pim2, pimii

755 visualizações

Publicada em

trabalho munlridiciplinar unip pim2

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

pim2, pimii

  1. 1. CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR II PIM II BANDO ITAÚ S/A Aluno Curso: Processos Gerenciais 1º Semestre RESUMO. A Empresa escolhida para o presente projeto integrado multidisciplinar é o Banco Itaú que atualmente se apresenta como um dos maiores e mais notáveis bancos privados instalados no Brasil, especialmente após a grande fusão com Banco UNIBANCO, assim sendo se transformando em 13º terceiro maior banco do mundo e o maior do hemisfério Sul, além de diversas outras aquisições. Exige-se que a empresa se preocupe com a estruturação especial de suas decisões e posicionamentos no mercado já que atualmente se molda como um conjunto de empresas do conglomerado é conhecido como Grupo Itaú S/A, que é o nome de uma holding que tem o controle acionário de parte percentual de 95% das empresas que hoje compõem o Grupo Itaú. O Banco tem como principais meios de atuação o segmento do varejo bancário múltiplo hoje os principais serviços serão: conta corrente, poupança, cheques especiais, empréstimos pessoais e ao consumidor, cartões de crédito, seguro de residência, vida e acidentes, financiamento de automóveis, planos de previdência privada, planos de capitalização para pessoas físicas e soluções flexíveis para pessoas jurídicas. ABSTRACT. Company chosen for this project integrated multidisciplinary is Banco Itau that currently presents itself as one of the largest and most prominent private banks located in Brazil, especially after the big merger with Banco Unibanco, thus turning into 13 third-largest bank in the world and the largest of the South, as well as several It is required that the company worry about the particular structure of their decisions and positions in the market as it currently is shaped like a set of business conglomerate is known as Itaú S/A Group, which is the name of a holding company that has a controlling equity percentage share of 95% of companies that now comprise the Itaú Group. The Bank's main means of performance segment of the multiple retail banking today the main services are: current accounts, savings, overdraft, personal loans and consumer financing, credit cards, home insurance, life and accident, car loans, private pension plans, capitalization plans for individual and flexible solutions to corporations. SUMÁRIO PÁGINA Resumo........................................................................................3 Abstract.......................................................................................4 Introdução...................................................................................6
  2. 2. Estrutura Organizacional............................................................8 Economia e Mercado..................................................................11 Recursos Patrimoniais...............................................................15 Matemática Aplicada.................................................................17 Conclusão..................................................................................22 Referências Bibliográficas……………………………….……23 Anexo A……………………………………………………….24 Anexo B……………………………………………………….71 01. INTRODUÇÃO. O ITAÚ é uma organização sediada corporativamente na cidade de São Paulo, é o braço comercial e institucional-estrutural do grupo Itaú Holding, grupo comercial com o objetivo de atender o segmento bancário-varejista, onde atualmente oferece serviços de finanças e seguros a mais de 14,9 milhões de pessoas físicas e pequenas empresas a nível internacional, além de servir o poder público e empresas de porte elevado de atendimento. Atuando hoje em pelo menos 8 países de destaque além do Brasil, contando com agências na Argentina, Chile, Uruguai, Portugal, Inglaterra, Estados Unidos, Japão e China. O conjunto de empresas do conglomerado é conhecido como Grupo Itausa, que é o nome de uma holding que tem o controle acionário de parte percentual de 95% das empresas que hoje compõem o Grupo Itaú O Banco tem como principais meios de atuação o segmento do varejo bancário múltiplo hoje os principais serviços serão: conta corrente, poupança, cheques especiais, empréstimos pessoais e ao consumidor, cartões de crédito, seguro de residência, vida e acidentes, financiamento de automóveis, planos de previdência privada, planos de capitalização para pessoas físicas e soluções flexíveis para pessoas jurídicas. O banco enfrenta nos últimos anos uma expansão estrutural importante, a partir de 2003, estando à empresa adicionada e em elo com grupos como o Itaú BBA e Itaucred como novos impérios mercadológicos-comerciais do grupo Itaú. Esta empresa em outra estratégia comercial de valorização do segmento de atendimento ao consumidor quando adquire entrada no mercado de financiamentos exclusivos de automóveis através da aquisição de 99,99% do capital do Banco Fiat. A compra foi realizada por intermédio do Banco Itaú junto a FIAT, custando a operação aproximadamente R$ 898 milhões, valor que representa um ágio (“prêmio”) de aproximadamente R$ 463 milhões ou similarmente uma equivalência de 1,06 vezes o valor do patrimônio líquido da instituição adquirida. Expande também ao contexto puramente bancário, estendendo suas operações no varejo do consumo cíclico, quando em 2005 funde-se com as Lojas Americanas (LASA), assim sendo, a associação com a meta de criação de mais um braço estrutural para a instituição financeira. A nova sociedade adquire a promotoria e gestão de projetos em vendas das Lojas Americanas, doravante denominada Facilita Serviços e Propaganda S.A. (“Facilita”), e sua estratégia precípua seria a obtenção de massiva ampliação e aprimoramento da atual oferta de serviços e produtos financeiros no nicho representado pelos clientes das Lojas Americanas, tais como: Cartões Private Label, cartões de crédito com bandeiras de ampla aceitação; crédito direto ao consumidor, empréstimo pessoal, seguros, garantia estendida e outros, notadamente nas classes sociais C e D.
  3. 3. 02. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL. 2.1. DENOMINAÇÃO E FORMA DE CONSTITUIÇÃO. É este tópico mencionado na teoria de Maximiano (2000), onde o capital social e a forma de sociedade da empresa são definidos e sua estruturação comercial principal. O Itaú é uma empresa que presta serviços bancários e tem seu capital é aberto, sendo uma empresa pública com capital social negociado através de ações nas Bolsas de Valores de São Paulo no contexto nacional e no contexto global nas Bolsas de Valores de Nova York e de Londres. 2.2. DADOS E FATOS RELEVANTES. Os dados e fatos relevantes são acontecimentos importantes que se refiram a história e evolução de uma empresa, conforme se desenha na teoria de Mintzberg (1994). - Em 2006, a empresa adquire pelo valor de 2,2 bilhões de dólares, as operações do BankBoston (subsidiário do Bank of America no Brasil, com opção para adquirir as operações do Chile e Uruguai). Os 203 mil correntistas do BankBoston do Brasil foram integrados a carteira de clientes do Itaú Personnalité. - Com o Itaú BBA a empresa pôde se transformar na maior atendedora de grandes empresas no segmento bancário chegando a atender a praticamente 5.100 grandes empresas, provendo serviços de financiamento a subsidiárias de empresas brasileiras estabelecidas no exterior, atuando em praticamente 22 países, nos serviços como os de operações de câmbio pronto com volumes anuais superiores a US$ 17 bilhões e abertura de novos mercados para as exportações dos clientes, com operações contratadas para vários países na África, no Leste Europeu e Oriente Médio. Atua com independência ao Banco Itaú, sendo uma subsidiária do Itaú Holding. - No primeiro semestre de 2006, conforme noticiado no Jornal O Globo, o Itaú conseguiu superar o Banco Bradesco e obteve o maior lucro já obtido no país nos últimos vinte anos. "O lucro líquido acumulado de janeiro a junho chegou a R$ 4,016 bilhões, 35,7% acima dos R$ 2,958 bilhões dos primeiros seis meses de 2006 e também superior aos R$ 4,007 bilhões anunciados na véspera pelo Bradesco, líder no ranking de bancos do país". 2.3. NATUREZA E RAMO DE ATUAÇÃO. Seguindo a estrutura teorizada pela Ghodart (1995) é um banco comercial múltiplo que oferece soluções financeiras para pessoas físicas, pessoas jurídicas e clientes institucionais em diversos tipos de solucionamentos de financiamentos, consórcios, investimentos, produtos financeiros, serviços especializados de custódia e no mercado de corretagem, seguros, cartões de crédito, empréstimos, etc. 2.4. PORTE EMPRESARIAL. A definição de porte empresarial é o nível econômico e comercial de uma empresa, apropriando a esta um nível de participação no segmento onde atue, este alinhamento a literatura especializada de Herman (1998) é para o Itaú relacionado a uma empresa de grande porte que conta com lucros nos últimos anos que ultrapassam a faixa de faturamento anual próximos a 9 e 10 bilhões de reais, apresentando lucro antes dos juros previstos para faixas
