultura Orgânica - Certificação e Comercialização de Produtos.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
845
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
101
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 11

  1. 1. AGRICULTURA ORGÂNICA Grupo 4 : ANDREI F. V. SAMPEDRO IVAN NITCHEPURENCO ROBSON PEREIRA DE SOUZA Tópicos Esp. Agricultura de Precisão Professor: André G. de Andrade Certificação e Comercialização de Produtos Orgânicos
  2. 2. Produto Orgânico Um produto orgânico e muito mais que um produto sem agrotóxicos e sem aditivos químicos. É o resultado de um sistema de produção agrícola que busca manejar de forma equilibrada o solo e os demais recursos naturais (água, plantas, animais , insetos, etc.), conservando-os a longo prazo e mantendo a harmonia desses elementos entre si e como os seres humanos. Fonte: ibd.com.br
  3. 3. Classificação do Produto Orgânico Os produtos serão assim classificados: - Orgânico: produtos com no mínimo 95% de ingredientes orgânicos e que não contenham ingredientes transgênicos; - Produtos com ingredientes orgânicos: que tenham entre 70% e 95% de ingredientes orgânicos; - Não-orgânicos: produtos com menos de 70% de ingredientes orgânicos. Somente os produtos classificados como orgânicos poderão receber o selo de identificação do Sisorg (Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica), com os dizeres “Produto Orgânico Brasil”. Fonte: Akatu
  4. 4. Diferencial do Produto Orgânico • Sabor diferenciado e melhor; • Produtos livres de organismos geneticamente modificados; • Cultura em harmonia com o meio ambiente; • Agricultura sustentável; •Alimentos mais nutritivos. Texto extraído e adaptado do Boletim Nutrinforma 51
  5. 5. Certificação A certificação de produtos orgânicos é o procedimento pelo qual uma certificadora, devidamente credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e “acreditada” (credenciada) pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), assegura por escrito que determinado produto, processo ou serviço obedece às normas e práticas da produção orgânica.
  6. 6. Legislação Brasileira Lei 10.831/03, que dispõe sobre a agricultura orgânica produzida e comercializada no Brasil, foi iniciada na década de 1990 e somente em 2011 começou a vigorar. A primeira mudança é no nome. A certificação agora é conhecida como Mecanismos de Controle para a Garantia da Qualidade Orgânica. Como podem observar, são mecanismos, no plural mesmo. Há três formas de certificação, ou melhor, de mecanismos de controle. E esta é a segunda grande mudança na forma de garantir a qualidade orgânica do produto.
  7. 7. Certificação no Brasil No Brasil o produtor orgânico deve fazer parte do cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. Existem três mecanismos para certificar o produtor: “Certificação por Auditoria – A concessão do selo SisOrg é feita por uma certificadora pública ou privada credenciada no Ministério da Agricultura. O organismo de avaliação da conformidade obedece a procedimentos e critérios reconhecidos internacionalmente, além dos requisitos técnicos estabelecidos pela legislação brasileira”. “Sistema Participativo de Garantia – Caracteriza-se pela responsabilidade coletiva dos membros do sistema, que podem ser produtores, consumidores, técnicos e demais interessados. Para estar legal, um SPG tem que possuir um Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade (Opac) legalmente constituído, que responderá pela emissão do SisOrg.” “Controle Social na Venda Direta – A legislação brasileira abriu uma exceção na obrigatoriedade de certificação dos produtos orgânicos para a agricultura familiar. Exige- se, porém, o credenciamento numa organização de controle social cadastrado em órgão fiscalizador oficial. Com isso, os agricultores familiares passam a fazer parte do Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos.” Fonte: Manual de Certificação de Produtos Orgânicos
  8. 8. Produtor Certificado pode realizar a venda de seus produtos em feiras, supermercados, lojas, restaurantes, hotéis, indústrias, internet, etc. Produtor que só se cadastra no MAPA apenas para realizar vendas diretas sem certificação, não pode vender para terceiros, só em feiras (ou diretamente ao consumidor) e para compras do Governo (merenda e CONAB). Diferença entre Produtores Certificados
  9. 9. Certificadoras As certificadoras são organismos essenciais para a manutenção e valorização da agricultura e processamento de orgânicos. São responsáveis pela fiscalização desde a implantação da cultura, processamento e comercialização, garantindo a procedência ao consumidor.
  10. 10. Principais Certificadoras • Associação de Agricultores Biológicos (ABIO) • Associação de Certificação Socioparticipativa da Amazônia (ACS Amazônia) • Associação de Agricultura Natural de Campinas e região (ANC) • APAN - Associação dos Produtores de Agricultura Natural • Associação de Certificação de Produtos Orgânicos do Espírito Santo (CHÃO VIVO) • BCS Öko-Garantie • Control Union Certifications (antiga Skal) • Cooperativa Coolméia • Fundação Mokiti Okada (CMO) • Ecocert Brasil • Farm Verified Organic (FVO) • IBD Associação de Certificação Instituto Biodinâmico • IMO Instituto de Mercado Ecológico • Minas Orgânica • Associação Mineira • Organização Internacional Agropecuária (Oia) • Rede Ecovida • Certificadora Sapucaí • Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR)
  11. 11. Comercialização A maior parte da produção Orgânica no momento está sendo comercializada por empresas de beneficiamento e distribuição que vendem para supermercados, atacadistas, restaurantes, outros em feiras, Lojas de produtos naturais e distribuição em caixas diretamente por meio de distribuidores independentes. Imagem: Google
  12. 12. Comercialização Uma alternativa de comercialização de produtos orgânicos é a exportação destes para países desenvolvidos, sendo que mais de 70% da produção orgânica nacional e destinada principalmente para o EUA, Japão e Europa. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o Brasil exportou mais de US$5,5 milhões de produtos orgânicos de Agosto de 2006 a Janeiro 2007, um total de 9,5 mil toneladas de produtos.
  13. 13. Fonte: Elaborada pelos autores a partir de Ormond et al. (2002), Willer; Yussefi (2001; 2002; 2004; 2006) e Willer et al. (2008). Mercado Mundial Dez Países com Maiores Áreas Agrícolas Orgânicas e sua evolução 2000 a 2008
  14. 14. Fonte: Elaborada pelos autores a partir de Willer et al. (2008). Mercado Mundial Distribuição e áreas sob Manejo Orgânico por continente e Número de Propriedades em 2006
  15. 15. Fonte: Adaptada de Willer; Yussefi (2001; 2002; 2004; 2006) e Willer et al. (2008). Mercado Brasileiro Evolução das Áreas Brasileiras sob Manjo Orgânico, 2000 a 2008.
  16. 16. Bibliografia • http://www.sitiodomoinho.com/o-que-e-um-produto-organico • http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=01848 • http://www.organicsnet.com.br/certificacao/manual-certificacao/ • http://www.agricultura.gov.br/desenvolvimento- sustentavel/organicos/regularizacao-producao-organica • http://ibd.com.br/pt/ServicosCertificacoes.aspx • http://www.brasilbio.com.br/pt/organicos/certificadoras/ • http://www.akatu.org.br/Temas/Cadeias-Produtivas/Posts/Ministerio- da-Agricultura-vai-credenciar-certificadoras-de-produtos-organicos • http://www.ciorganico.agr.br/wp-content/uploads/2012/08/tec3- 1109.pdf
  17. 17. Obrigado

×