Abordagem integrativo interdisciplinar

637 visualizações

Publicada em

Seminário realizado para alunos de pedagogia do 5º período - IDJ-Ce, em 2013

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abordagem integrativo interdisciplinar

  1. 1. Fundamentos Psicopedagógicos Andreia Pessôa Pedagoga e Psicopedagoga com formação Psicanalítica. Graduada em Ciencias da Religião
  2. 2. Entendendo significados  ABORDAGEM - qualquer tipo de aproximação; forma de tratar alguma questão INTEGRATIVO – Adjectivo. capaz de integrar, próprio para integrar; integrador, integrante (Fazer-se inteiro, incluído num só todo ou conjunto) INTERDISCIPLINAR - Que implica relações entre várias disciplinas ou áreas de co nhecimento; Que é comum a várias disciplinas.
  3. 3. Integativo-interdisciplinar Metodologia que visa integrar o universo do aluno com as informações e os conceitos desenvolvidos nas diferentes áreas de conhecimento.
  4. 4. Construto teórico abordagem integrativa que enfatiza: Construção do conhecimento Valorização da sensibilização e ampliação da percepção Importância da dinâmica inter-relacional na aprendizagem em grupo Valor da simbolização
  5. 5. Fundamentação teórica Construtivismo Aprender como prática de Grupo (Pichon Rivière) Abordagem Gestáltico-pedagógica Simbolização e as quatro funções (Jung)
  6. 6. Construtivismo Enfatiza a Construção ativa do pensamento Valoriza no aprendiz o ser ativo que usa o pensamento e a criatividade no contato das informações A problematização é fundamental para o aprendizado Modalidades para colocar em ação o raciocínio: comparar, observar, classificar, interpretar, criticar, hipotetizar, compor, e organizar dados, transferir ou aplicar o aprendido, decidir, seriação, implicação de deduzir.(Raths)
  7. 7. O homem, ao nascer, é incapaz de pensar  O meio, isolado, é incapaz de ensinar  O sujeito humano é um projeto a ser construído O objeto é, também, um projeto a ser construído  Sujeito e objeto não têm existência prévia  Constituem-se mutuamente, na interação Eles se constroem Pensamento do Construtivismo
  8. 8. Enrique Pichon Rivière Nasceu na Suíça e criou-se na Argentina. Formou-se psiquiatra, participou ativamente como intelectual de vanguarda dos movimentos culturais da época, desenvolvendo entre outros estudos, a incorporação dos conceitos da psiquiatria dinâmica com a psicanálise,inserindo ela a medicina. Fundou, juntamente com outros psicanalistas, a APA (Associação Psicanalítica Argentina), possibilitando o estudo da psicossomática, da psicanálise de grupo, da análise institucional e ainda do trabalho comunitário. . Progressivamente, Pichon foi deixando a concepção de psicanálise ortodoxa, concentrando os estudos e sua prática nos grupos da sociedade, desenvolvendo um novo enfoque epistemológico que o levou à psicologia social.
  9. 9. Estrutura e Papéis do Grupo Operativo Se compõem pela dinâmica dos 3D – Depositado – Depositário – Depositante Líder de resistência – Lider de mudança - Porta- voz - Bode expiatório - Sintetizador: Os indivíduos assumem diferentes papéis nos grupos dos quais fazem parte. Vão sendo colocados naturalmente pelo grupo dependendo dos vínculos que vão se criando e normalmente são desempenhados pelos componentes que têm uma história pessoal que lhes permita desempenhá-los. São móveis, ou seja, o indivíduo pode em determinado momento do grupo estar desempenhando um papel e mais adiante, em outra situação, estar em outro.
  10. 10. Aspecto Social do Aprender Conceito de aprender para Rivière implica numa relação dinâmica e dialética do homem no contexto social O princípio básico - promover por meio de uma técnica integrativa de seus membros, os processos de mudança em grupo. Pichon diz “Tenho que agir, tenho que refletir, incorporando teorias que expliquem minha ação, e ai posso transformar”