  4. 4. que transcendem a média de 14 bilhões/ano, o que a conota como uma das empresas mais liquidas instaladas em nosso país. 2.5. NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS. Conta com 57.000 colaboradores diretos atualmente em suas matrizes comerciais em agências, Itaú assessoria financeira, Itaú corretora, Itaú seguros, tele marketing, etc. 2.6. RELAÇÃO DE FILIAIS. Hoje a empresa conta com uma rede de agências que no Brasil totalizam 899 agências. 2.7. PRINCIPAIS PRODUTOS: FUNDOS DE INVESTIMENTO; MAXI CONTA ITAÚ; CHEQUE ESTRELA ITAÚ; LIS E LIS ADICIONAL; PIC – PLANO ITAÚ DE CAPITALIZAÇÃO. 03. ECONOMIA E MERCADO. O atual modelo de expansão econômica tem gerado diversos tipos de desequilíbrios; se, por um lado, nunca houve tanta riqueza e fartura nos cinco cantos do mundo, por outro vértice, um processo de extrema miséria, degradação ambiental e poluição aumentam regularmente. Diante desta constatação, surge a idéia da Economia e Mercado como área que estude os efeitos deste impacto e juntem o melhor uso dos recursos disponíveis para exploração e consecução de novos bens e serviços para uma economia consumista e capitalista ortodoxamente. Segundo as noções alinhadas por Bellen (2004) tem exigido uma nova postura organizacional, ao qual criam-se: - COMISSÕES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA; - AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIO-AMBIENTAL; - ADIÇÃO DE RESPONSABILIDADE EM PRODUTOS ESPECIAIS; - PROMOÇÃO DE GESTÃO DE RISCO; - DEFINIÇÃO DE MERCADO E ATUAÇÃO QUE DIMINUA OS IMPACTOS AMBIENTAIS. No Itaú todos estes tópicos citados pelo último autor bibliografado até aqui, estão vigentes na empresa estudada, a sua governança corporativa é composta por uma estrutura organizacional-administrativa que facilita a prospecção da segmentação de cada tipo de preocupação de seu negócio, conforme nota-se pela ilustração da figura 01: Figura 07. Estrutura Organizacional da Governança Corporativa do Banco Itaú. Fonte: SITE DA EMPRESA. Conforme o Anexo A, podemos encontrar um grupo de áreas e profissionais responsáveis por gerir situações de zelo da marca institucional a fim de criar possibilidade de criação de novos produtos ligados ao
  5. 5. meio ambiente, criação de ações de responsabilidade e classificação de patrocínio de ações responsáveis, definirem estratégias de trabalho institucional da empresa junto a diversos públicos, entre outros pontos. O Itaú por meio disto tem toda segurança permitir a uma das metas dos conceitos da economia e mercado por meio de uma governança corporativa fundamental e diferencial, pelo qual esta esteja nivelada ao primar e defender os seguintes pontos descritos abaixo, sendo estes chamados pontos para boa governança corporativa, citado por Millstein (1998) – no Itaú serão tratadas todas as questões de governança a partir dos cinco pilares conseguintes: Transparência; • Alinhamento estratégico; • Responsabilidade; • Controle interno; • Prestação de contas (accountability). Obedecendo as principais normas de qual idade internacionais, a empresa vem se destacando e tornando-se um marco empresarial, onde as ações de respeito ao consumidor e respeito às normas técnicas mais responsáveis socialmente e ambientalmente, conforme acorda o Anexo B, para um conjunto de produtos, serviços e processos dentro da empresa. Criar produtos sustentáveis seria outra base dos conceitos de economia e mercado da empresa estudada, ao qual, se traz para o seu portfólio de produtos um serviço que privilegie contribuir decisivamente para a melhora ambiental através de uma característica especial deste produto, no Itaú produtos como o Fundo de Investimento Itaú Ecomudança lastreados em investimentos em Renda Fixa e Referenciados DI ou produtos como o maxi serviços empresariais sustentáveis que é um pacote de soluções para extinção do uso de boletos, extratos consolidados enviados ao endereço de empresas, entre outras ações. O Itaú anuncia hoje as ONGs selecionadas pelo Programa Ecomudança, voltado a organizações sem fins lucrativos que desenvolvam iniciativas e tecnologias capazes de reduzir as emissões dos gases que causam o efeito estufa. Foram selecionados os projetos Farol do Sol e EcoPommer Sustentável, que receberão, cada um, o repasse de R$ 91.293,31 dos Fundos Itaú Ecomudança para viabilizar suas iniciativas. “Por meio da escolha desses dois projetos, o Itaú busca contribuir de forma incisiva no debate em torno da adoção de boas práticas que resultem na diminuição dos gases que causam o efeito estufa. Ambos se mostraram importantes alternativas para o consumo de energia e para o manejo de resíduos”, afirma Alexandre Zákia, diretor de Clientes Institucionais do Itaú. Os projetos inscritos no Programa Itaú Ecomudança foram analisados pelo banco em parceria com o Instituto Ekos Brasil. A escolha ainda passou por um Conselho Consultivo composto por lideranças na área de sustentabilidade. Os critérios utilizados para a escolha se basearam na eficiência de intervenções realizadas sob os temas de eficiência energética, renovável e manejo de resíduos. Os vencedores O Projeto Farol do Sol, elaborado pela IDEAAS (de Lagoa dos Patos, RS), tem como objetivo diminuir a queima de combustíveis fósseis nos processos de pesca artesanal de camarão por meio da utilização de equipamentos solares fotovoltaicos. Além de reduzir as emissões de gases e melhorar as condições de vida dos pescadores, a iniciativa também garante o incremento na geração de renda das comunidades envolvidas. Já o Projeto EcoPommer Sustentável, da Fundager (de Santa Maria de Jetibá, ES) é focado na produção de biogás a partir do processamento integral do esterco produzido por aves poedeiras e tem como vantagem adicional evitar a poluição dos rios da região e a redução das emissões de gases. Ecomudança
  6. 6. Lançado em agosto de 2007, o fundo Itaú RF Ecomudança trouxe um diferencial inédito ao mercado: permitir ao investidor aplicar recursos e, ao mesmo tempo, compensar as emissões de gases causadores do efeito estufa. Em 2008 foi lançada uma variação do fundo, com o mesmo objetivo, o Itaú DI Ecomudança. Os fundos foram criados com o objetivo de destinar 30% da sua taxa de administração para o apoio de ações ambientais de organizações não-governamentais que visam a redução da quantidade de CO2 (dióxido de carbono) no ar, principal fator responsável pelo aquecimento global. Para a premiação, foi apurado 30% da taxa de administração entre 31 de agosto de 2007 e 1º de setembro de 2008. Para auxiliar o investidor interessado em compensar suas emissões de carbono foi desenvolvido um simulador de emissões de CO2. Basta acessar o site do Itaú, www.itau.com.br, selecionar Investimentos e em seguida Fundos e responder a um breve questionário na página dos fundos Itaú DI Ecomudança ou Itaú RF Ecomudança, clicando sobre “Simule suas emissões de CO2”. Quadro 01. Matéria de jornal publicada sobre produto sustentável do Itaú. Fonte: http://revistaecoturismo.com.br/turismo-sustentabilidade/itau-anuncia-ongs-selecionadas-do-projeto- ecomudanca/ 04. RECURSOS PATRIMONIAIS. A gestão de Recursos Patrimoniais e Materiais têm como objetivo organizar o fluxo de matérias primas e insumos de trabalho dentro de uma organização. Segundo a literatura de Martins (2006) é o conjunto de todas aquelas atividades que sejam desenvolvidas dentro de uma organização destinadas ao estudo e ações para manutenção de sempre se ter materiais de trabalho para as funções normais de seus processos. Umas séries de variáveis afetam este tipo de programática de gestão, sendo que de acordo com os principais autores do tema podemos dizer que esta área gere os recursos por meio de conceito de monitoramento do uso de materiais, tipo de produção da empresa, processos de operacionalidade de uma empresa, entre outros pontos. (SAKURAI, 1997; PEREZ et al., 2005; MARION, 2005). Na empresa estudada por ser um Banco e haver maior uso de produtos tecnológicos, a gestão de Recursos de Materiais está ligada a manutenção dos caixas eletrônicos, computadores dos caixas, etc é importante que se adotem as seguintes medidas de gerência. Evolução de Relacionamento Cliente x Fornecedores obedecem aos pontos críticos citados por Sakurai (1997, p.147) como os principais na definição de escolha de materiais informáticos e tecnológicos em uma empresa, ou seja, valorizando-se os seguintes pontos: • Melhoria da qualidade: dá se prioridade à qualidade do produto. •Integração Operacional: prioriza o controle dos processos levando-se em conta a capabilidade deles. A logística interna de um banco e sua logística externa deve estar atenta a busca por melhor materiais tecnológico-estruturais para se obter os seguintes objetivos de um relacionamento de produtividade interna desejável segundo as bases de Perez et al. (2005, p.32): • Movimentação das Informações: a informação por sua vez é bidirecional. Começa no sentido do lojista para o produtor final, sendo repassada até o primário. No decorrer do processamento ela pode fluir nos dois sentidos, em função dos feedbacks e controles
