Eng. André Choma, PMP, PMI-RMP
Engenheiro Master, Vale
Como Reduzir Riscos em Contratos de
Empreitada
22 e 23 de outubro
C...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
Apresentação
André Choma
Vale
• Experiência nas áreas de construção civil, TI e
projet...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Gestão de Riscos em Contratos
 Como identificar e tratar os riscos
 Tratamento dos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Gestão de Riscos em Contratos
 Como identificar e tratar os riscos
 Tratamento dos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Como a gestão de contratos afeta a gestão de riscos? E
vice-versa?
 Contratos são f...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Gestão de Riscos em Contratos
 Como identificar e tratar os riscos
 Tratamento dos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Todo contrato de empreitada carrega ameaças para a
equipe do projeto
 Fiscais
 Tra...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Da mesma forma, um contrato pode conter
oportunidades, os riscos positivos
 O que p...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
Fonte: Guia PMBOK©, 5ª edição (PMI, 2013)
Como identificar e tratar os riscos
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Ferramentas que podem/devem ser utilizadas
 Experiência da equipe do projeto
 Expe...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Técnicas para tratar os riscos do projeto
 Ameaças (riscos negativos)
 Prevenir / ...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Técnicas para tratar os riscos do projeto
 Oportunidades (riscos positivos)
 Explo...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Gestão de Riscos em Contratos
 Como identificar e tratar os riscos
 Tratamento dos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Técnicas para tratar os riscos do projeto
 Ameaças (riscos negativos)
 Prevenir / ...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Técnicas para tratar os riscos do projeto
 Oportunidades (riscos positivos)
 Explo...
Fonte: www.cimentoitambe.com.br
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Exemplos – ameaças:
 Prevenir / Evitar
 A construç...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Exemplos – ameaças:
 Transferir
 Um acidente durante os trabalhos de montagem pode...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Exemplos – ameaças:
 Mitigar
 O mau desempenho dos empreiteiros pode acarretar
atr...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Exemplos – oportunidades:
 Explorar
 Ganhar uma obra de um novo cliente pode repre...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Exemplos – oportunidades:
 Compartilhar
 Um novo projeto está sendo contratado, ma...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 OK! Mas como a gestão de riscos e a gestão de contratos
podem me ajudar na prática?
...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos que serão tratados através dos contratos
 Exemplo:
 Por conta do período de...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos que serão tratados através dos contratos
 Exemplo:
 Pelo fato dos projetos ...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos que serão tratados através dos contratos
 Exemplo:
 Como a construtora irá ...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos que serão tratados através dos contratos
 Exemplo:
 Como a obra terá movime...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos causados pela contratação de terceiros
 Exemplo:
 Pela contratação de empre...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos causados pela contratação de terceiros
 Exemplo:
 Pelo fato de prevermos a ...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Riscos causados pela contratação de terceiros
 Exemplo:
 Pelo fato de trabalharmos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Gestão de Riscos em Contratos
 Como identificar e tratar os riscos
 Tratamento dos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos,
se alguns cuidados básicos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos,
se alguns cuidados básicos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos,
se alguns cuidados básicos...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
OBRIGADO!
Eng. André Choma, PMP, PMI-RMP
Engenheiro Master, Vale
andre@gestaodeempreit...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Caso 1 – Obra industrial
 Construtora verificou, durante a visita técnica, que havi...
CONSTRUTECH 2013
22 e 23 de outubro
 Caso 2 – Obra industrial
 Construtora identificou a oportunidade de ganhar uma obra...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como Reduzir Riscos em Contratos de Empreitada - Apresentação feita na Construtech da PINI em Out/2013

1.075 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre como reduzir riscos em contratos de empreitada, realizada na Construtech da PINI em Outubro/2013, em São Paulo.