  11. 11. Objetivo de aprender em grupo Levar os participantes a aprender a pensar e operar, isto é, desenvolver a capacidade de resolver contradições dialéticas, sem criar situações conflitantes que imobilizem o crescimento do grupo. Para aprender é necessário tornar explicito o que está implícito – medos, vínculos internos – tomando consciência das resistência para poder superá-las. Lidando com as projeções, diferenças, limitações e reais possibilidades.
  12. 12. Abordagem Gestáltico-pedagógica É objetivo central da gestalt pedagogia possibilitar ao indivíduo o desenvolvimento completo das capacidades e de todo o seu potencial(...) é apenas preciso que se criem as condições necessárias (BUROW & SCHERPP, 1981) Como aplicar este conceito a dinâmica da nossa vida? À aprendizagem? - A maneira como nós percebemos as coisas, determina o nosso comportamento
  13. 13. Aprendizagem por insight  É a apreensão ou compreensão aparentemente espontânea e imediata das relações As soluções baseiam-se em uma reestruturação perceptual do problema estalo
  14. 14. Jung Foi um psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica. Propôs e desenvolveu os conceitos da personalidade extrovertida e introvertida, arquétipos, e o inconsciente coletivo. O conceito central da psicologia analítica é a individuação - o processo psicológico de integração dos opostos, incluindo o consciente com o inconsciente, mantendo a sua autonomia relativa. Jung considerou a individuação como o processo central do desenvolvimento humano
  15. 15. Simbolização e Aprendizagem Os símbolos podem ser nomes, imagens familiares entre outros, eles possuem um significado obvio, mas também trazem conotações específicas. A imagem, o nome ou outra coisa, só pode ser considerada símbolo quando evoca algo mais que seu simples significado. Por exemplo, o nome de Jesus, não é apenas um nome, tornou-se símbolo, porque traz consigo muitas outras coisas, mesmo para quem não é um cristão. O nome Jesus traz um aspecto inconsciente, que não pode ser definido ou explicado plenamente. Assim são os símbolos. Aprender é lidar com a simbolização, buscando na sua construção a dinâmica dos opostos, a integração do inconsciente e o consciente. É lidar com os mitos e neles buscar o sentido do que se repete e do que não muda e do que transforma.
  16. 16. Funções básicas do contato Simbolização (Jung) Aprender é simbolizar, no contato com o mundo, articulando as quatro funções básicas de contato Pensamento: ideacional, intelectual. Sentimento: avaliação subjetiva, valor das coisas. Sensação: percepção do mundo. Intuição: processos inconscientes e subliminares. Uma função é predominante, superior, e uma é inferior. A síntese equilibrada das 4 funções é a meta ideal da personalidade.
  17. 17. Consciente Inconsciente
  18. 18. Como você vê a vida?Era uma vez uma indústria de calçados aqui no Brasil que desenvolveu um projeto de exportação de sapatos para a Índia. Em seguida, mandou dois de seus consultores a pontos diferentes do País para fazer as primeiras observações do potencial daquele futuro mercado. Após alguns dias de pesquisas, um dos consultores enviou o seguinte fax para a direção da indústria: “Senhores, cancelem o projeto de exportação de sapatos para a Índia. Aqui ninguém usa sapatos.” Sem saber desse fax, alguns dias depois o segundo consultor mandou o seu: “Senhores, tripliquem o projeto da exportação de sapatos para a Índia. Aqui ninguém usa sapatos ainda.” A mesma situação era um tremendo obstáculo para um dos consultores e uma fantástica oportunidade para outro. Da mesma forma, tudo na vida pode ser visto com enfoques e maneiras diferentes. A sabedoria popular traduz essa situação com a seguinte frase: “Os tristes acham que o vento geme; os alegres e cheios de espírito afirmam que ele canta.” O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a vida faz toda a diferença (AUTOR DESCONHECIDO)  OBRIGADA!

×