  7. 7. • O Tempo: o tempo decorrido entre a manifestação do desejo de compra e a entrega efetiva de um pedido é um dos condicionantes principais da eficácia da cadeia logística. Juntamente com a qualidade e o custo ele representará o diferencial competitivo da empresa perante ao cliente. O lead time (tempo decorrido desde o início até o fim de um processo) é de responsabilidade total do sistema logístico. • O Nível de Serviço: é a percepção pelo cliente da qualidade do atendimento. A aquisição de compras de tecnologias na empresa, obedece ao recurso teórico da tendência de verticalização da suplementação da empresa, onde a maioria dos recursos advém de fontes de tecnologia de fornecedores conhecidos e aprovados pelo segmento de atuação da empresa, a fim de produzir resultados organizacionais otimizados de fato. (MARION, 2005). É uma estratégia que prevê que a empresa produzirá internamente tudo o que puder, ou pelo menos tentará produzir. VANTAGENS DESVANTAGENS Independência de Terceiros Maior investimento Maiores lucros Menor flexibilidade Maior Autonomia Aumento da estrutura da empresa Domínio sobre a tecnologia própria 05. MATEMÁTICA APLICADA. A empresa atua aplicando a matemática aplicada, conforme a gestão de potenciais intelectuais e administração da qualidade de interações e desenvolvimento de competências, conforme modelo de dados relacionais ao Quadro 01: Pesquisa operacional A pesquisa operacional adota o método cientifico como estrutura para a solução de problemas, dando maior ênfase ao julgamento objetivo do que ao julgamento subjetivo e tem como objetivo capacitar a administração a resolver problemas e tomar decisões, e pode ser desenvolvido em seis fases: • Formular o problema: Uma analise dos sistemas, dos objetivos e das alternativas. Construir um modelo matemático para representar o sistema: esse modelo expressa a eficácia do sistema como função de um conjunto de variáveis, das quais pelo menos uma esta sujeita a controle. • Deduzir uma solução do modelo: Existem essencialmente dois tipos de procedimentos para derivar uma solução: a perspectiva do processo e a perspectiva do problema. Testar o modelo e a solução: o modelo é uma representação da realidade, o modelo e bom quando for capaz de prever, com exatidão, o efeito que as mudanças no sistema têm sobre a eficácia geral do sistema. • Estabelecer controle sobre a solução; • Implementar a solução: A solução testada precisa ser transformada numa série de processos operacionais suscetíveis de ser entendidos e aplicados pelo pessoal que será responsável pelo seu emprego. Principais técnicas Teoria dos jogos Propõe uma formulação matemática para a análise dos conflitos. Este conceito de conflito envolve uma oposição de forças ou de interesses ou de pessoas que origina uma seção dramática. No entanto essa oposição não se dá de forma imediata e explícita mas a partir da formação e do desenvolvimento de uma si tuação, até se chegar a um ponto mais ou menos irresistível, onde se desencadeia a ação dramática. Uma situação de conflito e sempre aquela em que um ganha e outro perde, pois os objetivos
  8. 8. visados são indivisíveis e incompatíveis pela sua própria natureza. A teoria dos jogos é aplicada apenas ao tipo de conflitos que envolvam disputa de interesse entre dois ou mais intervenientes, na qual cada parceiro, em determinado momento, pode ter uma variedade de ações possíveis, delimitadas. Contudo, pelas regras do jogo, o número de estratégia disponível é finito e, portanto, enumerável. Cada estratégia descreve o que será feito em qualquer situação. Conhecidas as estratégias possíveis dos jogadores, podem-se estimar todos os resultados possíveis. Tem como base o pressuposto do conflito de interesses e ações entre duas ou mais partes interessadas. Teoria das filas de espera Refere-se à otimização de arranjos em condições de aglomeração. Cuida dos pontos de estrangulamento, dos tempos de espera, ou seja, das demoras verificadas em algum ponto de serviço. A situação ocorre quando clientes desejam prestação de serviços. Quando cada cliente se aproxima do ponto de serviço, ocorre um período de prestação de serviço que determina quando o cliente se retira. Os outros clientes que chegam, enquanto o primeiro esta sendo atendido, esperam a sua vez, isto é, forma uma fila. Os pontos de interesse da teoria das filas são: o tempo de espera do cliente, o número de clientes na fila e a razão entre o tempo de espera e o tempo de pres tação de serviço. As técnicas matemáticas que utiliza são extremamente variadas. A teoria das filas e aplicável em analise de trafego, como no trânsito viário em situações de congestionamento ou de gargalos, no dimensionamento de caixas de atendimento nas agências bancárias ou em supermercados Teorias dos grafos Da teoria dos grafos, derivam das técnicas de planejamento e programação por rede CPM (Critical Path Method – método do caminho critico) e PERT (Técnica de avaliação e estudos de programas). Programação linear É uma técnica de solução de um problema que requer a determinação dos valores para as variáveis de decisão que aperfeiçoam um objetivo a ser alcançado sem violar um conjunto de limitações ou restrições tais problemas envolvem normalmente alocação de recurso e sempre envolvem relações lineares entre as variáveis de decisão, o objetivo e as restrições. Como no estudo do melhor percurso econômico de um caminhão de entrega de botijões de gás em um determinado bairro, no estudo do melhor percurso econômico de uma frota de caminhões de distribuição de cerveja e refrigerantes entre diversos bares e restaurantes. • Características: Preocupa-se em alcançar uma ótima posição em relação a certo objetivo. Supõe a escolha entre varias alternativas ou combinações apropriadas dessas alternativas Considera certos limites ou obrigações no interior dos quais se devem alcançar necessariamente a decisão. Não somente requer que as variáveis sejam quantificáveis, mas que ao mesmo tempo haja suposições de que entre as diversas variáveis haja relações lineares. Programação não linear É uma técnica análoga à PROGRAMAÇÃO LINEAR, porém não há necessidade da linearidade na função objetivo e nas restrições. Geralmente exigi-se que a função objetivo seja diferenciável e que as restrições formem um conjunto convexo. Probabilidade e estatística Permitem a obtenção de informações possíveis com base nos dados disponíveis. Programação dinâmica É aplicada em problemas que possuem varias fases inter-relacionadas, onde se deve adotar uma decisão adequada a cada uma das fases, sem perder de vista, porem, o objetivo último. Somente quando o efeito de cada decisão for determinado é que poderá ser efetuada a escolha final. Por exemplo, simplificando o exemplo de um motorista que deseja ir de um
  9. 9. ponto a outro, devendo ainda interromper a viagem para almoçar. Normalmente, o motorista soluciona esse problema por fases. Primeiramente, seleciona vários locai s intermediários nos quais poderá fazer a refeição. Em seguida, determina o ótimo trajeto de seu ponto de partida para cada local intermediário ate seu ponto de chegada. A menor distancia determina o melhor ponto intermediário. Sua primeira decisão consiste em selecionar o local da refeição e a segunda, o melhor trajeto para esse local .mas ambas as soluções estará a preocupação ultima de procurar o menor percurso. Adequado para tratar de problemas que envolvem varias fases inter-relacionadas, considerando o impacto das decisões para o objetivo final. Quadro 02. Modelos de Gestão da Matemática Aplicada na empresa estudada. CONCLUSÃO: Conclui-se que a empresa mantém um estilo de gerência institucionalizada na qualidade de uma governança corporativa bem estabelecida e flexível, buscando a melhor excelência em decisões que afetam não só o negócio da empresa, mas também seu posicionamento estratégico e uma série de públicos. No contexto da administração de recursos materiais observa-se um processo de conhecimento e simplificação dos processos através de um benchmark e contextualização de uma situação de verticalização e diminuição da extinção de incertezas no contexto de produtividade ideal interna. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BELLEN, Hans Michael Van. Desenvolvimento sustentável: uma descrição das principais ferramentas de avaliação. Revista Ambiente e Sociedade. V. VII. N.1 jan-jun 2004. p.67-88. GOODHART, C. The Central Bank and the Financial System. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 1995. HERMANN, J. “Risco Sistêmico nos Sistemas Financeiros Modernos: interpretação teórica e análise dos mecanismos de controle.” Revista Brasileira de Economia (RBE), Julho -Setembro, 1998, pp. 463-494. MARION, J. C. Contabilidade empresarial. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2005. MARTINS, Petrônio G. Administração de materiais e recursos patrimoniais - 2.ed. São Paulo: Saraiva, 2006. MAXIMINIANO, Antônio César Amaru. Teoria geral da administração: da escola científica à competitividade globalizada. São Paulo: Atlas, 2000. MILLSTEIN, Ira M. Corporate governance: improving copetitiveness and acess to capital in global markets. França: OECD, 1998. MINTZBERG, H. The Fall and Rise of Strategic Planning. Harvard Business Rewiew, jan-feb, 1994. PEREZ JUNIOR, J. H.; OLIVEIRA, L. M. de; COSTA, R. G. Gestão estratégica de custos. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2005. SAKURAI, M. Gerenciamento integrado de custos. São Paulo: Atlas, 1997.