Publicada em: Imóveis
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.075
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como Reduzir Riscos em Contratos de Empreitada - Apresentação feita na Construtech da PINI em Out/2013

  1. 1. Eng. André Choma, PMP, PMI-RMP Engenheiro Master, Vale Como Reduzir Riscos em Contratos de Empreitada 22 e 23 de outubro CONSTRUTECH 2013
  2. 2. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro Apresentação André Choma Vale • Experiência nas áreas de construção civil, TI e projetos de governo, com trabalhos de consultoria no Brasil, Chile, Colômbia e Angola. • Autor do livro “Como Gerenciar Contratos com Empreiteiros” (PINI, 2005), instrutor de cursos de gestão de projetos e autor de artigos. • Responsável por diversos processos de contratação de serviços, e compra de materiais na construção civil (como executor e como consultor). • Engenheiro Master de Projetos na Vale, na área de desenvolvimento de metodologia para gestão de projetos, e Diretor de Adm. e Finanças do PMI-MG.
  3. 3. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Gestão de Riscos em Contratos  Como identificar e tratar os riscos  Tratamento dos riscos através dos contratos  Fatores críticos de sucesso Agenda
  4. 4. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Gestão de Riscos em Contratos  Como identificar e tratar os riscos  Tratamento dos riscos através dos contratos  Fatores críticos de sucesso Agenda
  5. 5. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Como a gestão de contratos afeta a gestão de riscos? E vice-versa?  Contratos são fontes potenciais de riscos  E também instrumentos de mitigação, eliminação, aceitação ou transferência  Contratos mal definidos ou mal geridos podem colocar todo um projeto a perder  E muitos gestores de contratos não têm essa percepção... Gestão de Riscos em Contratos
  6. 6. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Gestão de Riscos em Contratos  Como identificar e tratar os riscos  Tratamento dos riscos através dos contratos  Fatores críticos de sucesso Agenda
  7. 7. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Todo contrato de empreitada carrega ameaças para a equipe do projeto  Fiscais  Trabalhistas  Desempenho do trabalho  Qualidade  Essas ameaças precisam ser adequadamente identificadas e tratadas Como identificar e tratar os riscos
  8. 8. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Da mesma forma, um contrato pode conter oportunidades, os riscos positivos  O que pode ser explorado?  Que vantagens podem haver?  Da mesma forma, essas oportunidades precisam ser capturadas/exploradas Como identificar e tratar os riscos
  9. 9. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro Fonte: Guia PMBOK©, 5ª edição (PMI, 2013) Como identificar e tratar os riscos
  10. 10. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Ferramentas que podem/devem ser utilizadas  Experiência da equipe do projeto  Experiência da empresa  Outros profissionais  Lições aprendidas  Experiência externa  Análise da documentação  Entendimento do ambiente (documentação, cliente, condições locais, governo, etc.) Como identificar e tratar os riscos
  11. 11. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Técnicas para tratar os riscos do projeto  Ameaças (riscos negativos)  Prevenir / Evitar  Transferir  Mitigar  Aceitar Como identificar e tratar os riscos
  12. 12. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Técnicas para tratar os riscos do projeto  Oportunidades (riscos positivos)  Explorar  Melhorar  Compartilhar  Aceitar Como identificar e tratar os riscos
  13. 13. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Gestão de Riscos em Contratos  Como identificar e tratar os riscos  Tratamento dos riscos através dos contratos  Fatores críticos de sucesso Agenda
  14. 14. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Técnicas para tratar os riscos do projeto  Ameaças (riscos negativos)  Prevenir / Evitar  Retirar do escopo ou condições específicas do contrato  Deixar com o cliente  Transferir  Repassar a outro contrato/empreiteiro  Seguro de riscos de engenharia  Mitigar  Tratar nas condições de contrato ou na gestão/fiscalização  Aceitar  Ativa ou passivamente Tratamento dos riscos através dos contratos
  15. 15. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Técnicas para tratar os riscos do projeto  Oportunidades (riscos positivos)  Explorar  Buscar ativamente, de acordo com as características do risco  Melhorar  Realizar ações que melhorem as chances ou impacto  Compartilhar  Associar-se a outros para aproveitar a oportunidade  Aceitar  Ativa ou passivamente Tratamento dos riscos através dos contratos