  10. 10. ANEXOS ANEXO A: CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Presidente Pedro Moreira Salles Vice-Presidentes Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Roberto Egydio Setubal Conselheiros Alcides Lopes Tápias Alfredo Egydio Setubal Candido Botelho Bracher Fernando Roberto Moreira Salles Francisco Eduardo de Almeida Pinto Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Henri Penchas Israel Vainboim Pedro Luiz Bodin de Moraes Ricardo Villela Marino DIRETORIA Diretor Presidente Roberto Egydio Setubal Diretores Vice-Presidentes Alfredo Egydio Setubal Candido Botelho Bracher Diretores Executivos Caio Ibrahim David (*) Claudia Politanski Marcos de Barros Lisboa Ricardo Baldin Sérgio Ribeiro da Costa Werlang Diretores Jackson Ricardo Gomes José Eduardo Lima de Paula Araujo Luiz Felipe Pinheiro de Andrade Marco Antonio Antunes Wagner Roberto Pugliese CONSELHO FISCAL Presidente Iran Siqueira Lima
  11. 11. Conselheiros Alberto Sozin Furuguem Artemio Bertholini COMITÊ DE AUDITORIA Presidente Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Membros Alcides Lopes Tápias Alkimar Ribeiro Moura (*) Eduardo Augusto de Almeida Guimarães Guy Almeida de Andrade COMITÊ DE ESTRATÉGIA Membros Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Henri Penchas Israel Vainboim Pedro Moreira Salles Roberto Egydio Setubal COMITÊ DE GESTÃO DE RISCO E DE CAPITAL Membros Candido Botelho Bracher Francisco Eduardo de Almeida Pinto Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Pedro Luiz Bodin de Moraes Roberto Egydio Setubal COMITÊ DE NOMEAÇÃO E GOVERNANÇA CORPORATIVA Membros Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Alfredo Egydio Setubal Fernando Roberto Moreira Salles Henri Penchas Israel Vainboim Pedro Moreira Salles COMITÊ DE PESSOAS Membros Candido Botelho Bracher Francisco Eduardo de Almeida Pinto Pedro Moreira Salles Ricardo Villela Marino
  12. 12. Roberto Egydio Setubal CONSELHO CONSULTIVO INTERNACIONAL Membros André Lara Rezende Carlos Ghosn Jacob A. Frenkel Marcel Telles Pedro Aspe Pedro Moreira Salles Pedro Sampaio Malan Raghuram Rajan Ricardo Villela Marino Roberto Egydio Setubal Woods Staton COMITÊ DE DIVULGAÇÃO E NEGOCIAÇÃO Membros Alcides Lopes Tápias Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Alfredo Egydio Setubal Claudia Politanski Fernando Marsella Chacon Ruiz Rogério Paulo Calderón Peres Viviane Behar de Castro (*) Eleito pela AGO/2010 em fase de homologação pelo BACEN. ________________________________________ CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Presidente Pedro Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Membro do Comitê de Estratégia, do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa e do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2004 a novembro de 2008; Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008. Companhia E. Johnston de Participações: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 IUPAR - Itaú Unibanco Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009 Porto Seguro S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde novembro de 2009, Unibanco Holdings S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008
  13. 13. Unibanco Seguros S.A.: Presidente do Conselho de Administração de dezembro de 1995 a fevereiro de 2009 E. Johnston Representação e Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração de 2001 a fevereiro de 2009 Totvs S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2010 Formação Acadêmica: Possui diploma de bacharel, magna cum laude, em economia e história pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e cursou os programas de relações internacionais na Yale University e de Owner/president management na Harvard University Vice-Presidentes Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde agosto de 1995; Diretor Presidente desde setembro de 2008, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Presidente do Comitê de Políticas de Investimento e Membro do Comitê de Políticas Contábeis de agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde maio de 2005, Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2001 a março de 2003. Itautec S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2010; Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a janeiro de 2010, Vice-Presidente do Conselho de Administração de abril de 1997 a abril de 2009. Elekeiroz S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de novembro de 2009 a abril de 2010, Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a novembro de 2009, Vice- Presidente do Conselho de Administração de abril de 2004 a abril de 2009. Duratex S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico, formado pela Escola de Engenharia Mauá do Instituto Mauá de Tecnologia, em 1992 e Pós-Graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas. Roberto Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente Executivo desde maio de 1994; Presidente do Comitê de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração, Diretor Presidente desde março de 2003, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Pessoas desde junho de 2009, Presidente do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, Membro do Comitê de Nomeação e Remuneração de maio de 2005 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Presidente e Diretor Geral desde abril de 1994, Membro do Conselho de Administração de abril de 1995 a março de 2003 e Diretor Geral entre agosto de 1990 e março de 1994. Banco Itaú BBA S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Presidente desde novembro de 2008. Itauseg Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde junho de 2005. Presidente da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), de abril de 1997 a março de 2001; Vice-Presidente do Institute of International Finance, Membro do Conselho do International Monetary Conference, Membro do International Advisory Committee do The Federal Reserve Bank of
  14. 14. New York e Membro do International Advisory Committee da NYSE (New York Stock Exchange), desde abril de 2005. Formação Acadêmica: Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1977, e Master of Science Engineering pela Stanford University, em 1979. Conselheiros Alcides Lopes Tápias Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde maio de 2005, Membro do Comitê de Auditoria desde maio de 2004. Itaú Unibanco S.A.: Membro do Conselho de Administração de abril de 2002 a março de 2003. Aggreco Consultores: Sócio desde outubro de 2003. Duratex S.A.: Membro Efetivo do Conselho de Administração desde abril de 2009. Tigre S.A. Tubos e Conexões: Membro do conselho de Administração desde abril de 2004. Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de setembro de 1999 a julho de 2001. Fundação Antonio Prudente do Hospital do Câncer: Membro do Conselho Curador de abril de 1999 a fevereiro de 2005. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas, formado pela Universidade Mackenzie em 1980 e Bacharel em Direito formado pelas Faculdades Metropolitanas Unidas em 1973. Alfredo Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde setembro de 2008, Membro dos Comitês de Divulgação e Negociação e de Políticas de Investimento desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2007, Diretor Vice-Presidente e Diretor de Relações com Investidores, desde março de 2003, responsável maior pela comunicação com o mercado de capitais, buscando sempre ampliar a transparência das informações financeiras e estratégicas com qualidade, relevância, tempestividade, confiabilidade e comparabilidade, administrando o relacionamento com a CVM, o Banco Central do Brasil e outras autoridades do governo referente aos assuntos do mercado de capitais; Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Vice-Presidente desde março de 1996, da Área Wealth Management & Serviçes, onde é responsável pela formulação, implementação e cumprimento das diretrizes estratégicas do Banco. Diretor de Relações com Investidores entre 1995 e 2003; Diretor Executivo entre 1993 e 1996 e Diretor Gerente entre 1988 e 1993. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2003. Investimentos Bemge S.A. Presidente do Conselho de Administração desde abril de 2008. Associação Nacional dos Bancos de Investimentos – ANBID: Vice-Presidente de 1994 a agosto de 2003 e Presidente de agosto de 2003 a agosto de 2008. Associação da Distribuidora de Valores – ADEVAL: Membro do Conselho Consultivo desde 1993. Associação Brasileira das Cias. Abertas – ABRASCA: Membro do Conselho Diretor desde 1999. Instituto Brasileiro de Relações com Investidores - IBRI: Membro do Comitê Superior de Orientação, Nominação e Ética desde 2009 e Membro do Conselho de Administração de 1999 a 2000 e de 2004 a 2009, Presidente do conselho de Administração de 2001 a 2003. Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM: Diretor Financeiro desde 1992.
  15. 15. Formação Acadêmica: Graduado em 1980 e Pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas com curso de especialização no INSEAD (França). Candido Botelho Bracher Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Vice-Presidente desde maio de 2005; Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003, Diretor Presidente desde abril de 2005 e Diretor Vice-Presidente de fevereiro de 2003 a abril de 2005, onde foi responsável pelas áreas Comercial, Mercado de Capitais e Políticas de Recursos Humanos. Pão de Açúcar: Membro do Conselho de Administração BM&F Bovespa S.A. - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros: Membro do Conselho de Administração. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas formado pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – Fundação Getúlio Vargas em 1980. Fernando Roberto Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009. E. Johnston Representação e Participações S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2005 a fevereiro de 2009. Companhia E. Johnston de Participações: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde 2008. IUPAR – Itaú Unibanco Participações S.A.: Membro do Conselho de Administração desde 2008. Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração: Presidente do Conselho de Administração desde 2008. Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 1988 Editora Scharcz Ltda.: Diretor Superintendente desde 1988. Formação Acadêmica: Finanças e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Francisco Eduardo de Almeida Pinto Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Risco e de Capital e de Pessoas desde junho de 2009. Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas S.A.: Diretor desde março de 2007. BW Gestão de Investimentos Ltda.: Diretor desde dezembro de 2007. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Membro do Conselho de Administração de março de 2007 a dezembro de 2008. Formação Acadêmica: Graduado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC). Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2006, Presidente do Comitê de Auditoria desde setembro de 2008, Membro do Comitê de Auditoria de maio de 2007 a setembro de 2008, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Presidente do Conselho Fiscal de março de 2003 a abril de 2006. Tendências Consultoria Integrada S/S Ltda. e Tendências Conhecimento Assessoria Econômica Ltda.: Sócio. Gustavo Loyola Consultoria S/C: Sócio-Diretor desde fevereiro de 1998.
  16. 16. Banco Central do Brasil: Presidente de novembro de 1992 a março de 1993. Diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro de junho de 1995 a agosto de 1997. Formação Acadêmica: Economista formado pela Universidade de Brasília em 1979, Mestre e Doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas, em 1981 e 1983, respectivamente. Henri Penchas Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2009, Diretor de Relações com Investidores desde 2009 e de 1995 a abril de 2008, Diretor Executivo de dezembro de 1984 a abril de 2008, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro dos Comitês de Políticas de Investimento e de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, membro do Comitê de Divulgação e Negociação de maio de 2005 a abril de 2009, Vice-Presidente Sênior de março de 2003 a maio de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Riscos e de Capital e de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente Sênior de abril de 1997 a abril de 2008; Membro do Conselho de Administração de abril de 1997 a março de 2003; Vice-Presidente Executivo entre abril de 1993 e março de 1997; Diretor Executivo de 1988 a 1993, responsável pela Área de Controle Econômico. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2009 e Vice - Presidente do Conselho de Administração de fevereiro de 2003 a abril de 2009. Duratex S.A.: Diretor Presidente desde agosto de 2009; Diretor Geral de abril de 2009 a agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico formado pela Universidade Mackenzie em 1968, e pós-graduação em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas. Israel Vainboim Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretor Executivo de 1976 a 1977, de 1973 a 1978 comandou a retaguarda do Grupo Unibanco de 1978-1988, em 1988 foi eleito Presidente do Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A., posição que ocupou até agosto de 1992. Unibanco Holdings S.A.: Diretor Presidente de 1994 a 2007, Presidente do Conselho de Administração de 2007 a 2009, Membro do Conselho de Administração de 1988 a 2009. Formação Acadêmica: Bacharel em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e MBA pela Stanford University. Pedro Luiz Bodin de Moraes Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Adminstração desde novembro de 2008; Membro do Comitê de Gestão de Risco e de Capital desde junho de 2009. UNIBANCO – União de Banco Brasileiros S.A.: Membro do Conselho de Administração de abril de 2003 a agosto de 2009. Banco Central do Brasil: Diretor de Política Monetária de 1991 a 1992. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES): Diretor de 1990 a 1991. Banco Icatu S.A.: Diretor e Sócio de 1993 a 1992. Icatu Holding S.A.: Sócio de 1993 a 1992.
  17. 17. Formação Acadêmica: Bacharel em Ciências Econômicas e mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). É Doutor (PhD) em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Ricardo Villela Marino Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro do Comitê de Políticas de Investimento desde agosto de 2008, Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2008; Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2010, Diretor Executivo de setembro de 2006 a abril de 2010. Diretor Gerente Sênior de abril de 2005 a agosto de 2006, Diretor Gerente entre abril de 2004 e abril de 2005. Itautec S.A. – Grupo Itautec: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Elekeiroz S.A.: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Duratex S.A.: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Federación Latino Americana de Bancos FELABAN: Presidente desde novembro de 2008. Formação Acadêmica: Bacharel em Engenharia Mecânica em 1996, pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Mestre em Administração de Empresas, pela Universidade de Administração de Empresas – MIT Sloan – Cambridge, EUA; em 2000. DIRETORIA Diretor Presidente Roberto Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente Executivo desde maio de 1994; Presidente do Comitê de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração, Diretor Presidente desde março de 2003, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Pessoas desde junho de 2009, Presidente do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, Membro do Comitê de Nomeação e Remuneração de maio de 2005 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Presidente e Diretor Geral desde abril de 1994, Membro do Conselho de Administração de abril de 1995 a março de 2003 e Diretor Geral entre agosto de 1990 e março de 1994. Banco Itaú BBA S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Presidente desde novembro de 2008. Itauseg Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde junho de 2005. Presidente da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), de abril de 1997 a março de 2001; Vice-Presidente do Institute of International Finance, Membro do Conselho do International Monetary Conference, Membro do International Advisory Committee do The Federal Reserve Bank of New York e Membro do International Advisory Committee da NYSE (New York Stock Exchange), desde abril de 2005. Formação Acadêmica: Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1977, e Master of Science Engineering pela Stanford University, em 1979. Diretores Vice-Presidentes
  18. 18. Alfredo Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde setembro de 2008, Membro dos Comitês de Divulgação e Negociação e de Políticas de Investimento desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2007, Diretor Vice-Presidente e Diretor de Relações com Investidores, desde março de 2003, responsável maior pela comunicação com o mercado de capitais, buscando sempre ampliar a transparência das informações financeiras e estratégicas com qualidade, relevância, tempestividade, confiabilidade e comparabilidade, administrando o relacionamento com a CVM, o Banco Central do Brasil e outras autoridades do governo referente aos assuntos do mercado de capitais; Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Vice-Presidente desde março de 1996, da Área Wealth Management & Serviçes, onde é responsável pela formulação, implementação e cumprimento das diretrizes estratégicas do Banco. Diretor de Relações com Investidores entre 1995 e 2003; Diretor Executivo entre 1993 e 1996 e Diretor Gerente entre 1988 e 1993. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2003. Investimentos Bemge S.A. Presidente do Conselho de Administração desde abril de 2008. Associação Nacional dos Bancos de Investimentos – ANBID: Vice-Presidente de 1994 a agosto de 2003 e Presidente de agosto de 2003 a agosto de 2008. Associação da Distribuidora de Valores – ADEVAL: Membro do Conselho Consultivo desde 1993. Associação Brasileira das Cias. Abertas – ABRASCA: Membro do Conselho Diretor desde 1999. Instituto Brasileiro de Relações com Investidores - IBRI: Membro do Comitê Superior de Orientação, Nominação e Ética desde 2009 e Membro do Conselho de Administração de 1999 a 2000 e de 2004 a 2009, Presidente do conselho de Administração de 2001 a 2003. Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM: Diretor Financeiro desde 1992. Formação Acadêmica: Graduado em 1980 e Pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas com curso de especialização no INSEAD (França). Candido Botelho Bracher Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Vice-Presidente desde maio de 2005; Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003, Diretor Presidente desde abril de 2005 e Diretor Vice-Presidente de fevereiro de 2003 a abril de 2005, onde foi responsável pelas áreas Comercial, Mercado de Capitais e Políticas de Recursos Humanos. Pão de Açúcar: Membro do Conselho de Administração BM&F Bovespa S.A. - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros: Membro do Conselho de Administração. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas formado pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – Fundação Getúlio Vargas em 1980. Diretores Executivos Caio Ibrahim David (*)
  19. 19. Itaú Unibanco Holding S.A. e Itaú Unibanco S.A.: Diretor Executivo desde maio de 2010, responsável pela Área de Finanças. Ingressou no grupo em 1987 como trainee, atuando nas áreas de controladoria e controle de riscos de mercado e liquidez. Banco Itaú BBA S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2008, responsável pelas áreas de finanças, inteligência de mercado e operações dos bancos de atacado e de investimentos e da tesouraria institucional. Diretor de abril de 2003 a abril de 2008 , com atuação nas áreas de controle de riscos e finanças. Itauseg Participações S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2010. BFB Leasing S.A. Arrendamento Mercantil: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2010. Dibens Leasing S.A. - Arrendamento Mercantil: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2010. Financeira Itaú CBD S.A. Crédito, Financiamento e Investimento: Presidente Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2010. Adicionalmente, trabalhou no Bankers Trust em New York como associate na área de Global Risk Management em 1998. Formação Acadêmica: Engenheiro formado pela Universidade Mackenzie (1986-1990), com pós-graduação em Economia e Finanças (1992-1993) pela Universidade de São Paulo e mestrado em Controladoria também pela Universidade de São Paulo (1994-1997) e MBA pela New York University (1997-1999) com especialização em finance, accounting e international business. Claudia Politanski Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretora Executiva desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde junho de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretora Executiva desde abril de 2009. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretora Executiva desde março de 2007; Diretora de janeiro de 2005 a fevereiro de 2007, Diretora Adjunta de junho de 2001 a dezembro de 2004. Formação Acadêmica: formada em direito em 1992 pela Universidade de São Paulo e possui LLM pela University of Virginia. Marcos de Barros Lisboa Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Executivo desde novembro de 2008. Itaú Seguros S.A.: Diretor desde março de 2009 Dibens Leasing S.A. – Arrendamento Mercantil: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2009. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretor Executivo de julho de 2006 a outubro de 2009. Ministério da Fazenda: Secretario de Política Econômica de 2003 a 2005. Instituto de Resseguros do Brasil – IRB: Presidente de 2005 a 2006. Formação Acadêmica: Doutorado em Economia – University of Pennsylvania, Estados Unidos, Mestre em Economia Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, Graduado em Economia – Universidade do Rio de Janeiro UFRJ. Ricardo Baldin Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2009. PricewaterhouseCoopers: Auditor, sendo três anos como assistente, três anos como sênior, dois anos como supervisor, três anos como gerente, atuando como sócio (MAP) e 18 anos
  20. 20. como sócio, como auditor independente, foi sócio responsável pelas auditorias do Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A., do Banco Itaú Holding Financeira S.A. e empresas controladas, do Banco do Brasil S.A., pela Caixa Econômica Federal, entre outras. Também foi sócio responsável do Grupo de Instituições Financeiras da PwC na América do Sul, tendo coordenado diversos trabalhos na região, inclusive a avaliação do Sistema Financeiro do Equador. Associações profissionais: Foi diretor da ANEFAC e responsável pelo grupo de instituições financeiras do IBRACON durante vários anos. Formação Acadêmica: graduado em ciências contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS em 1978. Cursos de extensão universitária na Fundação Dom Cabral e Fundação Getúlio Vargas, relativos à administração e finanças. Sérgio Ribeiro da Costa Werlang Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Executivo desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Riscos e de Capital e de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2008, Diretor Executivo de abril de 2003 a abril de 2008; Diretor Sênior entre março de 2002 e março de 2003. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2005. BFB Leasing S.A. Arrendamento Mercantil: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Investimentos Bemge S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2008 e Diretor Presidente desde agosto de 2008 UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2009, Diretor Executivo de novembro de 2008 a abril de 2009. Banco Central do Brasil: Diretor responsável pelos assuntos de política econômica de março de 1999 a setembro de 2000. Fundação Getulio Vargas: Membro do Conselho Curador O.R.T. (Sociedade Israelita Brasileira de Organização, Reconstrução e Trabalho): Membro do Conselho Diretor Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM: Membro da Diretoria Formação Acadêmica: Doutor em Economia (PhD) Universidade de Princeton – USA – 1986. Diretores Jackson Ricardo Gomes Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor desde maio de 2005. Itaú Unibanco S.A.: Diretor desde maio de 2003; Diretor Gerente entre agosto de 1995 e abril de 2003. Banco Itaucred Financiamentos S.A.: Diretor desde dezembro de 2003. BFB Leasing S.A. – Arrendamento Mercantil: Diretor desde abril de 2000; Intrag Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.: Diretor Gerente desde abril de 2000; Banco Itaucard S.A.: Diretor desde abril de 2000; Investimentos Bemge S.A.: Diretor Gerente de abril de 2000 a abril de 2005; Banco Itauleasing S.A.: Diretor Gerente desde abril de 2000 a abril de 2009; Financeira Itaú CBD S.A. Crédito, Financiamento e Investimento: Diretor desde janeiro de 2005. Formação Acadêmica: Engenheiro de Aeronáutica formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA, em 1981 e Mestrado em Administração de Negócios (MBA) na Universidade de Chicago, em 1988. José Eduardo Lima de Paula Araujo Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor desde maio de 2008. Itaú Unibanco S.A.: Superintendente de dezembro de 2003 a abril de 2008.