  16. 16. Fonte: www.cimentoitambe.com.br CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Exemplos – ameaças:  Prevenir / Evitar  A construção de casas populares na Região Nordeste pode ser prejudicada pelo período de chuvas  Tratamento: uso de barracões infláveis Tratamento dos riscos através dos contratos
  17. 17. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Exemplos – ameaças:  Transferir  Um acidente durante os trabalhos de montagem pode destruir parte das instalações  Tratamento: contratação de um seguro de Riscos de Engenharia Tratamento dos riscos através dos contratos
  18. 18. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Exemplos – ameaças:  Mitigar  O mau desempenho dos empreiteiros pode acarretar atrasos e serviços executados com má qualidade  Tratamento: investimento na gestão e fiscalização/controle  Aceitar  O trabalho com mão de obra terceirizada pode acarretar em riscos trabalhistas  Tratamento: fazer um contrato com um escritório de direito Tratamento dos riscos através dos contratos
  19. 19. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Exemplos – oportunidades:  Explorar  Ganhar uma obra de um novo cliente pode representar uma série de serviços futuros  Tratamento: explorar estratégia comercial / reduzir margem  Melhorar  O cliente atual tem uma série de necessidades inexploradas, ou tem influência no mercado  Tratamento: incentivar o cliente a executar as novas obras, ou demonstrar competência a outros potenciais clientes através deste trabalho Tratamento dos riscos através dos contratos
  20. 20. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Exemplos – oportunidades:  Compartilhar  Um novo projeto está sendo contratado, mas o porte é maior do que aqueles que a construtora está acostumada  Tratamento: fazer um consórcio com um parceiro  Aceitar  Ganhar uma obra de um novo cliente pode representar uma série de serviços futuros  Tratamento: aguardar que surja a oportunidade Tratamento dos riscos através dos contratos
  21. 21. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  OK! Mas como a gestão de riscos e a gestão de contratos podem me ajudar na prática?  Podemos separar dois tipos de tratamento  Riscos que serão tratados através dos contratos  Riscos causados pela contratação de terceiros Tratamento dos riscos através dos contratos
  22. 22. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos que serão tratados através dos contratos  Exemplo:  Por conta do período de chuvas na região do projeto, pode haver atraso na execução das obras  Tratamento: Locar barracões infláveis para garantir as condições para a execução dentro do prazo Tratamento dos riscos através dos contratos
  23. 23. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos que serão tratados através dos contratos  Exemplo:  Pelo fato dos projetos executivos ainda não estarem fechados, existe o risco de alterações dos quantitativos de materiais e serviços, o que pode levar a desvios de custo e cronograma  Tratamento: Fazer a contratação dos empreiteiros por preços unitários, prevendo que alterações nas quantidades podem ser necessárias no decorrer da obra Tratamento dos riscos através dos contratos
  24. 24. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos que serão tratados através dos contratos  Exemplo:  Como a construtora irá locar alguns equipamentos que serão utilizados pelo empreiteiro, existe o risco de problemas com a má utilização ou falta de manutenção, gerando custos  Tratamento: Deixar claro no contrato a responsabilidade da empreiteira na guarda, conservação e manutenção dos equipamentos cedidos, sujeito à compensações financeiras para a construtora em caso de consertos não previstos Tratamento dos riscos através dos contratos
  25. 25. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos que serão tratados através dos contratos  Exemplo:  Como a obra terá movimentações de carga de porte considerável, existe o risco de queda de material, acidentes com guindastes, tombamentos, podendo levar a consequências graves para trabalhadores e danos materiais  Tratamento:  Exigir certificados de habilitação dos operadores  Treinar funcionários a respeito dos riscos / fortalecer procedimentos  Contratar um seguro de riscos de engenharia, cobrindo toda a execução da obra Tratamento dos riscos através dos contratos
  26. 26. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos causados pela contratação de terceiros  Exemplo:  Pela contratação de empreiteiros, existe o risco de demandas trabalhistas em nome da construtora, por parte dos funcionários dos empreiteiros  Tratamento: Exigir a apresentação do registro e atestados de saúde de todos os funcionários na contratação, manter o controle sobre o recolhimento dos encargos mensalmente e somente liberar a medição após apresentação de todos os documentos constantes no contrato Tratamento dos riscos através dos contratos