  21. 21. Formação Acadêmica: Advogado, formado pela Universidade de São Paulo em 1994. Mestre em Direito (LL.M.) e Mestre em Administração de Empresas (MBA), formado pela The George Washington University (EUA) em 1998 e 2001, respectivamente. Luiz Felipe Pinheiro de Andrade Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Executivo desde abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor desde abril de 2009. Banco Itaucred Financiamentos S.A.: Diretor desde abril de 2009. Unibanco Asset Management: Diretor Executivo de 2005 a 2009, responsável pelas áreas: pesquisa Quantitativa e Risco de Mercado, Risco Operacional e Compliance, aval iação e Gestão de Crédito, produtos, distribuição institucional e corporate; Channel Management – Unibanco Private Bank e Unibanco Varejo; Canais Alternativos, planejamento e Controle Gerencial, Consultoria de Investimentos, Fundo de Fundos, Gestão Matricial: Unibanco Serviços de Investimentos: Back office e Controladoria de Fundos de Investimento; Diretor de 2003 a 2005, responsável pelas áreas: Pesquisa Quantitativa e Risco de Mercado, Risco Operacional e Compliance, Produtos, Consultoria de Investimentos, Fundo de Fundos, Gestão Matricial: Unibanco Serviços de Investimentos: Back office e Controladoria dos Fundos de Investimento; e Diretor Adjunto (1998/2003); Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV): Professor (1998/2005); PUC-RJ: Professor (1989/1990). Formação Acadêmica: Ph.D. Finanças - Graduate Business School, University of Colorado, Segunda área de especialização: Econometria, Tese: “An Efficient Index and the tests of the CAPM” (1995); M.Sc. Engenharia Industrial - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Especialização: Finanças - Dissertação: “ A hipótese de normalidade no mercado acionário brasileiro” (1989). Marco Antonio Antunes Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor desde maio de 2005. Itaú Unibanco S.A.: Diretor desde abril de 2008, Diretor Gerente de março de 2000 a abril de 2008. Banco Itaucred Financiamentos S.A.: Diretor desde fevereiro de 2003. BFB Leasing S.A. – Arrendamento Mercantil: Diretor desde abril de 2003; Intrag Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.: Diretor Gerente desde abril de 2003; Itaucard Financeira S.A. Crédito, Financiamento e Investimento: Diretor desde julho de 2000; Investimentos Bemge S.A.: Diretor Gerente desde setembro de 1998; Banco Itauleasing S.A.: Diretor Gerente desde abril de 2003; Financeira Itaú CBD S.A. Crédito, Financiamento e Investimento: Diretor Vice-Presidente desde janeiro de 2005. Formação Acadêmica: Graduado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Mackenzie, em 1982 e Especialização em Contabilidade e Finanças - FIPECAFI - Universidade de São Paulo (USP) - Nível Mestrado. Wagner Roberto Pugliese Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor desde maio de 2006, Diretor Gerente Adjunto de maio de 2005 a abril de 2006. Itaú Unibanco S.A.: Diversas ocupações no período de 1983 e 2005, dentre elas, Gerente de Auditoria de 1990 a 1997, Superintendente de Auditoria de 1997 a 2002 e Superintendente de Coordenação da Auditoria de 2002 a 2005, sendo responsável pelas áreas Financeira, Internacional, Mercado de Capitais e Unidades no Exterior, Comerciais, Mercado de Capitais e Administrativa. Auditor em empresa internacional de auditoria independente de 1978 a 1980. FEBRABAN- Federação Brasileira de Bancos: Diretor Setorial de Auditoria Interna desde 2004, e coordenador da Subcomissão de Auditoria Interna de 1999 a 2004; Felaban – Federação
  22. 22. Latino-Americano de Bancos: como segundo Vice-Presidente do CLAIN – Comitê Latino- Americano de Auditoria Interna e Administração de Riscos desde 2002 e representante da Febraban desde 1999; Instituto de Auditores Internos do Brasil: Diretor Nacional de Treinamento de 1995 a 1997. Formação Acadêmica: Administração de Empresas pelo IMES, em 1980; Contador formado pela Universidade São Judas, em 1982 e especialização em gestão empresarial pela Fundação DOM Cabral em 2004. CONSELHO FISCAL Presidente Iran Siqueira Lima Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro Efetivo do Conselho Fiscal desde março de 2003; Banco Central do Brasil: funcionário de carreira de 1967 a 1993, onde ocupou diversos cargos, merecendo destaque os seguintes: Chefe Adjunto de Departamento de Fiscalização do Mercado de Capitais (1976/1979), Chefe do Departamento do Mercado de Capitais (1979/1984), Diretor da Área de Mercado de Capitais (1984), Diretor da Área de Fiscalização (1985), Delegado Regional em São Paulo-SP (1991 e 1993); Banco da Cidade S.A.: Diretor da Área de Mercado de Capitais (1986), durante o período em que esteve licenciado do Banco Central do Brasil. Nesse mesmo período (1986/1988), fundou o escritório de consultoria na área de mercado de capitais, onde exerceu a função de sócio-gerente, de 1987 a junho de 1988; Em julho de 1988, retornou ao Governo Federal para exercer a função de Secretário de Orçamento e Controle de Empresas Estatais (SEST), (julho de 1988 a março de 1990); De maio de 1991 a dezembro de 1992, exerceu o cargo de Diretor Econômico-Financeiro da Telebrás – Telecomunicações Brasileiras S.A.; Membro dos Conselhos de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, da Telesp – Telecomunicações de São Paulo e da Telebrás; Desde 1972, leciona disciplinas ligadas à área de contabilidade e finanças nas seguintes Universidades: AEUDF, UNB, USP, e nos cursos MBA da FIPECAFI. Formação Acadêmica: Economista formado pela UERJ (1969) e formado em contabilidade pela AEUDF (1973), pós-graduado em engenharia econômica e administração industrial pela Universidade Candido Mendes (1971), Mestre e Doutor em Contabilidade e Controladoria pela Universidade de São Paulo (1976 e 1998 respectivamente). Conselheiros Alberto Sozin Furuguem Itaú Unibanco Holding S.A.:Membro Efetivo do Conselho Fiscal desde abril de 2006 e Membro Suplente do Conselho Fiscal de março de 2003 a abril de 2006; Banco do Brasil: Economista, chefe do Departamento Econômico (1981/1983), Diretor (1985), Delegado em São Paulo (1991/1992) e Escriturário (1963/1966); Ministério da Fazenda: Assessor do Ministro (Gestão Mário Henrique Simonsen); Governo do Estado do Rio de Janeiro: Diretor do Banco de Desenvolvimento (1975/1979) e Diretor do Banco Central (1985); Lecionou “Economia” no Instituto Militar de Engenharia e na Universidade de Brasília e Moedas e Bancos na Universidade do Distrito Federal; Consultor Econômico, escritório próprio (atividade atual). Formação Acadêmica: Economista, pós-graduado pela Fundação Getúlio Vargas. Artemio Bertholini Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro Efetivo do Conselho Fiscal desde abril de 2009.
  23. 23. Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro Efetivo do Conselho Fiscal de abril de 2006 a abril de 2009; BDO. Directa – Sócio-Diretor de julho de 1978 a junho de 2003; Banco do Brasil S.A.: Membro titular do Conselho Fiscal de março de 2002 a abril de 2003; TELET: Membro Suplente do Conselho de Administração de setembro de 2001 a dezembro de 2002; Pontifícia Universidade Católica – PUC – SP – Auditoria e Perícia: Professor de fevereiro de 1976 a dezembro de 1983; USP – Universidade de São Paulo - FEA: Professor de fevereiro de 1981 a dezembro de 1983. Formação Acadêmica: Graduado em Economista (1969) e em Contabilidade (1972), e Mestrado em Contabilidade e Finanças (2004), pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. PhD em Business Administration (2005) pela Florida Christian University, Orlando, USA. COMITÊ DE AUDITORIA Presidente Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2006, Presidente do Comitê de Auditoria desde setembro de 2008, Membro do Comitê de Auditoria de maio de 2007 a setembro de 2008, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Presidente do Conselho Fiscal de março de 2003 a abril de 2006. Tendências Consultoria Integrada S/S Ltda. e Tendências Conhecimento Assessoria Econômica Ltda.: Sócio. Gustavo Loyola Consultoria S/C: Sócio-Diretor desde fevereiro de 1998. Banco Central do Brasil: Presidente de novembro de 1992 a março de 1993. Diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro de junho de 1995 a agosto de 1997. Formação Acadêmica: Economista formado pela Universidade de Brasília em 1979, Mestre e Doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas, em 1981 e 1983, respectivamente. Membros Alcides Lopes Tápias Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde maio de 2005, Membro do Comitê de Auditoria desde maio de 2004. Itaú Unibanco S.A.: Membro do Conselho de Administração de abril de 2002 a março de 2003. Aggreco Consultores: Sócio desde outubro de 2003. Duratex S.A.: Membro Efetivo do Conselho de Administração desde abril de 2009. Tigre S.A. Tubos e Conexões: Membro do conselho de Administração desde abril de 2004. Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de setembro de 1999 a julho de 2001. Fundação Antonio Prudente do Hospital do Câncer: Membro do Conselho Curador de abril de 1999 a fevereiro de 2005. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas, formado pela Universidade Mackenzie em 1980 e Bacharel em Direito formado pelas Faculdades Metropolitanas Unidas em 1973. Eduardo Augusto de Almeida Guimarães Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Comitê de Auditoria desde dezembro de 2008. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Membro do Comitê de Auditoria de abril de 2004 a dezembro de 2008, ocupou cargos de Presidente do IBGE – Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica (de 1990 a 1992), Secretário do Tesouro Nacional do
  24. 24. Ministério da Fazenda (de 1996 a 1999), do Banco do Estado de São Paulo S.A. – BANESPA (de 1999 a 2000) e do Banco do Brasil S.A. (de 2001 a 2003). Atuou como Membro do Conselho de Administração de diversas empresas, tais como Banco do Brasil S.A., Caixa Econômica Federal, BNDESPAR e Banco Nossa Caixa. Desempenhou várias funções acadêmicas, tais como o cargo de Professor Titular do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Professor do Departamento de Economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Professor do Departamento de Economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e Professor da Faculdade de Economia e Administração da Universidade Federal Fluminense. Formação Academica: Graduado em Engenharia Civil e em Economia, possui mestrado em Engenharia da Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Doutorado em Economia pela University of London. Guy Almeida de Andrade Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Comitê de Auditoria desde dezembro de 2008. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Membro do Comitê de Auditoria de abril de 2004 a dezembro de 2008. Iniciou a sua carreira em 1974 na Magalhães Andrade S/S Auditores Independentes, tendo sido admitido como sócio da referida firma em 1982, onde atua até hoje. Em 1984 participou de estágio na firma Dunwoody & Co., em Toronto, Canadá. Em 1983 foi aprovado em exame de acesso à Câmara dos Auditores Independentes do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil. Foi presidente da Diretoria Nacional do IBRACON de 2002 a 2004, tendo, de 1999 a 2003, ocupado o cargo de Diretor suplente pelo Brasil da Associação Interamericana de Contabilidade, e em 2000, sido eleito como membro do Conselho de Administração da International Federation of Accountants - IFAC, com sede em Nova Iorque, tendo sido reconduzido a este cargo em 2003, com mandato até novembro de 2006. É Presidente do Comitê de Auditoria da IFAC. Em 2003 fundou, com sócios de seis outras firmas de auditoria, a RBA Global Auditores Independentes, onde ocupa a função de Diretor Administrativo. Formação Acadêmica: Bacharel em Ciências Contábeis pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo - FEA/USP e Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie. COMITÊ DE ESTRATÉGIA Membros Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde agosto de 1995; Diretor Presidente desde setembro de 2008, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Presidente do Comitê de Políticas de Investimento e Membro do Comitê de Políticas Contábeis de agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde maio de 2005, Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2001 a março de 2003. Itautec S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2010; Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a janeiro de 2010, Vice-Presidente do Conselho de Administração de abril de 1997 a abril de 2009. Elekeiroz S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de novembro de 2009 a abril de 2010, Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a novembro de 2009, Vice - Presidente do Conselho de Administração de abril de 2004 a abril de 2009.
  25. 25. Duratex S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico, formado pela Escola de Engenharia Mauá do Instituto Mauá de Tecnologia, em 1992 e Pós-Graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas. Henri Penchas Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2009, Diretor de Relações com Investidores desde 2009 e de 1995 a abril de 2008, Diretor Executivo de dezembro de 1984 a abril de 2008, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro dos Comitês de Políticas de Investimento e de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, membro do Comitê de Divulgação e Negociação de maio de 2005 a abril de 2009, Vice-Presidente Sênior de março de 2003 a maio de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Riscos e de Capital e de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente Sênior de abril de 1997 a abril de 2008; Membro do Conselho de Administração de abril de 1997 a março de 2003; Vice-Presidente Executivo entre abril de 1993 e março de 1997; Diretor Executivo de 1988 a 1993, responsável pela Área de Controle Econômico. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2009 e Vice - Presidente do Conselho de Administração de fevereiro de 2003 a abril de 2009. Duratex S.A.: Diretor Presidente desde agosto de 2009; Diretor Geral de abril de 2009 a agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico formado pela Universidade Mackenzie em 1968, e pós-graduação em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas. Israel Vainboim Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretor Executivo de 1976 a 1977, de 1973 a 1978 comandou a retaguarda do Grupo Unibanco de 1978-1988, em 1988 foi eleito Presidente do Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A., posição que ocupou até agosto de 1992. Unibanco Holdings S.A.: Diretor Presidente de 1994 a 2007, Presidente do Conselho de Administração de 2007 a 2009, Membro do Conselho de Administração de 1988 a 2009. Formação Acadêmica: Bacharel em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e MBA pela Stanford University. Pedro Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Membro do Comitê de Estratégia, do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa e do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2004 a novembro de 2008; Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008. Companhia E. Johnston de Participações: Presidente do Conselho de Administração desde 2008
  26. 26. IUPAR - Itaú Unibanco Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009 Porto Seguro S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde novembro de 2009, Unibanco Holdings S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008 Unibanco Seguros S.A.: Presidente do Conselho de Administração de dezembro de 1995 a fevereiro de 2009 E. Johnston Representação e Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração de 2001 a fevereiro de 2009 Totvs S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2010 Formação Acadêmica: Possui diploma de bacharel, magna cum laude, em economia e história pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e cursou os programas de relações internacionais na Yale University e de Owner/president management na Harvard University Roberto Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente Executivo desde maio de 1994; Presidente do Comitê de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração, Diretor Presidente desde março de 2003, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Pessoas desde junho de 2009, Presidente do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, Membro do Comitê de Nomeação e Remuneração de maio de 2005 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Presidente e Diretor Geral desde abril de 1994, Membro do Conselho de Administração de abril de 1995 a março de 2003 e Diretor Geral entre agosto de 1990 e março de 1994. Banco Itaú BBA S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Presidente desde novembro de 2008. Itauseg Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde junho de 2005. Presidente da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), de abril de 1997 a março de 2001; Vice-Presidente do Institute of International Finance, Membro do Conselho do International Monetary Conference, Membro do International Advisory Committee do The Federal Reserve Bank of New York e Membro do International Advisory Committee da NYSE (New York Stock Exchange), desde abril de 2005. Formação Acadêmica: Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1977, e Master of Science Engineering pela Stanford University, em 1979. COMITÊ DE GESTÃO DE RISCO E DE CAPITAL Membros Candido Botelho Bracher Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Vice-Presidente desde maio de 2005; Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003, Diretor Presidente desde abril de 2005 e Diretor Vice-Presidente de fevereiro de 2003 a abril de 2005, onde foi responsável pelas áreas Comercial, Mercado de Capitais e Políticas de Recursos Humanos.
  27. 27. Pão de Açúcar: Membro do Conselho de Administração BM&F Bovespa S.A. - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros: Membro do Conselho de Administração. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas formado pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – Fundação Getúlio Vargas em 1980. Francisco Eduardo de Almeida Pinto Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Risco e de Capital e de Pessoas desde junho de 2009. Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas S.A.: Diretor desde março de 2007. BW Gestão de Investimentos Ltda.: Diretor desde dezembro de 2007. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Membro do Conselho de Administração de março de 2007 a dezembro de 2008. Formação Acadêmica: Graduado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC). Gustavo Jorge Laboissiere Loyola Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2006, Presidente do Comitê de Auditoria desde setembro de 2008, Membro do Comitê de Auditoria de maio de 2007 a setembro de 2008, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Presidente do Conselho Fiscal de março de 2003 a abri l de 2006. Tendências Consultoria Integrada S/S Ltda. e Tendências Conhecimento Assessoria Econômica Ltda.: Sócio. Gustavo Loyola Consultoria S/C: Sócio-Diretor desde fevereiro de 1998. Banco Central do Brasil: Presidente de novembro de 1992 a março de 1993. Diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro de junho de 1995 a agosto de 1997. Formação Acadêmica: Economista formado pela Universidade de Brasília em 1979, Mestre e Doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas, em 1981 e 1983, respectivamente. Pedro Luiz Bodin de Moraes Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Adminstração desde novembro de 2008; Membro do Comitê de Gestão de Risco e de Capital desde junho de 2009. UNIBANCO – União de Banco Brasileiros S.A.: Membro do Conselho de Administração de abril de 2003 a agosto de 2009. Banco Central do Brasil: Diretor de Política Monetária de 1991 a 1992. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES): Diretor de 1990 a 1991. Banco Icatu S.A.: Diretor e Sócio de 1993 a 1992. Icatu Holding S.A.: Sócio de 1993 a 1992. Formação Acadêmica: Bacharel em Ciências Econômicas e mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). É Doutor (PhD) em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Roberto Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente Executivo desde maio de 1994; Presidente do Comitê de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração, Diretor Presidente desde março de 2003, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Pessoas desde junho de 2009, Presidente do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, Membro do Comitê de Nomeação e Remuneração de maio de 2005 a abril de 2009.