  27. 27. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos causados pela contratação de terceiros  Exemplo:  Pelo fato de prevermos a contratação de diversos empreiteiros para a execução da obra, existe o risco de problemas nas interfaces entre as frentes de serviços, o que pode acarretar em conflitos, atrasos e pedidos de compensação (aditivos)  Tratamento: Estabelecer claramente na documentação contratual o escopo e a programação dos serviços, deixando claras as responsabilidades de cada empreiteiro. Prever uma fiscalização atuante na obra, de modo a evitar problemas de interface, antecipar problemas e ajustar o planejamento quando necessário. Tratamento dos riscos através dos contratos
  28. 28. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Riscos causados pela contratação de terceiros  Exemplo:  Pelo fato de trabalharmos com mão de obra terceirizada, é mais difícil manter o controle sobre as práticas e procedimentos de segurança, o que pode levar a acidentes e à responsabilização da construtora  Tratamento: Estabelecer claramente na documentação contratual as exigências em relação aos padrões (internos e/ou NRs) de segurança, prevendo penalidades pelo descumprimento e consequências para condutas inapropriadas. Exigir (ou prestar) treinamentos para as equipes e prever no orçamento verbas para fiscalização atuante. Tratamento dos riscos através dos contratos
  29. 29. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Gestão de Riscos em Contratos  Como identificar e tratar os riscos  Tratamento dos riscos através dos contratos  Fatores críticos de sucesso Agenda
  30. 30. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos, se alguns cuidados básicos não forem tomados:  O escopo da contratação precisa estar bem claro, definido e documentado;  A obra precisa ter uma gestão ativa, fiscalização atuante, e um planejamento adequado para que os riscos sejam de fato antecipados, tratados e acompanhados;  O contrato precisa ser equilibrado. Medidas que visam jogar 100% dos riscos para os empreiteiros são inúteis, e podem inclusive prejudicar a contratante no caso de disputas; Fatores críticos de sucesso
  31. 31. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos, se alguns cuidados básicos não forem tomados:  As responsabilidades de cada parte precisam estar bem definidas e entendidas pelos dois lados;  Eventuais mudanças que ocorrerem na obra devem ser refletidas na documentação, sob pena de descaracterizar o contrato;  É preciso definir bem como eventuais disputas serão resolvidas e como o contrato pode ser encerrado, se necessário, antes do seu término previsto; Fatores críticos de sucesso
  32. 32. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Poucos contratos serão efetivos no tratamento dos riscos, se alguns cuidados básicos não forem tomados:  As condições locais específicas devem ser estudadas e refletidas nas condições contratuais e no planejamento;  Invista tempo na definição do escopo, planejamento das frentes de trabalho e análise dos dados do projeto;  Mantenha toda a documentação da obra de maneira organizada, e arquive pelo tempo necessário em local de fácil acesso;  E use Lições Aprendidas de projetos anteriores! Fatores críticos de sucesso
  33. 33. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro OBRIGADO! Eng. André Choma, PMP, PMI-RMP Engenheiro Master, Vale andre@gestaodeempreiteiros.com.br
  34. 34. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Caso 1 – Obra industrial  Construtora verificou, durante a visita técnica, que havia a chance de uma futura obra ser executada para o cliente, durante o período daquele contrato em discussão (oportunidade)  Decidiu orçar o preço do bombeamento de concreto em um valor 10 vezes maior que o habitual (melhorar)  Nova obra foi aprovada, e o contrato com o cliente foi “aditivado”  Grande volume de concreto bombeado no novo contrato gerou medições em valores abusivos  Cliente cortou pagamentos e acionou a construtora Tratamento dos riscos através dos contratos
  35. 35. CONSTRUTECH 2013 22 e 23 de outubro  Caso 2 – Obra industrial  Construtora identificou a oportunidade de ganhar uma obra importante para um novo cliente (oportunidade)  O prazo apertado do processo impedia uma análise crítica da documentação (ameaça)  Construtora ganhou o contrato, pelo menos preço (explorar)  Durante a execução, foi verificado que os projetos não batiam com as quantidades da planilha de preços  Construtora decidiu não acionar o cliente pelos erros nos projetos, porque tinha a esperança de realizar novas obras no futuro  Resultado: nenhuma obra foi contratada depois por aquele cliente, e a construtora levou um prejuízo de R$ 700 mil Tratamento dos riscos através dos contratos

×