  28. 28. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Presidente e Diretor Geral desde abril de 1994, Membro do Conselho de Administração de abril de 1995 a março de 2003 e Diretor Geral entre agosto de 1990 e março de 1994. Banco Itaú BBA S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Presidente desde novembro de 2008. Itauseg Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde junho de 2005. Presidente da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), de abril de 1997 a março de 2001; Vice-Presidente do Institute of International Finance, Membro do Conselho do International Monetary Conference, Membro do International Advisory Committee do The Federal Reserve Bank of New York e Membro do International Advisory Committee da NYSE (New York Stock Exchange), desde abril de 2005. Formação Acadêmica: Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1977, e Master of Science Engineering pela Stanford University, em 1979. COMITÊ DE NOMEAÇÃO E GOVERNANÇA CORPORATIVA Membros Alfredo Egydio Arruda Villela Filho Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde agosto de 1995; Diretor Presidente desde setembro de 2008, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Presidente do Comitê de Políticas de Investimento e Membro do Comitê de Políticas Contábeis de agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde maio de 2005, Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2001 a março de 2003. Itautec S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2010; Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a janeiro de 2010, Vice-Presidente do Conselho de Administração de abril de 1997 a abril de 2009. Elekeiroz S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de novembro de 2009 a abril de 2010, Presidente do Conselho de Administração de abril de 2009 a novembro de 2009, Vice-Presidente do Conselho de Administração de abril de 2004 a abril de 2009. Duratex S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico, formado pela Escola de Engenharia Mauá do Instituto Mauá de Tecnologia, em 1992 e Pós-Graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas. Alfredo Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro do Conselho de Administração desde setembro de 2008, Membro dos Comitês de Divulgação e Negociação e de Políticas de Investimento desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2007, Diretor Vice-Presidente e Diretor de Relações com Investidores, desde março de 2003, responsável maior pela comunicação com o mercado de capitais, buscando sempre ampliar a transparência das informações financeiras e estratégicas com qualidade, relevância, tempestividade, confiabilidade e comparabilidade, administrando o relacionamento com a CVM, o Banco Central do Brasil e outras autoridades do governo referente aos assuntos do
  29. 29. mercado de capitais; Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Presidente do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro do Comitê de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Vice-Presidente desde março de 1996, da Área Wealth Management & Serviçes, onde é responsável pela formulação, implementação e cumprimento das diretrizes estratégicas do Banco. Diretor de Relações com Investidores entre 1995 e 2003; Diretor Executivo entre 1993 e 1996 e Diretor Gerente entre 1988 e 1993. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2003. Investimentos Bemge S.A. Presidente do Conselho de Administração desde abril de 2008. Associação Nacional dos Bancos de Investimentos – ANBID: Vice-Presidente de 1994 a agosto de 2003 e Presidente de agosto de 2003 a agosto de 2008. Associação da Distribuidora de Valores – ADEVAL: Membro do Conselho Consultivo desde 1993. Associação Brasileira das Cias. Abertas – ABRASCA: Membro do Conselho Diretor desde 1999. Instituto Brasileiro de Relações com Investidores - IBRI: Membro do Comitê Superior de Orientação, Nominação e Ética desde 2009 e Membro do Conselho de Administração de 1999 a 2000 e de 2004 a 2009, Presidente do conselho de Administração de 2001 a 2003. Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM: Diretor Financeiro desde 1992. Formação Acadêmica: Graduado em 1980 e Pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas com curso de especialização no INSEAD (França). Fernando Roberto Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009. E. Johnston Representação e Participações S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2005 a fevereiro de 2009. Companhia E. Johnston de Participações: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde 2008. IUPAR – Itaú Unibanco Participações S.A.: Membro do Conselho de Administração desde 2008. Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração: Presidente do Conselho de Administração desde 2008. Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 1988 Editora Scharcz Ltda.: Diretor Superintendente desde 1988. Formação Acadêmica: Finanças e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Henri Penchas Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2009, Diretor de Relações com Investidores desde 2009 e de 1995 a abril de 2008, Diretor Executivo de dezembro de 1984 a abril de 2008, Membro do Comitê de Divulgação e Negociação desde abril de 2005, Membro dos Comitês de Políticas de Investimento e de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2003, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009, Membro do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, membro do Comitê de Divulgação e Negociação de maio de 2005 a abril de 2009, Vice- Presidente Sênior de março de 2003 a maio de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Riscos e de Capital e de Políticas Contábeis de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Vice-Presidente Sênior de abril de 1997 a abril de 2008; Membro do Conselho de Administração de abril de 1997 a março de 2003; Vice-Presidente Executivo entre abril de 1993 e março de 1997; Diretor Executivo de 1988 a 1993, responsável pela Área de Controle Econômico.
  30. 30. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2009 e Vice - Presidente do Conselho de Administração de fevereiro de 2003 a abril de 2009. Duratex S.A.: Diretor Presidente desde agosto de 2009; Diretor Geral de abril de 2009 a agosto de 2009. Formação Acadêmica: Engenheiro Mecânico formado pela Universidade Mackenzie em 1968, e pós-graduação em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas. Israel Vainboim Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Nomeação e Governança Corporativa desde junho de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Diretor Executivo de 1976 a 1977, de 1973 a 1978 comandou a retaguarda do Grupo Unibanco de 1978-1988, em 1988 foi eleito Presidente do Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A., posição que ocupou até agosto de 1992. Unibanco Holdings S.A.: Diretor Presidente de 1994 a 2007, Presidente do Conselho de Administração de 2007 a 2009, Membro do Conselho de Administração de 1988 a 2009. Formação Acadêmica: Bacharel em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e MBA pela Stanford University. Pedro Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Membro do Comitê de Estratégia, do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa e do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2004 a novembro de 2008; Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008. Companhia E. Johnston de Participações: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 IUPAR - Itaú Unibanco Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009 Porto Seguro S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde novembro de 2009, Unibanco Holdings S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008 Unibanco Seguros S.A.: Presidente do Conselho de Administração de dezembro de 1995 a fevereiro de 2009 E. Johnston Representação e Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração de 2001 a fevereiro de 2009 Totvs S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2010 Formação Acadêmica: Possui diploma de bacharel, magna cum laude, em economia e história pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e cursou os programas de relações internacionais na Yale University e de Owner/president management na Harvard University COMITÊ DE PESSOAS Membros Candido Botelho Bracher
  31. 31. Itaú Unibanco Holding S.A.: Diretor Vice-Presidente desde maio de 2005; Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Membro do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003, Diretor Presidente desde abril de 2005 e Diretor Vice-Presidente de fevereiro de 2003 a abril de 2005, onde foi responsável pelas áreas Comercial, Mercado de Capitais e Políticas de Recursos Humanos. Pão de Açúcar: Membro do Conselho de Administração BM&F Bovespa S.A. - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros: Membro do Conselho de Administração. Formação Acadêmica: Administrador de Empresas formado pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – Fundação Getúlio Vargas em 1980. Francisco Eduardo de Almeida Pinto Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde novembro de 2008, Membro dos Comitês de Gestão de Risco e de Capital e de Pessoas desde junho de 2009. Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas S.A.: Diretor desde março de 2007. BW Gestão de Investimentos Ltda.: Diretor desde dezembro de 2007. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Membro do Conselho de Administração de março de 2007 a dezembro de 2008. Formação Acadêmica: Graduado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC). Pedro Moreira Salles Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Membro do Comitê de Estratégia, do Comitê de Nomeação e Governança Corporativa e do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009. Banco Itaú BBA S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2009. Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração de 2004 a novembro de 2008; Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008. Companhia E. Johnston de Participações: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 IUPAR - Itaú Unibanco Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde 2008 Itaú Unibanco Holding S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde janeiro de 2009; Vice-Presidente Executivo de novembro de 2008 a agosto de 2009 Porto Seguro S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração desde novembro de 2009, Unibanco Holdings S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente de abril de 2004 a novembro de 2008 Unibanco Seguros S.A.: Presidente do Conselho de Administração de dezembro de 1995 a fevereiro de 2009 E. Johnston Representação e Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração de 2001 a fevereiro de 2009 Totvs S.A.: Membro do Conselho de Administração desde março de 2010 Formação Acadêmica: Possui diploma de bacharel, magna cum laude, em economia e história pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e cursou os programas de relações internacionais na Yale University e de Owner/president management na Harvard University Ricardo Villela Marino Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Membro do Comitê de Políticas de Investimento desde agosto de 2008,
  32. 32. Itaú Unibanco Holding S.A.: Membro do Conselho de Administração desde abril de 2008; Membro do Comitê de Pessoas desde junho de 2009, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital de maio de 2008 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A: Diretor Vice-Presidente desde abril de 2010, Diretor Executivo de setembro de 2006 a abril de 2010. Diretor Gerente Sênior de abril de 2005 a agosto de 2006, Diretor Gerente entre abril de 2004 e abril de 2005. Itautec S.A. – Grupo Itautec: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Elekeiroz S.A.: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Duratex S.A.: Membro Suplente do Conselho de Administração desde abril de 2009. Federación Latino Americana de Bancos FELABAN: Presidente desde novembro de 2008. Formação Acadêmica: Bacharel em Engenharia Mecânica em 1996, pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Mestre em Administração de Empresas, pela Universidade de Administração de Empresas – MIT Sloan – Cambridge, EUA; em 2000. Roberto Egydio Setubal Itaúsa – Investimentos Itaú S.A.: Diretor Vice-Presidente Executivo desde maio de 1994; Presidente do Comitê de Políticas Contábeis desde agosto de 2008. Itaú Unibanco Holding S.A.: Vice-Presidente do Conselho de Administração, Diretor Presidente desde março de 2003, Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde maio de 2008, Membro dos Comitês de Estratégia e de Pessoas desde junho de 2009, Presidente do Conselho Consultivo Internacional de março de 2003 a abril de 2009, Membro do Comitê de Nomeação e Remuneração de maio de 2005 a abril de 2009. Itaú Unibanco S.A.: Diretor Presidente e Diretor Geral desde abril de 1994, Membro do Conselho de Administração de abril de 1995 a março de 2003 e Diretor Geral entre agosto de 1990 e março de 1994. Banco Itaú BBA S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde fevereiro de 2003. UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A.: Presidente desde novembro de 2008. Itauseg Participações S.A.: Presidente do Conselho de Administração desde junho de 2005. Presidente da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), de abril de 1997 a março de 2001; Vice-Presidente do Institute of International Finance, Membro do Conselho do International Monetary Conference, Membro do International Advisory Committee do The Federal Reserve Bank of New York e Membro do International Advisory Committee da NYSE (New York Stock Exchange), desde abril de 2005. Formação Acadêmica: Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1977, e Master of Science Engineering pela Stanford University, em 1979. CONSELHO CONSULTIVO INTERNACIONAL Membros André Lara Rezende PhD em Economia pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), é formado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e possui pós-graduação em Economia pela Fundação Getúlio Vargas. Participou da equipe que arquitetou o Programa de Estabilização do Real e foi também Diretor de Política Monetária do Banco Central entre 1985 e 1986 e presidente do BNDES em 1998. Sócio da Lanx Investimentos, foi ainda sócio fundador do Banco Matrix e teve participações em empresas como Unibanco, Lojas Americanas, Cia. Ferro Brasileiro SA e Banco Garantia. É atualmente membro do conselho da Gerdau S/A, Metalúrgica Gerdau S/A e RB Capital S/A.

×